Sony volta atrás na decisão: Lojas da PS3 e Vita não vão fechar

5 4 votes
Avalie o nosso artigo

É bom ver que o feedback dos utilizadores tem peso nas decisões das marcas. Mas no entanto esta situação só mostra que a Sony errou ao querer fechar as lojas.

Convenhamos que fechar a loja da PS3, uma consola agora com 15 anos, ou fechar a loja da PS Vita, agora com 10 anos, e uma consola que vendeu pouco, não é algo que soe a estapafurdio.

No entanto, perante o aumento da procura de jogos PS3, e perante as queixas de que a Sony resolveu fechar a loja da PS Vita sem avisar os produtores que estavam a produzir jogos para a consola, inclusive vendendo devkits meses antes de anunciar o fecho, torna-se claro que a decisão foi prematura, precipitada, e muito mal pensada.

Mas felizmente a Sony ouviu e nesse sentido publicou o seguinte texto assinado por Jim Ryan:

Recentemente, notificamos os joggadores que as lojas da Playstation para a PS3 e a PS Vita estavam planeadas para serem fechadas neste verão. 

Após refletirmos mais, torna-se claro que tomamos aqui uma decisão errada. Daí que hoje fico contente de dizer que vamos manter operacionais as lojas da PS3 e PS Vita. A funcionalidade de comércio da PSP será retirada em 2 de Julho de 2021, conforme planeado. 

Quando inicialmente tomamos a decisão de acabar com o suporte de compras da PS3 e PS Vita, tal aconteceu tomando em conta um determinado número de fatores, entre os quais os desafios de suporte de comercio para aparelhos mais antigos, e a possibilidade de focarmos os nossos recursos nos aparelhos mais recentes onde se encontram a maioria dos jogadores actuais.. Vemos agora que muitos de vocês são incrivelmente apaixonados em poderem continuar a comprar jogos clássicos na PS3 e na PS Vita no futuro próximo, pelo que estou contente que tenhamos encontrado uma solução para continuar com as operações.

Estou contente em manter esta parte da nossa história viva para que os gamers possam usufruir, ao mesmo tempo que continuamos a criar jogos com tecnologia de ponta para a PS4 e PS5, bem como para a próxima geração de VR.

Obrigada por partilharem o vosso feedback connosco – Estamos sempre a ouvir e apreciamos o suporte da nossa comunidade Playstation.

Ora apesar de todos os elogios que possam ser feitos a esta mensagem, não consigo deixar de encontrar alguma semelhanças com o que se passou recentemente com a Microsoft quando anunciou que o custo do Live iria duplicar, recuando quando a situação caiu extremamente mal junto dos fans.



E por muito que se tente pintar a coisa de outra forma, a realidade é que isto mostra que a Sony, acima de tudo, ponderou os seus interesses, e só quando os clientes “chiaram” é que viu que, afinal, aquilo poderia jogar contra eles. e nesse sentido mudaram de opinião.

Isso é bom, é elogiável, mas não tentem pintar a coisa de uma outra forma que não o tapar de um erro que não deveria nunca ter acontecido.



5 4 votes
Avalie o nosso artigo
16 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
nETTo
nETTo
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Jim Rayan está indo bem nas Finanças, mas quanto a Games ele sem dúvidas será um presidente que ficará lembrado pelas lambanças e decisões questionáveis que tem tomado.

E não é somente isso, qual a mensagem que ele passa para a Comunidade PlayStation? Vejam, PS5 DE força seus clientes a irem apenas pelo digital, com está medida arbitrária quanto o fim do suporte do PS3 e suas consequências, jogos que ficaram sem updates e coisas deste tipo, como ficará o cliente do PS5 DE? Talvez esteja passando em sua cabeça que daqui a uns 15/20 anos os jogos os quais deu duro para adquirir possam de alguma forma passar a ficar indisponíveis.

Uma mensagem péssima que se soma a outras notícias péssimas.

José Galvão
José Galvão
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Isto é apenas um ganho de tempo, agora deixam passar uns meses ou um ano e voltam à carga.

Muito honestamente não estou a gostar da PlayStation deste Jim Ryan, é um CEO que não percebe o gaming e é mais virado para a parte financeira, não é por acaso que todas as suas decisões foram orientadas para potenciar o lucro, preferia antes o Shaun Layden que é mais virado para a tecnologia, e que já não está na Sony porque não se compatibilizou o Jim Ryan.

Espero que a Sony da PS2 não esteja de volta, senão adivinho mais um ciclo tipo o da PS3.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  José Galvão
7 meses atrás

Shawn Layden não era o mesmo cargo do Jim. Ele era o cargo do Hermen Hulst, que é presidente dos Studios e quem toma as decisões do que será prioridade dentro dos mesmos. Jim é presidente da SIE, que engloba todo o entretenimento dentro da Sony.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Sparrow81
7 meses atrás

O Shawn era presidente da SIE América, o Jim era presidente na Europa, quem foi promovido foi o Jim que foi para o lugar do Andy, anterior presidente da SIE que por sua vez foi presidente na Europa.

O cargo de presidente da Worldwide Studios ocupado agora pelo Hulst pertencia ao Yoshida que agora gere as relações da PS com os indies.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  José Galvão
7 meses atrás

Não é só você José, e eu imagino que essa volta na decisão foi por um motivo bem específico, os fãs da playstation começaram a pedir a cabeça do Jim Ryan e começaram a se mostrar bastantes hostis perante essa decisão, vi ate um grupo de americanos fazer uma petição pedindo a saida do Jim, petição essa que atingiu o número suficiente de assinaturas em pouco tempo.
Sobre o fecho das lojas só me preocupei se eu poderia baixar os jogos que eu já possuia e se os troféus iriam continuar ativos.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Mário, na sua opinião como vê essa onda de compras que a Microsoft entra seguindo? Para mim parece um esforço de tudo ou nada.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Eu tenho que concordar com tudo o que você disse, e só acrescentaria o risco que causa indiretamente a Sony e a Nintendo, pois para o usuário comum e principalmente em um momento de pandemia, tudo o que ela esta fazendo enche os olhos e os clientes das outras plataformas começarem a cobrar para fazerem igual, isso marcaria o fim dos jogos como conhecemos. Mas ainda tenho uma certa esperança que não seguiremos para esse caminho.

Hiago
Hiago
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Nessa parte “um erro que não deveria nunca ter acontecido”, penso exatamente o mesmo, mas independentedos motivos fico muito feliz por terem voltado atrás nessa decisão.

Agora queria dizer também e principalmente vendo esse PS3 da capa do artigo, que esse console é lindo, meu Deus, acho que o PS3 Fat foi o consol mais lindo de todos os tempos, não tem como comparar.

Andrio
Andrio
7 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

[Off] tava navegando no Twitter e vi alguns estão compartilhando um documento de acordo entre a Sony e a capcom vazou sobre RE village. No doc tem uma cláusula que não deixa o jogo sair por um ano no gamepass.
Impressão minha ou tudo que é ou pode ser negativo sobre a Sony tem vazado?

Engraçado que se a capcom e a ms quisessem esse jogo no gamepass dayOne as 2 deveriam ter fechado acordo…
Porém desse jeito “vazado” soa como a Sony má e a ms boazinha.

Andrio
Andrio
Responder a  Mário Armão Ferreira
7 meses atrás

Na verdade me deixei levar pelas coisas q li no twitter. Galera do lado verde em peso fazendo isso parecer ser algo ruim e eu acabei indo na onda…
Depois li com calma e vi que isso é bem normal na industria.

Luis Fouto
Luis Fouto
Responder a  Andrio
7 meses atrás

Este tipo de acordos sempre existiram. Quem paga fica melhor servido.
Como também será de esperar, a versão series x da RE8 será no máximo igual á da ps5 pois a ps5 é a plataforma de divulgação.
Já o contrário aconteceu com cyberpunk onde a xbox era a plataforma de divulgação.

São negócios, e com o game pass a sony tem de começar a colocar mais “linhas pequenas” nos contratos.

nETTo
nETTo
Responder a  Luis Fouto
7 meses atrás

Sobre essa questão de esta versão será no máximo igual a do PS5, denovo apenas uma suposição sua que contrária uma enormidade de jogos que inclusive tinham acordo comercial Semelhante com o Xbox e sairam melhor no PS5, Dirt5 é de vc quem eu estou falando.

Então não, não concordo contigo

error: Conteúdo protegido