AMD ultrapassa Intel nos mercados asiáticos. É a maior quota dos últimos 5 anos, e tende a crescer.

Os processadores Ryzen tem vindo a despertar interesse por todo o mundo. Nos mercados asiáticos a AMD possui agora a maior quota de mercado, tendo crescido ao ponto de ter agora a maior quota dos últimos 5 anos. A tendência é ainda de crescimento, e isso deverá acontecer um pouco por todo o mundo.

Convenhamos… Os processadores Ryzen são fantásticos, e mostram uma AMD a um nível que já poucos esperavam ver.

Os processadores AMD batem-se lado a lado, e superam mesmo os Intel, e tudo isso… por uma fracção do preço.

É uma relação qualidade/preço imbatível, e a um nível que faz mesmo a Intel temer a AMD, algo que se calhar já poucos esperariam dado que a AMD estava basicamente a desaparecer e a trabalhar com nichos de mercado.

Mas os Ryzen trouxeram nova vida. As performances fantásticas destes CPUs e o seu preço mais do que atractivo tem vindo a atrair tudo e todos. São processadores com menores consumos, que custam, nas versões de topo, cerca de 1/3 dos intel com que se batem, e que a nível de performance os igualam, e até superam.



Esta realidade, apesar de ter de combater com uma ideologia instalada de que Intel é superior, está a penetrar aos poucos na consciência das pessoas. Nos mercados Asiáticos o lançamento dos Ryzen fez a quota de vendas da AMD passar de 28.24% para 48.72% em apenas um dia.

Mas a coisa não se ficou por aqui, e dois dias depois a quota da AMD era de 53.36%, ou seja, mais de metade do mercado, e batendo a Intel.

No resto do mundo não há ainda valores, mas certamente que a AMD estará igualmente a ganhar quota de mercado. Seria estranho se não o fizesse.

Apenas como curiosidade, e ainda no mercado asiático, a tendência da AMD é para crescer, Um inquérito sobre o interesse das pessoas em CPUs mostra agora que 76.95% dos consumidores estão interessado em AMD, com os estantes  23.05% a manterem-se interessados nos Intel.



newest oldest
Notify of
bruno
Visitante
bruno

E ja comeca.

Apos anos de dominio sem concorrencia da Intel, tens a AMD a entrar, a levar a uma salto no hardware e performances (so quando os Ryzen chegaram e que a Intel comecou a olhar para mais de 8 nucleos). E desconfio que o futuro sera muito interessante, porque a Intel nao se vai deixar ficar, e tem ja novidades preparadas.

Agora falta ocorrer o mesmo nas placas graficas. A Navi foi um inicio, mas falhou em tornar-se o Ryzen.

Mário Armão Ferreira
Visitante

Não digas isso… Porque tu ainda não viste os Navi… Tu viste um Navi… que equipa a gama média alta da AMD, a gama 5700 que supostamente concorre com a 2060 da Nvidia!
A gama alta ainda não foi lançada e sem ela, a comparação é inválida.