Será que a Samsung revelou sem querer o seu Galaxy S8? Telefone sairá em Abril e soube-se a causa das explosões dos Note 7!

A Samsung fez um video publicitário aos novos ecrãs Amoled. E nele aparece um telefone com um design muito semelhante ao que se refere virá a ser o próximo S8. Noutras notícias o S8 apenas sairá em Abril, e foi oficializado o relatório final de análise às explosões do Note 7

Poderá a Samsung, sem grande intenção, ter revelado o futuro Galaxy S8?

Ao longo dos tempos tem vindo a surgir, como habitual, rumores sobre o design do futuro Galaxy S8 da Samsung. E ao longo dos tempos esses mesmo rumores tem vindo cada vez mais a convergir naquilo que se mostra na imagem de baixo:

A imagem mostra um telefone com topo e fundo finos, sem as teclas físicas e com os cantos arredondados. Um design que diga-se, a ser utilizado, é bastante atraente.



Ora recentemente a Samsung publicou um vídeo de publicidade dos seus ecrãs Amoled, e nesse video surge um conceito de telefone não identificado. E que, curiosidade ou não, é em tudo idêntico ao da foto.

Eis o vídeo:

Como podem ver, o smartphone é apenas um render esquemático, sem ecrãs curvos, mas com enormes semelhanças com o conceito S8, levando a querer que a Samsung não terá criado este render baseado em algo. E esse algo, terá sido o S8!

O que acham? Acham que a Samsung nos terá dado uma amostra do que será o S8?

Noutras notícias, a Samsung anunciou oficialmente que não apresentará o S8 no Mobile World Congress, o que deita por terra as expectativas de lançamento em Março. Atualmente, segundo a Forbes, a data prevista para o lançamento é 14 de Abril, sendo que o telefone estreará os novos Snapdragon 835, o primeiro processador a ser feito numa tecnologia de 10 nm da própria Samsung.

A terminar estas notícias sobre a Samsung, referimos que a empresa revelou um relatório sobre as causas encontradas das explosões do Note 7. E, de acordo com o Recode, confirma-se que, em ambos os casos o problema foi com as baterias.

Na primeira remessa, ainda com baterias da Samsung, as mesmas possuíam falhas no canto superior direito, e que teriam, alegadamente, sida a causa dos curto-circuitos.

Já no que toca à segunda remessa, já com baterias de outro fornecedor, e que se pensavam ser livres de falhas, o problema persistiu, levando a sobre-aquecimento, mas desta vez por falha de isolamento.

A Samsung explica, no seu site, que a investigação foi realizada envolvendo um total de 700 engenheiros e 20 mil aparelhos Galaxy Note 7 aos quais se juntaram mais de 30.000 baterias.

Como nota final, fica a indicação que, perante esta explicação e causa, há rumores que a Samsung planeia retomar a construção dos dispositivos Note, preparando já um Note 8!



Posts Relacionados