Tens consciência que a Xbox One é um sucesso de vendas?

AllXbox

Bloodborne foi considerado um sucesso com 1 milhão de unidades vendidas. Tomb Raider foi considerado um flop com 4 milhões. É certo que tudo depende da perspectiva e dos valores investidos. No entanto, fatualmente, até ao momento, a Xbox One é a consola mais bem sucedida da Microsoft.

AllXbox

A implantação da Xbox

Estavamos em 2005 e a Microsoft lança a sua Xbox 360. Sem concorrência e com uma evolução de hardware tremenda, a consola é recebida de braços abertos pelo mercado.

Agora com a geração basicamente terminada podemos analisar aquilo que foi a Xbox 360. Sucesso ou falhanço?

Bem, a vida dos fabricantes de consolas não foi fácil na anterior geração, e por muitas vezes os prejuízos acumularam-se, e terminada a geração apenas as respectivas empresas poderão fazer uma contabilidade e verificar até que ponto a mesma foi proveitosa. No entanto uma coisa é certa e inegável. A Xbox 360, a nível de vendas, foi um sucesso!

Apesar de a consola, actualmente, apresentar menos vendas que a consola concorrente, a PS3, com um total de 84.8 milhões de unidades vendidas contra 85.3 milhões da PS3, obtidas em menos um ano (A Xbox 360 foi lançada em 2005, a PS3, em 2006), é preciso ver os antecedentes para uma conclusão mais completa.

E os antecedentes são muito desfavoráveis à Microsoft. Se na geração PS One a Microsoft nem estava no mercado, tendo essa consola vendido 102,42 milhões de unidades, a Xbox Original concorreu contra uma PS2 que bateu todos os recordes de vendas até hoje, com mais de 155 milhões de consolas vendidas.

Nesse aspecto, os 24 milhões de consolas Xbox originais vendidas eram menos de 1/6 do mercado da Sony, e nem sequer alcançava a Nintendo 64.

Mas a Xbox 360 alterou tudo isso! Com esta consola, a meu ver a melhor consola da anterior geração, a Microsoft aumentou o seu mercado em 350%.

Não há por isso que enganar! A Xbox 360 foi um sucesso! O maior sucesso da Microsoft até hoje em consolas, e implantou definitivamente a marca no mercado.

A Xbox One

Olhar para as vendas da Xbox One e comparar as mesmas com o mega sucesso da PS4 é a perspectiva errada de se fazer a coisa. Nunca, mas mesmo nunca, poderemos avaliar a qualidade ou o sucesso da Xbox One olhando para o que a concorrência faz. Teremos isso sim de olhar para aquilo que a consola em si faz.

E ver números de vendas menores, para se concluir que tal torna a consola um flop de vendas é um erro!

Cremos que talvez a melhor maneira de se perceber isso é com o exemplo dado inicialmente. Bloodborne foi considerado um sucesso mal atingiu o 1 milhão de cópias vendidas. Já Tomb Raider, ao fim de 4 milhões, e pelo largo investimento feito, estava a ser encarado como um Flop. Nesse aspecto recomendamos a leitura do artigo do nosso leitor José Galvão que sintetiza muito bem a realidade do mercado nesse aspecto e as loucuras em que ele por vezes entra.


Naturalmente que plena consciência do sucesso da Xbox One apenas a Microsoft poderá ter. Apenas eles sabem quanto despenderam na concepção e criação da consola, pelo que financeiramente apenas eles poderão ter a consciência se a consola está ou não a ser devidamente lucrativa. No entanto há alguns pontos onde podemos já avaliar o sucesso da consola.

Para tal, vamos partir do principio base que todos concordamos. Que a Xbox 360 foi um sucesso, e que como tal, tudo o que surja acima disso, será um sucesso ainda maior.

Vamos comparar as vendas da Xbox 360 e da Xbox One nos primeiros 19 meses de vida (a idade actual da One).

vendas2

Apesar de alguns altos e baixos de vendas devido à imprevisibilidade e factores únicos que existem a cada momento que poderão ter feito com que o sucesso da One seja mais oscilante do que poderia ser de esperar, a realidade é que comparando totais podemos ver que a Xbox One vendeu já mais 2.62 milhões de consolas do que a Xbox 360 tinha vendido em igual período.

Trata-se de um crescimento de mercado de 26%. Quem dera à maior parte dos fabricantes de hardware conseguirem tal situação a cada geração do seu novo hardware!

Conclusão

Naturalmente que sem uma análise de custo/benefício é difícil saber-se se a Xbox One é ou não um sucesso a nível comercial. Mas no que toca ao número de vendas, os valores falam por si! Se a Xbox 360 foi um sucesso (que foi), a Xbox One está a ser um sucesso maior.

Daí que comparar as consolas e a sua qualidade ou valor pelo número comparativo de vendas e não pelo seu sucesso individual é errado. Seria quase o mesmo que dizer que os telemóveis Android da Samsung são totalmente superiores ao iPhone só porque no primeiro quarto de 2015 a Samsung vendeu 82.8 milhões de smartphones e a Apple se ficou pelos 61.6 milhões.

E todos sabemos que a qualidade de um smartphone não se mede pelas vendas comparativas dos outros, mas por aquilo que ele vale por sí. E se é assim porque motivo se há-de aplicar uma lógica diferente às consolas?

A Xbox One é um sucesso! E uma consola de uma qualidade excepcional com muitos truques ainda na manga e com muita performance por revelar. E dado o seu sucesso de vendas, não a escolher tomando, mesmo que ao de leve, o critério que a concorrência vende mais, poderá ser… um erro crasso!

Fonte de números: VGChartz

Publicidade

Posts Relacionados