Cache Scrubbers da Playstation 5 podem reduzir as necessidades de largura de banda em até 59%

Os cache scrubbers da PS5 são uma tecnologia nova, pelo que poucos sabem exactamente o que eles fazem. Um estudo elaborado por diversos catedráticos de várias universidades mostram que os cache scrubbers trazem vantagens em diversas áreas, desde a poupança na largura de banda a menores consumos de energia.

Os Cache Scrubbers da PS5 são uma novidade a nível tecnológico. Apesar de ter encontrado patentes sobre os mesmos em quase todos os fabricantes de CPUs e GPUs, eles farão a sua estreia em hardware na PS5.

Já abordamos uma das suas vantagens no artigo sobre o SSD da consola, e que podem ler aqui, mas curiosamente encontrei um estudo desenvolvido em colaboração por vários catedráticos de várias universidades e institutos, que analisam as vantagens de um sistema de cache scrubbing cooperativo entre o hardware e o software, que não posso deixar de referir!

O estudo é relativamente intenso e algo complexo, mas caso o queiram ler, podem-no fazer neste link.

Basicamente todo o artigo está resumido nos parágrafos iniciais, pelo que vamos colocar os mesmos de seguida, devidamente traduzidos:



Gerenciar os recursos limitados de energia e largura de banda e ao mesmo tempo melhorar o desempenho em hardware multi-núcleos é um desafio. Em particular, mais núcleos exigem mais largura de banda na memória, e as aplicações multi-thread stressam cada vez mais os sistemas de memória, levando a mais consumo de energia. No entanto, demonstramos que nem todo o tráfego de memória é necessário. Para programas Java modernos, 10 a 60% das escritas na DRAM são inúteis, porque os dados em nesses pedaços de código estão inoperantes – ou seja, garantidamente o programa não as voltará a ler novamente. Para além do mais, fazer-se a leitura da memória apenas para a inicializar do zero logo de seguida, desperdiça largura de banda. Propomos uma solução cooperativa de software / hardware: o gerenciador de memória comunica as linhas inoperantes e a zero às instruções de limpeza de cache. Demonstramos como as instruções de scrubbing satisfazem as invariantes do protocolo de coerência de cache MESI e demonstramos-as num Java Virtual Machine e um simulador multi-núcleo. A limpeza (scrubbing) reduz o tráfego médio na DRAM em 59%, o total de energia consumida pela DRAM 14% e os consumos de energia em DRAM dinâmica em 57%,  numa faixa de configurações. O scrubbing de cache cooperativo entre software / hardware reduz a largura de banda usada na memória e melhora a eficiência energética, dois problemas críticos em sistemas modernos.

Como vemos deste resumo, a redução nos consumos energéticos, e a redução no uso da largura de banda são as vantagens principais. No caso em estudo, com código Java as poupanças de uso na largura de banda chegam aos 59%, um valor mais do que significativo. Esta situação pode melhorar ou piorar dependendo do tipo de código, e da qualidade dos scrubbers, mas se estimarmos um ganho de de menos de metade do ali referido, por exemplo, 25% que seja na poupança da largura de banda, isso é suficiente para atirar a largura de banda para uns equivalentes 560 GB/s sem o uso deste auxiliar.

Caso a mesmo se releve efectivamente eficiente, esta é uma tecnologia da qual ainda vamos ouvir falar bastante!



65 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
AlexandreR
AlexandreR
1 mês atrás

É exclusivo a Ps5, os Cache Scrubbers?
O bom é que poderá ajudar a manter a consola no plafon “térmico”!

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Eu cada vez mais acredito nas capacidades da ps5. Pois, o Mark Cerny para desenvolver a consola teve em constante comunicação com os Frist party Studios. E certamente preferiram uma abordagem mais focada no ssd do que uma tradicional, como a Microsoft com a Xbox SX.
Mas só o tempo o dirá…

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
1 mês atrás

Nesta altura, dizer que uma e melhor que outra so pode ser entendido como prematuro.

A Xbox XsX tem mais hardware – maior GPU, e mais ciclos de relogio no CPU. Tb possui um SSD, que melhora 40x do que foi entrege geracao atual (a Sony anunciou 100x).

E possui uma configuracao especial de RAM, que pode ou nao dar problema face aos 16 Gb a 448 fixos da PS5. A questao aqui e perceber se da problema ou nao. E isto, ninguem sabe.

Acho que as pessoas precisam de entender, tudo isto, sao melhorias que eliminam bottlenecks na PS5. Refiro-me aos cache scrubbers e a RAM, nao sao unidades de processamento extra, sao memorias que eliminam bottlenecks, isto e, apenas garantem que o GPU trabalha quase ao maximo da capacidade e os DEVs nao se tem que preocupar, tanto.

A questao que e preciso ter em conta e que, ainda nao sabemos, a esta altura, e que optimizacoes tem a XsX. Por exemplo, a RAM da Xbox foi um problema da nVidia. Mas ha quase um ano atras falou-se aqui da HBCC da Vega e de como isto era derivado dos move engines e o que e que eles fazem (basicamente, gestao automatica da memoria, mudando memoria entre pools a velocidades distintas, tornando isso como uma unica pool de memoria). Nao se sabe nada sobre o HBCC na RDNA1, mas sera que esta presente na Xbox? Que efeito tera? E uma de muitas incognitas.

Com isto so quero dizer – em poder bruta a bola esta do lado da Xbox. Em termos de performance parece estar do lado da PS5. Mas muita, muita coisa falta saber sobre estes sistemas. E por isso o melhor e aguardar.

E ja o disse aqui, que acho estes GPUs demasiado conservadores, nos limites dos 28 nm, nos limites da base da geracao passada. Por isso, quero aguardar e ver o que vai sair, quando vai sair.

Na minha opiniao, ambas as consolas acabaram muito conservadoras no hardware, nao por culpa das empresas, mas por culpa do desenvolvimento que temos tido.

Antonio Lucas
Antonio Lucas
Responder a  bruno
1 mês atrás

Amigo, como você pode falar que a perfomance tá do lado do ps5 se o Xbox é superior em tudo exceto no ssd? Vc já viu algum jogo rodando nos 2 pra dizer isso? Tudo aponta que a perfomance vai ser superior no Xbox, devido a ele ser superior em praticamente tudo

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Antonio Lucas
1 mês atrás

Eu nunca disse que tal coisa! Ambas as consolas tem abordagens diferentes.

Antonio Lucas
Antonio Lucas
Responder a  AlexandreR
1 mês atrás

Você disse sim. ” Em termos de perfomance parece estar do lado do ps5 “, me diz como você tirou essa conclusão ? Se o Xbox é mais forte em todos os sentidos, exceto ssd? Vocês parecem que se esquecem que o Xbox também tem um ssd muito rapido, sim, o do ps5 é mais rápido mas você não tá comparando um ssd com um HD, então os únicos ganhos do ps5 serão no loading

bruno
bruno
Responder a  Antonio Lucas
1 mês atrás

Antonio, respondeste ao Alexandre e Alexandre respondeste ao Antonio. E o Antonio falou comigo Alexandre, acho que a questao nao era para ti.

Com bem referes na tua quote, eu disse “parece” o que implica que nao passa de uma hipotese.

Mas e uma hipotese fundamentada.

Agora explicando-te a ti o porque:

SSD – sim ambas o tem. Mas a MS refere uma melhoria de 40x a velocidade face ao atual e a Sony de 100x. Basicamente, o SSD da XsX nunca vai conseguir carregar a informacao tao rapidamente quanto o da PS5. E isto e importante. Os GPUs so conseguem trabalhar se tiverem acesso as instrucoes e dados como texturas e essas instrucoes vem do disco. A PS5 evita trabalho aos DEVs de terem que gerirem muita memoria RAM – esse e o motivo de tantos elogios a consola.Quando mais depressa carregares a instrucoes para pores o teu GPU a trabalhar, melhor.

RAM – a MS anunciou oficialmente 10 GB a 560 Gb/s e 6 Gb a 336 no seus 16 Gb. O que nao disse foi que, pela configuracao de memoria que usou, nunca teras os dois em simultaneo. Ou tens os 10 Gb a 560 Gb/s somente. ou se usares os 6GB, podes ter os 10 GB mas a menor velocidade de acesso (podendo perder ate 168 Gb/s dos 560 Gb/s anunciados). Em contrapartida a PS5 tem 16 GB a 448 Gb/s Consegues dizer qual sera melhor? Eu nao consigo, mas refiro que o mesmo tipo de solucao que a XsX apresenta em memoria foi utilizada em placas graficas da nVidia com problemas em performance reportados por quem entende disto. Le o artigo aqui publicado sobre o assunto para entenderes.

Ou seja, e chegando ao fim, o motivo e simples: bottlenecks. A XsX aparenta ter mais que a PS5.

bruno
bruno
Responder a  bruno
1 mês atrás

Acho que perdi esse comentário podes indicar-ma?

By-mission
By-mission
1 mês atrás

Ontem estava tentando colocar este comenta, mas o site estava down outra vez..

“O kit de desenvolvimento do PS5 foi muito mais rápido que o PS4 Pro, inicializando o Homem-Aranha da Marvel em 0,83 segundos, comparado a 8,10 segundos na máquina mais antiga.”

“o problema com esses números é a dificuldade de realmente imaginar o quão rápido eles fariam o PS5 funcionar na realidade. Se voltarmos à comparação do PS5 devkit / PS4 Pro, foi a Wired que apontou que o devkit era um modelo de “baixa velocidade”. Ou seja, um modelo de “baixa velocidade” que carregou o Homem-Aranha da Marvel em menos de um segundo e exibiu as complexas cenas de rua sem gaguejar à vista. O SSD final do console PS5 de varejo certamente não será uma variante de “baixa velocidade”.

https://www.notebookcheck.net/PlayStation-5-SSD-gains-speed-kudos-thanks-to-timely-reminder-that-it-was-a-low-speed-PS5-devkit-SSD-that-whupped-the-PS4-Pro-in-that-famous-Spider-Man-demo.461108.0.html

Rui
Rui
1 mês atrás

É assim convém nao esquecer que a ps5 teve uma conferência para devs e a xbox nao, teve uma apresentação para o geral logo muito destes pormenores técnicos numa conferência similar poderiam ter aparecido ou não.

E as cartas ainda nao foram todas mostradas nem a mais importante o preço.

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
1 mês atrás

Mas o Hardware do XSX, já foi detalhado via DF, até o teardown já fizeram.

Fernando Molina
Fernando Molina
1 mês atrás

Uma dúvida, se alguém souber responder: Hellblade 2 foi confirmado também no One ou será um game totalmente next gen???

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Fernando Molina
1 mês atrás

Até o momento, somente sabemos que existe e está associado ao Xbox SX.
Meu palpite é que será exclusivo do SX e não chega antes de 2022.
Esse é um jogo que acho que vai ser voltado a capacidades de nova geração, isso automaticamente o coloca para algo em 2021 ou 2022. A explicação é um pouco lógica, os recursos de nova geração que realmente irão diferenciar o SX e o PS5 de um Xbox One X e Playstation 4 Pro são relativamente recentes. Coisas como mesh shaders, VRS, Ray Tracing, APIs de storage, são recentes e ainda mal documentadas. Embora estúdios First party tenham acesso mais rapido a novos recursos, as coisas não acontecem em um estalar de dedos, e esse é o motivo pelo qual os jogos de nova geração começam a aparecer de verdade a partir da segunda ou terceira onda. Na atual geração foi igual, houve jogos no começo que eram basicamente só visuais e alta resolução pela disparidade tecnica que existia entre PS3/X360 em relação ao PC, ou seja era só força de hardware, e a partir de 2016 apareceram os jogos pensados para os atuais consoles, exemplos, Quantum Break, Uncharted 4, Gears of war 4, Doom.
Provavelmente, os jogos pensados desde o início para essas tecnologias novas ainda estão em estágios iniciais. Essa é uma transição totalmente diferente do passado, pois à pouco tempo de uma nova geração ainda existem jogos com visuais impressionantes, otima performance e excelente qualidade de imagem em consoles atuais. Totalmente diferente de 2013, em que os jogos tinham baixa resolução e estavam sofrendo por performance no Xbox 360 e principalmente no PS3, como exemplos, Crysis 3, injogavel no PS3, e com quedas graves no 360, e o proprio TLOUS que tem frame rate ruim no PS3 também.
Se traçar um paralelo com 2020, pense em Doom Eternal e Resident Evil 3 em 60fps e ótima qualidade de imagem. Nos dois primeiros anos, tecnicamente a nova geração só deve ser 4K nativos e 60fps no ultra com algum loading mais rápido e um ou outro efeito a mais de iluminação. Até os devs “aprenderem” a nova geração. Qualquer tipo de exclusividade nesse momento, é uma decisão comercial e não técnica.
Os jogos “exclusivos” serão essas papagaiadas apresentadas recentemente tipo o game de oceano 120fps do SX, ou o Godfall e o Quantum Error do PS5.

Andrio
Andrio
Responder a  Fernando Medeiros
1 mês atrás

Se realmente o jogo só for sair em 2021 ou 2022 não tinha necessidade de mostrar nada em 2019. Acredito que sai esse ano para todos os Xbox. MS n seria louca de mostrar um jogo 3 anos de antecedência.

bruno
bruno
Responder a  Andrio
1 mês atrás

Nao? Tens mesmo a certeza do que afirmas? Relembro que muitos dos titulos da E3 2014/2015 chegaram em 2017/2018/2019.

Nao se trata de ser louco ou nao – trata-se de vender uma plataforma.

As pessoas nao compram consolas apenas pelo que da para jogar no momento, mas pela perspetiva do que se pode jogar depois,mas a frente. Por isso, tens empresas a anunciaram jogos 4/5 anos com antecedencia.

Andrio
Andrio
Responder a  bruno
1 mês atrás

Eu sei bruno, eu fui sarcastico 😛
Estava esperando a resposta de alguns que criticam mostrar um jogo com bastante antecedência e só lançar 3 anos depois… rsrsrs

bruno
bruno
Responder a  Fernando Medeiros
1 mês atrás

Acho que e preciso colocar em perspetiva o termo “baixa resolucao” que usas. Na realidade, ao longo da geracao, de forma geral houve uma enorme melhoria na fidelidade grafica. Em termos simples, a resolucao melhorou e imenso ao mesmo tempo que os graficos e fidelidade visual geral melhorou tambem.

Crysis ao contrario do que das a entender nao ficou pior… melhorou e melhorou muito em ambas. Crysis de 2005 corria a 1152 x 720p na 360 e 1024x720p na PS3. Terminou a geracao com a mesmissima resolucao. A diferenca e que na primeira entrega da serie ias 22-30 fps na ps3 ou 18-30 fps na 360, para 22- 30 fps na PS3 e 24-30 fps na 360. Ou seja, sobre a baixa resolucao, e a resolucao que caracterizou a geracao anterior e sobre o fps ate houve melhoria. E se tens duvidas analisa Assassins Creed para veres um exemplo gritante de uma serie que sofreu uma valente melhoria ao longo da geracao anterior, desde a primeira entrega ate AC Black Flag em 2013.

O que ocorreu e que a geracao anterior durou 7/8 anos e o standard grafico ja estava a ficar ultrapassado, e a pessoas ja notavam cansaco e a necessidade de um update.

Os 1080p atualmente ainda se aguentam muito bem e os 720p sao um luxo. A fidelidade visual, i.e., os graficos estao excelentes e as consolas estao a caminho do seu 7 anos de vida. Ainda estamos a chegar a essa fase, mas ainda nao chegamos.

Rui
Rui
Responder a  bruno
1 mês atrás

Essas framerates do crysis vieram de onde? Na DF nao sao esses os valores a ps3 cai de joelhos nos jogos crysis.

bruno
bruno
Responder a  Rui
1 mês atrás
bruno
bruno
Responder a  Rui
1 mês atrás

Tens a certeza que é só a PS3 a cair de joelhos?

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Agora falam do Days gone para PC (rumor). Espero que não passe de um rumor…

eduard08
eduard08
Responder a  eduard08
1 mês atrás

e para acabar mesmo com os rumores a Sony e a Sega já anunciaram que nao e verdade e que e um erro da amazon e que estao a fazer os possíveis para que esse erro seja corrigido

Rui
Rui
Responder a  eduard08
1 mês atrás

Os meus coments foram perdidos com a queda do site?

Rui
Rui
Responder a  AlexandreR
1 mês atrás

Nao é rumor e os outros vao a caminho, o futuro vai ser o streaming isto é apenas o preparar terreno futuro, a xbox fez mesmo mas mais cedo.

Nao sei porque isto nao entra na cabeca das pessoas, a blockbuster também pensava que o físico nao ia desaparecer, desapareceu ela.

bruno
bruno
Responder a  Rui
1 mês atrás

So há uma falha no teu raciocínio. O que é que o streaming tem a haver com o lançamento para PC?

Aliás, não será pior para a Sony lançar para PC?

Livio
Livio
Responder a  Rui
1 mês atrás

Até o PS5 vai para PC. Pelo visto alguem andou a brincar na Amazon francesa, ahh até Mário (Que Mário? o da Nintendo, não o da PCManias) foi para PC, logo aparenta ser tudo falso, para a tristeza da torcida 🙁

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

O isolamento à Covid te fez a chegar nessa situação? Kkkk

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Vi que tinha esquecido uma vírgula, logo percebi o teor da sua resposta

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Sao de onde? E so estes ataques ou todos ate agora?

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
1 mês atrás

Mario já nem digo mais nada, a continuar assim, só digo PlayStation até lá vista…

https://www.eurogamer.pt/articles/2020-04-15-days-gone-listado-para-pc-pela-amazon-franca?page=comments

Continuo a acreditar que este Jim Rayen vai arrebentar tudo que a Sony fez desde a criação da PlayStation, até o PC tem exclusivos proprietários, e agora a sony esta a abrir a porta para virar mutiplataforma, mau de mais, não consigo entender o que se passa por lá, ora uma semana cria uma imagem voa pra a PS, oura outra já esta a dizer que já não é preciso PlayStation para jogar os seus jogos.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Daniel Cardoso
1 mês atrás

Só para acalmar a malta….

Bloodborne no PC
Fonte: Amazon.fr em 2015

bruno
bruno
Responder a  Daniel Cardoso
1 mês atrás

Desde a liberação de Death Stranding que já abriram um mau precedente. Com isto… Prevejo a divisao PS a fechar daqui a 2 anos. Motivo: burrice

Antonio Lucas
Antonio Lucas
Responder a  bruno
1 mês atrás

Cara não é possível que vocês sejam tão fanboys, mesmo que isso do days gone fosse verdade, você acha mesmo que a divisão PlayStation ia falir em 2 anos só por botar os jogos no pc?? Pelo contrário, ia ganhar muito mais dinheiro. Imagina quantas pessoas querem jogar god of war Ou the last of us no pc, ia vender muito, e ninguém ia deixar de comprar console por causa disso, a Sony ia ganhar dinheiro em dobro

Vitor Calado
Vitor Calado
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Qual lenga lenga?? os exclusivos são um modelo de negócios para vender consolas, isso é lenga lenga??? o streaming é um modelo tecnológico para se jogar videojogos, isso é lenga lenga???
SE o streming for o futuro (eu acredito que sim) como fica o modelo de negócios dos exclusivos??? gastar milhões para fazer jogos cujo objectivo é vender consolas??? quais consolas??? Para mim lenga lenga é essa coisa do ssd maravilha da PS5, um ssd está mais tempo parado do que a funcionar então a hsitória da lebre e da tartaruga aplica-se que nem uma luva, de que adianta a lebre (ssd maravilha) correr ao dobro da velocidade se depois se deita a dormir??? nos discos ssd não tem partes mecânicas assim o ssd da xbox trabalha mais tempo que isso não afecta nada, o da PS5 é mais rápido mas está mais tempo á espera o importante para o funcionamento de qualquer jogo é CPU+GPU+memória+largura de banda entre os 3, o resto é apenas foclore para enganar o povo

Deto
Deto
Responder a  Vitor Calado
1 mês atrás

exclusivo para vender consoles
exclusivo para vender serviço de streaming.

Exclusivos não importam para serviço de streaming… LOL.

e meio mundo falando de streaming de dados enquanto vc joga e o cara falando que o SSD não faz nada a não ser da “loading quando eu vejo a tela de loading”

bruno
bruno
Responder a  Vitor Calado
1 mês atrás

Qual lenga lenga?? os exclusivos são um modelo de negócios para vender consolas, isso é lenga lenga??? o streaming é um modelo tecnológico para se jogar videojogos, isso é lenga lenga???

SE o streming for o futuro (eu acredito que sim) como fica o modelo de negócios dos exclusivos???

Oh meu Deus Vitor… A serio? Tens certeza? Quer dizer entao que streaming nao precisa de exclusivos…

Vitor tens mesmo que avisar a imprensa, essa e a descoberta da decada! Vais ser famoso, por causa disto.

Mas antes, tens tb que ir imediatamente ter com empresas como a Google, a Microsoft, a Amazon, a Disney e a Netflix.

Tu nao vais acreditar nisto… mas estas parvas continuam a acreditar que exclusivos sao importantes para o streaming? Podes rir a vontade, a serio! Quando tu chegares, com essa descoberta fantastica, aos escritorios deles, tu pessoa com alto cargo numa empresa, e comecares a imediatamente a repetir tudo o que escreves aqui. Eles vao imediatamente ver como estao tao errados… E como digo, tu vais ser famoso, com essa tua brilhante descoberta.

Repara nisto;

Disney: deu-se ao trabalho de terminar com series baseadas nos IPs da Marvel que a Netflix, um outro servico de streaming, produzia. Refiro-me, claro, a series como Jessica Jones, Daredevil, Punisher…
Pior deu-se ao trabalho de financiar series com The Mandalorian, Falcon e Winter Soldier, WandaVision.

Netflix: desde que foi criado o que fez foi gastar milhares de milhoes a produzir conteudo interno. Fora as mencionadas em cima, ainda se deu ao trabalho de fazer series como The Crown, Star Trek Discovery ou The Witcher. Esta empresa alias, tem gasto tanto dinheiro nisto e em filmes excusivos, que mesmos os seus relatorios de lucro nao sao nada animadores

Amazon: a mesma coisa que a Netflix, mas ainda pior! No Prime, o servico de streaming de video, deu-se ao trabalho de gastar milhares de milhoes a financiar coisas como Carnival Row, The Man in the High Castle, The Expanse. Pior tem um servico de musica onde faz o mesmo, e ainda pior, da-se ao trabalho de vender, na sua loja online, na seccao de videojogos pelo menos, produtos e versoes de titulos que nao estao disponiveis em mais lado nenhum! Com conteudo excusivo!
Estes precisam de um conselho serio… mas nao tanto como o os proximos… estes sao ainda piores… e precisam urgentemente da tua presenca no escritorio deles para se corrigirem:

Microsoft: esta ainda foi mais parva que todas as outras juntas. Esta, nem servico de streaming tem ainda em termos comerciais como as anteriores, mas ja se pos a gastar milhoes a adquirir estudios, a financiar conteudo exclusivo e pior, tem um servico de venda com acesso mensal onde se poe a pagar a outras empresas para venderam os jogos nas suas lojas. Estes… estao completamente doentes -tens mesmo que ir ao escritorio deles.

Google: Talvez o pior caso… tem servico de streaming e recentemente pos-se a pagar por exclusivos.

https://www.polygon.com/2020/1/16/21069169/google-stadia-exclusives-release-dates-2020

Vitor, tens mesmo que ir salvar estas empresas… delas mesmas. A tua experiencia, como pessoa com alto cargo numa empresa, e fundamental e a tua sabedoria necessaria. E tenho a certeza que quando as tuas sabias palavras forem proferidas nos seus escritorios… eles irao ver a luz.

Deto
Deto
Responder a  Antonio Lucas
1 mês atrás

quem quer jogar muito god of war, last of us compra um PS4.

curioso que isso nunca se aplica a lançar os EXclusivos do xbox no PS4.

sendo que tem 110M de pessoas com PS4 e a MS não se interessa em vender jogos no PS4?

O Dobro da base, o dobro das vendas de jogos…

imagine a MS com um PORT triplicar (1/3 xbox, 2/3 ps4) a arrecadação dos jogos?

Imagine só quanta grana ela pode ganhar vendendo Orie e Cuphead no PS4.

Nesse caso tb não importa quantas pessoas com PS4 querem jogar Ori e Cuphead?

Esses caras que não tem playstation e nem gostam do console tem sempre super dicas infaliveis para a Sony, que é sempre imitar a MS lol

bruno
bruno
Responder a  Deto
1 mês atrás

Sim, as mesmas pessoas que defendem que exlcusivos nao importam parecem muito preocupadas com justica que e lancar os exclusivos no PC.

Chega a ser curioso, nao e? Se esclusivos nao importam, entao porque querem tanto o jogo no PC?

Deto
Deto
Responder a  bruno
1 mês atrás

As vezes eu acho que a PR e o foco da MS é so para seus fãs terem assunto na internet para defender o xbox.

“mais gente vai poder jogar, melhor para os jogadores” e on line pago F2P, xbox com on line pago e PC com on line grátis é melhor também para os jogadores?

Pode reparar que os fãs do xbox adoram repetir os argumentos da PR da MS, e nunca questionam pq o on-line é pago no Xbox e de GRAÇA no PC.

Até o projeto do SX parece isso auhauhuhauha

17% + TF para os fãs da marca poderem defender o SX na internet, mesmo que na prática com as diferenças de arquitetura o PS5 entregue a mesma coisa ou melhor.

“clock travado”, como se isso fosse relevante, todo mundo que assiste qualquer video do youtube de bench sabe que clock travado é irrelevante, pq nenhum JOGO precisa usar clock travado para rodar e todos flutuam a utilização. Tudo que o PS5 precisa é rodar no talo sempre que o JOGO precisar e não garantir que passa em benchmark de tortura de PC.

ai os fãs do xbox ficam repetindo isso, “nossa, clock travado, muito bom, ruim é o PS5 que varia”.

E foi a propria PR da MS que enfatizou isso, para os fãs da marca terem assunto para falar mal do PS5 na internet.

E advinha só? xbox não usa smartshift e por isso vai entregar -10% de performance ou ter um cooler muito maior e mais caro para compensar. Tudo isso para os fãs do xbox poderem falar bobagem do PS5 na internet, quando na verdade isso é desvantagem.

E sabe pq esse marketing é irrelevante?

1- quem é “hardcore” mesmo, essa hora já se informou sobre as diferenças ou vai esperar os jogos saírem para falar.

2- quem não é hardcore vai ver o mais barato, o que tem mais nome ou o que roda nem que seja UM exclusivo que ele considera fundamental (god of war 2, spiderman 2, Granturismo 7) e comprar ele.

Mas quem vai repetir “9TF”, “PS5 derrete” “sem VRS” quem vai repetir fake news e se importar com elas ou com numero irrelevante de clock travado?

Os haters da Sony ou fanboys de PC, nintendo ou xbox… quem não ia comprar um PS5 de qualquer jeito.

Por isso o marketing da MS as vezes me parece para fanboys do xbox.

Inclusive por isso que eu acho que o xbox tem a SEITA de video game, enquanto o Play tem fanboys no máximo.

Andrio
Andrio
Responder a  Daniel Cardoso
1 mês atrás

Foram listado tambem: Mario kat e PS5 para PC …. LOL
Virou meme no twitter

Fred
Fred
1 mês atrás

É tecnologia da AMD ou algo da Sony? Curioso a MS não ter ido com mesma solução.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
1 mês atrás

Se percebi bem, usando esta tecnologia a RAM da PS5, mesmo sendo mais lenta, pode ser mais eficiente, pelo menos em alguns casos?
Parece que a PS5 foi desenhada para usar o menor possível de energia e ao mesmo tempo tirar o maior proveito do hardware possível!

bruno
bruno
Responder a  Rui Teixeira
1 mês atrás

Esta tecnologia nao e da RAM. A memoria cache e uma memoria de acesso muito rapido, que existe dentro do chip, onde os dados que sao necessarios para processamento sao guardados. Para explicar melhor, imagina que estas a resolver um problema de matematica… estes sao os dados ou numeros que tu poes de parte, quando fazes contas, para continuares a resolver o problema. Entendes este exemplo?

Todos os processadores sofrem do mesmo, fazem operacoes e precisam de saber dados muito rapidamente e dai as memoria cache.

Ou seja ela nao melhora a eficiencia da Ram, por si, mas melhora a do GPU. No fim, vai dar ao mesmo, claro.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
Responder a  bruno
1 mês atrás

Mesmo sabendo o que são os caches, acabei por me confundir na mesma 😛
Obrigado Bruno pela explicação!

Marco Antonio Brasil
Marco Antonio Brasil
1 mês atrás

Descobri esse sítio durante a quarentena. Material de alta qualidade. Já devorei as postagens antigas! Mário parabéns pelo trabalho, um abraço do Amazonas, Brasil.

Marco Antonio Brasil
Marco Antonio Brasil
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

😂👍🏼👍🏼

Shin
Shin
1 mês atrás

O Cache Scrubbers tem haver com o suporte ECC que nas Radeon pode ser visto na série Power Instinct. A Vega MI60 tem mas por padrão está desativado. O que digo é que por padrão todo hardware AMD de Vega pra ca suporta Cache Scrubbing e ECC mas nem todo tem habilitado, a nível de usuário o impedimento é o firmware, a nível de semipersonalizado o impedimento são os respectivos acordos tecnológicos.

Penso que se fosse realmente um benefício a Microsoft também estaria usando.