Apanhado de pequenas notícias: Retro compatibilidade Xbox, o peso das consolas e o Dualsense

5 4 votes
Avalie o nosso artigo

A Microsoft anunciou que todos os títulos retro compatíveis que correm  nas Xbox One correrão nas Xbox séries no lançamento. Do outro lado, há websites parecem acreditar que um quilo de chumbo pesa mais do que um quilo de algodão. A Digital Foundry derrete-se em elogios ao novo DualSense.

Retrocompatibilidade Xbox séries X/S

Num pequeno apanhado de duas notícias, a Microsoft, por Jason Ronald, veio dar a conhecer que os testes de retro compatibilidade das novas Xbox series estão completos e que todos os jogos de consolas anteriores que atualmente são compatíveis com a Xbox One, estarão disponíveis para serem executados nas Xbox série X/S.

O peso das novas consolas ou como um quilo de chumbo pode pesar mais que um quilo de algodão



Numa outra temática há uma curiosidade que não pode passar despercebida, e que passa pela referência de alguns websites (incluindo a Digital Foundry), ao peso da Playstation 5!

Ora a Playstation 5 efetivamente é pesada, pesando 4.5 Kg… mas se, por esse motivo, essa referência se torna normal, o curioso é que esses mesmos websites não comentaram nada sobre o peso da Xbox série X.

E a questão é que se a Ps5 pesa 4.5 Kg… a xbox série X pesa 4.45 Kg!

Daí que temos aqui uma curiosidade… ou um quilo de Playstation pesa mais do que um quilo de Xbox (numa referência ao velho algodão e chumbo), ou estes 50 gramas de diferença entre as duas consolas são dos mais pesados que já vimos. 😉

Os elogios ao Dualsense

São várias as pessoas que tendo já tido contacto com o novo controlador Dualsense, se derretem em elogios ao mesmo. O mais recente elogio surge vindo de Richard Leadbetter da Digital Foundry.



Isto é simplesmente fenomenal…podemos perder horas a falar sobre o que eles estão a fazer com o controlador no Astrobot, porque na minha opinião isto é uma revolução, nunca senti nada como isto, e a minha única preocupação é se abuse da coisa de torna a se tornar obnóxia, mas agora, no Astrobot, é algo de fresco e excitante, e coisas como andar na lama permitem que se sinta a resistência da lama, e que quando chova se sinta a chuva a cair… isto é algo que é difícil de se transmitir em video, porque quando se olha para o Astrobot é um jogo com bons visuais, mas não parece muito diferente daquilo que a Playstation 4 pudesse fazer, mas a realidade é que a Playstation 4 nunca poderia sequer transmitir este tipo de experiência porque todo o interface entro jogador e o jogo é revolucionário, é fantástico, e honestamente arrebatou-me completamente.

Como nota, estas funções podem ser desactivadas.



5 4 votes
Avalie o nosso artigo
30 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rui
Rui
26 dias atrás

O comando para ficar top só precisava mudar o analógico de sitio e ja agora de cor!

Felipe Leite
Felipe Leite
Responder a  Rui
26 dias atrás

🤣 Discordo do analógico, mas quanto a cor, já fiz vários comentários a respeito…
Mas entendo a sua preferência “analógica”!

Livio
Livio
Responder a  Rui
26 dias atrás

Por mim não deveria mudar posicionamento do analógico esquerdo assim está bom, prefiro que minhas mãos fiquem em posições iguais ao segurar o joystick. Já questão de cor é irrelevante

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
26 dias atrás

E por as pilhas né 😇😅🤭

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  nETTo
26 dias atrás

😂😂😂😂😂😂😂😂😂

Andre gt
Andre gt
Responder a  Rui
26 dias atrás

Já eu n tenho firmeza de ficar clicando o analógico esquerdo do xbox, pois sempre me acostumei com eles simétricos, um motivo é que minha mão é pequena, deve ser por isso kkkkk

Andre gt
Andre gt
26 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O que demoonstra a partir das aná lises do dualsense é que a sony acertou em cheio trazer mais uma experiência e imersão next gen, até o tom warren disse que um controle xbox n se compara a novidade dual sense… olha que o controle vai até ser um dos principais motivos de querer um console PS5, estou ansioso esperando pra experiementar

Livio
Livio
Responder a  Andre gt
26 dias atrás

Eu creio, assim como aconteceu comigo ao iniciar no volante G27, que muita gente inicialmente não vai gostar do haptic feedback, mas depois de “pegar jeito” com o force feedback gerado vai gostar e vai querer que os outros controles também o tenham

Sparrow81
Sparrow81
26 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off Topic – Mario, para quando vem o artigo da Big Navi? Estás esperando algo que possa aparecer de novidade nos consoles ou é só questão de estar na vez mesmo?

Não estou cobrando nada, ok? Só fico curioso para ver o que diz sobre elas… Fiquei bem impressionado e acredito que a maioria TB, já que muitos achavam impossível bater de frente com as ampere e vimos algo muito próximo em performances!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
26 dias atrás

Tranquilo, Mario. Um abraço.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
26 dias atrás

Sparrow veja o canal red game tech, ele tem um serie de vídeos sobre as navi e por várias vezes sobre os consoles também, inclusive vi um vídeo em que ele explica sobre o feature set rdna2 nas consolas e sobre elas serem full ou não e como isso é irrelevante, falando exatamente o contrário do que o Fernando Medeiros fala.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
26 dias atrás

Eu acompanho ele, Daniel. Muito bom. Ele que falou de features que só aparecerão em rdna 3 no ps5… Mas eu queria um artigo do Mario. Hahaahah saber o que ele tem a falar… Mas se não for possível, tranquilo também. Sabemos das dificuldades…

Marcoshaft
Marcoshaft
26 dias atrás

mario o que me espanta é a vibraçã dos gatilhos do dual cense ser novidade agora quando ja existe desde 2013 no xbox mesmo sendo usados em poucos jogos como forza e halo

https://twitter.com/architectu2/status/1322730246140055553

Tem como explicar isso??

Confirmed: PS5 cannot use INT8 / INT4 instructions for ML. FP16 only for Basic IA.

Quantic Dream CEO:

“The shader cores of the Xbox are also more suitable to ML, which could be an advantage if MS succeeds in implementing an equivalent to Nvidia’s DLSS”

Livio
Livio
Responder a  Marcoshaft
26 dias atrás

Marcos te sugiro um teste, pegue um daqueles volantes para PS2 com USB e pegue pelo menos um G27.

Com o volante para PS2 jogue GT4 e depois pegue o G27 e jogue no mínimo o GT5 no PS3.

A sensação de diferença em que os 2 volantes irão te transmitir é a mesma que o Rumble dos controles do Xbox contra o Haptic feedback do Dual Sense.

Quem já teve contato com volante com force feedback sabe muito bem o que o Dual Sense irá oferecer e não se compara a um simples rumble no gatilho, sim já joguei Forza no One.

Livio
Livio
Responder a  Marcoshaft
25 dias atrás

Para quem acha que o Dual Sense implementa um simples rumble nos gatilhos aqui vai um vídeo de teardown do joystick (Já setei o link para começar justamente na parte que ele manuseia o setor responsável pelo haptic feedback)

https://youtu.be/4rNITneXnCo?t=557

PS: Até o sistema de rumble do Dual Sense foi modificado, não usa mais aqueles 2 motores, um de cada lado.
PS2: O force feedback deve ser tão forte que a Sony colocou borrachas nos orifícios de encaixe da placa na carcaça para amenizar as vibrações, evitando futuros problemas de deslocamento de componentes

Livio
Livio
Responder a  Livio
25 dias atrás

Uma observação, aos 12:23 do vídeo dá para ver um potenciômetro no estilo dos utilizados nos analógicos, provavelmente o sensor de retorno para o force feedback, nesse caso fico com receio em possíveis problemas de drifting(sensor mandando resposta errada), até porque ele está bem perto de um motor e engrenagens e nesse tipo de mecânica é imprescindível lubrificação, espero que a lubrificação não vaze para o potenciômetro.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
26 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off Mário

Alex Battaglia outra vez a fazer fold contra o ps5.

https://www.gamevicio.com/noticias/2020/11/ps5-digital-foundry-sugere-falta-de-suporte-total-para-a-arquitetura-rdna2/

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
26 dias atrás

Secalhar até sabem, devem estar melhor informados que nós digo eu.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
25 dias atrás

Falando nisso:

https://playerzdominiance.com/ps5-the-ssd-will-support-atom-views-new-vr-technology/

Logo, isso ja nem se discute.Toda a base do AtomView, que e uma alternativa ao Quixel, assenta no SSD.

marcio
marcio
Responder a  bruno
25 dias atrás

que bom que voltou bruno

bruno
bruno
Responder a  bruno
25 dias atrás

Mais um adendo… Como ja foi noticiado aqui, a AtomView foi adquirida pela Sony em 2019. A tecnologia sera usada para cinema e, pelo que estamos a ver, videojogos. Imaginem algo semelhante ao que a Disney e a LucasFilm esta a fazer em The Mandalorian.

Este foi o primeiro resultado, na ultima CES, usando o enorme ecra Microled que a Sony desenvolveu…

https://www.youtube.com/watch?v=tS-BemXydU8

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  bruno
25 dias atrás

Obrigado pelos links Bruno!
Isto é impressionante, gostaria de ver jogos com este nível de detalhe, mas o problema que vejo é o tamanho que iria ter o jogo, estes ficheiros devem ser gigantes!

bruno
bruno
Responder a  Rui Teixeira
25 dias atrás

Nao sei. Sei apenas que a PS5 vai evitar ocupar gigas e gigas com varias copias dos mesmos assets, o que permitira poupar imenso espaco (e ja vemos enormes ganhos em titulos PS4 com patches).

Esse espaco livre pode ser usado para assets com maior detalhe.. a questao e saber quanto ocupa o que vimos em demos como a do Unreal 5, ou a Samaritan da Unity.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  nETTo
26 dias atrás

Essa tecnologia tem no Xbox desde 2013… Sabia não? 😂😂😂

eduard08
eduard08
25 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Ai esta um video que mostra o anterior da dualsense e comparada a dualshock 4

https://youtu.be/4rNITneXnCo

error: Conteúdo protegido