Tens dúvida que as actuais consolas conseguem bater os actuais PCs topo de gama?

Quando analisamos o hardware das actuais consolas, comparativamente a um PC, o mesmo é… fraquinho. Será que com isso as consolas estão condenadas a ser ultrapassadas rapidamente?

dark sorcerer

Num artigo anterior já demonstramos os motivos pelos quais a arquitectura da PS4 é superior à dos PCs actuais. Já demonstramos igualmente que o hardware das consolas consegue ser muito melhor aproveitado do que o Hardware PC.

Mas naturalmente a dúvida poderá persistir. Será?

Bem, não pensem mais. Se possuem consciência daquilo que um PC topo de gama de 4 mil euros é capaz de fazer, apercebem-se que com excepção de mais FPS pouco ou nada faz que um outro de 700 euros faça. E o melhor que podemos encontrar é isto:

Publicidade

Retomando o nosso artigo


Crysis 3 é o expoente máximo do grafismo PC, mas no entanto o jogo existe igualmente para as velhinhas PS3 e Xbox 360, e com um grafismo igualmente de qualidade.

Outro bom exemplo é Metro: Last Light, um jogo igualmente disponível nas consolas já com 7 anos, mas que na versão PC requer uma Geforce Titan para ser executado no seu detalhe máximo.

Fiquem então com um vídeo de Metro: Last Light num computador com duas Geforce Titan em SLI (mais de 2 mil euros só em placas gráficas):


Passemos então às fraquinhas (em comparação) consolas. E deixo-vos com uma demo de Dark Sorcerer para a PS4.

Note-se que o que está presente no vídeo é 100% criado na consola em tempo real. Não há mistura de video e tratam-se de personagens 3D criadas em tempo real (sim, convêm explicar pois os incrédulos no final serão muitos).



Se considerarmos que a PS4 ainda nem sequer foi lançada e que o conhecimento do seu hardware ainda não é nenhum, se dúvidas restavam quanto ao que se vai poder tirar das mesmas as mesmas, estas deverão agora estar completamente dissipadas. Afinal esta demo bate tudo o que já vimos em PC.

Nota: De maneira nenhuma este artigo pretende contrariar o óbvio. Os PCs actuais são mais potentes que as atuais consolas. O que está em causa aqui é o aproveitamento do hardware. O que se vê actualmente na PS3 ou Xbox 360 é algo que não só não se viu nos PCs com hardware equivalente, como actualmente esses mesmos PCs não se mostram capazes de correr de forma adequada a versão do jogo criada para a plataforma.

O que é mostrado neste vídeo é um grafismo que os PCs já são capazes de executar à vários anos. Mas no entanto devido a um mercado bastante fragmentado onde o grosso das máquinas são de performances medianas os PCs não são capazes de demonstrar o seu potencial. Ou seja, não é que a capacidade não esteja lá, mas apenas que por factores diversos nunca a vimos explorada da mesma forma que nas consolas. E esta é uma realidade desde sempre.

Publicidade

Posts Relacionados