Vi um filme 3D nos óculos VR e…

A palavra que falta no título é… decepção! Filmes a 3D em óculos VR são algo que fica bem abaixo das expectativas!

O firmware 4.50 para a PS4 trouxe com ela uma actualização para o PSVR que permite a visualização de filmes 3D usando os óculos!

Naturalmente, quando soube desta novidade fiquei empolgado! O efeito 3D dos jogos VR é qualquer coisa de assombroso, e jogos como Batman Arkham VR são de uma envolvência tal que a sensação de estarmos ali é completa.

Daí que tendo jogado esse jogo recentemente, e tendo lido sobre a novidade, a expectativa de ver Batman vs Superman a 3D usando o PSVR era grande. Pensava eu que seria um efeito de envolvência semelhante, sentido que estava presente no filme, tal como nos jogos, e tendo as duas icónicas figuras da DC Comics à minha frente, como se fossem em carne e osso!

Mas atualizado o firmware da consola, e do PSVR, avancei imediatamente para este filme. E o que vi… foi decepcionante!



Logo nos menus percebi uma realidade. O filme que passava em fundo dos menus não tinha, nem de perto, nem de longe, um efeito 3D semelhante ao dos menus em si! A filmagem 3D não consegue criar os efeitos de profundidade que são criados digitalmente, e tendo os menus sido criados por computador, estes estavam bem mais pronunciados e perfeitos do que o filme.

Comparativamente, o filme parecia flat… mesmo 2D. Mas olhando-se com atenção percebia-se que isso não era verdade, e que o 3D estava lá… mas comparativamente… muito fraco!

Curiosamente, este filme é de uma qualidade tremenda no 3D quando visualizada na minha TV de 55 polegadas da LG. Mas ali o efeito era bem inferior… muito decepcionante mesmo!

Comecei o filme, e a coisa melhorou um bocadinho. As cenas do filme são mais perfeitas do que as que estão nos menus, mas mesmo assim o efeito é decepcionante em muitos aspectos!



Para começar não há o sentimento de nos sentirmos no filme que existe nos jogos. Olhando para os lados vemos as bordas do ecrã, e o efeito não é envolvente a 360 graus. Isto era algo que eu já sabia que assim aconteceria, mas que, no entanto, não contava fosse tão perceptível. O efeito é em tudo semelhante à visualização de um filme em cinema iMAX, mas não mais! Mas mesmo nessa comparação tem de se referir dois pontos decepcionantes:

O primeiro é a qualidade de imagem. O PSVR funciona muito bem, mas a qualidade de imagem não é exactamente soberba. E isso, infelizmente, nota-se!

O outro ponto decepcionante foi que a consola não me deixou passar o som para os headphones. E usar o VR sem os headphones não cria a mesma envolvência. Fui assim forçado a ter o som nas colunas da sala, o que soa a estranho. Ter a personagem ali à minha frente, mas o som não vir da mesma distância a que visualizamos a mesma é algo que soa a muito estranho. E este efeito certamente poderia ser eliminado com os headphones.

Mas depois há outros factores. As cenas nunca foram pensadas para que nos sentíssemos presentes no local. Aquilo é um filme 3D, pensado exclusivamente para ser visto como filme! Nada mais!

Aqui a culpa acaba por ser minha. Sem qualquer justificação, até porque a lógica me diria que a situação não seria assim, criei algumas expectativas infundadas para este suporte, e quando o testei senti-me defraudado. Mas ao menos agora tenho um iMAX dos pobres em casa. E não fosse pela questão do som, até o usaria mais vezes, mas assim… duvido!

 

 

 



Posts Relacionados