Votação para jogos do ano é dominada pelos exclusivos Playstation

A cerimónia de votação dos melhores jogos do ano, a “The Game Awards” está a ser preparada, e divulgou já os candidatos para as diversas categorias. Sem surpresas, os exclusivos Sony dominam as aparições nas nomeações

Os jogos exclusivos da Sony em 2018 foram efectivamente fantásticos, e como tal não é de admirar que apareçam nesta votação. Mas estes destacaram-se em vários campos, e nesse aspecto, acabam por dominar as nomeações para os jogos do ano.

O primeiro sucesso de 2018 foi God of War, aplaudido pelos críticos pela narrativa e decisões de design. O jogo passou da mecânica clássica para uma perspectiva na terceira pessoas, aventura de mundo aberto, de combate. Estas novidades abrem um novo mundo de possibilidades para as futuras versões do jogo, tendo o jogo sido um sucesso tremendo de vendas.

Logo depois tivemos o novo jogo da Quantic Dream’s que fala de descriminação e escravatura numa temática relacionada com Androides. Era uma grande evolução face a Beyond: Two Souls, e com uma história que cativava à qual as pessoas não são insensíveis, algo que foi ajudado por personagens carismáticas como Connor, Markus e Kara, que tiveram interpretações soberbas. Tal levou a que, apesar de características muito únicas destes jogos da Quanti Dream’s, o jogo fosse bem recebido e elogiado pela critica, tornando-se no jogo da Quantic Dreams mais vendido até hoje.

Depois tivemos o nosso amigo e simpático vizinho, aquele que gosta de se passear a baloiçar em teias, o homem aranha! Um jogo que superou tudo o que era esperado, tornando-se no jogo do Homem Aranha que se esperava à muitos anos, e que as versões anteriores nunca conseguiram ser.
Melhorias em todos os aspectos, desde as gráficas, à física, às habilidades e jogabilidade, e uma banda sonora de John Paesano, tornam este jogo memorável.



Mas não foi só no capítulo dos jogos clássicos que a Sony se comportou bem! Na área da realidade virtual o Astro Bot Rescue Mission, o Firewall Zero Hour, e o Tetris Effecttambém se destacaram.

Consequência de tudo isto:

God of War e Spider Man estão nomeados para:

1 – Melhor direcção de jogo
2- Melhor narrativa
3 – Melhor direcção de arte
4 – Melhor audio/musica
5 – Melhor Design audio
6 – Melhor performance
7 – Melhor jogo de Acção/Aventura

e acima de todo,

Jogo do ano!

Detroit: Become Human está nomeado para:

1 – Melhor direcção de jogo
2 – Melhor performance
3 – Melhor narrativa

Depois temos que Astro Bot Rescue Mission,Firewall Zero Hour, e Tetris Effect competem para o melhor jogo VR/AR.

No total os jogos Sony aparecem em 9 categorias… Uma situação que demonstra uma clara supremacia e a qualidade destes jogos exclusivos, explicando um dos grandes motivos do sucesso da Sony na venda das suas consolas.

A cerimónia ocorrerá a 6 de Dezembro!



Posts Relacionados

newest oldest
Notify of
Edson Romagna
Visitante
Edson Romagna

Mário, não vende por conta disso e tudo é questão de gosto somente… Não consigo achar GOW melhor que State of Decay 2, além que jogos maravilhosos são jogos serviços como Sea Of Thieves, não aquele filminho com historinha de criança como Detroit Become Human. ( ironia detectada?).rs

Vitor PG
Visitante
Vitor PG

É Edson, nesses canais de xbox no YouTube se resumem a 3 coisas: vitimismo, damage control e clickbait. Não dá é PlayStation sendo PlayStation sempre o melhor console de qualquer geração

Edson Romagna
Visitante
Edson Romagna

Vitor, não é ser PlayStation melhor ou não de cada geração e sim que os jogos da sony são de excelente qualidade, onde que esses canais tentam difamar o PS e esses respectivos exclusivos, mas coincidentemente,todos andam a jogar esses jogos da sony.

Vitor Calado
Visitante
Vitor Calado

Ninguém duvida que os jogos da Sony são de excelente qualidade, assim como os da Nitendo, mas repara que os 3 jogos que a Sony têm a concurso estão os 3 nomeados para o prémio de jogo com a melhor narrativa, ou seja são jogos direccionados para os jogadores que valorizam muito a história focada numa narrativa sólida e consistente, nada de errado aqui, mas tens que admitir que para todos os jogadores que apreciam mais o lado competitivo dos jogos como os jogos dos e-sports, ou os jogadores que apenas gostam de jogos de desporto como o automobilismo ou o futebol, os exclusivos da SONY não têm assim tantos argumentos que tornem obrigatório que cada jogador tenha forçosamente que ter uma PS4 senão não será um bom pai de família.

Gostei bastante do Gow,mas como dizia um amigo meu: A Lua é linda mas não dá ganza…ehehe gosto de jogar jogos bonitos e com uma boa história, mas a adrenalina de uma raid ou de um campeonato de LOL ou de DOTA é para mim muito mais valorizado…gostos

Edson Romagna
Visitante
Edson Romagna

Vitor, em nenhum momento disse algo dos outros jogos e entendo seu gosto, porém do lado da Microsoft não me lembro de nada relevante nesse mundo do e-sports. Contudo, se percebeu, esses jogos da Sony estão concorrendo em outras categorias além de narrativa, pois aquele que resume esses jogos a somente boa narrativa,não os jogaram ou de fato usam de má fé. E Vitor, não sei a sua idade,porém jogos sempre foram em quase sua totalidade em contar boas estórias e com todo respeito, jogos somente focados ao multiplayer são cânceres que destruirão a indústria. Lembrando que esses jogos tbm estão no PlayStation.

Ewertom
Visitante
Ewertom

Edson,voce ja jogou Dota 2,se não te convido a experimentar,o jogo e incrível ao extremo.

Edson Romagna
Visitante
Edson Romagna

Não curto jogos assim, Ewerton, mas esses jogos são muito populares nos PCs e os respeito. Quando falo com Vitor, refiro-me à quantidade excessiva desses jogos multiplayer e como são cancerígenos para a indústria. Sinto falta de mais jogos single player e sinceramente, estou enxergando uma nova destruição da indústria graças a essas empresas que só pensam em lucros fáceis, e na verdade, essa conversa que jogos custam caro para serem produzidos, não passa de desculpa esfarrapada dessa turma para tentarem justificarem suas incompetências em empreitadas em jogos single player e para jogarem esses jogos multiplayer serviços nas nossas nádegas. Tenho um PlayStation 4 e um Nintendo switch pela excelência de seus jogos exclusivos, pois são duas de algumas poucas empresas que ainda valorizam esse tipo de jogo, não só os fazendo,como dando excelência aos mesmos. No dia que a Microsoft fizer isto, será o dia que voltarei a ter um Xbox, pois msm que os jogos da Microsoft estejam no PC, eu curto consoles e gosto da plataforma, Porém infelizmente não estão fazendo jogos para mim. Torço muito que a compra desses estúdios dêem uma nova vida para a marca e possamos ver algo no xbox ao nível de excelência de um GOW, Uncharted, The Last of Us, Horizon Zero Dawn, Zelda, Mario, Metroid, DK, etc…

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Não poderia concordar mais com você Edson. Penso exatamente o mesmo.

bruno
Visitante
bruno

Pareces confundir a existencia de uma historia com a inexistencia de adrenalina.
E nao podias estar mais errado. Isto e alias mais uma ilusao que muitos tentam passar aqui: que o jogo por ter historia, nao tem adrenalina.

Claramente quem fala isso nunca na vida experienciou um tiroteio em Uncharted na dificuldade dificil ou esmagador.

Livio
Visitante
Livio

Ou nunca jogou Tomb Raider / Resident Evil / Silent Hill/ Syphon Filter, até mesmo Ace Combat tem uma história e o jogo possui adrenalina….. E olhe que decidi falar de jogos da 5ª geração.

Livio
Visitante
Livio

mas tens que admitir que para todos os jogadores que apreciam mais o lado competitivo dos jogos como os jogos dos e-sports, ou os jogadores que apenas gostam de jogos de desporto como o automobilismo ou o futebol, os exclusivos da SONY não têm assim tantos argumentos

Igor Fraga, brasileiro, manda lembranças.

E futebol? Não existe exclusivo com este gênero.

Gran Turismo, desde o PS3(2009 se não me falhe a memória), tem/tinha um campeonato chamado GT Academy, no qual existiam competições ao redor do mundo cujo melhores poderiam se tornar pilotos reais, com GT Sport veio a competição em conjunto com a FIA. Agora pergunto, onde está o campeonato(a lá GT Academy) prometido para o Forza 6 no qual utilizaram o Emerson Fittipaldi como garoto propaganda na BGS2015?

Netto
Visitante
Netto

Kkk rapaz vc é ousado kk

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Boa tarde

God of War foi o melhor jogo da Sony esse ano, Spiderman é um jogo excelente.
Detroit não gostei.
A mim, RDR2 é não somente o jogo do ano, mas o jogo da geração.
Geração aliás que tem no meu pódio pessoal essa seguinte ordem;
1 – Red Dead Redemption 2
2 – Horizon Zero Dawn
3 – God of War
Gostaria muito que houvesse um Gran Turismo pra colocar aí, mas PS5 as portas e nada, pena.

Ennio Rafael
Visitante
Ennio Rafael

Não gostou do The Witcher 3? Desses ai só tiraria o HZD e além do The Witcher colocaria o Bloodborne.

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Ennio, sim. The Witcher 3 é um jogão. Alí citei os meus 3 preferidos.
Mas ainda colocaria acima do Gerald, o Metal Gear 5 The Phantom Pain, que me agradou demais apesar de tudo.
Bloodborne era pra eu ter gostado pois sou muito fã de Dark Souls, não sei bem porquê, mas não me atraiu. Porém, reconheço que é um belo jogo.

Vitor Calado
Visitante
Vitor Calado

Entrei nesta noticia porque fiquei deveras surpreendido, a Sony este ano lançou bons jogos mas em pequena quantidade, daí a minha surpresa, na verdade a Sony tem 1 forte candidato a ganhar vários prémios que é o GOW, e nos outros dois candidatos terá hipótese de talvez ganhar 1 ou 2 dos prémios a que estão nomeados…como RDR2 é junto com o GoW um forte candidato a levar para casa vários prémios diria que com 3 jogos nomeados em mais de 60 e apenas 1 dos 3 com hipótese de fazer frente ao RDR2, o domínio da SONY é muito relativo, e se a balança pender para o RDR2 a Sony arrisca-se a terminar o evento com os mesmos ou até menos prémios que a MS ou a Nitendo

bruno
Visitante
bruno

De todos os motivos que tiveste para escrever isso, duvido que “surpresa” seja um deles.

A Sony lancou este ano 4 titulos AAA (so contabilizando AAA, mais se fores ver o resto). Em comparacao quantos lancou a Activision, por exemplo? Ou a Ubisoft? E ainda dizes que e pouco?

Nao deves fazer contas como o resto das pessoas.

Ou entao entenderias a nocao de probabilidade.

A Sony tem varios titulos nomeados e muitos deles em varias categorias (e nao concorrem com RDR2 em todas elas). Significa portanto que tem mais probabilidade de amealhar premios que Nintendo, Microsoft ou Rockstar.

O que ainda torna o teu comentario mais dubio.

O dominio na noticia prende-se com o facto de na grande maioria das categorias, teres titulos Sony comparativamente a qualquer outra companhia. Nao e normal teres uma empresa como a EA, Ubisoft, Activision, com titulos com tantas nomeacoes e em tantas categorias.

E so isto (porque nao e qualquer titulo que e nomeado) ja e um testemunho a qualidade e ao bom trabalho que a Sony tem feito.

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

It looks like damage control has been activated.

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

GOW é um jogo excelente, mas pra mim RDR 2 é o jogo do ano e da geração, e olha que estou jogando a tal da “pior” versão no One fat, que jogo sensacional