Xbox One bate recordes de pré-reservas… na Blockbuster?

A Xbox One está a bater recordes de pré-reservas na Blockbuster. Mas curiosamente as afirmações da  cadeia estão a cair em descrédito. A Blockbuster está na falência e em riscos de fechar, poucas sabiam que a Blockbuster vendia consolas, e mais estranho ainda: O funcionamento da Xbox é a antítese da existência da Blockbuster.

XONE

Se em lojas dedicadas a videojogos como é o caso da Gamestop, a PS4 é líder absoluta em pré reservas, outros locais há onde a Xbox One lidera essa mesma lista.

É o que acontece com os videoclubes Blockbuster que afirmam que a Xbox One bateu os seus recordes de pré-reservas nos 24 anos de existência da empresa.

Mas sem tirar o crédito à Xbox One, uma vez que esta também se encontra como o produto mais desejado da Amazon UK, há algo de estranho no anuncio da Blockbuster.



É certo que o Blockbuster vende jogos e filmes, mas de forma alguma é uma loja associada mundialmente à informática. Trata-se isso sim de uma cadeia de aluguer de filmes onde os clientes são, acima de tudo amantes de conteúdos TV, mais do que de jogos em si. Mas claro, falando-se em TV os videojogos aparecem igualmente, e a Blockbuster aluga e vende os mesmos.

No entanto tendo sido cliente da Blockbuster durante vários anos, nem sequer sabia que a Blockbuster vendia consolas ou outro hardware, pensando que tal apenas acontecia com conteúdo. E curiosamente uma visita ao website da empresa tambem nada mostra relativamente à venda de consolas. E claro, a questão surge: “A blockbuster vende consolas há 24 anos???????????”

Mais estranho ainda é o facto de a Blockbuster ter declarado falência em Janeiro de 2013 devido ao fraco volume de vendas, tendo fechado 1500 das suas 3000 lojas até ao momento e estando actualmente ainda em processo de insolvência. Basicamente o único país onde a empresa ainda se mantém com alguma capacidade é exactamente no Reino Unido, local de onde a notícia parte.



Assim não é de estranhar comentários vindos de  várias partes do mundo que demonstram  estranheza com pré-reservas de consolas nesta empresa, com frases como:

“A Blockbuster vende consolas?”, “A blockbuster ainda existe?”, “Pensei que a Blockbuster tinha morrido!” , “Wow. Trabalhei mais de um ano na Blockbuster… e não sabia que podiam fazer pré-reservas”, ou mesmo “Eu prefiro fazer as minhas reservas em lojas que sei que vão existir daqui a 6 meses”.

Mas se estes comentários podem não se aplicar à Blockbuster Reino Unido que até pode mostrar alguma saúde financeira, há outros que se adequam, como por exemplo:

“Wow. A Blockbuster excitada com as vendas de uma consola que vai permitir a visualização de filmes por Streaming e acabar por os matar de vez”.

Este último comentário dá o que pensar. Não só a Blockbuster declarou falência em quase todos os países onde operava, uma vez que o seu modelo de negócio está ultrapassado, mas agora fica feliz ao ponto de vir publicamente anunciar a situação com as pré-reservas de uma consola que se dedica exactamente a vender em casa, e sem intermediários, o mesmo produto que eles vendem (filmes, séries e outros produtos TV, e que poderá impedir ou limitar o comércio de jogos usados). No mínimo algo estranho.

Seja como for, isso não invalida o facto que a Xbox One está a mostrar bastante adesão. E isso não é novidade nenhuma. A consola possui boas características e mesmo sendo inferior à PS4 possui argumentos para ser um sucesso. Falta saber é qual o nível do seu sucesso devido às polémicas com as questões que ainda estão por esclarecer.

Fonte: Fóruns Neogaf



Posts Relacionados