Ultimos SDKs da Xbox One terão posto de lado os limites de resolução por culpa da eSRAM

Se até agora a eSRAM era um dos motivos para a Xbox One não atingir os 1080p, os novos SDKs parecem atirar essa exclusão da resolução apenas para questões de performance.

A eSRAM foi durante muito tempo um espinho na garganta da Xbox One devido à sua pequena resolução, revelando-se um problema para muitos criadores de software.

Mas segundo os criadores de Rugby Challenge 3, essa situação não foi verdadeiramente um problema para eles. Apesar de a situação ainda exigir ser analisada, os últimos SDKs parecem permitir ultrapassar a situação.

Eis a citação:

Estamos a usar um SDK recente que nos permite utilizar o núcleo que anteriormente estava dedicado ao Kinect. Isto  (o uso do SDK) foi bastante útil em permitir melhor performance na XBOX One, bem como em permitir o jogo correr a 1080p.

Apesar de esta citação ser um pouco vaga, são conhecidos os esforços da Microsoft na eliminação da restrição da eSRAM na obtenção da resolução, e os últimos SDKs parecem permitir passar o problema à frente, ou pelo menos minimizar o mesmo de forma significativa.

Fonte: Gaming Bolt

 

Publicidade

Posts Relacionados