Uncharted: the Lost Legacy é o sexto título exclusivo da PS4 deste ano a liderar tops de vendas

A qualidade dos exclusivos PS4 salta ao de cima, com 6 deles, todos eles lançados em 2017, a conseguirem alcançar os tops de tabelas de vendas.

Uncharted: The lost Legacy chegou, como era expectável ao primeiro lugar do top de vendas de alguns dos principais mercados. E não é o único!

De acordo com a Eurogamer, apenas em 2017, 6 dos jogos que apenas podem ser jogados por quem possua uma PS4 alcançaram o primeiro posto do top de vendas do segundo maior mercado do mundo, o do Reino Unido, um feito sem paralelo até ao momento por qualquer consola em tão pouco espaço de tempo, e que justifica a notícia.

Os restantes cinco jogos que ajudaram a este feito foram Crash Bandicoot N. Sane Trilogy, Horizon Zero Dawn, Persona 5, WipeOut: Omega Collection, e Final Fantasy XII: The Zodiac Age.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (13)

  1. Os exclusivos não vendem lol

  2. Grande coisa. Qualquer jogo novo estreia em primeiro na primeira semana no Reino Unido, e até onde eu sei o segundo maior mercado de games do Mundo é o Japonês, o Reino Unido é só o maior da Europa, e mesmo com todos os países somados, ainda é um mercado menor que os Estados Unidos.
    Isso não quer dizer muita coisa, estão dizendo que esse Uncharted estreou com menos da metade de vendas do Uncharted 4.
    Até Quantum Break, chamado de Flop comercial estreou em primeiro.

    • E estrear e continuar na semana seguinte em 1°?

      Segundo as notícias U:TLL continua em 1°.

      • Para certas pessoas há que desmerecer tudo o que não é do clubite.

        Vou-me fartar de rir é se o Uncharted for o jogo mais vendido no maior mercado do mundo e o único que parece interessar na hora de engrenar a treta, vai ser giro, ver engolir em seco…

        • Deixa ele, são quase 4 anos de mágoa e decepções😭

          • Decepção porque amigo,você poderia me explicar.Tenho Xbox e até a data presente não tenho tido mágoa ou decepção.
            Dos três consoles que tenho o meu pro é o menos jogado em casa,até minha esposa curti mais o Xbox .

          • Tu falas como se os exclusivos fossem mesmo exclusivos que só algumas pessoas mais capazes ou mais afortunadas pudessem jogar, hoje em dia cada vez mais os jogadores de consolas têm duas ou até mesmo 3 consolas, logo deixa de haver exclusivos e passa a haver apenas jogos bons jogos médios e jogos maus, no meu caso e nesta geração tenho jogado mais exclusivos da PS4 mas devido ao LIVE e ás conquistas jogo a maioria do tempo no xboxONE e isso é apenas porque é o meu gosto pessoal e as minhas preferências, não jogo menos na PS4 por ódio ou por capricho da guerra entre consolas…o comando da xbox depois de milhares de horas na minha mão é tão natural como respirar, já na PS4 tenho que fazer algum esforço para conseguir jogar e não me sinto tão confortável, como também já perdi o hábito de jogar no PC com teclado e rato pelo que comprei o Tomb Rider para PC e passado meses ainda não o terminei…as preferências individuais são o somatório de uma enormidade de factores em que cria uma diversidade de preferências quer seja em consolas, carros ou mulheres ou qualquer outro produto ou relação humana

          • @Ewerton, não me referi a vc ou a qualquer outro user Xbox, quem está por aqui desde 2012 vai entender o que eu disse, isso é uma referência a grande jornada que o user citado tem feito pra denegrir a Sony, PS4 e principalmente os jogos da Naughtydog, infelizmente não há como consultar os comentários das news anteriores pois assim vc entenderia o que eu coloquei.
            Abraços

            PS1: @Vitor, eu te entendo cara, a minha citação é uma critica voltada ao user acima por motivos os quais já coloquei acima, não tenho digerido bem os comentários do mesmo, pois depois de mais de 4 anos as pessoas tendem a cansar disso.

    • Para o leitor Fernando.

      Alerta: Quem responde a esta mensagem não é o webmaster do site.
      Tendo ficado encarregue pelo responsável do website de vigiar as coisas por aqui, um dos pedidos que me foi feito foi de dar conhecimento de eventuais afirmações que pudessem colocar em causa a veracidade de dados transmitidos pelo website.
      Como se entendeu que no comentário do leitor Fernando a que se responde, se coloca muito do artigo em causa o seu teor foi enviado ao webmaster que respondeu.
      E cito.
      “Há muita tendencia de leitores da PCManias interpretarem os dados como gostam. O que naturalmente por vezes se torna desfasado da realidade.
      Não é verdade que qualquer jogo entra em número um. É verdade que qualquer grande jogo entra em número um. Uma pequena diferença mas que faz toda a diferença do mundo.
      Este ano a PS4 teve 6 exclusivos com capacidade para tal e esse foi o fator a reter e que levou à notícia, a qualidade inerente a esses jogos que lhes permitiram alcançar esse lugar e que mostram como esta, quando associada a exclusividade, ainda são algo decisivo nas vendas. Outros exclusivos houveram que não tiveram a mesma sorte, quer na PS4 quer noutras consolas. No caso da Xbox o título de maior nome lançado este ano, o Halo Wars 2 não alcançou o primeiro lugar do top no Reino Unido.
      Quanto aos mercados, e é aqui que entra a mistura de dados que se torna conveniente, a dimensão do mesmo pode ser medida de várias formas.
      Se formos pelo dinheiro gerado pelos videojogos no seu geral o Reino Unido é apenas o sexto maior mercado. O primeiro é o Chinês, o segundo o Americano, depois o Japonês, o Sul Coreano, o Alemão e só depois é que aparece o Reino Unido.
      Mas isto é em dinheiro gerado por toda a industria dos videojogos. E quando falo nos Eua em primeiro e do Reino Unido em segundo estou a restringir isso às receitas geradas pelas consolas (por ser de consolas que estamos a falar), excluindo tudo o resto (merchandisings, dispositivos moveis, pc, etc).
      Ora como sabes a China tem severas imposições à entrada de consolas, o Japão está longe de ter uma quota de consolas Xbox e PS4 digna de registo, a Coreia do Sul é algo semelhante, e a Alemanha tem muitas receitas vindas dos smartphones e PC, mas as das consolas são inferiores às do Reino Unido.
      Nesse sentido, no que toca às consolas, os Eua são primeiro, UK segundo. O Japão no que toca a consolas de mesa é quase um outsider nesta geração.
      Podes por isso colocar esta resposta na PCManias.
      Um abraço, obrigada, e até Domingo.”

Deixe um comentario

O seu e-mail nao sera publicado.


*