Ultima hora: Apple planeia OPA para tomada de controlo da Sony

Em uma jogada algo inesperada, a Apple prepara-se para adquirir o controlo da Sony. Obter direitos sobre a marca Playstation e a obtenção de uma empresa nipónica que ataque a Samsung no seu próprio mercado são os principais motivos da OPA.

Applesony

NOTA: Esta notícia foi a nossa mentira de 1º de Abril

Os rumores de que a Apple poderia vir a adquirir a Sony já vinham desde à alguns anos, e aliás uma aquisição ou aliança com a Sony era um velho desejo de Steve Jobs que parecia no esquecimento.

No entanto já em Novembro de 2013, e após se saber de maus resultados financeiros, os rumores de que a Apple poderia vir a pegar na empresa, remodela-la aproveitando os seus recursos para a fabricação dos seus produtos em um mercado de mão de obra qualificada e barata que poderia competir com a Samsung e acabar com a dependência que a Apple possui com a Foxconn, tomando igualmente conta da mundialmente famosa marca Playstation, voltaram a surgir.

Actualmente a Sony está em re-estruturação e conta voltar aos lucros, mas a empresa está fragilizada por anos de maus resultados e o seu valor no mercado está baixo. E com a empresa a ser detentora de um portfólio de fábricas e patentes em valor que superam em muito o seu valor de mercado a Apple prepara-se para fazer finalmente a desejada aquisição, obtendo assim uma empresa bem posicionada para atacar a Samsung no seu próprio mercado e o controlo sobre a marca Playstation que permitirá à Apple a entrada para o mercado dos videojogos.





No entanto a aquisição não surgirá como uma compra normal e negociada, mas sim sobre a forma de uma OPA ou Oferta Pública de Aquisição de acções, uma operação bolsista na qual uma sociedade compra a totalidade ou a maioria das acções de uma outra empresa devidamente cotada, tomando o controlo da mesma. Uma opção que, face ao actual valor das acções da Sony se revela muito mais vantajosa para a Apple. O termo em Inglês será Take-Over.

Negociar uma compra da Sony por um valor justo seria certamente muito mais dispendioso, motivo pelo qual a tomada “hostil” se revela mais vantajosa e, quem sabe, a mesma até não estará a ser negociada entre empresas no que toca às percentagens que cada uma das partes passará a controlar.

acoessony

Actualmente os dados concretos sobre a movimentação são relativamente poucos, mas a possibilidade da OPA já está noticiada em alguns websites relacionados com a Apple e no blog da Playstation. O mais certo é que rapidamente durante o dia de hoje, a notícia com mais detalhes deverá atingir em força os media uma vez que estaremos perante uma situação, não só pouco comum, mas igualmente de grande interesse uma vez que se tratam de dois grandes nomes sonantes na indústria.

E certamente o timming para esta acção da Apple não será alheio ao grande sucesso da Playstation 4 e a apresentação do seu capacete de realidade virtual que com a compra da Oculus pelo Facebook se tornou bastante mais apetecível, especialmente se abranger o mercado dos computadores pessoais Apple.



Posts Relacionados