Sony revela números de vendas de Uncharted 4 e de consolas no final do ano. E são impressionantes!

A Sony veio revelar os números de vendas de Uncharted 4, bem como o número de consolas que vendeu no periodo de Natal. E os valores são dos melhores alguma vez alcançados pela empresa.

Com tanto Hype e publicidade que tem havido à Scorpio, poderia ser de se pensar que as pessoas não estivessem tão interessadas numa PS4, aguardando para a consola da Microsoft que surgirá no ano que vem! Mas não!

Os números revelados pela Sony mostram que a PS4 atingiu um valor recorde de vendas no período de Natal que engloba Novembro e Dezembro, alcançando um total de 6.2 milhões de consolas vendidas em apenas dois meses. E apesar de este período ser de vendas mais elevadas, o valor não deixa de ser impressionante ao ser um recorde de vendas para esta consola, e onde o anterior máximo se cifrava nos 5.7 milhões.

Isto quer dizer que actualmente a PS4 alcançou um valor de 53,4 milhões de consolas no mercado, num período de apenas 3 anos! Falta agora saber-se se a Sony conseguirá alcançar os 60 milhões previstos para Março de 2017, um valor que apesar das excelentes vendas, continua a parecer um pouco optimista.

A acompanhar estes valores de vendas temos as vendas de jogos do ano de 2016. E onde Uncharted em 9 meses vendeu 9 milhões de unidades, valores recordes para o Franchising!

Publicidade

Retomando o nosso artigo

A nível de jogos a Sony anunciou um total de 50,4 milhões de copias de jogos vendidas para a consola no ano de 2016. Um valor que perante a quantidade de consolas no mercado não deixa de ser algo surpreendente pela negativa pois a média dá inferior a um jogo por consola!

No que toca a estes números, como habitual, não temos equivalentes por parte da Microsoft.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (61)

  1. Esses números revelam algo ainda mais impressionante, além de provar que os jogadores ainda estão se interessando em exclusivos, o mercado digital está prestes a se igualar com o mercado de jogos físicos. Nada menos do que 40% das vendas desse jogo não estão contabilizadas em vendas físicas.
    Anteriormente, o CEO da Gamestop disse que no final de 2015, as franquias de fim de ano que ele achou que alavancariam os negócios da loja estavam vendendo aproximadamente 50% das unidades em cópias digitais e não trouxeram o retorno esperado para lojistas.
    É melhor essas lojas de games se dedicarem a fazer parcerias com as distribuidoras para venderem códigos de download mais baratos, ou serão extintos na próxima geração.

    Sobre a quantidade de consoles, a Sony está fazendo aquela ludibriada básica, ela não diz quanto dessas vendas são do PS4 Pro, ela somou os dois consoles como um único produto ignorando que existem pessoas trocando o PS4 original pelo Pro, mesmo que não tenham TV 4K apenas para ter a melhor versão dos jogos.
    Sobre o Scorpio, os jogadores esperariam o PS5, mas não um console da Microsoft. Para a Microsoft que chegou muito tempo depois no mercado, é mais difícil convencer uma migração em massa dos jogadores de locais como a Europa e isso nunca vai acontecer no japão. Porém, é possível que muitos desses que compraram o PS4 também comprem o Scorpio daqui uns 10 meses. Tudo depende de como a Microsoft fará o Marketing e se dessa vez ela não vai ser sabotada pela mídia com matérias tendenciosas sobre como resolução não importa ou do por que todo mundo deveria esperar o PS5 que nem existe.

    • Pela tua ordem de ideias os números da Microsoft também refletem a realidade, o que não falta por ai são pessoas que trocaram a sua XO pelo modelo S, o mais engraçado mesmo é que a Microsoft não se atreve a revelar quaisquer vendas nem para a XO, nem para os seus jogos, porque quando se faz o balanço do ano e em vez de se revelar os números que interessam, optam antes por dizer quantas horas de Live se passou a jogar ou quantos comandos personalizados se venderam, é revelador do quão preocupante deve ser os números da divisão Xbox.

      O grande problema da Microsoft é que a sua politica teima em permanecer igual, já deu frutos, mas os tempos mudam, é o resultado de anos a fio a chuchar nas tetas das mesmas 3 vacas, Halo, Gears e Forza, são os suspeitos do costume que saiem na altura do costume, já se torna previsivel, de vez em quando lá vem o exclusivo encomendado com a ajuda do cheque em branco, e assim anda a Microsoft, não admira que os seus IP’s principais tenham níveis de vendas historicamente baixos,

      Parece que já estou a ver o lançamento da Scorpio, mais um Halo (6…) e mais um Forza (7…) mas com altos ”grafiques” para ostentar aqueles 6Tflops (ai já devem regressar aos números), na realidade é o mesmo McMenu que andamos a mastigar à anos mas em formato XL, no ano seguinte vira-se o disco para dar a vez ao Gears (5…) e Forza Horizon (4…), mais testosterona para putos e o inicio de um desgaste anunciado do melhor IP que a Microsoft tem neste momento, e assim anda a Microsoft até um dia perceber que IP’s novas são a chave do sucesso, é o que faz a diferênça, mas coisas de qualidade, não é mais batalhas de aliens, shooters e jogos de carros, é preciso mais, algo mais adulto e que faça a diferênça neste mar de sequelas para o qual a Microsoft muito tem contribuido.

      E já que se fala em vendas, ainda me lembro de pessoas como tu na geração passada que ostentavam as vendas dos exclusivos 360, que só o Halo vendia mais que 5 exclusivos PS3, que os jogadores da PS3 não compram os exclusivos, é engraçado ver agora que o Uncharted 4, sozinho… vende mais que Halo, Gears e Forza, quem diria… irónico no minimo não achas? 😉

      • Concordo aqui também, a Microsoft precisa mudar sua cultura, se renovar pois até os seus maiores fans já começam a ficar cançados de jogar sempre os mesmos jogos desde 2001.

      • Regra que vale pra Francisco, também vale para o Chico.
        Se Uncharted 4 Vendeu 9 milhões de cópias e só tem 5 milhões registradas como físicas, isso significa que Halo Forza e Gears venderam apenas o que o V GChartz está falando por que o maravilhoso mercado digital existe só no Playstation 4 que limita o download de jogos para 40mbps?

        Não viaja né. Se 40% das vendas de uma jogo são digitais no PS4, essa taxa provavelmente é a mesma no Xbox One ou talvez até mais alta, pois além do download ter maior velocidade na live, lá também tem mais promoções de games.
        Mas vamos imaginar que os números de Uncharted são a regra da indústria e vendas digitais representam 40%. Nessa lógica, Halo 5 deve ter aproximadamente 7.5 milhões, forza Horizon 3 1.8 milhões e Gears of War 4 uns 2.3 milhões.
        Mas claro, não sabemos se os números são exatamente esses, e não saberemos por que a Microsoft não vai revelar, mas eu acho impossível que Uncharted 4 tenha vendido mais do que esses 3 jogos juntos e sua afirmação é infundada quando não existe dados concretos de todas as partes para ser analisada.
        Mas tem um dado interessante, com 53 milhões de consoles vendidos, o principal jogo da Sony não consegue vender nem para 20% da base instalada de PS4 enquanto Halo 5 fez o mesmo pela base do Xbox One nos dois primeiros meses.

        • Pois é, o problema é que o Francisco mostra dados, o Chico nem por isso.

          Quanto a velocidades de transferências, não sei como é ai no Brasil, mas aqui em Portugal, e atenção que estou a falar do meu caso pessoal, a minha PS4 demora quase a metade do tempo a sacar o mesmo que a minha XO, o que é estranho, ou talvez não não tendo em conta o suporte que a marca dá ao meu país, quando é actualizações nem se fala, ás vezes nem é nada de especial, tipo 800Mb, e demora imenso tempo, ou é do sistema em si ou da rede, portanto isso das velocidades entra-me por um ouvido e sai por outro, e além disso, não percebo o que é que isso tem a ver com vendas, mas pronto, o cenário por aqui é esse mas deduzo que não viaja né?

          Só 20% dos usuários da PS4 tem o U4?
          Eu prefiro ver a coisa como, 1 em cada 5 pessoas com PS4 tem o U4, não sei se o Halo fez o mesmo (isto de mandar numeros pró ar deve ser viral) mas tendo em conta que a user base XO é menos de metade da PS4, não é lá muito dificil…

          O que eu gostaria de salientar mesmo, é que aqui há uns anos atrás, nunca alguém esperaria que Uncharted vendesse mais que Halo, ou até mais que Halo e Gears juntos, ou ainda o trio do costume completo, é uma mudança de paradigma brutal.

          Agora já só falta é ver por exemplo, um The Last Guardian a vender mais que, sei lá, um Forza 6 por exemplo, isso é que eu me fartava de rir.

        • @Fe peço desde já desculpas mas querer desmecerer as vendas de Uncharted seja elas como forem é no mínimo ridiculo, ainda mais usando este velho argumento de % de base instalada, pois se assim for vc precisa pensar nisso de forma macro e não micro, e desta forma jogos citados por vc mesmo como Halo 5 (25%), Horizon 3 (6%) e Gears 4 (7,6%) e isso levando em consideração os dados supostos por vc e não oficiais (estes ficariam ainda menores), levando ainda esta realidade para os multis teriamos jogos que mesmo com uma base de mais de 100 milhões não vende mais que Uncharted, concluindo, acho muito tosco esse argumento “há mais menos de 20% dos consumidores compraram o jogo, flop!!”, ano de 2016 vários bons jogos foram lançados tanto exclusivos quanto multiplataformas e todos nos sabemos e vc tem afirmado isso aqui a anos, são os multis que ditam as regras nessa industria nos dias de hj, e querer que um excelente jogo venda para 100% da base beira o surreal, veja por exemplo GTA 5 que é um dos jogos mais vendidos da história, não faz o meu tipo de jogo e não o comprei, e assim é pra qualquer outro jogo, outro exemplo qualquer Cod da vida, nunca comprei pois não curto a série mas esta não deixa de ser uma das mais vendidas, concluo dizendo que os possuidores de PS4 não tem obrigação de comprar o jogo só pela paixão pela Sony, ND ou mesmo no jogo, compra-mos os jogos que gostamos e se encaixam no que esperamos, e sim as vendas de Uncharted em 9 meses de mercado são em tudo superiores aos maiores block-blusters do One, vamos ver daqui a uns 6 meses o quando Uncharted estiver no mesmo periodo de vendas de Halo 5 o quanto ele terá vendido.
          No fim Uncharted nesta geração se tornou maior que Halo tanto em vendas quanto em critica, quem diria em.

      • Irônico na verdade é ignorar essa lista:

        Ryse
        Sunset Overdrive
        Recore
        Quantum Break
        Crinsom Dragon
        Killer Instinct
        Max: The Curse of Brotherhood
        Ori and The Blind Forest
        Sea of Thives
        Scalebound

        E dizer que a Microsoft só lança sequelas

        Aí nos lembramos que a Sony lançou a sequela de Killzone, a sequela de Little Big Planet, a sequela de Infamous, a sequela de Uncharted, anunciou a sequela de God of War, a sequela de Gran Turismo e a sequela de The Last of Us.
        E o único jogo que vendeu horrores do console é uma sequela que foi a quinta interação da franquia.
        Aí você vai lá e diz que a Microsoft precisa de coisas mais adultas, como se os jogos dela fossem infantis e adulto é Uncharted? LOL

        Aprendemos com José Galvão que sequelas são um problema quando são jogos da Microsoft e shooters são infantis quando são jogos da Microsoft.

        Aprende uma coisa José Galvão, gamers de Xbox gostam de jogar online, gostam de shooters que tenham um grau de aprendizagem e desafio como Halo e Gears of War, onde você não mata oponente com tiro no joelho. Não gostam de jogos de filminho onde a intenção do roteirista foi te fazer chorar igual uma menininha vendo filme romântico.
        Para os fans de games a moda antiga, tudo que a Microsoft não precisa fazer é querer ser a Sony.

        • Desculpem meter-me na conversa. Mas este comentário tem uma frase que não posso deixar de comentar.
          “Gamers de Xbox gostam”.

          Creio que a maior parte das pessoas que estão aqui devem concordar comigo que não há gamers de Xbox! Assim como não há gamers de PS4.
          Considerando-me um Gamer, diria que nunca colocaria uma marca de consola à frente da palavra. Para mim, um gamer está lá para os jogos e não para a consola! Um gamer quer jogos, independentemente da consola ou plataforma.
          Claro que ninguem é obrigado a ter a disponibilidade financeira para ter mais do que uma consola ou plataforma, mas colocar uma marca ou plataforma à frente da palavra gamer, a mim, soa-me muito, muito mal! Até porque mesmo não tendo ou podendo ter determinados jogos, um verdadeiro gamer reconhece a qualidade do que há em outras plataformas e não puxa tudo apenas para a que possui!

          • Amém, e é por isto que desejo que a Microsoft se desvie do caminho que tem seguido, independentemente se isso é financeiramente viajvél pra ela, pois eu como gamer prefiro que ela diversifique do que fique no mais do mesmo para todo o sempre.

          • Só para que seja claro Fernando, isto não é para ti. A minha crítica é à frase usada e as linhas de cima explicam a crítica. Mas não estou a dizer que te enquadras na nela. Quando escrevi aquelas linhas não tive essa intenção.
            Achei por bem dizer isto, não fossem às vezes as frases claras, e não pretendo mal entendidos.

        • Não é irônico não:
          Ryse – Crytek
          Sunset Overdrive – Insomniac Games
          Quantum Break – Remedy

          Nem umas dessas Ips é da Microsoft e os estúdios são thirds, apenas foram exclusivos temporários (menos sunset) e se assim fosse o correto terias colocado ai também Rise of the Tomb Raider, não é mesmo. E quanto as sequelas pensas que quando pensamos em Microsoft só lembramos de:
          Halo;
          Gears;
          Forza né

          Sony lembramos de:
          Killzone
          Infamous
          God of War
          Uncharted
          Little Big Planet
          Last of Us
          GT
          Bloodborne (sequela em rumor)
          Racht e Clank

          Diante disso compara???
          Não tem comparação né, e mais e mais Ips estreiam na Sony como Horizon e Dasy Gone, tem Gravit Rush, The last Gurdian, SpiderPS4, Driveclub, The Order, Dreams, enfim é muita IP DA SONY, e eu concordo com o José, a Microsoft precisa se renovar, dar um tempo pra Halo, Forza e Gears e partir pra coisas mais Sunset da vida, alias o estudio The Coalittion estava até trazendo coisa nova, mas foi cancelado por motivos que desconhecemos. Pra finalizar isso ai de jogos online competitivos, outro argumento que a mim não desce, não precisa deixar a variedade de lado pra forcar nisso só, e se assim for sei lá o que podemos esperar para o Scorpio. Isso é só o que penso.

          • Corrige-me caso haja erros, mas acrescenta! (penso que a conversa era sobre novos IPs)

            Horizon: Zero Dawn
            God of War
            Bloodborne
            Driveclub
            Knack
            The Last Guardian
            The Order 1866
            Tearaway Unfolded
            Until Dawn
            Days Gone
            Death Stranding
            Detroit: Become Human
            Dreams
            Drawn to Death
            Kill Strain
            WiLD
            Entwined
            Hardware: Rivals
            Here They Lie
            The Playroom
            The Tomorrow Children

          • Quem produz o jogo de fato é o estúdio, não é a Sony ou Microsoft. nesse caso, eles trabalham em regime de COLABORAÇÃO com os estúdios, e dependendo do contrato, podem ou não flexibilizar o uso das ips. Pra citar alguns exemplos:

            – Bloodborne não é da Sony, é da From Software quem produziu, a Sony apenas colaborou.
            – Ratchet e Clank foi produzido pela Insonniac, e a Sony também colaborou.

            A sony também paga diversos estúdios para produzir seus jogos, e não entendo como isso pode ser usado como argumento pra dizer que o Xbox não tem variedade ou não investe em outras franquias fora do eixo Halo-Gears-Forza.

            Terceirizar ips ou flexibilizar o trabalho de colaboração na criação de outras é um trabalho mais comum do que imaginas. Vale ressaltar que a maioria desses jogos citados da Sony são jogos em regime de colaboração, no qual a sony PAGA os estúdios da mesma maneira que a Microsoft o faz.

            aliás, dizer que o Xbox só tem halo-Gears-Forza, é um pensamento tão estúpido quanto dizer que a PSN só vive offline, porque em ambos os casos, denunciam uma flagrante desinformação e desconhecimento de como as coisas funciona na indústria de jogos. Mas normal, na internet tem sido assim mesmo.

          • Não é verdadeiramente isso que está em causa nesta discussão Jairo. Ninguem nega que há investimento dos dois lados, apenas se discute que, neste campo, um aposta mais do que o outro.
            Porque a discussão pode-se centrar em dois pontos.
            1- Os novos IPa first party
            2- Os novos IPs exclusivos
            Aqui não estamos a dizer que uma consola é melhor que a outra, ou que tem mais jogos que a outra, ou que os jogos são melhores que os da outra.
            Nesse aspecto nem me meteria na conversa, pois como sabes e já o disse publicamente, atualmente tenho mais preferência pelos jogos que há exclusivos na Xbox do que pelos que há exclusivos na PS4. Isso pode mudar, pois estão sempre a sair novos jogos, mas neste momento ainda é verdade (apesar que neste momento não sei se ainda diria que a comprar só uma consola ela seria a One, pois o PSVR desiquilibrou a escala).
            Mas onde quero chegar é que a discussão é sobre a aposta em novos IPs. Em inovar e em criar variedade.
            Nesse aspecto, inegavelmente a Sony está à frente e isso traduz-se em algo bem palpável: As vendas de consolas.
            A Sony aposta em mais Indies e em mais variedade. Aposta em inovar e em não saturar. Tem sido aliás um dos factores do seu sucesso.
            Ninguem nega que a Microsoft não faz o mesmo. Seria idiota negar isso! Mas não o faz na mesma escala.
            Sim, a Microsoft tambem tem novos IPs, e bons. Mas a nível de first party aposta muito mais nos clássicos que repete a cada 2 anos. A maior aposta está nos novos IPs exclusivos Third, mas que,se fores a ver, são em muito menor número que os totais da Sony.
            E reconhecer isto é como reconhecer que um canal dá mais desporto que outro. Uma mera realidade! Sem querer dizer que o canal A é melhor que o B ou que o um dá desporto e o outro não.
            Espero que me tenha explicado bem. Acabei de acordar e ainda estou meio a dormir. 🙂

          • @Netto
            Esse comentário se acharem necessário podem apagar a qualquer momento!
            Netto não vou falar da sua pessoa, e não é um ataque pessoal, apenas um questionamento, não que você deva satisfação, mas vamos lá!

            Desde ano passado eu vejo você atacar a Microsoft, me desculpa, mas não acho que você faça criticas gamer sobre ela, e sim de uma pessoa que todo momento está falando mal da Microsoft e do Xbox One!
            Sinceramente eu não conheço nenhuma pessoa que tenha algo que todo momento coloca defeito, você tem todo direito de achar isso ou aquilo, porem fica estranho criticar e falar mal todo momento de uma empresa, eu jamais teria algo que eu acho péssimo e não concordo com a politica da fabricante!!

            A Microsoft não é a Sony, são estratégias diferentes, você parece que insiste que a MS faça as mesmas coisas do que a Sony.
            São estratégias diferentes.
            A Sony tem mais jogos de diferente estilos, a MS prefere lançar um Forza todo ano, porque isso te incomoda?
            Forza é um jogo que o foco é online, as pessoas que jogam gostam tipo Fifa querem um todo ano, se você não gosta, tem quem gosta!
            A MS não precisa mudar nada esse ano foi um excelente ano para o Xbox One, não é porque vende menos que está indo no caminho errado, eles também estão lucrando.
            Se achar que somente quem está em primeiro lugar que está certo o mundo precisaria mudar, celular, Tv, tablet qualquer coisa, sempre vai ter uma que vai vender mais, mas nem por isso as outras estão indo para caminho errado!

            A Sony tem a ND, a MS paga para Remedy, Crytek fazer jogos, qual o problema, precisa comprar o estúdio para ser bom?
            È um exclusivo de console, se sai para PC vai lucrar ainda mais, é simples se sai para PC é mais lucro, são estratégias diferentes, caminhos diferentes, a MS não precisa mudar nada em relação ao Xbox One.

            Desculpa mas você parece um Hater que fica atacando o tempo todo, a MS não é a Sony, eles espremem alguns jogos no talo, eles pagam para os estúdios produzirem seus jogos, porque deles mesmo são poucos, o foco da MS é online, os jogos também vão sair para PC.
            Essa politica e estratégia da MS não vai mudar, porque tu quer que a MS vira uma Sony, ou porque acha errado lançar um exclusivo para PC!

            Não vai mudar, agora se tu acha tudo errado o que eles fazem, cara vende teu Xbox One, para de dar dinheiro para uma empresa que você acha que faz tudo errado!!

            Eu nunca tive um Xbox é a primeira vez que tenho um, ainda prefiro o Playstation e esse ano, vou comprar a grande maioria dos jogos para PS4, mas nem por isso quero que a MS vira a Sony, como já disse, são estratégias diferentes.

            Se tu acha que é um fracasso um produto rentável que vendeu 24 milhões de unidade, e que a empresa precisa mudar seu foco, porque existe pessoas que querem Sonyficar a MS tu está bem errado!

            Desculpa qualquer coisa, mas desde ano passado, só vejo você criticar a MS e o Xbox One, e ainda assim tem o console, na minha opinião não é normal.

          • @Igor, respeitar a opinião dos outros é algo que devemos fazer sempre sabe, o que eu penso sobre toda a estratégia da Microsoft é apenas uma visão minha das coisa, vc e nem ninguém aqui precisam concordar ou descordar, é apenas a visão de uma pessoa que possue a plataforma e ve erros e acertos em suas políticas. E sim pareceu um ataque a minha pessoa somente pelo fato de vc ter se encomodado com a minha opinião, o debate é exatamente para vermos diferentes opiniões, se vc não sabe lidar com isso não entre no mesmo, outra coisa eu como possuidor do One desde 2014 não só falo mau do console como vc referi, critico aquilo que acredito que precisa melhorar, mas também vejo muitos acertos e muitos daqui sabem que já elogiei o suporte no brasil, a retro, a qualidade da live, a robustez e silencio do console, o controle, alguns de seus jogos, enfim. Também já critiquei a política de exclusivos, o aumento do preço da live, a demora na instalação dos jogos, o OS do One que é um pouco bugado quando em internet de baixa qualidade, tudo isso é a minha visão sobre o One tanto nos acertos quanto nos erros.
            E Não me venha dizer o que fazer com o meu dinheiro e com o que compro, pois nao é porque eu critico algumas coisas que eu vou me livrar do console que tem muitos bons jogos e promoções, deixa essas decisões pra mim blz.
            Pra terminar nesse dezembro eu comprei o Wii U, um console que é muito descriminado pela falta de suporte third, pelo gamepad, pela qualidade gráfica e pelo preço dos seus jogos, gastei 700R$ num semi novo com 3 jogos (Super Mario 3D World, Nintendo Land e MonsterHunter Remastered) em seguida já baixei mais alguns jogos como Star Fox, Yoshi, Capitan Tod e Bayonetta 2 e te falo, que puta negócio que fiz neste fim de ano, até o momento o que faço é aproveitar os excelentes jogos que este patinho feio da nintendo tem me proporcionado, mas depois de tudo isso lhe ligo que compro consoles e jogos por que quero ter o maior número de experiências gaministicas possíveis a mim, e faço isso me desprendendo de paixões alheias que poderiam me impedir de adquerir consoles de outras empresas.
            Não sou hater, e nem preciso aceitar de bom grado aquilo que as empresas me servem, pois tudo que eu tenho no One foi pago com dinheiro suado, nada foi de graça e por este motivo eu tenho sim direito de reclamar quando eu achar que algum serviço ou política foge daquilo que considero o certo, pra finalizar e pra contrariar vc, a Microsoft só teria beneficios caso ela se desvia-se um pouco desse mais do mesmo, eu por exemplo tenho aqui o forza 5 e não tenho a menor intenção de comprar o 6, tenho Horizon 2 idem pra o 3, essa quantidade absurda de jogos da mesma franquia a mim não desce, poe a 343, The Coallition e Turn10 pra vc outros jogos, sim, quem nem a Sony pos a Guerrilha pra fazer Horizon, a ND Last of Us, a MediaMolecule Dreams, a Santa Monica The Order enfim, tem que sair sim deste feijão com arroz que já deu.

        • Killer instinct??? Isso não é de 1994?

          • Não achei o lugar correto para responder você ali em cima Mário!
            Eu também concordo que a Sony traz mais variedades isso é inegável, mas são estratégias diferentes, a Microsoft não é assim, nem por isso é errado, e me desculpa mas não acredito que o sucesso do PS4 seja por causa de muitos jogos indie desconhecido, isso não deve representar nem 3% das vendas que o PS4 teve!
            Uncharted 4 vendeu muito bem, mas também é uma sequela, você pode dizer que não lança um Uncharted a todo ano, concordo!
            Mas exclusivos que vendem consoles são esses que a mídia está falando o tempo todo!
            O Sucesso do PS4 é por muitos motivos um deles são os exclusivos arrasta quarteirões.

            Cada empresa é de um jeito o Xbox 360 acho que teve muito menos exclusivos do que PS3 e vendeu muito bem.
            Do mesmo jeito que a Sony tem muita variedade e é melhor nisso, a Microsoft da um banho em jogos online na Sony, acho que uma completa a outra!

            Igual falei para o Netto vocês estão querendo Sonyficar a MS por anseio e gosto pessoal, não é assim que as coisas funcionam.

          • Ninguem está a criticar Igor. Está-se a discutir diferenças.
            E elas existem.
            Isso não invalida que adore os exclusivos da Microsoft ao ponto de se me perguntassem se me desfazia dela a resposta era um claro não. Os meus jogos favoritos desta geração estão maioritariamente na One e eu referi isso num artigo bastante pessoal.
            Mas as diferenças existem e em vários aspectos. Falar delas e opinar sobre qual dos lados se acha melhor não é dizer mal ou criticar. É debater. Até porque não é o facto de se ter uma consola que se deve deixar de reconhecer o que os outros fazem bem.

          • Então Netto cada um tem direito de pensar o que acha certo ou errado!
            Não estou incomodado com o que você fala, já tem uns bons meses que acompanho o PC Manias, muitas vezes não escrevo nada!!

            Ter todos os consoles não significa nada muito menos que ama todos, pra mim sim você é um Hater Assíduo, da MS e Do Xbox One, já vi varias vezes você escrever que a MS matou o Xbox, que a MS acabou com a geração e constantemente, você faz comparações, se alguém falar a live é boa, tu vai dizer a PSN é melhor, se alguém falar o Xbox One vai lançar um exclusivo, tu vai dizer a Sony já lançou esse esse e esse e ainda tem mais todos esses, isso pra mim é Hater me desculpa, alegar que tem todos os consoles, que ama os jogos, é fácil, cara tem meses que acompanho aqui e sempre vejo você fazendo a mesma coisa!

            O ponto que quero chegar é esse argumento final seu, querendo Sonyficar a Microsoft, porque a Sony manda ou da liberdade para um estúdio fazer mais de um jogo a MS precisa fazer isso também, porque teria mais benefícios..
            E qual prova concreta que você tem que lançar forza todo ano não dá benefícios, não da lucro?
            Será que uma franquia nova daria mais lucro do que um Halo?
            Fifa vende milhões todo ano e não é sempre o mesmo feijão com arroz, Gears, Halo foram muito bem vendidos no Xbox One!!
            Tomb Raider que foge um pouco de jogo de tiro já não vendeu o que se esperava, ai conseguiu vender no PC e lucrar e ainda tem quem reclama dos jogos irem para o PC!
            Esse feijão com arroz que você tanto reclama tem pessoas que vai reclamar se não tiver, a estratégia e a politica da MS no Xbox One é bem clara, o problema são vocês que tentam Sonyficar uma empresa porque, gosta mais da conduta da outra….

            E mais uma vez peço desculpa se ofendi sua pessoa não é minha intenção!
            È que desde ano passado vejo você fazendo isso, e sempre dizendo que é gamer porque tem todos os consoles lol….

            A minha preferencia pessoa é pelo Playstation porque tenho desde o 1, vou esperar a Sony se pronunciar sobre o 5, esse ano acho que leque de exclusivos da Sony está bem melhor do que da MS, mas nem por isso vou ficar todo momento em fórum tentando Sonyficar a MS e dizendo que é errado o que ela faz, como se não tivesse pessoas que saibam o que estão fazendo do outro lado.

          • Exatamente Mário é o que estou tentando fazer debater!!
            A Microsoft tem muito mais do que Halo e Forza, mas quando se fala de outras franquias sem ser Halo ou Forza, ai não vão poder dizer que é mais do mesmo os Haters falam, assim mas Quantum Break não é exclusivo, mas Ryse não é exclusivo é esse ponto que quero chegar…
            OS Haters querem que a MS seja exatamente como a Sony, que tenha vários estúdios próprios, que seja dona de suas Ips e que o jogo fica somente no console sem ir para PC.
            Porque se for ai já não é mais exclusivo, já não tem mais jogos sem ser Halo e Forza etc…
            O que importa pra mim é o jogo ser bom, não importa se é dona da IP ou pagou para fazer…
            Quantum Break eu achei bem ruim, Forza eu não joguei todos, mas só gosto do Horizon, o outro que é simulador acho muito chato, killer instinct acho muito ruim!
            Mas nem por isso vou ficar dizendo o tempo inteiro que a MS precisa mudar.
            Todos esses jogos que eu não gostei deve ter quem ama, assim como acho The last guardian um jogo tosco, e uns acham obra prima, cada um tem um gosto, agora tentar mudar o foco da empresa, isso não deve nem ser debatido.
            Esse ano até agora não tem um jogo da MS que falo nossa que jogão, talvez o mais perto disso é aquele de Dragão não sei o nome…
            PS4 esse ano vários jogos top que é compra certa!!

          • Igor… Nesse ponto não te dou razão!
            Olha para a Xbox e para a Xbox 360. O que tiveste? Consolas!
            Na verdadeira ascensão da palavra, consolas.
            Eram sistemas fechados, dedicados a jogos e com exclusivos únicos do seu hardware. Tal e qual como todas as consolas até hoje fizeram.
            Mas a Microsoft alterou isso com a One. E fê-lo por várias vezes!
            A One quando apareceu quase se esquecia que era uma consola. 40 minutos de uma apresentação de 1h foram dedicados a funções TV. A consola foi apresentada como um sistema multimédia tudo em um, que… Até corria jogos!
            Nesse aspecto podemos dizer que a Microsoft matou a Xbox como consola logo aí. Sim é uma frase forte, até porque não é para ser tomada à letra mas sim como mera simbologia, mas o certo é que a One não foi apresentada como aquilo que se esperava, uma consola!
            O mercado não gostou, e nem ligou. E a Microsoft mudou. Retirou o Kinect e lixou-se para as funções tv, dando ao mercado aquilo que ele sempre esperou do produto. Uma consola!
            Infelizmente a coisa deixou marcas. A One vendia mal, e a Microsoft ponderou vender a divisão. Na altura a Microsoft mudava de liderança e alguns dos concorrentes ao ligar de CEO defendiam que a Xbox deveria desaparecer para a empresa se centrar no seu core Business: O Windows e os serviços e software a ele associados.
            O vencedor foi Satya Nadella, e ele manteve a Xbox. Mas referiu que a Xbox existiria como um sistema Windows 10 e para promover o Windows 10.
            E isso verificou-se. Pouco depois a Xbox recebia uma atualização. O seu API passou a ser partilhado com o PC (DX 12) e o seu OS tambem (Windows 10).
            A partir daí a consola Xbox desapareceu. Aparece a plataforma Xbox e a consola passa apenas a ser um dos componentes da mesma, partilhando os seus jogos com o PC windows 10.
            Digamos que a consola era uma base de desenvolvimento obrigatória, mas cujo objectivo era servir uma plataforma PC.
            Atualmente essa é a realidade da Xbox. E não interessa aqui discutir se isso foi bom ou mau.
            Mas a realidade é que a one que tens agora, não é a mesma que foi apresentada, e não é a mesma que se tornou depois. Agora é um sistema base e optimizado de uma plataforma que inclui o PC.
            E por isso dizer-se como figura de estilo que a Microsoft matou a Xbox não é mentir. É efectivamente verdade como figura de estilo e no sentido que o que existia inicialmente, bem como o conceito genérico e global de consola, já não existe associado ao termo Xbox.
            Agora temos outra coisa! E repito, não estamos a discutir aqui se é melhor ou pior, pois isso é de certa forma opinativo. Mas é inegável que é diferente!

          • Herr… Não sei se repondi no comentário certo (estou na administração), mas isto era para entrar no comentário onde criticas outro leitor por dizer que a Microsoft matou a Xbox.

          • @Igor, blz se eu sou Hater considero vc a partir de hj advogado sem remuneração da Microsoft.

            Sobre a Microsoft dar mais liberdade pros seus estudios até hj em todos os blog, forum e sites vc é a primeira pessoa que defende o fato dela não sair da mesmice, pra ela deve fazer algum sentido né, mas pra nos que gostamos de jogar como fica quase todos os anos temos os mesmos jogos das mesmas franquias com uma ou outra perfumaria mas com preço full, já comprou o Forza 5, 6 Horizon 2, 3 Gears Ultimate e 4 e Halo MCC e Guardians???? vai comprar Forza 7, Gears 5 e Halo 6,7,8,9 ta entendendo o que digo, confere os jogos que ela lançou nesta geração com apenas 3 anos e me diz se já não foi o bastante, se não precisa de algo novo, todo mundo critica a Ubisoft pelo que ela faz com Assassins, Watchdogs entre outros, não mas a Microsoft não, ela ta só ganhando dinheiro a nossas custas com uma ou outra atualização de conteudo. E pra finalizar lendo seus textos acho seriamente que vc deve ser da Microsoft Brasil ou alguém que investe em ações da Empresa pois a sua visão é puramente dos negócios para a Microsoft e não para os Gamers.

        • Então você quer dizer que gamers de xbox são de nicho?

          Jaja ele vai falar: “Nós não jogamos video game, nós jogamos XBOX!” uahuahuahau

          • Quais os dois jogos mais vendidos esse ano Fifa e Cod!
            Qual inovação tem?
            A empresa só está ganhando dinheiro a custas de quem compra?
            E quem compra se arrepende, mas compra todo ano e se arrepende ou porque gosta e não se importa de comprar o 17,18,19,20!

            E esse argumento seu é tão falho que mesmo depois de muitos fifas muitos cods e cada ano que passa fica pior, vende muito mais do que The last guardian um jogo que demorou muitos anos para sair, foi muito comentado…

            Você se incomoda com o gosto dos outros, se existe Forza todos os anos é porque vende e você se incomoda com quem compra!

            Vai lá no fórum do uol jogos e fala que você acha ridículo lançar Fifa todo ano, vai lá escreve que você está do lado dos gamers e não gosta de jogos que sai todo ano…

          • @Mário
            Eu não entendi onde você quis chegar com isso!
            O que tem a ver com jogos e suas sequelas!
            Todas essas coisas que você disse foram péssimas de fato principalmente o Kinect obrigatório , isso já mudou a muito tempo e mudou porque não vendeu como você mesmo disse!
            Só não entendi, o que isso tem a ver com as coisas que eu falei?

          • Como disse, creio que respondi no comentário errado (na administração no tablet a ordem dos comentários é um pouco confusa), e como tal ficou fora de contexto.
            Mas eu estava a dar uma justificação possível (mas não necessáriamente a correcta pois só eles sabem o que pretendiam dizer) para o facto de alguns leitores referirem que a Microsoft “matou” a Xbox.

        • @Fernando

          ”Não gostam de jogos de filminho onde a intenção do roteirista foi te fazer chorar igual uma menininha vendo filme romântico.”

          Isto é das coisas mais ignorantes que já li em toda a minha vida, não só é revelador do teu péssimo mau gosto, como também é revelador do mundo em que vives e do qual dou graças de não fazer parte, digamos que é mais uma das tuas pérolas para juntar a tantas outras, mas não é que me espante, vindo de alguém que acha a história de The Last of Us cliché, mas acha que Halo 5 tem uma boa história, é revelador da visão lúdica que tens sobre os videojogos, ou seja, nula.
          O problema é que explicar isto a alguém como tu é o mesmo que tentar explicar a alguém porque é que Hemmingway é melhor que Nicolas Sparks, ou porque é que O Padrinho é melhor que o Fast and Furious, explicar porque é que um jogo como The Last Guardian é aquilo que é, a alguém com o teu tipo de mentalidade é uma pura perca de tempo pois não pedalamos ao mesmo nível cultural.

          Para que conste, eu também gosto de Halo e Gears, como também gosto de um McDonald’s, desde que seja ocasionalmente, não faço da comida de plástico a minha alimentação base senão teria graves problemas de saúde, com os videojogos é o mesmo, de vez em quando também me sabe bem jogos de plástico mas não faço disso a minha dieta videoludica senão ficava com o cérebro atrofiado de tanto lixo correndo o risco de ter tiradas como a tua entendes?

          Cada vez prefiro mais coisas com as quais possa crescer intelectualmente, seja em que media for, nos videojogos o único refúgio para ter experiências novas é com a Sony e os seus projectos experimentais, e no entanto a Sony também tem os seus Killzone’s, GT’s e Uncharted’s, mas ao contrário da Microsoft, está constantemente na busca por novos IP’s, e para isso faz uma coisa que a Microsoft desconhece totalmente, que é a liberdade criativa que é essencial para a criação de coisas novas e frescas em vez da velha pastilha já sem sabor que tu tanto mastigas.

          E já agora, tens algum problema com jogos com uma vertente emocional?
          És daqueles que acham que jogos para homens a sério tem que ter tiros, explosões e gore quanto baste, testosterona para a veia para não adormecer o macho que há em ti, mesmo que seja puro lixo mental, quanto mais Michael Bay melhor, eu se fosse a ti nem chegava perto de um jogo como o The Last Guardian, não fosse perfurar essa masculinidade toda e pôr algo a nu, só mesmo alguém com intelecto mediocre é que acha que um mero videojogo pode sequer beliscar a integridade masculina de alguém…

          • Deixem aconselhar alguma calma e moderação no que dizem sff. As frases aqui ditas, caso não sejam devidamente enquadradas, podem soar a algo forte.
            E o certo é que independentemente de quem pensa ou de como pensa, todos tem direito a pensarem como querem.
            Quem sabe muito de música clássica, a meu ver não é mais culto do que quem percebe da cultura de batatas. Nos seus campos cada um domina o seu, e não sou eu que definirei quem é que é o mais culto, até porque em caso de guerra certamente daria bem mais apreço aos conhecimentos do senhor das batatas do que ao outro.

          • Mário as analogias tecidas por mim não foi com um intuito de me achar superior a alguém, humildade é algo que gosto de cultivar, mas se o cultivador de batatas critica de forma ignorante a música clássica de alguém que a aprecia, está sujeito a levar com as Valquirias, até porque neste caso, o apreciador de música clássica, também sabe cultivar batatas, seja em que cenário for.

      • Uma coisa que não cai na cabeça do pessoal, PS4 Pro é uma PS4. O que tem de difícil para aceitarem essa afirmação? Já Scorpio não é um Xbox One(como dizem por aí).

        É de se imaginar de que quem vai trocar o PS4 base por um Pro vai vender o seu modelo base para adquirir o Pro, também e é de se pensar de que quem compra um modelo base usado é porque não tinha o aparelho anteriormente, então na realidade uma nova pessoa adquire um PS4, não afetando os números de venda que a Sony informa.

        Ou será que todos esses que já tem um PS4 base e compram um Pro são colecionadores de consoles? Se sim então o número de colecionadores é bem maior do que eu pensava.

        Sobre Forza 7 eu tinha falado no início de dezembro 2016 que a MS não ia perder a boquinha de lançar uma das 3 franquias no lançamento do Scorpio, poucas semanas depois a Fanatec (sem querer) pergunta aos seus usuários sobre quais características queriam que os volantes tivessem em uma nova versão do Forza.

        • Livio, vi sua solicitação de amizade no meu email porem não sei entrar no forum, podes me ajudar nisso?

        • Não sabes. Pode ser uma Xbox One “Pro”. A decisão é só da Microsoft! Mas esse assunto reservem-no para amanhã.

        • @ LIVIO essa sua afirmação esta equivocada meu amigo,tem UP 3 cilindros standard que vai muito bem e também temos um UP TSI que vai muito,mas muito melhor que o modelo standard e te pergunto é o mesmo produto só por ter o mesmo nome.Se tenho uma GPU que vai além em pelo menos 2X mais e uma CPU com diferença em 30%,acho eu que você precisa repensar poi temos dois públicos aqui um cliente que compra um veiculo popular e outro que compra um veiculo premium.Para uma empresa que lança um produto standard e outro premium em qual ela vai atender melhor.Pense nisso meu amigo.Você acha que a Sony não tem planos para seu PS4 Pro pensando na concorrência.Porque lançaria um console sendo que o seu atual era 40% mais potente.Pense nisso.E parabens a Sony pelo seu sucesso,pois aprendeu com erros do passado e agora colhe seus frutos.

          • Caro Ewerton o Pro não é um PS4 só porque carrega o nome, veja os componentes dele, ele carrega a MESMA CPU com clock alterado, a mesma memória principal, as mesmas limitações que o modelo base. Sua diferença mais gritante em relação ao modelo base é a GPU.

            Agora com o Scorpio com uma nova APU(CPU+GPU novas), novas memórias sem a probemática esRam e ainda o chamam de Xbox turbinado? Quais são as limitações do aparelho em relação ao modelo base?

            O que não entendo é essa comparação Pro não é PS4 mas Scorpio é um One para 4K.

    • Concordo Fernando, é bem possível que eu ache venda pro meu One em meados de 2017 para em 2018 pegar o scorpio, acho que não compensa pegar em lançamento até mesmo porque não sabemos quais são os atrativos e diferenciais da plataforma.

  2. Olá!
    Seria interesante uma matéria sobre isso…

    http://www.windowsclub.com.br/xbox-scorpio-aparece-ao-lado-da-amd-ryzen-e-vega-o-que-temos-de-mais-avancado/

    Project scorpio tecnologia Vega

    • Bem, dado que oficialmente ninguem falou sobre o assunto, concluir-se algo ao certo seria certamente bastante especulativo.
      No fundo, a Scorpio será a consola mais avançada que a AMD suportará, e só esse facto poderá justificar a situação, sem haver mais nada a dizer!
      Deixa ver se aparece mais algum dado, pois se ele existir, aí sim, haverá algo a dizer!
      No entanto, caso fosse mais do que isso, creio que os fans da Xbox deveriam chatear-se. Afinal a Xbox One S actualmente tem apenas meio ano de mercado e terá pouco mais de um ano quando a Scorpio sair. E se a Scorpio tivesse esse hardware, a S teria de ser encarada como um abuso para com o mercado. Creio que muita gente perderia toda a confiança na Microsoft, até porque a Scorpio foi anunciada logo depois da S!
      É que ao contrário dos fanboys que quando a sua marca favorita lança algo parece que são todos executivos de topo pois desencantam o dinheiro para irem comprar o produto, o grosso do mercado não vê a coisa assim! E pensa que gastou 400 euros num produto que, caso saia uma consola com capacidades de nova geração, estará condenado!

      • Vrd mario, pelo andar da carroagem o Scorpio vai ser uma nova geração e assim sendo vai ser um puta chute nos colhões de quem comprou o Xone S, pois a diferença de hardware vai impor dificuldades nesse eco-sistema xbox, acredito que haverá jogos exclusivos sim pro scorpio e que o XOne(s) será abandonado, alias já vimos a Microsoft fazer isso com o primeiro xbox quando lançou o x360.

        • nETTo, acreditas no pai Natal?
          Se a Scorpio for uma nova geração, de nada adianta a One manter o suporte. A diferença de performances vai levar a que os jogos a 1080p na Scorpio tenham diferenças para a One quase como da One para a 360.
          E isso não é manter a anterior geração. É alimenta-la a soro!

  3. José, ao meu ver vc falou tudo! A MS precisa urgentemente repensar algumas estratégias, e creio que uma saída plausível, seria a de investir em games exclusivos de qualidade, na verdade, investir em mais estúdios, dando autonomia criativa para eles, pois viver de Halo, Gears e forza, não há de alavancar o console atual, e provavelmente nem o vindouro Scorpio. penso que a MS tem os melhores serviços, a melhor estrutura de rede, porém se ela quiser abocanhar o mercado, tem que aprender a ser menos americanizada, e focar em games que europeus, japoneses gostem, pois estou falando de dois mercados enormes onde que em um ela está, mas não chega nem perto do os, e em outro, ela não existe! tem que ter games mais adultos quanto a enredo, história, etc… Quando digo isto, não estou dizendo que os norte americanos não gostam desses games, mas todos nós sabemos que eles enfatizam mais games com multiplayer, sendo shooters sua escolha principal. Isso são meros pensamentos, opiniões ou alguma detecção minha do que é o mercado hoje, mas posso estar enganado, e na verdade, penso que a MS está pouco se lixando com isso, todo dia aparenta que ela está mais interessada em popularizar ainda mais seu Windows 10, e o Xbox não passa de um mero elemento nos planos da MS, porém no máximo um coadjuvante.

    • na verdade não penso assim.
      scorpio e S foram anunciados na mesma conferência e ela não obriga ng a comprar o produto.
      A nintendo tb deixou os compradores de WII U na mão.
      O que dirá dos proprietários de PS4.

      O mercado mudou e hoje se pensa mais em poder do que em jogos.
      Vide celular.
      As pessoas pagam $400 ou mais de ano em ano apenas para usar facebook e Watsapp.
      A empresa coloca o produto e compra quem desejar.
      Vc gasta uma grana em uma placa de video e 3 meses depois sai uma mais poderosa pelo mesmo valor que vc pagou (mais seus games continuam funcionando da mesma forma)
      Scorpio é apenas uma opção mais poderosa ao meu ver.
      Agora se parar de sair games para XBOX S as coisas mudam de figura

      • Ui… Que me parece que vai aí muita confusão!

        A Nintendo WiiU saiu em 2011, o que quer dizer que no final deste ano fez 5 anos! A consola teve o seu período de vida normal, e apenas podemos criticar uma falta de suporte maior.
        A PS4 saiu em 2013 e ainda está suportada. Teve uma berração pelo meio, a PS4 Pro, mas que ao menos é claramente uma PS4, e que as vantagens que traz a 1080p não são impeditivas de o jogo sair na mesma, e com total qualidade, na versão base!

        Mas se a Scorpio for uma nova geração… vai dar o que falar!
        Mas sobre isso falamos amanhã! A escolha da Microsoft não é fácil, e não há uma solução perfeita! Daí que o pensar sobre como posicionar a sua consola é algo complexo.
        Amanhã tenho um artigo sobre isso! E nessa altura discute-se! Até lá, estamos off topic!

        • Mário lendo os últimos parágrafos da sua resposta acima atrevo-me a dizer o objetivo do artigo de amanhã (Desculpa pelo possível spoiler).

          “A MS não sabe o que definir o que será o Scorpio, pois se for uma nova geração é uma tapa na cara dos que compraram o One, pois o console chegaria abaixo da metade da vida útil prevista para o One(10 anos) e caso for um One turbinado irá fazer com que os apoiadores do One também coloquem o nariz redondo vermelho e que fique com “o rabinho entre as pernas” (modo de falar o Brasil que indica que está arrependido) pois detonaram os usuários do PS4 base devido a Sony lançar um modelo turbinado do PS4″, a MS fazendo o mesmo que a Sony fez.

          Já falava isso há tempos e foi justamente para o Fernando. Atualmente a MS diz que o Scorpio é para rodar os jogos a 4K, dando a impressão de One turbinado, mas que terá jogos VR que o One não terá, ou seja com jogos e funcionalidades exclusivas que o modelo anterior não tem, o que pode caracterizá-lo como nova geração. É tipo um aparelho remendado.

          Mas é assim, não aceitam o Pro como sendo um PS4, mas aceitam o One Slim(com HDR, 4K upscaling, processamento levemente melhorado) como um One normal.

          • Não. A Microsoft saberá o que é a Scorpio. Mas a sua decisão sobre isso pode ter consequências no mercado.
            De resto o VR na Scorpio nâo abordo, mas não estou a ver.
            Comprar uma Scorpio, uma TV 4K é um VR… Por amor de Deus… Eu passo! Não ganho para isso! A proposta da Sony é bem mais atractiva pois consola já tinha, câmara também, os move vêem da PS3 e a TV é uma topo de gama 1080p e não precisei de a trocar. Ou seja, tirar o máximo partido de tudo e custou-me 399 euros. Para fazer o mesmo na Scorpio precisava de mais de 2000 euros.
            Sou amante de jogos, mas não sou louco!

  4. A Sony arriscou muito no final de 2016. Ela lançou três novidades quase ao mesmo tempo: PS4 Slim, PS VR, PS4 Pro e isso poderia confundir os consumidores e estragar as vendas de fim de ano. Eu mesmo fiquei um pouco na dúvida se pegava primeiro um PSVR ou trocava o meu PS4 por um PS4 Pro para aproveitar o potencial da minha TV 4k e ter melhores performances com o PSVR furamente. Acabei optando por comprar o PS4 Pro primeiro e depois peguei o PSVR.
    Apesar de toda está confusão as vendas não foram afetadas, o PSVR está esgotado em vários mercados, o PS4 Slim vendeu muito e o PS4 Pro deve ter vendido oque a Sony planejou e ele não veio para substituir o PS4 base ele veio para uma opção para quem desejava o mesmo console com mais performance e as declarações da Sony sempre afirmam o PS4 Pro é um PS4 e não uma nova geração.
    Acho que neste momento para a Sony o importante é vender cada vez mais seja o PSVR, PS4 ou PS4 Pro que o importante para ela é que a marca PlayStation fique cada vez mais consolidada como líder dessa geracao de consoles.

  5. Mário , desculpas pelo off-topic mas , veja esse vídeo que diz que o xbox one é VEGA e me diga sua opinião

    https://m.youtube.com/watch?v=-YrZ_8dhpGI

  6. [OFF] – Saíram as novas especificações do HDMI 2.1

    http://www.hdmi.org/manufacturer/hdmi_2_1/index.aspx

  7. Já que estamos falando de exclusivos de ps4 , eu acho que a única desenvolvedora que consegue ultrapassar a naughty dog é a ROCKSTAR , olha esse vídeo que mostra que o gta v , um jogo de 2013 ainda acaba com muito jogo de 2016 , principalmente o concorrente ( watch dogs 2 )

    https://m.youtube.com/watch?v=3kDVwRyCq0s

Os comentarios estao fechados.