Wolfenstein 2: the new Colossus – Marado, mas um dos melhores jogos da E3

Wolfenstein continua a sua tradição de grandes jogos. The new colossus possui um trailer um bocado “marado”, mas o jogo promete… e bastante.

Não há nenhum tipo de jogo que transmita mais diversão e mais sensação de poder do que um FPS. Os super herois ou Rambos dos videojogos que correm armados até aos dentes pelo meio de hordas e hordas de inimigos, quando associados a um jogo primeira pessoa, continuam a ser dos que mais viciam e cativam. É o poder do homem exército que estes jogos transmitem tão bem!

Nesse campo há um jogo que é histórico. Wolfenstein! Começou nos 386 com um dos primeiros motores 3D, e avançou até hoje. O jogo evoluiu em muitos aspectos, especialmente o gráfico, mas manteve sempre a fantasia da jogabilidade e história ficcionada do original.

Wolfenstein teve recentemente direito a dois jogos que re-editam o jogo para uma versão mais recente. Wolfenstein: The New Order, e Wolfenstein: Old Blood foram dois jogos muito bem recebidos que trouxeram o jogo original para o presente, recriando como nenhum a jogabilidade, diversão e o sentimento do homem exército capaz de destruir tudo o que lhe aparece à frente, mesmo que estejamos a falar de robots de largos metros de altura.

Nesse sentido Wolfenstein 2: The New Colossus começa por inovar, ao começar o jogo com um jogador extremamente vulnerável (ver vídeo).

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Mais uma vez o jogo entra na pele de Billy ‘B.J.’ Blazkowicz, o soldado Americano que acorda de um coma, apenas para descobrir que os aliados perderam a segunda guerra mundial, e tenta assim, neste universo ficcional e alternativo, retomar o controlo do mundo.

O video promocional que que trazemos acaba por nos mostrar alguns dos momento de abertura do jogo, vemos a personagem principal do jogo terrivelmente vulnerável com o corpo coberto de cicatrizes, e incapaz de andar.

Mas as coisas evoluem a partir daí e a acção começa a crescer.

O mais interessante do vídeo é a forma como este foi concebido. Começa por mostrar alguns vídeos que entendo como sendo de propaganda Nazi, e depois entra na realidade do jogo. Toda a história está um pouco “marada”, e a cena final com o lagarto colorido é inclusive bastante estranha. Mas a realidade é que o jogo em si parece muito, muito bom, e nada fica a dever à qualidade dos jogos anteriores.

Certamente um jogo a ter debaixo de olho.

Fiquem com o video:

 

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (2)

  1. para mim era um dos jogos que estava mais a espera

  2. Esse jogo parece corrigir uma das poucas falhas do anterior, que era usar toda aquela tecnologia futurista achado pelos nazis e pelo protagonista.

Os comentarios estao fechados.