SSD pode ser uma boa prenda de Natal para a tua consola.

Já todos sabemos que um SSD traz vantagens na diminuição de tempo de carga de jogos. Mas quanto? Justifica comprar um?

Infelizmente ao longo do tempo já vimos vários testes de uso de SSDs com consolas. E o que se viu estava longe de ser conclusivo!

Desde testes onde os ganhos eram poucos ou nenhuns, a outros onde os ganhos existiam mas não eram compensatórios, passando por outros onde os ganhos eram realmente interessantes.

Mas afinal… em que ficamos? O SSD vale a pena ou não?

Bem, para tirarmos total partido de um SSD precisaríamos de o ligar a uma porta SATA, idealmente a SATA 3 da PS4 Pro. Infelizmente a troca de disco interno não é possível fora das consolas Playstation, e a abertura de uma Xbox implica a perda da garantia. Tal não impede que se possa no entanto usar um disco externo ligado às portas USB da consola.



Apesar de o resultado ser inferir ao que que teoricamente poderíamos obter numa porta SATA, os resultados são no entanto igualmente interessantes, com os ganhos a continuarem a existir em larga escala.

Os problemas da medição por SSD

A grande dificuldade na verificação dos ganhos usando discos SSD passam por três factores.

1 – O tempo de CPU associado ao loading.

2 – A velocidade real do SSD.

3 – O tempo total de carga.

No primeiro caso temos de ter em conta que nem todo o tempo que se perde numa carga é exclusivo de leitura. Muitas vezes os dados são carregados comprimidos e descomprimidos na memória, o que obriga a tempos de CPU associados à carga. E esses tempos de CPU depois variam de consola para consola, consoante a velocidade do CPU em causa (e ele é diferente em todos os modelos de consolas de mesa)

A velocidade do SSD é igualmente relevante. Apesar de todos os SSDs serem mais rápidos que os HDDs, a realidade é que a diferença varia de modelo para modelo. Os SSDs não possuem todos a mesma velocidade, e naturalmente não esperem obter num SSD de menor qualidade as mesmas performances de um SSD minimamente decente.

Finalmente os ganhos dependem do tempo de carga. A probabilidade de termos ganhos mais significativos ocorre mais em jogos com tempos de carga maiores, não havendo uma proporção directa entre os ganhos de velocidade e um disco HDD e um SSD. Por outras palavras, um SSD com o dobro da velocidade de um HDD não vai ler todos os jogos em metade do tempo, sendo que os ganhos serão maiores em tempos de carga maiores. E pelo primeiro motivo, o ganho variará de jogo para jogos e não será forçosamente proporcional ao ganho de velocidade.

Mas com um bom SSD, esteja ele ligado por USB, ou internamente, esteja numa porta USB 2.0 ou 3.0, os ganhos irão existir. E podem por vezes representar valores significativos.

Vamos mostrar aqui exemplos do que pode ser obtido a nível de ganhos, em consolas PS4 e Xbox.

PS4 e PS4 PRO

O OCZ Trion 100 usada neste teste não é exactamente a melhor das drives SSD, mas é uma drive Toshiba ultra interessante na relação qualidade preço, que a torna numa excelente escolha para estas situações, sendo capaz de leituras a 512MBps que se mantêm nesse valor para transferências até 1 GB, descendo para 496 MBps em ficheiros de 10 GB, podendo ser adquirido em versões de 240 GB, 480 GB e 960 GB.

Tempo de carga (Segundos) PS4 500GB Drive HDD original PS4 com SSD OCZ Trion 100 PS4 Pro 1TB Drive HDD original PS4 Pro com SSD OCZ Trion 100
Battlefield 1: Through Mud and Blood 109.6 47.7 (56% mais rápido) 95.3 41.2 (56% mais rápido)
Battlefield 1: The Runner 70.2 31.5 (55% mais rápido) 60.0 27.8 (53% mais rápido)
Skyrim: New Game 22.1 16.7 (24% mais rápido) 19.0 13.7 (27% mais rápido)
Skyrim: Helgen Save Game 27.9 20.9 (25% mais rápido) 24.5 16.4 (33% mais rápido)

A drive foi colocada internamente, tirando partido da porta SATA II da PS4 e SATA III da PS4 Pro, sendo que os resultados não oferecem o mesmo ganho em todos os casos, vendo-se casos onde os ganhos diminuem os tempos de carga para menos de metade, e outros onde se ganham apenas 7 a 8 segundos. Basicamente o que se percebe é que os ganhos são maiores, conforme o tempo de carga aumenta.

Podemos mostrar mais testes, mas desta vez apenas com a PS4 base:

Jogo/Tempo de carga (Segundos) PS4 500GB Drive HDD original PS4 com OCZ Trion 100 480GB
Bloodborne – Central Yharnam 30.8 16.9 (45% mais rápido)
Bloodborne – Great Bridge 26.1 15.0 (42% mais rápido)
Bloodborne – Respawn em Old Yharnam 30.7 15.4 (49% mais rápido)
Bloodborne – Return to Hunter’s Dream 10.7 7.4 (26% mais rápido)
Fallout 4 – Vault 111 31.7 17.4 (45% mais rápido)
Fallout 4 – Exiting Vault 111 25.7 17.2 (33% mais rápido)
Fallout 4 – Concord Town 55.5 29.1 (47% mais rápido)
Fallout 4 – Diamond City 49.0 28.6 (42% mais rápido)
Just Cause 3 – Novo jogo 69.9 43.8 (37% mais rápido)
Just Cause 3 – Respawn na primeira missão 28.9 21.1 (26% mais rápido)
Just Cause 3 – Baia 65.6 43.7 (33% mais rápido)
Just Cause 3 – Respawn em Baia 23.4 16.2 (30% mais rápido)

Mais uma vez torna-se claro que o SSD traz ganhos, mas variáveis. Mas estes confirmam que se torna necessário tempos de carga maiores para que hajam realmente maiores diferenças.



De notar ainda que estes casos mostram os casos mais notórios. Há jogos onde os ganhos não são verdadeiramente significativos, mas em termos gerais, eles existem sempre.

Vamos ver agora alguns casos na Xbox



Xbox One e Xbox One X

Tempo de carga (Segundos) Xbox Drive HDD Original Seagate 1TB SSHD OCZ Trion 100 480GB
GTA 5: Carga inicial em O’Neil Way 88.6 26.2 (70% mais rápido) 24.2 (72% mais rápido)
Dead Rising 3: Carga inicial 29.0 23.9 (17% mais rápido) 21.6 (25% mais rápido)
Dead Rising 3: Capítulo 0 19.5 15.9 (18% mais rápido) 15.0 (23% mais rápido)
Fallout 4: Vault 111 33.4 30.9 (7% mais rápido) 20.9 (37% mais rápido)
Fallout 4 – Saindo do Vault 111 27.8 25.7 (7% mais rápido) 17.6 (36% mais rápido)
Fallout 4 – Concord Town 55.5 31.8 (42% mais rápido) 26.2 (52% mais rápido)
Fallout 4 – Diamond City 47.7 25.1 (47% mais rápido) 23.7 (50% mais rápido)
Just Cause 3 – Novo jogo 107.4 71.8 (33% mais rápido) 67.6 (37% mais rápido)
Just Cause 3 – Respawn na primeira missão 45.0 31.1 (30% mais rápido) 29.2 (35% mais rápido)
Just Cause 3 – Baia 110.4 83.1 (24% mais rápido) 63.2 (42% mais rápido)
Just Cause 3 – Respawn em Baia 32.0 25.9 (19% mais rápido) 22.3 (30% mais rápido)

O exemplo de cima aplica-se exclusivamente à Xbox One, não tendo sido testada a Xbox One X. Como curiosidade mostra testes com uma drive hibrida, a Seagate SSHD de 1 TB, e que mostra bem a vantagem que já se consegue com essas drives.

Se se recordam, no artigo de ontem falavamos sobre a baixa de custos dos SSD e referíamos que as drives híbridas poderão aparecer por defeito nas consolas de nova geração. O teste de cima mostra o que poderiam ser as vantagens com uma drive dessas, face a um disco clássico.

Mas voltemos ao teste com o OCZ Trion 100!

Como vêmos há ganhos enormes, como em GTA 5 que chega a ter ganhos de 70%, existindo também casos onde o ganho é de apenas 23% que se traduzem em 4.5 segundos. Como sempre não há uma relação no ganho que possa ser prevista à partida!

Naturalmente, e apesar de aqui não termos nenhum teste para a Xbox One X, os ganhos deverão ser melhores que os acima visualizados.

Eis mais alguns exemplos de ganhos na Xbox One:

Carga inicial (em segundos)

Game HDD SSD % Change
Gears of War 4 0:57s 0:49s 14% mais rápido
Dead Rising 4 0:32s 0:24s 25% mais rápido

DOOM

Test HDD SSD % Change
Carga de jogo 0:54s 0:43s 20% mais rápido
Carga de nível 0:50s 0:38s 24% mais rápido

Just Cause 3

Test HDD SSD % Change
Carga de jogo 0:41s 0:34s 17% mais rápido
Carga de nível 0:44s 0:40s 9% mais rápido

Titanfall 2

Test HDD SSD % Change
Carga de jogo 0:45s 0:33s 27% mais rápido
Carga de nível 0:44s 0:39s 11% mais rápido

Conclusões

Se estás na dúvida sobre o que comprar agora para o Natal, e se perdes bastante tempo a jogar, um SSD pode ser uma boa prenda para ofereceres à tua consola. Ganha ela… e ganhas tu, que não ficas tanto tempo a olhar para o ecrã à espera que ela carregue o jogo. Idealmente, nas Playstation o disco SSD deveria ficar internamente, com o outro disco a passar para externo, já nas Xbox ele terá de ser forçosamente externo. Daí que uma caixa externa SATA III será sempre precisa juntamente com o disco SSD.

Agora tomem é cuidado e não se tentem pelos preços dos SSDs, escolhendo discos que mantenham bem a performance em ficheiros de grandes dimensões.

Fonte: Diversas, entre as quais testes da Eurogamer



Posts Relacionados

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Brunoab Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest
Notify of
Brunoab
Visitante
Brunoab

esses ganhos timidos, na minha opinião, são por trava de software.

o sistema do PS4 reserva tantos MB/s para carregar jogos, para que todo o resto, o proprio sistema operacional, downloads e uploads em segundo plano, não terem engasgo.

outra coisa que eu suponho, é que a Sony libera banda de acordo com o jogo, Horizon Zero Dawn deixa o PS4 PRO inteiro lento enquanto carrega… enquanto Fallout 4 não tem esse problema.

suponho que a banda reservada para carregamento do jogo seja “liberada” para quem é notório por fazer jogos tecnicamente perfeitos, principalmente first party.

já no casso do fallout 4, bom… é um milagre a bethesda conseguir certificar os jogos dela em consoles UHAHUHUAHUAUH Skyrim, Fallout 3 e Fallout New Vegas na minha opinião não deveriam ter passado na certificação da Sony para saírem no PS3.