E se os automóveis carregassem em 10 minutos?

5 4 votes
Avalie o nosso artigo

Isso é o que a StoreDot promete vir a conseguir com a sua tecnologia ed baterias.

A duração das baterias é um problema nos automóveis, uma vez que a autonomia dos mesmos é limitado por estas. E com a carga a poder demorar uma horas, fazer grandes viagens num carro elétrico é um problema.

Mas eis que a StoreDot revela uma tecnologia que refere poder atingir a carga máxima de uma bateria em 10 minutos!

A realidade é que nos carros atuais o alcança é um problema, e tal não existiria sequer se recarregar a bateria fosse algo tão simples como encher o depósito de combustível.

Ora criar postos em quantidade é algo que se pode fazer, e aliás espera vir a fazer cada vez mais! Mas carregar um deposito de combustível apenas demora uns minutos, ao passo que encher uma bateria pode demorar umas horas.



Daí que o alcance e a velocidade de carga das baterias seja cada vez mais algo alvo de estudos. E o objetivo é a criação de algo que possa demorar pouco a carregar.

Quem surge com a notícia que a situação poderá estar mais próxima de acontecer do que se julga é a StoreDot, uma empresa que tinha já apresentado uma bateria que apresentava uma autonomia de 160 Km com apenas 5 m de carga. Só que agora o apresentado é uma célula de bateria cilíndrica que mede 46×80 mm, sobre  qual a empresa afirma ter 5 patentes, e em desenvolvimento há três anos, que pode atingir uma carga completa em apenas 10 minutos de carregamento.

Para tal a StoreDot utiliza nanomateriais e compostos orgânicos e inorgânicos que substituem a grafite na célula. Tal permite ainda evitar alguns problemas como a segurança da bateria, o seu ciclo de vida, e o inchaço.

Quem sabe em 2024 já termos destas baterias no mercado.

 



5 4 votes
Avalie o nosso artigo
guest
4 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Juca
Juca
11 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Estou colocando um sistema de geração solar na minha residência, espero que essas baterias evoluam cada vez mais em termos de tempo de recarga quanto em capacidade e se tornem acessíveis pra que realmente seja viável termos geração elétrica off-grid sem depender de companhias de abastecimento e carros eléticos com maior autonomia e rapidez no abastecimento. Infelizmente, no Brasil, carros elétricos têm preços proibitivos; e ao menos na região onde moro, nem sequem existem locais de abastecimento para veículos elétricos, que indiscutivelmente, são o futuro.

AlexandreR
AlexandreR
11 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

E eu estava a troxer pela baterias de grapheno. Não só aumenta 50% da capacidade relatovamente a bateria de lítio como também os aparelhos carregam em 15/20min.

Alexandre Oliveira
Alexandre Oliveira
11 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Isso é optimo!
Contudo para os automoveis usados deveria haver uma solução retrofit para equipar as baterias mais modernas, espero que no futuro o mercado funcione e apareça essa opção.
Neste momento tenho um citadino electrico que carrega em +/- 30mn 85% da bateria e o restante em carregamento lento +/- 1hora e meia.
Como citadino a nivel de agilidade comportamento e arranques 🙂 dá 10 a 0 a qualquer citadino a combustão (que não seja Pocket Rocket).
Para viagens maiores ainda utilizo a combustão…porque como a categoria o meu electrico é um citadino embora haja pessoas que teimam em comprar citadinos e depois querem fazer Portugal de lés a lés….

Deto
Deto
11 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Evolução da baterias vai ser fundamental para o futuro.

Já estão usando como armazenamento para cobrir horários que não tem disponível energia solar, a noite óbvio lol

Se dobrar a capacidade por peso, já dá para fazer avioes elétricos.

error: Conteúdo protegido