Xbox foi a plataforma mais abordada pelos media após a E3, mas mesmo sem ter estado na E3, a Playstation 4 ainda foi a consola mais referenciada em artigos

Naturalmente a ausência da Sony fez-se sentir na cobertura da imprensa. Mas se tal afectou as referências à plataformas e à marca, tal não afectou as referências à Playstation 4 em si, que continuou a dominar os temas dos artigos publicados.

Os dados que se seguem chegam-nos da ICO partners, uma empresa de consultoria e de análise de mercado relacionada com jogos online.

Tal como é hábito, sempre que há uma presença numa feira, esta empresa faz uma análise automática de artigos publicados na internet com referências à E3 e às várias marcas, e publica os resultados. Os artigos abrangeram o período de 9 a 16 de Junho!

Ora como consequência da ausência da Sony, a Microsoft conseguiu ter uma cobertura nos media bastante superior às da sua concorrente!

Quadro 1:



Como se vê, tomando o número de artigos sobre a plataforma Xbox como 100%, a Nintendo teve um número de artigos que correspondeu a 82% desse valor (o maior da sua história recente), e a Sony decaiu bastante, para apenas 76% desse valor.

No entanto esses 76% são de destacar, não fosse pelo facto de a Sony não ter estado presente na feira! Seria por isso de se esperar uma quebra maior, mas tal não sucedeu!

Saindo das percentagens e indo para o número de artigos, o que existiu com referência à E3 a a pelo menos um dos três grandes foi o seguinte:

Quadro 2:

Destas referências podemos separar aquilo que não foram artigos com referências multi marca, e nesse caso ficamos com o seguinte gráfico:

Quadro 3:

O domínio das marcas presentes na E3 é claro, com especial predominância para a Xbox. Apesar de tudo a cobertura feita à ausente Playstation é notória, mas como se percebe a Playstation é a que cai mais ao ser a que , naturalmente, possui menos artigos a falar exclusivamente dela.

O que é totalmente surpreendente é quando vamos dividir as referências às consolas pelos modelos respectivos. E aqui vemos que, apesar da menor cobertura da Playstation, a PS4 foi a consola mais abordada nos artigos sobre a E3.

Quadro 4:

Estes são valores surpreendentes. Compreenda-se que falar sobre o apresentado na E3 é o normal, e isso deu os holofotes à Microsoft e Nintendo. Agora o que se torna surpreendente é que a consola mais abordada se tenha mantido de forma destacada a PS4, quando a Sony nem esteve presente na feira.

A Switch tomou a segunda posição, algo que associamos à excelente apresentação da Nintendo e a Xbox One o terceiro. Somando as consolas da mesma marca temos os valores do quadro 2.

 

 



newest oldest
Notify of
Daniel Cardoso
Visitante

Off Topic

Mário leia está notícia https://www.eurogamer.pt/articles/2019-06-27-jogos-google-stadia-nao-serao-mais-baratos se isto é o futuro, prefiro viver na idade da pedra atualmente das consolas!

Hennan Santos Carvalho
Visitante
Hennan Santos Carvalho

Isso já era mais do que esperado. Nunca que as produtoras abririam mão do lucro para bancar um serviço de terceiros. A Google poderia fazer isso, mas não sairia barato e duvido que a empresa corra tanto risco. Em caso de fracasso também terá um prejuízo enorme com os servidores. Dito isso, a Microsoft também está com a corda no pescoço. Pois duvido que possa manter o gamepass com tão baixa adesão por muito mais tempo. Em 3 anos, no máximo 5, ou o negócio andar ou vai ficar em segundo plano.