Xbox está a cortar o preço do Gamepass em três territórios

5 2 votes
Avalie o nosso artigo

Chile, Hong Kong e Israel estão a ter uma descida no preço do Gamepass.

De acordo com o Website VentureBeat, a Microsoft decidiu descer o preço do Gamepass em três zona do mundo, nomeadamente no Chile, Hong Kong e Israel.

A situação ocorre não porque a Microsoft pretenda descer o preço nos outros locais do mundo, mas por questões associadas à moeda local e poder de consumo. Ou por outras palavras, de forma mais simplista, numa tentativa de tornar o produto mais apetecível em zonas onde as adesões não estão dentro do esperado.

E na realidade não será apenas o Gamepass a descer de preço, pois o Live Gold terá igualmente um corte.

No Chile a descida passa o custo do Gamepass Ultimate de 11900 pesos Chilenos (algo como 15.05 dólares)para 7990 pesos, ou certa de 10 dólares por mês (recorde-se que falamos do preço do Ultimate). Em Hong Kong a coisa passa de 119 dólares de Hong Kong (ou 15.29 dólares), para 79 dólares de hong Kong, o que mais uma vez atira para os 10 dólares Norte Americanos. Já em Israel, atualmente paga-se 55 Shekels, ou 17.12 dólares, e o preço vai descer para 40 shekels, ou 12.25 dólares. Em todos os casos a descida é de aproximadamente 5 dólares, apesar que nem todos ficam a pagar o mesmo.



A VentureBeat refere que o Gamepass é parte da estratégia da Microsoft no sentido de se implementar de forma mais vincada no mercado dos videojogos, afirmando porém que o serviço está longe de dar lucro. Refere ainda que, apesar de o serviço ter cerca de 20 milhões de assinantes, de acordo com fontes, a Microsoft está a gastar biliões de dólares a adquirir conteúdo, e que como este corte de preço sugere, a Microsoft está neste momento mais interessada em atrair clientes do que em fazer dinheiro.

Mas isso, para nós não é uma novidade, dado que sempre pensamos dessa forma. E o que nos preocupa é o que vai acontecer se um dia o serviço tiver sucesso, e tiverem o mercado na mão, e depois pensarem “ok, o mercado é nosso… agora vamos pô-lo a dar lucro”, com o cliente, quer goste, quer não goste das subidas de preço e/ou medidas adotadas, a ficar sem alternativas para aderir.

Porque sem ovos não há omeletes, e neste momento o que se paga… não chega para os ovos de todas as omeletes que se fazem.

 

 



5 2 votes
Avalie o nosso artigo
26 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Carlos Zidane
Carlos Zidane
1 mês atrás

Se o GP não domina o mercado do jeito que está até hoje, só se a Sony cruzar os braços e não lançar mais nada e nem a Nintendo.
Não sei se a Microsoft tem alguma informação privilegiada, mas este me parece um produto que fede a fracasso.

Juca
Juca
Responder a  Carlos Zidane
1 mês atrás

O problema é insistirem no negócio e comprarem Square, EA, Activision, Ubisoft… Ou outras terem a mesma brilhante ideia e acabarem-se os thirdie parties em várias plataformas. Lembrando que o mercado de jogos não vive graças ao PC, e sim de diversos ecossistemas coexistindo, e que o mercado de consoles já sofreu um crash por queda de qualidade e mesmice dos jogos.

Livio
Livio
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Nos últimos dias estou a ler que o GP alcançou 30 milhões, porém conhecendo a MS, já teria feito alarde com esse valor.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

pois é, foi isso que coloquei na 1ª resposta, conhecendo a MS se este número fosse verdade já teriam tweets comemorando

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

falando assim, parece até deboche

“e ai, já ficou rico com bitcoin?”

“e ai, já tem 30 milhões de usuários então?”

Sparrow81
Sparrow81
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Gamepass é uma maravilha, mas a conta vai chegar, pois ele desistimula qualquer negócio de compra de games e, pior, é uma falsa impressão que você tá pagando barato. Tá pagando barato hoje, amanhã vai ser caríssimo, pois a Microsoft não vai financiar isso eternamente!

Eu creio que o serviço deve ter uma rotatividade bem grande, pois ninguém fica pagando preço cheio por muito tempo esperando se sai algum jogo que quer jogar. Você pode pagar um mês, jogar o que entrou naquele mês e cancelar. Quando entrar algo novo, assina de novo. E com as gambiarras que a Microsoft vem permitindo, o cenário é ainda pior do que se imagina.

Juca
Juca
Responder a  Sparrow81
1 mês atrás

Pois é, não curto o modelo de negócio do gamepass por ideologia, vislumbre de no que vai dar… mas a grande falha do esquema deles como negócio é que não conseguem fidelizar clientes.

Deto
Deto
1 mês atrás

Tô curioso para saber por quanto tempo a MS vai sustentar o GP…

Windows Phone acho que durou 2 ou 3 anos…

Assim que o relatório dizendo que casual de celular não vai assinar Xcloud chegar na mesa do Nadella, a gente vai descobrir.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Eu acho que os 7 BI da Bethesda o xbox/GP não vai precisar pagar… É tipo um patrimonio para a MS, faturamento de assinatura não vai precisar cobrir isso.

Agora sustentar as dispensas correntes, a isso eu acho que o GP/Xbox terão que sustentar.

Então acho q é 3 ou 4 anos mais, se o GP/Xbox nao começar a cobrir as despesas da MS pelo menos, a MS vai cortar.

Isso é só minha suposição.

O Amadnejad falou que precisavam de uns 50M de assinantes para empatar os custos… Então eu não acho que o Xcloud vai chegar nisso cobrando preço real.

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Não sei, Mário, o problema da MS nunca foi só se tomar prejuízo, e sim bastando já ter lucros pífios. Com o Xbox, o único motivo pra que vejo insistência é ser uma marca consolidada. Mas a MS não se conforma com pouco, basta ver que a divisão já passou por riscos e passou por ultimatos (Gamepass Ultimate vem daí?). A última do Satia foi dizer que era um tudo ou nada, isso sugere uma questão de sobrevivência.

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Perfeito, Mário concordo com tudo, e vc ainda me abriu os olhos pra algumas situações que eu não havia vislumbrado. Não duvido da insistência da MS pra dominar um mercado importante, aliás, xbox está fazendo 20 anos. Só me pergunto até quando vai a insistência com o plano sem funcionar direito? Ela já mostrou não ter paciência com outras áreas igualmente estratégicas como o phone, e os sites de videostreaming, ou mesmo seu buscador web… E penso ainda o quão custosa é sua briga com a Sony, que enquanto estavam nessa, perderam o barco do SO dos mobiles e dispositivos portáteis…

Pedro
Pedro
1 mês atrás

Aqui no Brasil o Gamepass Ultimate custa 5 reais o primeiro mês (~0,9 dólar) e depois passa a custar 45 reais (~8,20 dólares). Não sei se houve corte de preço, é o que está sendo cobrado hoje.

andrio
andrio
Responder a  Pedro
1 mês atrás

Brasil é dificil de falar pq o real cada dia fica mais desvaloridado. Ano passado a live e GP tiveram aumento de preços. live de 149,99 para 199,99 e gp 39,99 para 44,99.
Se o real continuar a ser desvalorizado duvido nada da ms subir o preço por aqui para ficar nessa próximo dos 10 dol.

Hennan
Hennan
Responder a  Pedro
1 mês atrás

Se fizer a gambiarra da conversão fica por volta de 16. As vezes menos, dependendo de quanto pagar na live Gold.

Pedro
Pedro
Responder a  Hennan
1 mês atrás

não entendi. É possível conseguir o Gamepass por menos do que 45 por mês? Ptz.. Então o buraco da Microsoft é mais fundo ainda. Meu ponto era só mostrar que o número de assinantes não é um bom parâmetro para medir o lucro que a Microsoft tem com o Gamepass.

Pedro
Pedro
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

A Microsoft parece estar desesperada para conseguir novos assinantes. Nesse momento todas essas promoções parecem estar dando certo, pelo menos por aqui. Só que vai ser difícil vender esses números para investidores, está claro para todo mundo todas as artimanhas usadas para alcançá-los. Parece aquele ditado, uma coisa é chegar no topo, outra coisa muito mais difícil é permanecer lá. Esta guerra do streaming é um capítulo muito importante para a Microsoft. Acho muito difícil eles continuarem no ramo de jogos se perderem essa frente. Se vencerem, o mercado é deles.

Juca
Juca
Responder a  Pedro
1 mês atrás

No geral, muita gente ainda usa de artifícios para jogar, até mesmo ficar criando contas novas pra ter acesso ao desconto inicial. Fora isso, a MS nos últimos anos têm feito promoções de fim de ano onde as pessoas podem assinar pelo valor promocional inicial.

Pedro
Pedro
Responder a  Juca
1 mês atrás

Vi aqui que se você assinar o teste do crunchyroll premium (de graça), ganha gamepass de pc por 3 meses. Se você ativar esse código do gamepass e só depois assinar o gamepass ultimate por 5 reais, vc transforma esses 3 meses em ultimate e os soma ao novo mês assinado, ficando com 4 meses de gamepass ultimate por 5 reais. Tá praticamente de graça.

Pedro
Pedro
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

É uma prática bem questionável da Microsoft, insustentável. Tudo indica que só os medalhões vão se vender no lançamento (e só os de outras plataformas, já que a Microsoft coloca até os seus lançamentos no Gamepass). Parece o aquecimento global, estamos nos matando aos poucos, mas enquanto isso é só diversão.

error: Conteúdo protegido