Chineses criam filme onde a personagem principal é claramente baseada em Master Chief

5 3 votes
Avalie o nosso artigo

Os direitos de autor e a propriedade intelectual são algo que os Chineses não respeitam minimamente.

A China é um país onde os direitos de autor não são respeitados. E nesse sentido os chamados “clones” de produtos vindos desse mesmo país são uma realidade. Falamos de cípas em todos os campos e em todo o tipo de produtos, desce software, hardware, alimentação, vestuário, e mesmo áudio visual.

A última novidade neste campo foi a criação de um filme, de nome Unstoppable, e onde a publicidade nos mostra a seguinte personagem:

Sem ser necessária muita atenção, o que se percebe é que há aqui uma cópia clara de Master Chief. O fato, o capacete, e mesmo a arma são claramente cópias da personagem cujos direitos de imagem pertencem à Microsoft. É uma cópia descarada!



Na imagem que se segue vemos de um lado a personagem de Unstopable, do outro, Master Chief… Vejam se encontram semelhanças:

É claramente vergonhoso que o mundo assista impávido e sereno, tratando com o devido respeito um país com estas tradições e leis. Eis outros exemplos de cópias descaradas:



Vergonhoso!

 



5 3 votes
Avalie o nosso artigo
7 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Hiago
Hiago
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

O Lang Wind tá mais bonito.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Nada de novo dos chinês, eles não inventam nada, eles praticamente cópia na cara dura tudo e mais alguma coisa.

Juca
Juca
Responder a  Daniel Cardoso
1 mês atrás

Que povo você pensa que inventou o garfo, a pólvora, o papel…? Imagina se eles cobrassem direito autoral só pra essas coisas do resto do mundo? Rsrs

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
30 dias atrás

Sim, Mário, desculpe a confusão. Realmente direitos autorais e patentes são coisas diferentes. Mas é que por vezes o pessoal critica argumentando com desinformação, e acabei meio que fazendo o mesmo.
Sobre a China e a cultura ocidental, penso que cada uma tem sua história e os seus entendimentos.
Entendo a preocupação com direitos autorais, e mesmo o “limite da inspiração” que se propõe. Cópias descaradas são no mínimo falta de respeito com a criatividade alheia, mas me preocupo com generalizações, sobretudo de povos, pra que isso não descambe pra uma xenofobia, por isso intervi na ideia do colega. Cada povo tem sua história e sua cultura e meio que de certa forma, em toda a humanidade todos se copiam, apenas as regras no ocidente são mais rígidas quanto a isso, é como vejo. No ocidente, muitas vezes, a espionagem industrial é responsável pela clonagem alheia apenas com lançamento antecipado das ideias. Penso que muitas vezes a ideia de moralidade das nossas culturas estão sobrecarregadas de hipocrisia, mas isso é questão filosófica, obviamente.

Juca
Juca
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Direitos de autor são válidos, mas acho que em alguns casos deveria haver quebras de patente, como vacinas numa pandemia, ou mesmo medicações após um tempo mais curto. Não acho justo gerações viverem uma vida toda às custas de se rentabilizar por um único acerto como a coca-cola por exemplo, mas cada caso é um caso. Entendo que a indústria e o comércio são movidas por lucro e ambições pessoais de status social, mas há coisas sobrevalorizadas e que não se justificam. Uma coisa é descobrir uma cura de câncer, por exemplo, outra é criar um objeto de lazer ou um personagem.

error: Conteúdo protegido