Um dos maiores apoiantes do Kinect, Peter Molyneux, acha-o actualmente uma mera piada.

Peter Molyneux foi um dos apoiantes mais fervorosos do Kinect, mas actualmente acha-o uma piada e acredita que a Xbox One vai acabar por ter uma versão ser o periférico.

peter-molyneux

Peter Molyneux foi o criador de uma das demonstrações tecnológicas mais impressionantes para Kinect: O Project Milo.

No entanto, actualmente este está convencido que mais cedo ou mais tarde, a Xbox One vai ser vendido sem o periférico, referindo que não fazer é neste momento algo “impensável“.

Em uma mudança de posição extraordinária, Peter referiu à EDGE que “Desejava que o Kinect não fosse obrigatório. Mas ele parece-me um extra desnecessário. Talvez por estarmos em Inglaterra que não usa as caracteristicas da TV, mas ele soa cada vez mais e mais a uma piada. Eu e o meu filho sentamos-nos a dar comandos aleatórios e ele não funciona.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Eles podem reduzir o custo do produto removendo-o. E tenho a certeza que vão lançar uma Xbox One sem ele. Seria impensável que isso não acontecesse.”

O que surpreende é a actual posição de Molyneux que em tempos comparou o Kinect ao rato, que apesar de uma fraca aceitação inicial, acabou como um periférico indispensável

Eis um video onde Peter elogia ao Kinect em todos os sentidos:


Publicidade