Coisas sobre o Windows 7 que desconheces: Criação de drives virtuais

No seguimento de diversas situações relacionadas com o Windows 7 e que a maior parte dos utilizadores desconhece, vamos falar hoje dos ficheiros VHD.

O windows 7 possui uma Máquina virtual que permite a criação de Drives/Unidades lógicas de disco, virtuais, e que podem facilmente ser criadas e montadas de forma a serem acedidas como se na realidade fossem discos rígidos reais.

A vantagem deste tipo de situações é que as mesmas permitem brincar com os discos rígidos, particularmente testar programas de criação de partições e manutenção de disco sem o receio de poder perder o conteúdo do mesmo, ou estragar seja o que for. É que aquele disco é virtual e na realidade não passa de um mero ficheiro com a extensão VHD criado no disco real, pelo que o que se passa no interior do mesmo em nada afecta o sistema real.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Para se criar um disco virtual deste género vamos mais uma vez usar a barra de comandos do windows 7 e teclar diskmgmt.msc, pressionando Enter no final.

Após o arranque do gestor de discos (há que aguardar que o mesmo inicialize totalmente, podemos aceder à opção Acção e de seguida a Criar VHD, dando-se um nome e localização ao ficheiro a criar, bem como se indicando a dimensão do mesmo.

Agora há que esperar que o novo espaço apareça no gestor de discos, e carregando com o botão do lado direito sobre o ícone do disco agora visível (e não sobre a barra que indica o espaço do mesmo), escolher “iniciar“.

O novo disco aparecerá posteriormente no Explorador e pode ser acedida e trabalhada tal como qualquer outro disco. No entanto aqui não temos nenhuma partição no disco mas apenas um disco virtual a funcionar sobre um ficheiro. É quase como uma Pen amovível e de conteúdo transportável, exceptuando o facto que aqui não desgastamos a memória da mesma com escritas constantes, e as performances são bem superiores.

A grande vantagem deste tipo de discos é que os mesmos podem ser movidos com uma simples cópia do ficheiro criado. E uma vez com o ficheiro num novo no computador de destino, há apenas que iniciar o gestor de discos (diskmgmt.msc) e na opção Acção, seleccionar Expor VHD.

Para a remoção do disco, antes de se apagar o ficheiro há que seguir o procedimento usado para o iniciar, mas agora escolhendo a opção devida para o remover. Só depois se pode apagar o ficheiro VHD normalmente do disco.

 

Publicidade

Posts Relacionados