Scorpio – HDMI 2.0 ou HDMI 2.1?

A confusão instalou-se quanto à versão do HDMI usado na Scorpio. E há razões para isso!

HDMI 2.0 ou HDMI 2.1? Qual a versão usada pela Scorpio?

Na realidade a resposta, perante os dados fornecidos, é simples, mas a explicação sobre o assunto é um pouco mais complexa. Porque a resposta é na prática mais complicada do que pode parecer.

Atualmente o HDMI existente é o 2.0, um HDMI com 18 Gbits por segundo de largura de banda e capaz de resoluções 4K a 60 Hz.

Este HDMI apesar de ser perfeitamente capaz para as atuais necessidades, revela-se incapaz de responder às novas necessidades. Assim, o mesmo não é capaz de superar os 60 Hz a 4K, o que impede fotogramas acima de 60, e quando do uso de cor 10 bits, ou seja o HDR, ele é incapaz de fornecer 4K verdadeiramente nativos. Basicamente, nos casos onde o HDR está ativo, a resolução de ecrã mantêm-se nos 4K, mas a informação de cor desce para os 1920×2160, o que quer dizer que cada par de pixels na vertical partilham a mesma cor. E isto impede os 4K nativos onde cada pixel se revela verdadeiramente independente.



O HDMI 2.1 resolve uma série de problemas do HDMI 2.0, ao aumentar a largura de banda para 48 Gbits, mas esta é uma evolução que requer hardware novo e cujas especificações só serão reveladas mais para o final do ano.

No entanto os possuidores do HDMI 2.0 não ficarão de mãos a abanar. Certas novidades do HDMI 2.1 não requerem aumentos de largura de banda, e passam apenas por novidades software, como é o caso dos refrescamentos variáveis que permitem o ajuste dinâmico e de acordo com os fotogramas apresentados no momento, do refrescamento da TV (o chamado modo VRR, suportado pela tecnologia Freesync da aMD).

O VRR permite resolver os problemas de screen tearing (se não sabes o que é, lê este nosso artigo), dos soluços de imagem (stuttering) e do lag de resposta. É basicamente uma solução que permite a instalação de softwares nas placas gráficas, como o FreeSync da AMD, e que se sabe que a Scorpio irá implementar.

A questão é que apesar desta e outras novidades do HDMI 2.1 a que todos os fabricantes terão acesso e poderão vir a implementar nos seus produtos 2.0, o hardware que até agora foi anunciado para o HDMI da Scorpio é 2.0, e isso quer dizer que todas as novidades trazidas pelo aumento da largura de banda ficarão de fora da consola, limitando-se a um suporte HDMI 2.1 no que toca à componente software.

Essa limitação inclui acima de tudo a questão dos 4K verdadeiramente nativos com o uso de HDR, algo que se esperava não viesse a ser uma limitação nesta consola, sendo que tínhamos escrito vários artigos a referir que contávamos que a Scorpio fosse o primeiro produto 100% HDMI 2.1.

Apenas como nota, a tecnologia Freesync da AMD foi já implementada numa série de placas da marca, todas elas com HDMI 2.0, conforme o comprova esta página de suporte da AMD.

 



Posts Relacionados