Avaliação de consolas com nota? Estarão os websites loucos?

Quem viu já as nossas análises a consolas constactou uma realidade. Trata-se de uma simples análise sem avaliação. O motivo? As consolas valem pelos seus jogos, e não estando estes disponíveis no seu lançamento é impossível avaliar o sistema. Mas se assim é porque motivo vemos notas a serem atribuídas em websites?

O lançamento da WiiU fez-nos aperceber de uma curiosidade. Há websites que atribuem uma nota à consola após a sua análise.

Daí que tenhamos ficado intrigados com a questão. Será que os websites estão conscientes da anormalidade do que estão a fazer?

Se ainda nos recordamos das coisas como elas são, o sucesso de uma consola não depende do seu hardware, capacidades ou de outros factores que possam ser avaliados ao se tirar a consola da caixa e liga-la. O sucesso de uma consola verifica-se ao longo dos anos pela forma como o seu software é recebido pelo público.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Seria justo comparar uma Nintendo DS com um processador a 66 Mhz, 4 MB de RAM, e um ecrã de 3,8 polegadas a uma Playstation Portable com um processador a 333 Mhz, 64 MB de RAM e um ecrã de 4,3 polegadas e suporte UMD? Claro que não seria, e se o fosse tínhamos metido a “pata na poça” quando constatássemos que a DS foi a consola mais vendida de sempre em todo o mundo.

A consola é apenas um veiculo para que a experiência dos videojogos possa chegar ao utilizador. E a qualidade do veiculo não é nada sem o condutor (o jogo). Um veiculo bom, e maus condutores não superam um veiculo menos bom com um bom condutor. É mesmo o caso onde o condutor (os jogos), são mais importantes do que a qualidade do veiculo.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

E os exemplos são diversos. Já falamos da DS, mas podemos referir igualmente a Wii, e desta forma, catalogar desde já a WiiU pelo seu hardware parece igualmente excessivo.

Se a Nintendo souber explorar a sua consola como soube no passado, a WiiU, mais potente ou não que a PS3 e a Xbox 360, será um sucesso. A DS não era mais potente que a PSP, e a Wii não era mais potente que a Xbox 360/PS3. E isso impediu-as de serem um sucesso? Não!

É certo que ao longo dos anos, iniciando-se com a DS e com a Wii, a forma como o utilizador interage com a consola alterou-se bastante. A WiiU traz agora uma novidade com o seu Gamepad, mas não será a única consola a apresentar essa situação, pelo que a vantagem da novidade não existirá a seu favor. Mas isso não impedirá nada. O sucesso dos jogos mede-se pela sua capacidade de atrair o jogador, e nada mais.

Daí que vir a dar uma nota, ou referir os prós e contras numa análise à consola é algo com que discordamos. É certo que são opiniões de pessoas ligadas à área e que devem ser tomadas em consideração e que são pertinentes e válidas, mas que deveriam ser referidas em artigos à parte e não na análise à consola em si. A consola terá actualizações de firmware, novas funções e uma série de situações ao longo da sua vida que não podem ser avaliadas na análise inicial. E o que conta no fundo são os jogos e a experiência transmitida, e essas situações não podem ser totalmente medidas no que é disponibilizado no lançamento da consola.

 

Publicidade

Posts Relacionados