Turquia ataca o Twitter… acusando-o de evasão fiscal.

O primeiro ministro Turco continua na sua cruzada para banir o Twitter. E agora pretende acusa-los de evasão fiscal.

Tayyip Erdogan, Primeiro Ministro Turco não está mesmo contente com a liberdade de expressão que o Twitter oferece, e após o ter tentado bloquear sem sucesso uma vez que a acção foi considerada ilegal pelos tribunais, está agora a mudar de plano. E o seu plano B é acusar o Twitter de violar a lei e de fugir aos impostos. E nesse sentido o Twitter já foi acusado verbalmente de fuga aos impostos, sendo que Facebook e Youtube estão também na lista de serem acusados de violações da lei.
No entanto até ao momento tudo não passou de paleio e não se passou à acção, não havendo um caso oficial contra o Twitter, até porque Erdogan e os Juízes estão em confronto directo especialmente depois de este ter acusado o Tribunal Constitucional de “interferências na política” ao permitir a liberdade de expressão (Curioso… acho que isto me faz lembrar algo que se passou bem recentemente em Portugal em que o Tribunal Constitucional, por fazer respeitar a Lei foi acusado directamente pelo Governo de prejudicar as suas políticas).

Actualmente na Turquia o Youtube, apesar de não estar bloqueado completamente, é de difícil acesso devido a restrições impostas aos ISPs.

Publicidade

Posts Relacionados