A poucos dias do lançamento da primeira consola, ainda não é possível dizer-se com toda a certeza, o que vale cada uma das consolas.

5 3 votes
Avalie o nosso artigo

Esta é uma situação inédita… Mesmo a pouco mais de 10 dias do lançamento da primeira das consolas de nova geração é impossível dizer-se o que valem, comparativamente, as novas consolas. E isto porque as empresas não se abrem como antes nas especificações totais e metodologias de funcionamento das suas consolas.

Pois é… se leram em algum sitio que a consola A será mais capaz que a B… esqueçam! É uma especulação certamente baseada apenas num parâmetro e não na globalidade das capacidades que definem os produtos

A triste realidade que temos de abertamente declarar, é que neste momento ainda se torna impossível concluir algo sobre a real performance comparativa das duas consolas concorrentes, a Xbox série X e a PS5 (a série S essa está arrumada, e nem sequer se pode verdadeiramente qualificar como de nova geração pelos compromissos efetuados). Porque não só ainda há muita coisa cujo funcionamento na Xbox não foi explicado, como do lado da Sony, a empresa nunca se abriu plenamente na descrição das especificações internas da sua consola.

O que podemos ver facilmente é que a Xbox série X é a consola mais potente da nova geração. Tem mais 18% de performance máxima teórica que a PS5, e mais do que isso, a PS5 precisa de código optimizado e que não é atualmente usado, para ser puxada ao máximo, e baseia-se numa tecnologia, criada com o intuito de lhe melhorar performances, mas que é nova, e como tal, com uma eficácia real por comprovar.

A realidade é que no que toca a otimizações específicas e proprietárias, ambas as consolas as possuem. Aliás já abordamos a maior parte delas aqui no site, e sabemos que na base da sua criação está o intuito de se melhorar as performances, daí que com elas devidamente usadas, estas podem aumentar ou diminuir a diferença dos 18%, dependendo se aplicadas à Xbox ou PS5. Teoricamente, dado que 18% é um valor baixo, em certas circunstâncias  esse valor pode até ser anulado ou mesmo superado com otimizações diversas.
E daí que atualmente tentar-se falar de diferenças entre as consolas, acaba por ser um verdadeiro tiro no escuro, com os resultados a poderem cais para qualquer dos lados, dependendo do tipo de otimização feito.



Uma situação que só piora quando colocamos todas as otimizações dos dois lados na balança e tentamos pesar a coisa, sendo muito difícil prever-se o resultado final e seu valor.

Nesse sentido, pegando naquilo é palpável, e apenas nisso, aquilo que parece coerente de ser dito é o que temos vindo a dizer desde sempre, que a Xbox é a consola mais poderosa a nível de capacidade gráfica e que nesse sentido poderá ter mais resolução nos jogos ou efeitos (+18%, que não é muito, mas pode significar a diferença entre uma resolução nativa e uma re-escalada ou reconstruida), ao passo que a PS5 poderá ter melhor geometria, texturas e LODs. Basicamente duas situações distintas com ganhos diferentes.

Mas e quando tivermos o software otimizado? Bem, aquilo que temos vindo a dizer é que tudo aponta para que a PS5 possa diminuir a diferença, mas isso torna-se complexo de ser medido com as otimizações dos dois lados a funcionarem e tanta coisa ainda por se conhecer, pelo menos para nós que não temos informação privilegiada. E isto é um claro contraste com 2013, onde se tornava claro como água que a PS4 iria destacar-se da Xbox a nível de performances.

Mas a realidade é que uma consola não é apenas a potência do hardware. Se assim fosse, a Switch estava morta à partida, e no entanto ela vendeu mais nestes 3 anos do que a Xbox em 8 anos. E isso só demonstra que a potência do hardware não supera os jogos e a sua qualidade. Mas isso é outro debate!



5 3 votes
Avalie o nosso artigo
43 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Magalhães
João Magalhães
28 dias atrás

Dessa vez vamos ter que esperar …mas nada mais simples do que deixar os jogos falar por si(pelo menos nesse primeiro momento)

Mas acredito que com o fim dos embargos vamos ser bombardeados de informações .

José Galvão
José Galvão
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

É nestas alturas que percebemos a importância da E3 e outros eventos do género, na E3 o preço e as specs eram revelados meses antes do lançamento, existia um media blowout tremendo que nos permitia saber tudo porque eram eventos fisicos logo planeados de forma diferente.
O que acontece agora com estes eventos digitais é que a informação está totalmente controlada, pode-se pensar que tem a ver com os custos que acarreta a E3 mas numa E3 a informação não é tão controlada e manipulada facilmente.

João Magalhães
João Magalhães
28 dias atrás

Também acho que se as diferenças no mundo real ficarem por 4K nativos para o Série X e 4K dinâmicos para o PS5 seria uma vitória digna de nota para o PS5 tipo:onde foi parar os 2TFlops de diferença de GPU?

Porque em todo o resto o PS5 provavelmente é superior,tem o melhor SSD,controlador e provavelmente sistema de som 3D.Na minha opinião seria o sistema mais equilibrado e com seus diferenciais e se ele anula a vantagem de GPU do série X sobra o que para o sistema da Microsoft? Estou falando no “custo e benefício” de todo o sistema agregado.

Pra mim seria muito mal para a Microsoft…Para dizer que valeu a pena a empreitada deles somente uma diferença substancial tipo um 4k vs 1800p no minimo!

E isso estamos falando somente em resolução ,porque com um IO mais rápido as diferenças nós jogos podem se refletir em vantagens como melhores carregamentos ,texturas ,menos pop in e etc

Rui
Rui
28 dias atrás

Eu sei, 500 euros. 🤓

Voltamos nós a questão da switch, a one nao custava no lançamento 310 euros, a switch nao é uma rival da ps4 e one, é uma consola de um nicho totalmente diferente mas e já agora o ritmo de venda da switch foi maior que o da ps4 no mesmo espaço de tempo na maioria dos territórios senao estou enganado.

Eu lembro me que em 2013 já se sabia que o ghosts corria a 1080p na ps4 e a 720p na one, havia já informações antes das consolas saírem, atualmente nada.

Livio
Livio
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Essa diferença de 18% pode não ser nada, mas se em algum dia um jogo ou jogos multiplataforma diminuir(em) essa diferença ou até mesmo deixar(em) a versão do PS5 superior eu já sei qual será a alegação:

“A desenvolvedora é incompetente…”

Aliás foi praticamente isso que vi quando anunciaram que o RT do DMC5 virá depois, através de update, para o XSX, para XSS não haverá R.

nETTo
nETTo
Responder a  Livio
28 dias atrás

Segundo o que eu vi dos “Devs” especialistas em gráficos aqui do Brasil, até mesmo o XSS tem totais condições de rodar Raytracing, inclusive igual ao PS5 com 1080p 60fps.

Outro “fato” é que a Sony já entregou os Devkits 6 meses antes da Microsoft e por isso estamos vendo esta vantagem pro PS5 em conseguir implementar o efeito.

“Se” não fosse isso estariamos diante de uma diferença maior que a de One X vs PS4 Pro

É isso que eu tenho visto nossos conterranêos a defender

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

O certo Mário é que estamos a dias, de verificar as diferenças nos títulos multi plataforma, a DF disse que seremos surpreendidos, agora pela positiva ou pela negativa, já não sei, mas que estamos muito perto de ver as dúvidas cair por terra de qual versão é melhor ou se são iguais

Ewertom
Ewertom
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Não sei,mas tais diferenças em qualidade visual ou efeitos de um console para outro,não significam mais para nada,pois pelo que sei de ambos os consoles tanto Y ou X trarão aquilo que queremos”conteudo e conteudo”agora ai depende do gosto de cada um qual comprar ou aderir.
A Sony aparenta estar mais antenada tanto em hardware tanto em conteudo,mas do outro lado temos uma Microsoft mais preparada a curto e longo prazo,apesar de achar que deveria estar pronta ja na arrancada,mas erros ditaram isso e só o futuro dirá as consequencias dessa negligência inicial da Microsoft,mas repito ambos os consoles tem capacidades tremendas em grafismo e afins,que comece uma nova era nos games.

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Entendo a tua frustração Mário, procuras informar os teu leitores da melhor maneira possível e com a informação mais fidedigna e não o podes fazer desta vez e claramente as pessoas estão a comprar os consoles num ato de fé

Ewertom
Ewertom
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

A largura de banda das memórias na X não podem mitigar esse processamento?Não entendo o porque dessa divisão na X,no futuro isso pode impactar nas performances assim como vimos no One Base.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Ewertom
28 dias atrás

A divisão de memória RAM (10GB a 560GB/s e 6GB a 336GB/s) existe no Xbox Series X porque a Microsoft preferiu não colocar 20GB RAM no console, muito provavelmente para reduzir custos. No slide 9 da apresentação no Hot Chips você vê o arquiteto do console mencionando que a memória DRAM tem obtido uma menor redução de custos se comparado à memória Flash usada nos SSDs. Link: https://www.tomshardware.com/news/microsoft-xbox-series-x-architecture-deep-dive

E por que 20GB RAM? O SeriesX tem 10 módulos de memória. O comum é que todos os módulos possuam a mesma quantidade de memória, exatamente para realizar a intercalação (interleaved memory). A grosso modo, a idéia da intercalação é distribuir os dados entre todos os módulos, para quando precisar de buscá-los, receber os dados de todos os módulos em paralelo, maximizando a largura de banda. Então se você precisa de dados que estão distribuídos em apenas em 3 módulos, vai acessá-los a 56GB/s x 3 = 168GB/s. Se estão distribuídos entre os 10 módulos, usará o limite que é 560GB/s. O 56GB/s eu tirei da velocidade de memória dos consoles (14gb/s x 32 bits / 8)

Como o Xbox Series X tem 6 módulos com 2GB cada e 4 módulos com 1GB cada, intercala-se 1GB de cada um dos 10 módulos (totalizando 10GB a 560GB/s), e 1GB em cada um dos 6 módulos de 2GB (totalizando 6GB a 336GB/s). Se o SeriesX possuísse 20GB RAM, toda a memória poderia ser acessada a 560GB/s, pois todos os módulos teriam 2GB cada. É isso o que acontece no PS5 e nas placas de vídeo, no caso do PS5 8 módulos de 2GB cada, com 448GB/s intercalados. A 5700XT e a RTX 3070 por ex tem 8 módulos de 1GB cada, com 448GB/s intercalados.

Então você percebe que a Microsoft não quis abrir mão da largura de banda 560GB/s com 10 módulos, provavelmente porque é o necessário para alimentar 52 Unidades Computacionais famintas por dados. Mas como não quis colocar 2GB em todos os módulos, foi obrigada a fazer essa separação visando manter a intercalação.

No caso do SeriesS é um pouco mais complicado, porque são apenas 4 módulos contra 10 módulos do SeriesX, reduzindo bastante a intercalação e consequentemente a largura de banda.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Carlos Eduardo
28 dias atrás

Obrigado pela explicação,valeu.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Mário, li que o David Cage andou elogiando o ps5 e o Series X, além de dizer que o series X pode ter alguma vantagem em seus shaders cores alimentados por machine learning, quando bem utilizado. Na matéria, ele elogia tbm o SSD do ps5, dizendo que é duas vezes mais rápido que do xbox series X e analisa percentuais de vantagens do cpu e gpu do xbox series X sobre o ps5, mas dizendo que a Sony historicamente, mostra jogos mais belos por conta da sua arquitetura, consistência e eficiência com software. Achei interessante colocar aqui, pq não são palavras de uma pessoa qualquer, e sim, de um cara da área com renome!

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Não coloquei o link, pois não consigo colar links aqui mais, mas ainda bem que achou! Realmente, a compra desses consoles são às cegas hj, só baseado em históricos e isso muito me preocupa!

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  nETTo
28 dias atrás

É versão dos treinadores de bancada do futebol, aplicado à tecnologia e à console wars, porque essa gente nunca teve o hardware na mão e consegue fazer associações surpreendentes, mesmo existindo veículos de informação competentes tentando dizer que as diferenças serão inexistentes se compararmos com a diferença entre PS4 Pro e One X

Rui
Rui
28 dias atrás

Demon Souls sem RT, segundo a bluepoint.

Ou seja quando a DF afirmou que não tinha RT, o deto e mais um ou outro soltaram os cães, digital fraude etc a ladainha do costume.

Agora vamos a ver e afinal estavam a dizer a verdade, também não vi virem aqui rasgar as vestes quando a DF afirmou que o comando da ps5 é fantastico em ergonomia e tecnologia, resumindo, só quando falam o que não gosto de ouvir é que são uns falsos, quando dizem o que eu gosto de ouvir fingo que não se passa nada e assobio pro lado.

Um jogo de 2009, sem nada de realmente novo, sem 4k/60, sem RT, por muito que eu adoro o jogo e adoro atenção, não é a maravilha que andavam ai a dizer.

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

É verdade que me baseei na eurogamer.pt, desconhecia 2 entrevistas, vou aguardar então.

Helmer Silva
Helmer Silva
Responder a  Rui
28 dias atrás

Acho que estás a ser um bocado precipitado, visto que acredito que estás a basear-te na notícia publicadora na eurogamer.pt, eles também não possuem toda a informação e lá falam que o modo performance é a 1440p/60fps, sendo que os desenvolvedores falaram em 4K dinâmicos a 60fps ainda agora numa entrevista à game informer e gostaria que não diminuísses o que a Bluepoint fez nesse remake, porque eu gostava que tu me disseste um jogo de consola mais bonito e que vai rodar melhor que este, porque a maior parte que está a garantir 4K que não sabes se serão nativos, não chegam nem aos pés deste remake que dizes que não tem nada de “novo”, aconselhava-te a ires ver a entrevista no YouTube com a game informer e voltares aqui e dizer que após 3 anos de desenvolvimento aquela equipa não fez nada e é o mesmo jogo de 2009

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rui
28 dias atrás

Acho que está um pouco precipitado, amigão!

1 – A digital foundry não afirmou nada! Ela disse que não conseguia concluir se era ou não Ray tracing;

2 – Quem falou ver Ray Tracing foram outras tantas fontes técnicas;

3 – Você reclama do Deto, mas são praticamente um espelho! Se vc olhar no espelho, enxerga o Deto e vice-versa. A preocupação que vocês tem com o que o outro falou é impressionante e beira a infantilidade.

Rui
Rui
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

3 – Sou uma pessoa totalmente diferente do cavalheiro Deto, em perfil, em idade, em termos, linguagem, cultura, gostos.

3.1 – Se um dia me achar igual ao Deto vou até a ponte D.Luis e nem penso duas vezes.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rui
28 dias atrás

😂😂😂😂😂

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Rui
27 dias atrás

Pode não se considerar mas daqui de onde estou os dois me parecem o mesmo, cada um defendendo seu videogame, a única diferença é que um é mais direto (Deto) e o outro é mais dissimulado.

Edson
Edson
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Posso estar enganado, mas quem falou que o DS teria RT foi o Jim Ryan, não? Com relação ao artigo, concordo totalmente! Na verdade, não sabemos de fato tudo que essas máquinas possuem. Mário, tem notícias do Bruno? Nunca mais eu o vi comentando por aqui e os comentários dele fazem falta, msm não concordando com todos, não há como negar a inteligência dele.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Exatamente! E o sumiço dele é intrigante msm… Tomara que esteja tudo bem com ele!

Ewertom
Ewertom
Responder a  Edson
28 dias atrás

Verdade,mesmo,tenho duas materias dele nos meus favoritos,também espero que esteja bem com ele.

Edson
Edson
Responder a  Ewertom
28 dias atrás

Ele faz falta, meu brother! Tomara que esteja tudo bem com ele e com a família dele tbm!

Ewertom
Ewertom
Responder a  Edson
28 dias atrás

Amém amigo.

nETTo
nETTo
Responder a  Edson
28 dias atrás

Quem falou que DM teria Raytracing foi a própria Bluepoint em entrevista a algum portal o qual no estou lembrando.

Vitor hugo
Vitor hugo
28 dias atrás

Mário, vc acredita em um ps5 pro dentro de 3 anos? Digo isso por que tem a resolucao 8k, mais, não acredito que os consoles focarao nessa resolução. Acredito que se houver um novo console, vai melhorar tracing é mais jogos com 4k 60 e ray trancing ativado. O que acha??

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Eu diria que a probabilidade de isso acontecer é muito grande.

error: Conteúdo protegido