Será que a Sony ou a Nintendo vao suportar tambem o Cross Play – Na realidade… sempre o suportaram!

É curioso como a Microsoft que sempre foi contra o Cross Play de um momento para o outro vira a sua política e passa a imagem de inovadora. E agora em todos os websites surge a questão do título deste artigo, como se as restantes plataformas já não fizessem o mesmo desde à bastante tempo. Mas o mais caricato é que a Microsoft faz uma carta aberta a convidar quem já suportava a situação… a juntar-se a eles!

Apesar de nem sempre aparecer pelos melhores motivos, a Microsoft gosta muito de ser constantemente badalada nos media, motivo pelo qual estão constantemente a surgir notícias sobre a empresa quando das outras quase nem se ouve falar.

A realidade é que a Microsoft desde já à algum tempo que aparenta andar completamente aos papeis. Apesar de ter anunciado em finais de Janeiro a criação de uma plataforma universal baseada no Windows 10, ainda um mês antes, em Dezembro de 2015, a empresa negava aos programadores de Rocket League a possibilidade de implementarem o Cross Play entre a Xbox One e o PC. Uma atitude pouco congruente com a decisão que apareceu um mês depois!

Mas mesmo com a nova decisão de trazer os jogos Xbox One para PC, tornou-se necessário passar mais de um mês adicional para que surjisse a notícia de que este jogo, que sempre pretendeu este tipo de suporte, o tenha passado a ter.

Apesar de neste caso, tal como em muitos outros, a decisão ser para o melhor, estranha-se estas mudanças radicais de políticas, viragens a 180 graus no rumo tomado, e que ocorrem subitamente em curtos prazos de tempo, e que, infelizmente, se tornaram comuns na Microsoft nos últimos anos.



É impossível criticar o anuncio de que o Cross Play passará a ser uma realidade universal. Porque isso são excelentes notícias! No entanto é no mínimo curioso (para não dizer caricato) como na carta aberta escrita e em todos os websites na internet a coisa aparece discutida como sendo algo de revolucionário ou algum tipo de novidade, convidando os outros a participar quando todas as plataformas já suportam a característica à imenso tempo. Aliás a Microsoft era mesmo a única que não o fazia!

Temos exemplos na concorrente mais próxima da Xbox One: Rocket League na PS4 sempre suportou o cross play com o PC. E há outros exemplos que podem ser dados de cabeça como o War Thunder ou mesmo o Final Fantasy XIV que até suportava cross Play na PlayStation 3. Mas há mais, como o DC Universe, o Street Fighter, Daybreak, Portal, Warframe e outros. Sim, não são todos os títulos, mas convêm perceber-se que não há exatamente só vantagens neste tipo de situações, como veremos mais à frente. Para além do mais, a Microsoft tambem não está a referir, pelo menos de forma clara, que tal passará a acontecer com todos os títulos da Xbox One.

Curiosamente War Thunder, um exclusivo consola da PS4 não existe na Xbox One por um único motivo. O facto de a Microsoft não suportar o Cross Play. Essa é uma realidade que a Gaijin Entertainement deu a conhecer. E o mesmo se passa com o Final Fantasy XIV!



Posts Relacionados