Alemanha mostra estudos que comprovam que carros eléctricos poluem mais que o Diesel ou a Gasolina

O polémico documento apresentado é elaborado por instituições académicas prestigiadas de investigação, e comprova que os carros eléctricos acabam por ser mais poluentes que os alimentados por combustíveis fósseis.

O documento em causa, apresentado pelo Centro de Estudos Económicos da Alemanha tem vindo a ser polémico, mas segundo o mesmo, no seu global os carros eléctricos são mais poluentes do que os veículos movidos a combustíveis fosseis, tendo maior impacto ambiental.

A culpa não passa pelo veiculo em si, mas pelo processo de elaboração dos carros eléctricos e de todas as fontes de alimentação necessárias! Segundo o professor Christoph Buchal, da Universidade de Colónia, o processo de extracção dos componentes das baterias, como o lítio, o cobalto ou o manganês, que equipam um veiculo eléctrico, criam emissões de superiores às criadas por um veiculo a gasóleo ou gasolina fazem com que as emissões na produção do veículo sejam superiores à que emite um equivalente a gasóleo ou a gasolina durante a sua vida.

Temos assistido na Alemanha, desde há uns meses, a uma campanha para desacreditar o carro elétrico. Num estudo apresentado recentemente, o professor da Universidade de Colónia, Christoph Buchal, indicou que todo o processo de extração dos componentes que dão forma à bateria, como o lítio, o cobalto ou o manganês, fazem com que as emissões na produção do veículo sejam superiores à que emite um equivalente a gasóleo ou a gasolina durante a sua vida.

Como exemplo, este estudo estima que a condução ao longo da sua vide útil de um Tesla Model 3 é responsável pela emissão de156 a 181 gramas de CO2 por quilómetro. Mais do que um Mercedes C 220D movido a diesel que produz apenas 141 gramas por quilómetro.



O canal Das Erste pegou neste assunto, com um documentário que estuda o assunto em profundidade. Segundo os especialistas, a extração do lítio requer grandes quantidades de água, bem como  o uso de produtos químicos para a separação dos componentes, e tal tem um impacto muito grande na poluição de solos, população local e gado. Nesse sentido, e avaliando o impacto nas emissões para a natureza os carros eléctricos possuem maior impacto nas emissões que os carros tradicionais, sejam a gasolina ou gasóleo.

Não convêm no entanto esquecer que a extracção do petróleo também tem impacto ambiental.

No entanto, para a maior parte dos mortais, todo o impacto ambiental que precede a colocação do veiculo na estrada é esquecido. E o que é visto é que um carro eléctrico não poluiu, mas os carros a gasóleo ou a gasolina, pelo escape libertam gases diversos, alguns até mais perigosos que o CO2.

Este artigo não ficaria completo se não fosse dito que todos os argumentos apresentad14os pelo estudo foram rebatidos por outros especialistas, o que mostra que este estudo está longe de ser consensual no meio cientifico que, aliás, na sua maioria, vê a coisa de forma contrária.

 



newest oldest
Notify of
Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Nessa altura a coisa mais interessante que vi no mercado nesse sentido foram os carros híbridos, que conseguem aumentar sua autonomia/economia sem necessidade de baterias e recargas. Deveria ser algo mais abrangente mas infelizmente aumenta substancialmente os preços.

Antonio Lucas
Visitante
Antonio Lucas

É igual a indústria da carne fazendo pesquisas que comprovam que gordura saturada faz bem, sendo que isso não é verdade e eles financiam estudos pra isso. A indústria do petróleo não quer perder os trilhões que ganham, e os carros elétricos ameaçam isso, deve ser por isso o surgimento desses “estudos”

Livio
Visitante
Livio

Isso lembra quando saiu uma notícia que a mídia digital polui/consome mais que a mídia física

Davi
Visitante
Davi

Tem que se levar em conta também o descarte dessas baterias.
Enfim, carro elétrico não é essa maravilha toda que querem passar muitos “especialistas”.
Poluem do mesmo jeito, talvez até mais que os carros “normais”.