Bugs estão a arruinar a experiência de visualização de filmes 4K HDR na Xbox One S

Xbox_One_S

A Xbox One S é um sistema multimédia que pelo preço e presença de leitor UHD não tem paralelo. Mas infelizmente bugs impedem o sistema de reinar onde justificadamente deveria.

Se queres um sistema multimédia 4K, a Xbox One S é pelo preço o melhor, oferecendo-te ainda uma grande consola de jogos. Ela é capaz de lidar com HDR, uma característica associada ao formato 4K que permite uma pallette de cores maior e consequentemente, cores mais vivas e mais detalhe em zonas escuras e claras.

Infelizmente a consola possui bugs no seu HDR que a impedem de atingir o seu potencial! Mas não desesperes… tudo deve poder ser resolvido com actualizações de firmware.

Os problemas conhecidos, por se deverem a bugs, e como tal não serem algo controlável, não existe forçosamente em todas as combinações de consolas e TVs, mas quando aparecem eles prendem-se quer com o streaming de filmes, quer com a visualização de formatos físicos, sendo que no caso do streaming, um problema com o Netflix está a ativar o HDR da consola mesmo quando os filmes não são HDR, ou seja, a maior parte. A situação revela-se problemática com cores deslavadas e uma tonalidade laranja que está presente na mesma desde Agosto.

O segundo bug prende-se com os Blu-Rays UHD. Se no caso do Netflix a consola activa o HDR onde não devia ativar, aqui o caso é que o HDR não é activado correctamente, o que leva a “sangrias de luz” com zonas do ecrã mais brilhantes do que deveriam.

Eis um exemplo num filme no formato 21:9 que coloca duas barras no ecrã, com o HDR a ser feito com um leitor Samsung, e com a Xbox One S.

Imagens pertença do redditor ghsNICK

Nenhuma das bugs é verdadeiramente impeditiva do uso, mas certamente são pontos negativos, especialmente para quem se desfez de TVs perfeitamente funcionais a 1080p e investiu uma boa pipa de massa em 4K por causa destas caracteristicas.

Felizmente estamos a falar de bugs que, como referido logo no início, aparentemente podem ser resolvidas por software, mas o certo é que as bugs existem desde Agosto e não foram ainda corrigidas. Porque? Não sabemos responder, mas esperemos que sejam corrigidas o mais rápido possível.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (23)

  1. Em duas partes do texto você diz que não impedem o uso e na outra que uma atualização pode resolver ai na hora de escolher o titulo você coloca “Bugs estão a Arruinar A Experiencia”

    Não acha muito sensacionalista não Mario ?

  2. Mário , por algum motivo ( talvez por você não aceitar opiniões diferentes da sua ) você apagou meu comentário , isso significa que todo o meu histórico de comentários vai ser excluído e eu vou ter que começar do zero pra ter comentários sem moderação?

    • Caro António… o comentário anterior não entrou porque os comentários só entram depois de aprovados.
      Caso não tenha percebido, está sob moderação desde à muito tempo, e por frases persistentes do género das dos dois últimos comentários.
      Como já foi referido, a PCManias tem regras e quem quiser participar segue as regras, sendo que colocar em causa a integridade da página não é algo admissível.
      De resto não está em causa opiniões diferentes, está em causa o facto que há sensibilidades elevadas a extremos que levam a que o título da notícia, curiosamente usado em Inglês mas exactamente igual em vários websites, seja colocado em causa como sensacionalista. Quando na verdade apenas relata e resume uma realidade existente referindo que o que está em causa é a experiência da visualização 4K. infelizmente muitos parecem não saber o que experiência de visualização significa (e o arruinar da experiência signica que não se pode usufruir da mesma com a qualidade total), confundido o que lá está com qualquer outra coisa, mas isso já é falta de cultura e não sensacionalismo.
      E assim pensam logo que alguem que tem intenções de criar um título sensacionalista só pode ser fanboy. Tão fanboy que se coloca a pesquisar sobre o assunto para tentar saber se alguem sabia como resolver o problema e partilhava a informação, e umas horas depois publica o que encontrou.
      Raio de fanboy. Ao menos podia ter esperado uns dias e tinha mais clicks.
      Acima de tudo António, deveria ter um pouco de bom senso antes de partir para frases do género, mas caso não o queira ter, recomendo outros websites para visitar e onde possa por em causa tudo e todos livremente.

      • Já sabes que não podes falar nada de negativo da Xbox, neste caso relatar algo, até parece que a consola é um familiar que tu estás a criticar.

        • Esta treta toda chateia. Aliás o alojamento da página termina dia 30 de Novembro e por estas e outras ainda não paguei e nem sei se pagarei para o renovar (o que implicaria o desaparecimento instantâneo da página).
          Creio que salvo as situações onde eu próprio fui induzido em erro as minhas informações e previsões aqui feitas na página sempre foram fiáveis e vieram-se a confirmar.
          Mas a isso ninguém dá valor. Há cada comentário mais idiota que por vezes aqui colocam que é impressionante.
          Por exemplo, após dois artigos que considero como bem feitos e de fácil percepção a explicar a diferença entre fotogramas reconstruídos e re-escalados, mostrando que a reconstrução obtém sempre resultados melhores do que o re-escalamento, mesmo que este último seja em pequena escala, uma vez que o re-escalamento não acrescenta informação realmente calculada, mas apenas calcula as cores médias dos pixels adjacentes apareceram comentários a dizer que mais uma vez estava a dizer mal da Xbox.
          Mas que raio de culpa tenho eu que o re-escalamento tenha os problemas que tem? A Xbox usou técnicas de reconstrução em Rainbow Six Siege e o resultado não é superior aos dos jogos 900p re-escalados? Claro que é!
          O que está ali em causa é a tecnologia usada, não as consolas. Custa perceber isso? Até porque eu não defendo sequer a existência da Pro, achando-a uma aberração ao conceito de consola com hardware fechado que sempre conhecemos.
          Enfim, quando o tema é Xbox não me adianta nada tentar ser imparcial. As pessoas não conseguem lidar com as realidades. Elas não vêem à internet procurar informação, eles querem é ler aquilo que lhes agrada. E eu tenho muita dificuldade em lidar com isso, até porque o que digo aqui nem sempre é o que corresponde às minhas preferências. Mas como tento ser imparcial e não sou pegado a marcas, digo-o na mesma.

          Já agora:
          @Vitor PG

          A pergunta que colocaste foi removida. Apesar de não ter qualquer problema com a resposta não pretendo divulgar qualquer tipo de dados privados adicionais aqui no website para além dos que a Google me obrigou. E muito menos nos comentários onde o que deve ser abordado é os artigos e nada mais.
          Eu não vos conheço de lado nenhum e nem vocês me conhecem a mim, sendo que estou muito mais exposto que vocês. Sou contra a divulgação de dados nas redes sociais e por isso não uso Facebook ou outros e quando as uso foi por questões de divulgação da página sendo que na parte dos dados pessoais preencho o mínimo de informação possível uma vez que entendo que as pessoas que não conheço directamente não tem de saber tanto como as que conheço.
          Nesse sentido, por este meio não vou divulgar publicamente dado pessoal nenhum para além dos existentes, por muito básico que ele seja (nem mesmo algo tão simples como a idade)
          Aliás agora que falaste, e dado que a Google já não tem as mesmas exigências, vou questiona-los sobre se preciso mesmo de manter aquilo que existe e que está esquecido no fundo da página, que já na altura meti a contra gosto por achar desnecessário.
          De resto, se quiseres mesmo saber o que perguntaste, um dia que me encontres online, numa eventual conversa informal e privada por voz, poderei responder-te a isso e outras questões que pretendas saber e eu entenda responder!
          Obrigado pela compreensão.

          • Eu acho que você deu azar que muitos brasileiros acabaram encontrando o seu site e como aqui no brasil a marca Xbox é forte, a imagem dos portugueses perante ao publico desse console não é muio boa. muito devido a Eurogamer de seu país que não é vista com bons olhos por esses usuários. e tambem por muitas vezes você deixo escapar que tem a preferencia pelo Playstation e ai meu amigo você acabou por entrar num tipo de lista negra. hehe

            Acho que não tem muito oque fazer a não ser filtrar os comentários, colocar um moderador pra ti ajudar ou algo do tipo. Mas não desanima não mario, seu trabalho é muito bom e as vezes me pergunto oque você ta fazendo aqui que ainda não esta escrevendo para algum site grande de tecnologia. hehe

            Abraço.

          • A questão Lucas é que as pessoas atualmente estão tão deturpadas e obcecadas com a ideia dos fanboys e de que os media são desonestos que quando encontram um website que tenta ao máximo ser objectivo, confundem a frontalidade e a falta de receio de se dizer mal das coisas com preferências.
            Aqui na PCManias escrevo muitas vezes contra aquilo que gosto. Porque não é por eu gostar que as coisas deixam de ser como são, e a partir do momento que tenho um website que tenta informar o que devo passar não é a minha opinião deturpada por gostos pessoais, mas sim a informação objectiva.
            Por exemplo, se um jogo sai a 70 euros na PS4 e a 60 na Xbox, mas eu até arranjo uma loja que me vende a versão PS4 a 50 euros, vou deixar de dizer mal do preço ou adocicar a coisa só porque eu consigo algo que não é o preço oficial? Mesmo que outros também consigam isso são apenas promoções, não a realidade.
            Mas que raio de website seria este se agisse assim?
            A PCManias não me dá lucro. Pelo contrário, dá-me despesa. Mas nunca me preocupei em ser politicamente correcto e subir as visitas. Porque isso implicaria tornar a PCManias em apenas mais um website. E quando a criei o objectivo era exactamente separar o trigo do joio e ser frontal e objectivo passando a informação mais correcta é distante de paixões possível.
            Infelizmente há almas sensíveis. E quando se insiste muito numa coisa és logo fanboy. Mas a realidade é o que é, e não se alterou ainda pelo que mudar discursos para agradar seria hipocrisia.
            Vem cá dia 19 e lê. Será um artigo único que sairá nesse dia. E que vai surpreender muita gente esperando que consigam perceber a dificuldade que tenho todos os dias em ser objectivo nas coisas, vá isso contra ou a favor das minhas preferências pessoais.
            Acredita que o que está mal não é o site, é a sociedade que só consegue ver desonestidade à frente quando algo não lhes agrada.

          • Mario… compreendo a frustração mas por favor não desistas, os tens artigos são extremamente interessantes e únicos, se alguém não gosta que meta à borda do prato.
            O que se passa aqui, passa-se em todo o lado, e abrange muito mais que videojogos, vivemos numa sociedade acima de tudo hipócrita, com ideologias da treta, e isso reflecte-se até nas coisas mais pequenas, como por exemplo, numa porcaria de uma peça de entretenimento electrónico, é de facto ridículo que alguém se torne hipócrita e cínico por causa disto, ou inclusive, se exalte, isso então é hilariante, enervar-se por causa de algo que é suposto nos divertir, mas como o ego é uma coisa tramada, atitudes destas são prática comum, enfim.

            O que esta gente ganha com esta atitude não, sei, devem ser mais felizes se no seu mundo ideal e imaginário a Xbox One é perfeita e isenta de critica, se ainda recebessem um cheque por isso ainda percebia, mas isto é pura e simplesmente estupidez humana, em suma, intelorância, desrespeito e ignorância em relação ao que está fora da bolha.

            Só espero é que faças a renovação que eu quero continuar a ler bom material.

          • Não é só a Xbox… A PS4 também tem críticas. Não faço distinções!
            Olha o PSVR ou a Pro, duas das novidades da Sony. Acho o PSVR um gadget interessante mas sem futuro, e a Pro uma aberração no conceito de hardware imutável de uma geração de consolas . E sobre isso já escrevi mais do que uma vez.

          • Não desanime Mário, em todo lugar a praga tenta corroer com seu veneno, mas os seus leitores de verdade que buscam informação de qualidade como eu e vários outros (não vou citar nomes) aqui, te respeitam, respeitam a página e sabem o valor de se encontrar um trabalho bem feito, e como vimos acima, sabem interpretar um texto. Embora o leitor acima, não tenho certeza se foi por falta de atenção ou com má intenção… Mas, estamos aqui e acredite, seu trabalho é valorizado por nós. Quem só quer bagunçar que vá pra um desses antros de ignorância espalhados pela web.

          • Eu sei que há leitores que apreciam… mas como em tudo na vida, mais depressa se critica do que se elogia.
            E fico desiludido… desiludido com as pessoas e acima de tudo com a humanidade.

          • Sim, realmente há momentos de desilusão com a humanidade, mas sei que a parte que é trabalhadora, séria, altruísta, imparcial e sensata equilibra essa balança. Se for pra desistir, então é melhor desistir de nossas fraquezas.

      • Sim mário , me exaltei . Minhas sinceras desculpas .

        • Aceites. E peço igualmente desculpa por qualquer coisa, mas estou farto que não se perceba que apenas relato as coisas. Não faço as notícias, apenas as escrevo. Escrevo limitado, não abordo tudo, e tento abordar apenas o principal.
          E isso faz com que não dê por vezes o mesmo peso a ambos os lados. Isso reconheço, mas não vou falar do menor quando há algo maior.
          Previsto para dia 19 vou fazer um artigo relevante aqui para a PCManias. Um artigo único (não haverão mais do género e nem nunca houveram) e inédito e no qual tu certamente vais ser um dos que vai ficar surpreendido com o que vais ler.
          E não, não diz mal nem bem de nenhuma empresa ou produto. É um artigo realizado numa vertente inédita e que pretende mostrar que analisar as coisas para um website tentando ser imparcial nem sempre coincide com as nossas opiniões pessoais.
          Não quero adiantar muito mais, mas aposto que muitos vão engolir em seco muito do que dizem nesta página. Outros continuarão na senda do disparate. Mas isso…
          Mas não abordarei mais este assunto. Aguardem pelo artigo.

        • Mário…claro, a PS4 também tem os seus senãos, penso que aqui fala-se de comunidades, e digam o que disserem, com os anos que já tenho disto em termos de lidar com as diferentes comunidades, a da Xbox é sem dúvida alguma a mais tóxica, fanboys desprezíveis existem em todas, mas a da Xbox bate tudo, e a PCManias é só mais um exemplo dessa realidade, daquilo que vejo diariamente, são os aficionados da Xbox que mais te rotulam de parcial e fanboy, e pior ainda, sãos os que te atacam o site para o mandar abaixo quando surge algum artigo teu a pôr o dedo na ferida.

        • Lucas…

          A questão da Xbox em Portugal é na realidade um no brainer, se a marca não investe nem nunca investiu por cá, é normal que não tenha quase expressão nenhuma, pode sair o maior exclusivo para a consola que nem na pouca imprensa especializada que temos é publicitado sequer, assim torna-se complicado, se não semeias, nunca podes colher, é a lei da vida.

          Para tua informação a Xbox Portugal não passa de um mísero gabinete no escritório da Microsoft Portugal composto por um punhado de gatos pingados que não percebe um boi de videojogos, o próprio promotor da Xbox, é um tipo emprestado dos Surface que não sabe responder a dúvidas sobre a Xbox, sobre os seus acessórios e sobre os seus jogos, que vai de vez em quando colar uns autocolantes verdes, enfim…

          Este problema é algo que já vem muito detrás, desde o tempo da primeira Xbox, ou seja, muito antes da Eurogamer PT surgir, para a Microsoft, a Europa é o Reino Unido, o resto…é o resto, e quando tu deixas cair a bola, alguém vai apanhar, neste caso a Sony.
          Se de facto a EGPT e semelhantes têm culpa na performance da Xbox em Portugal (ridiculo), então a julgar pela tua lógica, também deve ter culpa no resto da Europa, eles podem ter os seus defeitos, mas uma coisa é certa, esse site ironicamente divulga mais a Xbox em Portugal que a própria Microsoft.

          Ainda me lembro do tempo em que Portugal era conhecido como sendo a Sonylandia, a Playstation tinha uma quota de mercado que rondava os 90%, Portugal era o único mercado do mundo em que a PSP vendia mais que a Nintendo DS, até que um dia a Nintendo se instalou em Portugal com alguém competente e decidiram fazer publicidade, não demorou muito até que a Wii vendesse mais que a PS3 e a DS destronasse a PSP, afinal o problema não estava nas pessoas, estava na estratégia, e estratégia é coisa que a Xbox não tem em Portugal, limita-se literalmente a existir…

  3. (Off-topic) a nxgamer fez contagem de pixels e o battlefield 1 roda a 900-1000p no xbox one , parece que a dice finalmente saiu dos 720p

Os comentarios estao fechados.