Zelda: Breath of the Wild – Switch vs Wii U

Será que a Switch é realmente uma grande evolução face à Wii U. Eis algumas análises a tempos de carga e a grafismo e fotogramas.

Analisando ambas as versões do jogo, o que se percebe é que o grafismo e efeitos a ele aplicados é exactamente igual em ambas as consolas. As diferenças ficam-se pela resolução (720p na Wii U e 900p na Switch docked – 720p em modo portátil).

Encontra-se ainda uma outra diferença bastante reduzida, o Anisotropic Filtering na Switch quando na sua estação é um pouco maior, sendo aplicado um poquinho mais à frente da personagem. Mas essa é uma situação que é pouco notória, apesar de existente.

Relativamente a tempos de carga, a Wii U por norma leva vantagem, sendo mais rápida a carregar do que a Switch, o que se comprova no video que se segue:

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Quanto a fotogramas os resultados podem ser surpreendentes uma vez que os resultados são um pouco um saco de surpresas. Ambas as consolas possuem quebras em tudo semelhantes, apesar que estas acontecem em casos diferentes, com ambas as consolas a bloquearem nos 20 fotogramas nos momentos de quedas elevadas.

No entanto as quebras da Wii U parecem mais justificáveis pois acontecem em alturas onde o cenário abre, ao passo que as da Switch acontecem em locais menos explicáveis, dando a entender um gargalo em qualquer local do sistema. Convém no entanto salientar que, apesar da adaptação à Switch ter tido imenso tempo de desenvolvimento, o jogo teve mais tempo dedicado à Wii U, e esta situação pode explicar muita coisa.

No entanto, em modo portátil estes problemas deixam de acontecer na Switch. Esta seria uma situação perfeitamente compreensível se a a velocidade dos componentes se mantivesse, mas na realidade isso não acontece, havendo um decréscimo da performance da consola. No entanto, como já referimos anteriormente a consola acaba por ser mais potente com as velocidades reduzidas no modo portátil e a 720p, do que a 900p e inserida na base. E isto porque a quebra na resolução é superior em percentagem à quebra da performance! É um desiquilibrio na concepção da consola que a torna mais adaptada ao modo portátil a 720p do que quando ligada à base a 900p.

Vejam o video:

Conclusões

Naturalmente, com o tempo, iremos ver jogos mais optimizados para o hardware específico da Wii U. Mas o que vemos aqui não deixa esconder uma realidade, a Switch não é assim uma evolução tão grande face à Wii U, pemitindo apenas ligeiros aumentos de resolução. A grande diferença prende-se com a portabilidade da consola!

Eventualmente, no futuro, a diferença poderá ser um pouco maior, mas as grandes diferenças virão no uso de melhores e maiores texturas que usem a RAM e a largura de banda adicionais. Mas não a nível de performances.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (3)

  1. Vou dizer uma coisa, estou jogando esse game no meu Wii U, e que game fantástico, quem não jogou arrumem um jeito, comprem um Wii U ou um Switch mas não deixem de curtir esse game, é simplesmente uma obra de arte.

    • Acredito que seja uma obra prima!
      Daí que nem me digas nada…

      Infelizmente vou ter de passar. Não comprei a Wii U e sinceramente acho a Switch o maior flop de sempre a nível de qualidade de uma consola no seu lançamento (o número de problemas reportados em tão pouco tempo com a consola é incrível. Mas o pior é a diversidade de queixas que abrangem diversos componentes – pixels fundidos que a Nintendo não troca, dessincronização de comandos, riscos no ecrã com o simples introduzir na dock, cartões não reconhecidos, erros no software e problemas no hardware com crashes, corrupção gráfica ou outros, etc).
      Dado o preço evelado da consola e componentes, a qualidade está a deixar muito a desejar. E sinceramente, em tantos anos não me lembra de um sistema ser lançado com uma diversidade tão grande de problemas.
      Sendo esta uma consola que nesta fase tem um futuro ainda incerto, tudo isto afasta-me ainda mais da mesma!

      Se no entanto me aparecesse uma Wii U usada a um bom preço… talvez a comprasse! Apesar de saber que não tem futuro, há uma série de bons jogos lançados ao longo dos anos que até gostava de jogar.

      • Me empolguei um pouco kkkk mas se esse game não tivesse saido no Wii U também, dificilmente eu teria jogado, o Switch não me agradou nem um pouco, e o preço dele aqui no Brasil está absurdo por enquanto, mas um Wii U usado por um preço legal vale a pena sim.

Deixe um comentario

O seu e-mail nao sera publicado.


*