Se tens Battlefield Hardline é bom que não troques de hardware muitas vezes.

hardline

O DRM da EA chega ao ponto de verificar alterações ao hardware. E caso elas ocorram algumas vezes… Battlefield Hardline fica bloqueado.

hardline

A EA não só está a verificar em quantos PCs a mesma versão do jogo é instalada… agora eles vão ao ponto de verificar alterações ao hardware, bloqueando acessos caso estas ocorram algumas vezes. Para todos os efeitos, uma alteração no hardware conta como se o jogo fosse instalado num computador novo!

A situação não é novidade. A Ubisoft já o fez em tempos no jogo Anno 2070, mas o certo é que a questão levanta sérias questões de privacidade. Apesar a EA não verificar exactamente qual o hardware existente, mas apenas fazer uma verificação à sua alteração, a realidade é que tal é um dado privado sobre o qual a EA não tem nada que ter acesso ou verificação

Ainda por cima, este trata-se de um tipo de verificação e quebra de privacidade que apenas afecta os possuidores legítimos do software não trazendo qualquer protecção contra a pirataria e cópia do seu software. Que se conte as instalações é uma coisa, mas que se conte as trocas de hardware como uma instalação adicional, mesmo quando ela não existe, é outra coisa.

Imaginemos apenas um caso perfeitamente possível de acontecer (aliás ocorreu comigo em tempos) e no qual poderiam ter problemas com este tipo de DRM: A vossa placa gráfica avaria e vai para a garantia, sendo que para não ficarem sem máquina usam ou pedem emprestada uma placa para uso temporário. A Vossa placa chega entretanto e é colocada, mas possui alguns problemas de aquecimento que a anterior versão não tinha, pelo que para evitar chatices decidem manda-la para trás, recolocando-se a placa temporária. Quando a substituta entretanto chega e é colocada, o mais certo é terem o jogo bloqueado com o aviso “Too many computers have accessed this account’s version of Battlefield: Hardline Digital Deluxe Edition recently. Please try again later.

A questão é que se já é questionável se as empresas podem limitar o uso do software (Recorda-se o caso de Spore que apenas permitia 3 instalações), controlar o que um utilizador pode fazer com o seu hardware torna-se ridículo.

No caso deste utilizador do Guru 3D que ia fazer um artigo comparativo de performances de algumas placas gráficas, o seu jogo foi bloqueado à quarta alteração.

O mais engraçado é que EA e Ubisoft são sempre os nomes metidos nestas polémicas…

Publicidade

Posts Relacionados