Como a Sony se impôs no mercado, criando o seu próprio eco-sistema independente

4.8 10 votes
Avalie o nosso artigo

Apesar de muito paleio em sentido contrário, a importância dos exclusivos é cada vez maior, e nesse campo a Sony parece ter assegurando um futuro que antes era exclusivo da Nintendo.

Ao longo da actual geração tentou-se vender uma ideia que os exclusivos não eram relevantes na venda de consolas. Mas tal ideia foi totalmente deitada ao chão e mesmo espezinhada pelos resultados que eles apresentaram.

Não só a Sony revelou que um em cada 5 jogos vendidos na PS4 é um exclusivo da consola, o que é um feito dada a desproporção que existe entre os jogos Multi e os Exclusivos, como a NPD revelou também recentemente que entre os jogos mais vendidos de 2020 (até à data) estavam 6 exclusivos, 2 da Nintendo, e 4 da Sony (Tlou II, FF VII: Remake, Ghost of Tsushima, MLB the Show).

11Call of Duty: Modern WarfareActivision Blizzard (Corp)
22Animal Crossing: New Horizons*Nintendo
33The Last of Us: Part IISony (Corp)
44Final Fantasy VII: RemakeSquare Enix Inc (Corp)
5NEWGhost of TsushimaSony (Corp)
65Dragon Ball Z: KakarotBandai Namco Entertainment
76MLB: The Show 20Sony (Corp)
87Resident Evil 3Capcom USA
99Mario Kart 8: Deluxe*Nintendo
1010Mortal Kombat 11Warner Bros. Interactive

Fonte

Ora o que é relevante perceber é que esta tendência tem vindo a existir à alguma tempo, e revela uma mudança de realidade.



Apesar de a exclusividade ter sempre sido relevante, durante anos e anos, esta era maioritariamente conseguida com jogos que foram negociados com terceiros (Crash Bandicoot, Spyro, Final Fantasy, Metal Gear Solid, Ridge Racer, Tekken, Persona, etc). Estes eram jogos que estavam identificados com a marca Playstation, mas que não eram jogos Sony.

A situação começou a mudar com o lançamento de Gran Turismo, um dos primeiros jogos Sony que realmente se mostraram capazes de vender consolas. A ele sucederam-se Ratchet and Clank e God of War que expandiram essa tendência na PS2.

Mas a afirmação da Sony ocorreu na era PS3. Essa foi uma altura em que a Sony não podia tomar os exclusivos de terceiros como garantidos dada a forte pressão monetária da concorrência, tendo perdido mesmo muitos dos exclusivos de terceiros que foram também lançados na Xbox 360.

Basicamente no campo dos exclusivos vindos de terceiros a Sony perdeu aqui a vantagem que tivera até ao momento.

Mas graças a isso a Sony começou a criar o seu catálogo de jogos First Party. Foi uma altura onde Sony permitiu a experiência e onde basicamente estava receptiva a tudo, e onde surgiram vários jogos com estilos variados, mas onde a qualidade também variava, com alguns dos exclusivos first party dessa era a serem muito semelhantes a jogos Indie.

Mas nessa fase os jogos da Sony não eram necessáriamente grandes nomes junto do público, pelo que vender 5 milhões era já um sucesso que apenas alguns jogos conseguiam.



Mas felizmente para a Sony, a era PS3 estabeleceu alguns novos Ips de grande sucesso como o Uncharted, e The last of us, que deram um nome enorme à Naughty Dog.

O The last of us foi inclusive um jogo digno de destaque pelos valores de venda, até então inéditos para a Sony.

O mais interessante foi que a Sony percebeu que não deveria competir exactamente na mesma área onde os grandes jogos de terceiros tinham sucesso, nomeadamente multi jogador e os First Person Shooters. Nesse campo a consola estava servida de qualidade e competir com jogos como Call of Duty era algo utópico e de pouco interesse.

Olhando para o existente a Sony percebeu que o mercado dos jogos de jogador único com histórias de qualidade e valor era algo menos explorado. E era uma oportunidade curiosa uma vez wue pela sua experiência com o cinema, a Sony estava numa posição única para explorar esse mercado.

E os resultados estão à vista. Sena geração passada apenas o Gran Turismo 5 passou os 10 milhões de cópias vendidas, e mesmo o Tlou necessitou das vendas na PS4 para fazer esse valor, os jogos exclusivos da Sony na PS4 quase todos passaram esse valor. E mesmo jogos como Days Gone, criados por um pequeno estúdio, foram um sucesso passando



Uncharted 4,  Spider-Man, Horizon: Zero Dawn, God of War, e mesmo o port de The Last of us, todos passaram os 10 milhões de unidades vendidas, e aqui nem se contabilizam ainda Tlou II e Ghost of Tsushima que chegarão lá tambem com facilidade.

Esta situação revela-se de grande significado. Aqui temos novos IPs e IPs existentes, todos exclusivos da Sony. E isto mostra que, tal como a Nintendo sempre o fez, agora os exclusivos Sony movem grandes números de vendas de forma frequente. E isto vendendo apenas num único sistema, o que significa valores dentro do sistema que a maior parte dos jogos de terceiros não alcançam.

Basicamente a Sony conseguiu fazer nome no mercado, e os seus IPs, de forma regular vendem em elevados valores. O nome da Sony nos jogos passou a ser uma garantia de um determinado nível de qualidade, o que torna os seus jogos bastante procurados.

Esta é uma situação de enorme relevância dado que a Sony conseguiu assim uma posição onde, só por si, é capaz de segurar os fans nas suas consolas. Mesmo numa situação em que a sua consola tivesse, por qualquer motivo, fraco nível de suporte de terceiros, a Sony garantiria que a mesma venderia só pelos seus jogos. E isto no passado era algo que só poderíamos dizer que aconteceria com a Nintendo. Nem a Sega, nos seus tempos áureos, era capaz de poder gabar-se disso.

Esta posição, que tem vindo a ser trabalhada desde a PS3, poderá render já frutos com a PS5. Aliás os analistas esperam que a consola da Sony venda bastante mais do que a da Microsoft, e isso devido aos seus jogos que não podem ser jogados em mais lado nenhum. Algo que nesse aspecto ainda ficou mais depreciado na Xbox com os seus jogos no PC e agora no Xcloud.



O certo é que estes valores de venda em exclusivos de plataformas não são normais. Somente uma mão cheia de títulos era capaz de o fazer no passado, mas agora a Sony acrescentou outra mão cheia só com jogos seus.

Nota:: Artigo baseado em artigo da IGN.



4.8 10 votes
Avalie o nosso artigo
142 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Felipe Leite
Felipe Leite
29 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

E ainda há outros exclusivos muito fortes que não são citados no artigo, Infamous, Bloodborne o próprio The Order 1886 que apesar de ser curto eu gostei bastante, o Ratchet and clank, que para mim foi o melhor da franquia e outros como Kilzone que apesar de ser bastante fraco como jogo, foi uma excelente amostra do poder da consola.
Queria muito, mas muito mesmo ver essa postura no lado da Microsoft, seria excelente para o mercado dos videojogos.
A Microsoft já provou que quando quer consegue fazer jogos espectaculares, Gears of war, Halo (deixem o infinity fora por agora), halo foi a maior revolução do mercado dos videojogos, mostrou como se fazer um FPS funcional em consolas, o que falta na Microsoft é uma política de continuidade e de desenvolvimento de títulos mais variados.
Até hoje não entendo o cancelamento de jogos como Scalebound, será que não valia a pena arriscar e deixar o estúdio apresentar a sua visão do jogo?
Isso para mim é que marca a diferença entre as duas empresas.

bruno
bruno
Responder a  Felipe Leite
29 dias atrás

Estou neste momento a platinar o The Order. É curto e limitado mas tinha imenso potencial de se tornar num grande, grande jogo com mais tempo e dedicação. As mecanicas estao todas la, faltou o desenvolvimento de sistemas para lhe darem relevância.

Mais uma perda para a Sony.

Quando o rumor, bastante antigo, saiu de Dead Space pela mao da Sony pensei logo no motor do The Order…

Que jogaço iria ser.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
29 dias atrás

The Order foi deixado claro no tempo que o projeto foi muito além do que mostrado no game (veja que ainda tem grafismo de ponta nos dias de hoje) e foi tão ambicioso que o hardware do ps4 o limitou… Na época ficou a promessa de the Order ser apenas um prólogo do que viria na sequência num próximo console, daí sim com capacidades técnicas plenas para o projeto completo. Nesse tempo, a empresa foi adquirida pelo Facebook, se não me engano, e não sei a quantas anda esse projeto de sequência. Só sei que a IP é de propriedade da Sony ainda.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
29 dias atrás

God of War provou que a historia de limite de hardware é treta.

Se limite houve foi em meios.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
29 dias atrás

Não se sabe o limite do projeto do the Order… Só o que foi falado de forma oficial… O grafismo é de ponta até hoje e um dos melhores da geração.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Nem tanto. O grafismo estava muito bom, mas God of War ja o ultrapassou.

Uma sequela seria ainda melhor.

Rui
Rui
Responder a  Felipe Leite
29 dias atrás

O que falta na xbox para mim é quem manda realmente na microsoft chegar e dizer, vamos dominar o mercado e vamos investir a sério e não fazer da xbox um departamento engraçadinho do grupo em que se vai gastando uns milhões e esperar que corra bem.

bruno
bruno
Responder a  Rui
29 dias atrás

Concordo plenamente.

Porque é isso que falta e aqui temos criticado… visao estratégica e aposta no hardware.

A One (base) teve capacidade para entregar grandes jogos. Mas se a Sony com a PS3 fomentou exclusivos a MS com a One… fez o que fez.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Rui
29 dias atrás

A Warner/DC e o Xbox deviam era dar um reset total e começar do zero.
Seguir com coisas que não agradam e só servem pra ser esqueciveis e até piada, melhor nem fazer.
Primeiro passo, demitir Greenberg e Phil pra ontem. Espero que os estudios estejam trabalhando forte pra quem sabe lá pra holidays 2023 já ter alguma coisa…
Se tem um arrependimento que tenho no hobby de jogador, que completou 30 anos, foi ter comprado Xbox one.
Barato sai realmente caro.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Carlos Zidane
29 dias atrás

Nota de curiosidade: Estava experimentando o Gears 5 e após uma parada, retomei, (culpa da Kait ;p) e fui lá na loja do meu parceiro pra comprar a cópia física… ele disse “xbox?! Não, nós não mexe com isso mais não. Não vende, agora os cara quer tudo de graça”
Daí fui procurar na Americanas… nada, fui na casas Bahia, nada.
Pedi pela Internet, 79,90. Agora é esperar. Sim, eu gosto também de ir a loja pessoalmente comprar. Tem doido pra tudo. Já faço isso desde o PS2, antes eu era “quebrado”.
Agora se quiser comprar os do Play… tá tudo lá disponível em todas as lojas locais. E vende igual água segundo eles.

bruno
bruno
Responder a  Carlos Zidane
29 dias atrás

E aqui esta o gamepass e as suas “vantagens”.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  bruno
29 dias atrás

Pois é. Eu poderia terminar pelo ultimate mas, como gostei do jogo quero a caixa dele ali na coleção.
Quando eu era da turma PC essa era a desgraça, tudo digital. Não podia lançar um jogo tava lá eu crackeando tudo o quanto antes… digo, comprando né ;p
(não faço mais isso, Steam é vida)
Mas ter a cópia física é um prazer extra.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Carlos Zidane
29 dias atrás

Aqui na minha cidade somente a Americanas trabalha com jogos tanto da Sony quanto do Xbox,mas aqui você acha os lançamentos tanto play,tanto do Xbox sem distinção,isso é relativo.
E na realidade o seu amigo esta errado,pois tu sabes que não é nada de graça,tu pagas uma coisa que na realidade não é tua,voltemos a época das locadoras.
Alugou,gostou!compre.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Ewertom
29 dias atrás

Errado não tá. Vivo na comunidade Xbox e tudo pra eles é gamepass, se não sair lá, nem jogam
Aqui na cidade é a Americanas e as Casas Bahia (onde custa achar se não for lançamento), e umas 3 lojas de mercado cinza, dessas só uma trazia Xbox ultimamente que era meu colega (jogavamos futsal juntos e ele é outro viciado em jogos, faziamos campeonatos de FIFA com a turma nos fins de semana antigamente, tem PC com 2080ti e tudo), agora disse que parou também, já vinha reclamando há um tempo, agora cansou de vez.
A gerente da Americanas que conheço, disse há um tempinho que não compensa, pois encalha (os jogos pra Xbox), pedem pouco.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Carlos Zidane
29 dias atrás

Cara aqui na minha cidade tem uma loja pequena de jogos em sua grande maioria usados e quando eu estava conversando com o dono ele me falou que os jogos de xbox ele nem conpra mais porque não vende e quando você olha a prateleira realmente ela esta cheia de jogos, já o ps você muitas vezes tem que deixar reservado o jogo porque pode ir alguém la e comprar.
Tudo isso é um efeito do gamepass.

bruno
bruno
Responder a  Ewertom
29 dias atrás

Pagar 3 anos por 3 dolares é praticamente de graça.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ewertom
29 dias atrás

Então aqui ta relativo também .. vendo consoles e jogos na minha cidade (Curitiba-PR). Parei com tudo com Xbox… Eu aceitava consoles seminovos com.volta em novos, etc… Xbox não dá mais… O último foi um Xbox one S que tive que liquidar por R$800,00. E jogos não dá TB. Para você ter uma ideia, vendia em torno de 10 jogos para PlayStation para se vender 1 de Xbox… Estou aqui faz 6 meses vendendo Batman Arkham Knight e Sunset Overdrive por R$30,00 cada e acredita que até agora não teve procura? Fazia mais de 6 meses que renovava o anúncio e nesta semana decidi dar um tempo, não renovarei mais… R$60,00 não farão tanta diferença pra mim. Prefiro dar de presente para algum amigo.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Carlos Zidane
29 dias atrás

Pois é, o mesmo aqui, gosto de ter a midia fisica na coleção, e também percebo que o Xbox está aos poucos acabando, na época do 360, era pau a pau com o Play nas lojas, os cabeças na divisão estão deixando o Xbox pouco a pouco desaparecer, já prevejo um fracasso no lançamento do Series X, uma pena, a máquina tem um tremendo potencial

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
Responder a  Carlos Zidane
29 dias atrás

Em São Paulo é 50×50 no que você encontra nas lojas, mas o mercado cinza da preferência pro PS4, foi mais popular nessa geração, é assim que funciona. Na geração passada era o 360 mais popular que o PS3, e dominando as prateleiras do mercado cinza. A popularidade faz o PS4 ser caro e o Xbox barato, pela lei da oferta e procura. Isso me fez achar preços ótimos ao longo da geração no Xbox, e péssimos no PS4. De qualquer forma, e ridiculo o preço oficial dos jogos do PS4 no Brasil, seja multi ou exclusivo. Se o brasileiro não tivesse o costume de ser estúpido e associar maiores preços à qualidade, a Sony seria obrigada a reduzir por baixas vendas. Tenho um amigo que tem os dois consoles base, inclusive o One video cassete com o Kinect, e ele usa o PS4 só pra exclusivos, mesmo rodando os jogos melhor que o One Fat, simplesmente por causa dos preços de jogos.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

Eu não sei em que São Paulo vc está falando, mas em São Paulo real, não é 50×50 nem a pau, e é por fãs igual a vc, q o Xbox está cada dia afundando mais

Andrio
Andrio
Responder a  Fernando Molina
29 dias atrás

Não da pra levar o Fernando e outros Fãs de xbox a sério.
Oha o Rage dos caras só pq o canaltech criou um tutorial de como cancelar o GamePass. Detalhe, eles criam esse tipo de tutorial pra várias outras coisas.

https://twitter.com/canaltech/status/1300875077982986241

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Andrio
29 dias atrás

Fãs não, seguidores, verdadeiros fãs mesmo duvido que estejam satisfeitos com o atual rumo da divisão Xbox

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Molina
28 dias atrás

😬

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

No mundo todo não é 50×50, só na São Paulo da sua imaginação que é.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rui
29 dias atrás

A Microsoft perdeu muito tempo com os Studios… Tá praticamente tudo voltando ao zero hoje, o que é absurdo!
A diferença aí é que Studios raramente fazem dos seus primeiros jogos grandes sucessos… Só olhar para o passado de Rockstar, Naughty Dog, Santa Monica, etc… Não é simplesmente colocar talento dentro dos Studios e que se virem… As equipes de extremo sucesso no mercado tem tempo trabalhando junto, são familiarizadas como seus Studios trabalham, funcionam como um relógio e pessoas que se entendem nos projetos.
A Microsoft troca de líder em projetos a todo momento… O chefe de equipe de Halo Infinite mudou novamente… Como toda a equipe absorve essa nova maneira de trabalhar com projeto já em meio de desenvolvimento?
Então não, não adianta só ter dinheiro, um Studio e uma equipe para produzir bons jogos é uma caminhada, trabalho em equipe, falhando juntos para depois começar a acertar e virar excelência no que fazem. A Microsoft ainda não entendeu que não é só colocar dinheiro lá e as coisas funcionam porque contratou talento, não importando como são as relações internas da equipe.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
29 dias atrás

Mario, se lançar o Séries S é a constatação que o Xbox acabou. A Microsoft simplesmente não quer mais lidar com hardware… O novo console é apenas um degrau para o serviço. Triste verdade.

Hiago
Hiago
29 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Agora a Sony é mais do que importante apostar nos exclusivos depois da Nvidia exibir a sua nova geração com um preço apelativo pelo poder. E falando nisso, tu não acha que era melhor a Sony ter apostado em um console de 14tflops com largura de banda de memória em 512gb/s como alguns rumores apontavam e um clock um pouco mais alto no processador, penso em 3.8 com SMT. Acho que seria as especificações dos sonhos, se a GPU tivesse 52 CUs trabalhando a 2.23GHz quantos tflops dariam? Eu fico aqui pensando se o console tivesse todo esse poder bruto como o XSX mais o sistema I/O do PS5, seria um monstro. E falando de XBox, como fica o XSS? Depois da amostra da Nvidia esse console da Microsoft ficou pelo menos duas gerações atrasado, quem comprar isso ai logo não conseguirá rodar os jogos mais exigentes.

nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

bem, com o advento da serie RTX 3000 é certo que teremos denovo consoles de meia geração. Talvez lá por 2023/24 Sony e Microsoft consigam maquinas que se aproxime dos 20TF.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Hiago
29 dias atrás

Se eu mando na Sony é exatamente o que você estaria vendo.
Das duas uma, ou a gente virava monopólio ou quebrava de uma vez
:pp

Hiago
Hiago
Responder a  Carlos Zidane
29 dias atrás

Sinceramente os valores desses consoles tem que ser de 50 a 100 dolares mais baratos do que os rumores apontam e esse valor não deveria ser subsidiado pela Sony, mas sim pela AMD. A Sony precisaria chegar firme na AMD e melhorar as negociações, principalmente por ter disponibilizado uma tecnologia ultrapassada. Com as novas RTX as placas da AMD podem ser sim boas opções, porém precisam ser vendidas por um preço justo, abaixo do que eles pretendem, inclusive no PS5 e XSX como disse antes.

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
29 dias atrás

Olha, teu questionamento faz sentido, estava até pensando sobre isso. Essa nova linha da Nvidia foi uma resposta a essa nova geração, claramente eles viram que precisavam dar um passo alem, já que os consoles seriam lançados com desempenho semelhantes as linhas topo da Nvidia (o fato de demonstrarem aquele sistema I/O foi claramente uma resposta ao PS5). Porém como a Nvidia é a Meca das GPUs eu acredito que eles tinham esse tecnologia como a “bala na agulha” deles, porém a intenção era um avanço gradual e esse poderio todo seria alcançado apenas nas RTX 40, porem adiantaram as coisas e provavelmente com muito subsídio para argumentar com poder bruto e um preço apelativo um motivo para o jogador mais hardcore investirem no PC ao invés de um console de nova geração. Eu entendo que AMD foi pega de calça curta, mas será preciso que eles subsidiem seus produtos e a Sony talvez terá que fazer o mesmo. Particularmente espero que o RDNA 2 renda muito mais do que os rumores indicam.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
29 dias atrás

A nVidia a Subsidiar GPUs?…

Nao me parece.

A anormalidade foi o que estava a ser entregue até agora.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
29 dias atrás

Mário estava vendo um vídeo agora do linus tech tips e ele fala que um dos motivos da nvidia ter conseguido esses preços foi a troca de fornecedores eles sairam da tsmc se não me engano e foram para a samsung pois segundo ele fala a primeira gen rtx foi cara porque o primeiro fornecedor não tinha como fornecer o estoque a tempo o que gerou um aumento dos preços, ja a samsung alem do preço tem como fornecer estoque para nvidia.

bruno
bruno
Responder a  Daniel Torres
29 dias atrás

Foi surpreendente tambem, porque os rumores era que a Samsung estava a ter muita dificuldade em conseguir ter o processo a funcionar. Seja como for a aposta pagou.

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
29 dias atrás

Continuando a discussão, creio que seria justo a Sony oferecer o PS5 por 449 e 349 (digital) ou em um segundo caso mais animador de 399 e 349. Na minha opinião com a versão digital não precisando descer muito o valor, afinal 399 já é um preço bastante apelativo. Nesse cenário a Sony ganha por oferecer exclusividades por um preço justo, mesmo não tendo um poder bruto que bata de frente com as GPUs topo da Nvidia. No final a Microsoft com o Xbox perde sua narrativa de força bruta e ainda já estava atrás na escolha de console por conteudo referente a exclusivos de qualidade e por fim nem vale muito citar o XSS, que mesmo por um preço de 299, não consigo ver quem queira comprar esse console que praticamente é da geração passada (no caso a atual)

bruno
bruno
Responder a  Hiago
28 dias atrás

Face a estes GPUs, as consolas tem que chegar a 399. E a APU por 100$.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

A AMD tem culpa sim. Teve oportunidade de virar lider o ano passado, mas ficou-se pela 5700 XT, quando podia ter lancao a de 80 CUs.

Agora, como ja tinha previsto, ficou novamente para tras (ou no melhor dos casos empatada.)

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Que provas tens disso – que os 80 CUs dependiam da rdna2?

Se a nVidia conseguiu colocar 68 SMs numa placa e ter jogos a correr para isso a AMD iria agora ficar dependente de duas das suas clientes?

Nao, isto foi azelhice pura e simples.

E sobre as fabricantes, mais uma vez se revela a sua falta de visao, se o que dizes for verdade.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

De acordo com o rumor (e que para mim faz todo o sentido devido a distribuicao de dados), a big navi nada mais e que a 5700 em design butterfly, como a Pro.

Logo, so por isto poderia ter sido feita.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
29 dias atrás

A Sony é a melhor no que faz. O espancamento que vimos da Nvidia em cima da AMD com as Ampare, é o que o Playstation faz com Xbox/PC/Nintendo a nível de jogos. Até TLoU 2 complicado e decepcionante a nível de enredo, traz tantos outros pontos fortes que se torna outra obra de arte, outro exemplo, Horizon Zero Dawn… poucas vezes me encantei dessa forma. E daqui a pouco, Forbidden West, o próximo God of War, Gran Turismo 7, Prováveis novas IP’s?! ainda R&C Rift Apart está animal! O futuro é promissor.
Antigamente eu costumava não ter tanta exigência com os jogos, porém a Sony me acostumou mal, e agora, qualquer coisa sofre muito com inevitável comparação a nível subconsciente.
Podiam muito, mas muito mesmo colocar aquela abertura do PlayStation original no PS5, o som mais especificamente, e a logo modernizada o design, seria perfeito. Aquilo arrepia até a alma… já que tá comemorando os 25 anos, faria muito sentido e creio eu, todo mundo ia gostar.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
28 dias atrás

Rapaz, isso aí seria vender como água! Muitos comprariam só pra escutar aquele som mágico novamente. ❤️

Marco Antonio Brasil
29 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Apesar de pressionar as duas em termos de marketing de preço (se a 3070 confirmar esse valor no varejo), as novas RTX pesam muito mais sobre a MS do que sobre a Sony.
Quem joga PS sempre conviveu com a ideia de existirem máquinas potentes rodando melhor os jogos multi. A diferença são mesmo os exclusivos!

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
29 dias atrás

Se estas consolas forem o que parecem ser… Estes gpus sao apostas seguras

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
29 dias atrás

o Pior mesmo é o compromisso da MS com o PC.

enquanto a Sony pode usar tudo do PS5, inclusive obviamente o SSD no talo dos 22GB/s, a MS não vai poder usar… e talvez demore toda a geração pra o xbox poder usar os 6GB/s como requisito fundamental já que ela quer vender Gamepass no PC que vai demorar bastante para ter base de SSD com 6GB/s.

isso já contando como 6GB/s sem compactação, para não precisar de mais hardware dedicado a compactação.

Resumindo, o PS5 vai poder ter vantagens em cima do PC, pelo menos nos exclusivos, quem sabe até o fim da geração por causa do SSD com controlador IO dedicado, porque uma coisa é a nvidia anunciar que vai entregar “24GB/s” e outra é o PC padrão de jogos do STEAM ter isso, sendo que hoje o PC padrão do STEAM é uma 1060.

Mário, vc não achou curioso a Nvidia falar em “24GB/s”, e deve ser o Pico da 3090, parece até numero inflado para passar os 22GB/s de pico do PS5

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Deto
29 dias atrás

Não sei se inflaram o número ou não… Só sei que se o. Ps5 chegar a 22 e o Pc a 24, ainda assim o PlayStation tem vantagens claras pela sua integração… Como Tim disse, a velocidade na folha de specs não mostra toda a realidade da ps5, é acima disso. Pela proximidade dos componentes, pela integração. Então um PC teria que ultrapassar em muito os 22GB/s para se equiparar.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Sim. Para quem quer aproveitar todos os jogos (geralmente esse nicho já tem um PC) faz mais sentido pegar uma 3070 + PS5.

Andrio
Andrio
29 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Depois da apresentação de ontem da Nvidia e vendo alguns comentários no meu twitter a sony saiu safe de uma tremenda treta por não focar em flops.

Microsoft no seu marketing disse que “comeria monstros no café da manhã”. Mas pelo visto será comida pelo café da manhã xD
Series X é potente? sim, mas acho que focar só nos flops não foi legal, ate pq ainda nao mostrou um jogo rodando no seu console.

Question

Onde fica o Series S nessa historia?

Edson
Edson
29 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

A Sony quer apostar no conteúdo e creio que seja uma aposta acertada. Pessoas falam da Nintendo aqui, diminuem seus jogos, mas se tem uma empresa que sempre foi referência em qualidade, é a Nintendo! A Sony vem a seguir os passos da Big N, mas com suas particularidades, ou seja, trazendo o melhor do cinema para seus jogos, criando tbm uma cara. Hoje, vc vê um game Sony e percebe seu DNA único e isso é espetacular! Gostaria que a Sony apostasse mais em games como Astrobot e Sackboy Big Adventure, pois por mais que eu entenda que nesse estilo de game, a Nintendo é absoluta, adoraria ver a Sony apostar mais em games assim, até pq, ter Nintendo no Brasil hoje é complicado. Tenho um switch, além do ps4 e tem um tempo que não compro nenhum game para o híbrido por conta dos preços absurdos de seus jogos!

Fernando Medeiros
Fernando Medeiros
29 dias atrás

Mario, tem ideia de como seus artigos enaltecendo exclusivos tendem a ser ridicularizados daqui a um tempo se o PS5 não repetir o sucesso do PS4?
Usa como exemplos blockbuster lançados esse ano e jogos que são entregues na caixa do console. É impossível hoje comprar um PS4 sem ser um bundle com 3 jogos de brinde da Sony. Acha mesmo que isso não inflou oa números?
Não existe qualquer blockbuster de vendas do PS4 antes de Uncharted 4, e mesmo ele virou um blockbuster após a Sony meter na caixa do console. Agora que o console e super popular e anúncios de jogos passam até no comercial da novela em horario nobre, e apoiando a popularidade da Marvel, e esperado que as vendas corrarm bem, é claro.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

Da mesma forma, se o PS5 for um sucesso de vendas, os artigos do Mário serão exaltados. Ou não?
Fernando o que o Mário faz (e nós também nos comentários hehe) é analisar o histórico, a conjuntura atual e projetar o futuro. Mas ninguém tem bola de cristal, pode-se acertar ou errar.
Mas veja bem, tem muita gente que concorda com a política de exclusivos…você pode até achar que eles não serão importantes no futuro, mas é fato que hoje os exclusivos vendem, isso não é questão de opinião. Inclusive os exclusivos sustentam uma das empresas mais valiosas do Japão.
E outra, já vimos esse filme, na falácia”singleplayer está morto”, com uma empresa a tentar forçar artificialmente o mercado em uma direção e não deu certo!

bruno
bruno
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

Ha ridiculos e ridiculos.

Maior ridiculo passou quem durante anos, nesta geracao, repetiu a lengalenga da MS e afirmou a quem o quisesse ouvir que exclusivos nao importam. Passou tanto ridiculo que uns mudam de nome e outros desapareceram e nunca mais voltaram.

Como o ridiculo de vir aqui tentar desmerecer um artigo que salienta uma verdade inconveniente para alguns tentando pespegar a ideia que se a PS5 nao repetir o sucesso da PS4 o artigo esta errado. Esta? E se os jogos continuarem a venderem como tem vendido – ira ser mentira ai?

Agora, bundles ha em todas as plataformas. E sobre o ser impossivel, nao nao e. PS4 Pro e PS4 na amazon tem pacotes sem jogos nenhuns.

bruno
bruno
Responder a  bruno
29 dias atrás

Acrescentando…

A Sony tem gran turismo a vender acima dos 10 milhoes desde a era PS2. E relativamente a Uncharted oficialmente, as entregas anteriores venderam entre 3 a 5 milhoes cada. O problema é que a Sony nao divulga números de vendas e so se sabe passado algum tempo.

nETTo
nETTo
Responder a  bruno
28 dias atrás

Os maiores sucessos comerciais da Microsoft/Xbox foram os Halos.

Estes não foram lançados em Bundles em suas épocas?

Porque tem pessoas que tem visão seletiva?

Felipe Leite
Felipe Leite
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

@Fernando Medeiros, tem a noção de como TODOS os seus comentários são ridicularizados no presente por todos os frequentadores do PCmanias?
Números não mentem. Não interessa se a PS5 fracassar ou não. Nessa geração os exclusivos fizeram a Sony ficar por cima.
Isso é um facto !
Assim como foram os exclusivos que fizeram a ps3 dar a volta por cima depois de ter sido um desastre no lançamento.
Esses comentários de ataque gratuito ao Mário e aos outros utilizadores só provam a azia desmedida que você possui!
Para quê você continua a frequentar o PCmanias se não gosta dos artigos?
Para tentar causar discussão?
Se poder de consola ditasse as vendas a Nintendo já teria sido exterminada do mercado!
“O pior cego é aquele que se recusa a enxergar”…

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

Ridicularizados por quê? O artigo mostra uma perspectiva histórica muito sólida. Ninguém pode prever o futuro, mas é plausível analisar tendências com base no passado e no presente.

Se um país prevê que o PIB vai cair 5% em virtude da pandemia, mas de repente um pesquisador inventa um produto revolucionário que multiplica as exportações contrariando expectativas, isso não ridiculariza as pessoas que fizeram a previsão. Analistas não são videntes.

Sobre bundles, não vejo o menor problema nisso. Pelo contrário, bundles mostram ainda mais que a linha first-party do PS5 tem muito valor, e que 112 milhões de consoles não foram vendidos à toa.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
29 dias atrás

mais uma para a coleção de “os fanboys mais lunáticos da internet”

https://twitter.com/canaltech/status/1300875077982986241

deram xilique pq os caras fizerem um tutorial para cancelar o GP.

esse site fez tutorial para cancelar Spotfy recentemente.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Deto
28 dias atrás

Ridículo! As pessoas estão doentes

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

Fernando, você deve estar com muita raiva, pois sabe que a situação do Xbox é ruim. E olha essa 3070: fez como o Curry e mandou uma de 3 pontos com o Series X na lata de lixo, pois o PS5 será best seller e todo mundo sabe
E ridicularizado mesmo… Só o Halo Craig

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

Bundles são brindes e não inflam vendas! Isso já foi falado várias vezes. Você insiste em acreditar em fontes apaixonadas. Coisa de fanboy puro! Para com isso, é feio e passa vergonha desnecessária.

E não é o Mário que acha o PlayStation popular, é o mundo! O anúncio de um controle deu mais repercussão nas mídias sociais do que o anúncio do SX inteiro. Viu esse fato ou não enxergou? A maioria das pesquisas grandes apontam para 75%(+) das pessoas interessadas no Ps5 e 25% (-) no SX.

Aí do MUNDO DO PIRULITO você não enxerga nada? São cegos, só pode.

Deto
Deto
Responder a  Fernando Medeiros
29 dias atrás

Vc sabe que o histórico de defensores da PR da MS é serem humilhados?

Vc sabe o que é pior mesmo?

quando mais vitimistas e chorões vcs ficam, ao contrário de aceitar a REALIDADE, mais fanaticos vcs ficam.

quando mais fanaticos vcs ficam, menos cobram da MS.

o “console wars” dos fãs de xbox só prejudica o xbox, pq só é justificativa para o xbox continuar como esta.

esse ano teve Last of Us 2, Ghost of Tsushima, Nioh 2, FF 7 e o Xbox teve bleeding edge e battletoads.

pq eu não vi nenhum fã de xbox reclamar disso com a MS?

imagine se fosse ao contrário?

Graças a gente igual vc, o xbox vai caminhar para ser um plataforma de fanboy lunático para fanboy lunático.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Deto
28 dias atrás

Teve Gears Tactics lançado pro console? Fligh Simulator? Imagino eu se a Sony fizesse isso, lançando os exclusivos que eram para ser do console apenas no PC. A base de fãs da marca iam estar loucos, putos da cara. Mas fanboy de Xbox aceita tudo que a Microsoft faz de boca fechada. Só não pode falar mal dos joguinhos medíocres que eles recebem gratuitamente. Pfff

Edson
Edson
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Sparrow, só um adendo: FS sempre foi do pc e terá a sua versão console pela primeira vez.

nETTo
nETTo
Responder a  Edson
28 dias atrás

A controvérsias kkk

Veremos se vai sair mesmo ou será apenas mais uma mentira da Microsoft

Rui
Rui
Responder a  Deto
28 dias atrás

Não sei sinceramente se nos teus comentários escreves mais vezes a palavra xbox ou a palavra lunático/s, não demonstras respeito nenhum pelas opiniões diferentes. Ridícula ou não o Fernando tem direito à sua opinião. (com respeito claro).

Passas literalmente a vida a falar da xbox/microsoft com críticas a tudo e todos e afirmas constantemente a queda da xbox, ora bem se a xbox cair, caiu, não ganhas nada, pelo contrário vais perder e muito.

Quanto ao lineup da PS para quem é apaixonado pelos exclusivos singleplayer vai continuar a receber mais do mesmo bons jogos nessa vertente.

Quanto as novas rtx, eu acho que a AMD levou um soco brutal, foi completamente dizimada, vai sofrer a AMD e vão sofrer as consolas.

Ainda não saíram e já estão completamente atrás novamente, começo a concordar com o Bruno, quer dizer a ps5 pura e simplesmente está no lower end da nvidia e a SX está no medium/low, a unica salvação aqui é o cpu que va lá vale muito mais que o horrível jaguar e os ssds.

E sim já sei que se responderem vão dizer, pois mas olha para o que se pode fazer na xone (gears5) e na ps4(god of war) com 1.4 tf e com 1.8 tf, eu sei que se pode fazer coisas muito boas, mas olhando para o que a nvidia pôs na mesa e o que as consolas mostraram e ainda não sabemos o preço delas, tenho de dizer que passei da alegria à desilusão, as consolas vão voltar a ficar muito para trás Day one.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rui
28 dias atrás

Olhando para o que o Nvidia vai lançar e os consoles se pode afirmar uma única coisa: Os consoles estão mais bem posicionados para próxima geração do que os consoles da atual geração estavam lá em 2013. Simples assim.

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

tem gente que vê o xbox falindo, ai como não tem como defender vira “consoles estão falindo”

somente uma PV custando o mesmo que o console inteiro não é vencer.

o máximo que vai fazer é segurar quem está no PC, no PC.

quem tem PC com uma 1050 ou 2070 pode pegar a 3070 no lugar de migrar para um PS5.

simples assim.

quem tem um PS4 não vai comprar APENAS uma PV que vai custar o mesmo que o PS5 inteiro?

Ou vc acha que foi coincidência esses preços?

a 3070 é o dobro da GPU do SX e PS5, mas custa o dobro tb.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

ah, escrevi mal.

queria dizer sei lá… “flopado” ou “irrelevante” com jogos de baixa qualidade e orçamento.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Sobre isso se fala faz algum tempo né… Talvez esse seja o molho secreto? Não sei, mas vamos ver a solução da Sony. Só que pelo que vi o Dev de Square enix e Quantum Error falando da solução de RT da Ps5 ser algo muito bom e de fácil implementação, só leva a crer que é solução proprietária mesmo.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

deve ser isso mesmo, só isso explica pq até agora o SX não tem um gameplay com RT.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Assino embaixo!
Todos deveriam estar contentes por ter opções mais decentes que foi outrora. Os consoles são um primor se comparados a outras gerações, inclusive a atual lá no lançamento. Não tem porque reclamar. Se está com um PS4 e ficou satisfeito durante a geração, não entendo agora a birra com o ps5, que é muito mais otimizado, um console clássico e com tecnologia de ponta.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

as vezes o sujeito é meio fã do xbox, viu que ele está bem irrelevante e a unica coisa que ele tem, “TF”, acabou de ser destruída pela Nvidia.

ai o fã do xbox começa a falar que TODOS os consoles floparam frente a Nvidia.

Já vi gente dizendo que o “mercado inteiro de video games flopou” falando de vendas totais de wii+ps3+x360 para comparar com, na epoca, PS4+xone+Wii U… tudo isso de recalque pq o PS4 era lider… e o sujeito prefere ver o mercado inteiro como “flopado” para desmerecer o sucesso do PS4. Claro, isso eu li em outro lugar… mas é por ai que tem gente pensando agora.

As vezes é isso.

a Unica coisa que a Nvidia garantiu, é que ninguém do PC vai comprar um PS5 ou SX pq com o preço de um PS5 ou SX vc compra uma 3070 de upgrade no PC que vc já tem.

e a 3070 até agora parece pegar um jogo de 30fps do PS5 e SX e empurrar para 60fps, que fecha com um bom motivo para alguém gastar 2x ou 3x o preço do PS5-SX

sabe como a Nvidia conseguiria destruir consoles? vendendo um PC inteiro com uma 3070 por 600USD LOL

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Nao sei porque ficas decepcionado com expectativas de clientes. Eu fico decepcionado quando as empresas fazem asneira.

As consolas sao sistemas fechados e nao tem que se submeter ao PC, nem ao hardware PC, podendo dar a volta de outras formas…

Dando como exemplo o duplo GPU (lembrando a patente da Sony), tens duplo GPU ha anos no PC. A Sony, como ja sabemos desde a PS3 que ja demonstrou capacidade de conseguir aproveitar varios GPUs ao ligar varias consolas latraves de um cabo (nem no mesmo PCB estao) e conseguir um muito melhor aproveitamento do que alguma vez tiveste com o cross-fire ou com o sli.

Pegando no exemplo da PS4, um segundo GPU ou uma segunda APU teria um custo de mais 100$ no sistema. o que significa que poderiamos ter tido uma consola com 16 nucleos jaguar e 36 CUs logo no inicio da geracao e por um custo de 500$. Nao tiveste corte de fisica esta geracao?

Agora… tudo o que tu dizes se apoia em dois argumentos, que eu refuto:

1 – Pelo custo do hardware nao seria possivel ter mais nas consolas e as consolas tem tecnologia de ponta para este ano;

Pois mas como ja questionei varias vezes desde que a conversa iniciou sobre uma nova geracao para 2019… porque lancar este ano?

Eu ja desde 2016/2017 afirmava que era demasiado cedo, que a geracao ainda tinha bastante por entregar… ao que me respondiam que nao, que a tecnologia avancava que os concorrentes e o mercado avancavam (falando do Stadia e da MS) , que tinha que ser em 2019, ou arriscava-se a ficar para tras.

Mas como nos acabamos de ver… e como eu me fartei de referir… a tecnologia ainda nao estava la. E so esta a comecar a estar este ano.

Depois, tiveste os novos servicos a chegar… fizeram alguma coisa? O Stadia esta em morte lenta e a MS apresentou Halo Inifinite, foi ridicularizada e agora tens os fas a pedirem para ver jogos que tirem partido da XsX.

Onde esta o avanco tecnologico que pede uma nova geracao?… Os motores nao estao prontos, as empresas nao estao prontas e ninguem consegue arcar com os custos, pelos vistos…

Assim, o salto tinha que ocorrer agora?

e

2- O hardware evolui e uma nova geracao era necessaria para acompanhar a tecnologia.

Ha evolucoes e evolucoes de hardware.

CPUs e GPUs tem 3 tipos de evolucoes. Ha novas arquiteturas (exemplo VILW para GCN, GCN para RDNA), ha melhorias dentro da arquitetura (rdna 1 para rdna 2, zen 1 para zen2) e ha reducao do nodo, o que permite mais hardware no mesmo espaco e pelo mesmo consumo.

E tudo uma questao de timming para saber escolher hardware – algo que tu afirmas que nao existe. Mas a Nvidia acaba de te provar, que sim, existe.

Como repeti varias vezes, andamos dentro dos limites dos 28 nm ha duas reducoes de nodo. A AMD, por alguma razao nunca explorou um GPU de 128 compute units embora tivesse os meios para o fazer nos 14 nm e com os 12 nm.

Perdia nas vendas, mas nunca explorou essa alternativa e na altura da Vega. A nVidia nao tinha concorrencia nenhuma.

E nem com a RDNA (e sabe-se, por rumores, que havia uma Big Navi ainda antes desta chegar) ela tentou conquistar o mercado.

Eu sou um leigo, mas ate eu olhei e verifiquei que ambas estavam longe explorar ao maximo os nodos e conseguir ter o evelope do poder. A AMD ja nos 7 nm, teve oportunidade de ter a coroa da performance do seu lado, com uma topo de gama… e nunca o fez! Mas sabia que apartir do momento em que o fizesse.. se iria iniciar ua guerra entre as duas que iria dar muita mais performance pelo preco… e agora estamos a ver isso!

Afinal ha ou nao ha timing?

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Mario, uma coisa e teres rendering partilhado por varios GPUs.

Outra coisa e colocares isso numa consola e teres um sistema fechado que os porgramadores podem explorar. Neste segundo caso, o rendering partilhado seria apenas uma parte e os teus pontos 1 e 2 desapareciam.

Sobre o 3, esta por ver-se porque a realidade e que nao sabes. Empresas de cinema e mesmo empresas de videojogos usam render farms e estao habituadas a isso. Empresas fabricantes de GPU usam dois a 3 GPUs e fazem techdemos so para mostrar novos graficos. Estas mesmo a tentar convecer-me que ter duplo GPU seria um problema enorme para quem faz jogos num sistema fechado como uma consola e com a Sony a ja ter um sistema de rendering que o considera e ja evita trabalho? Por favor!

Sobre o rendimento… como tu bem sabes, programacao especifica faz milagres.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Na verdade disse e repeti varias vezes, mas posso comprometer que tenha sido exagero meu e que talvez nao fiquem na baixa gama, mas na media-baixa.

A verdade e que tendo aplacas de topo de menor capacidade nos 20 Teraflops tens o resto a comecar nos 16/17Tfs, por isso 10 Tfs na classificacao do Rui? Correctissimo.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Mais uma vez, Mario, e repetindo o que me disseste antes, PC sao sinonimos de hardware nao explorado e nao utilizado que so conseguem resultados por forca bruta.

E eu nem penso nisso.

Penso e, no salto que me estao a oferecer e se esse salto vale a pena.

A PS4 foi um salto de 7x e ja na altura foi classificada como um design conservador, face ao que a PS3 foi face a PS2. Podiamos justificar e justificamos que foi um design inteligente – um excelente hardware que entregou desde dia 1, bem pensado economicamente.

Seja como for.. foi um design conservador. O salto foi proporcionalente menor que nas anteriores geracoes… a consola nem e das maiores ja feitas…

Mas independente disto… o salto foi visivel dia 1, com os primeiros trailers a demonstrar um salto grafico e a justificar a nova geracao.

Mas convenhamos… a MS tendo feito um hardware pensado para 500$ (bastar-lhes ia ter adoptado o steamroller e um gpu 7970)… e provavelmente a geracao nao teria corrido tao bem a Sony.

Agora a Sony oferece-me um salto de 5x em potencia bruta, mais optimizacoes no armazenamento.

So em potencia bruta, eu ja tinha referido – nao e suficiente.

Mas argumentou-se que entre o SSD que permite potencialmente carregar assets, primitive shaders, geometry engine.. haveriam grandes melhorias.

Pois, mas onde e que elas estao? Todas as geracoes impressionaram com os primeiros trailers… excepto esta.

Ratchet e Clank, olha-se e e preciso uma analise detalhada para se verem melhorias.

GT7, sem comentarios. Nao fosse o RT, terias GT Sport.

Em termos de assets e detalhe… estamos no nivel a que estamos habituados hoje em dia.

Mas temos e maior resolucao…

Coincidencia? Ou resultado de um salto proporcionalmente menor?

Se ja na altura da PS4 se achou o salto nao suficiente, o que dizer de um salto de apenas 5x que nao demonstra ser mais que isso?

E pior, quando sabemos que seria possivel ir mais longe?

A triste realidade e que, entre a PS3 e a PS4 tiveste muito mais GPU e muitas mais unidades no GPU que inovaram o processamento (Compute units, ACEs, unified shaders)

Da PS4 para a PS5? Tens um geometry engine que faz culling, o suporte a shaders que fazem culling automatico. Mesmo o RT, tanto quanto sabemos, e devido a conversao de uma unidade de texture mapping. Tu sinceramente achas que a evolucao foi grande mesmo em tecnologia? Porque eu olho e garanto que nao. Foi talvez das inovacoes mais conservadores que tiveste em consolas.Tens os mesmos building blocks apenas um pouco mais de optimizacao na forma como funcionam, mas longe da revolucao que tiveste antes.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Vi.Sabes o que ainda nao vi? Jogos.

Alem disso, viste o UE4? E o Unity?

Onde e que isso esta? Na PS4 tinhas isso day one.

Por essa logica a PS4 foi muito mais que os 7x determinados e no entanto estes foram calculados apenas considerando o GPU da PS3 em flops. E no fim vai dar ao mesmo. Como disse antes nunca se considerou, ao determinar o salto melhorias na arquitetura e de que forma isso se traduzem em mais ou menos flops. Agora comecou a considerar-se.

marcio
marcio
Responder a  bruno
28 dias atrás

Calma Bruno, tambem estou um pouco decepcionado com que foi apresentado ate agora, mas confio na Sony e no seu projeto do PS5, confio no Studios tambem, sei que vão fazer bom uso do hardware que passaram anos desenvolvendo, agora com relação as placas e toda essa potencia que a nvidia mostra, ja era e sempre sera sub aproveitada, unica coisa que uma rtx2080ti faz é pegar um jogo de ps4 por um pouco de maquiagem e mais fps, mas o jogo é pensado para os pouco 1.8TF do ps4 ainda…

bruno
bruno
Responder a  marcio
28 dias atrás

Marcio, eu nao estou a por em causa que as consolas continuarao a definir graficos, pelo menos na maioria dos titulos.

O que estou a analisar e o salto geracional que ambas as empresas nos propoe, e o hardware que nos entregaram.

E estou a desmisitificar a ideia de que o salto tinha que ocorrer nestas condicoes, nesta altura e so com este hardware.

Por que a ideia dos 10 Tflops foi retirada da realidade de 2017/2018 a contar com um lancamento em 2019. Uma conversa que na minha opiniao sempre foi estapafurdia.

E enquanto alguns insistiam no lancamento em 2019 ou porque geracoes so demoram 6 anos (grande treta – isso nunca foi uma regra), porque o hardware nao para de evoluir ( outra treta, o que importa e que chegue ao ponto em que justifique o salto e nao um meio salto… ou seja que se chegue ao timming perfeito), porque ha concorrencia (as pessoas ficaram apavoradas com stadia, um projecto que eu sabia ainda precisava de se provar… e chegou ao fim nao deu em nada)

Eu analisei a realidade das coisas:

1 – Que nao havia nem tinha chegado ao mercado tecnologia que justificasse nova geracao – e nao tinha.

2 – Que eram precisas novidades que justificassem uma nova geracao para alem do mais do mesmo. A PS3 introduziu o multinucleo e a computacao vectorial, a PS4 o GPGPU e a PS5 iria ficar com que? Nessa altura cheguei a propor a renderizacao hibrida de RT + Raster com base no trabalho da PowerVR. Duvidaram do que eu disse.

3 – Que deviamos ter pelo menos um salto maior, de 10X o que colocaria a consola nos 18 Tflops. Porque? Primeiro, porque um salto geracional tem que ser significativo – segundo, porque com a reducao de nodo no tempo da geracao (dos 28 aos 14 e destes aos 7), seria o expectavel. A resposta foi que essa placa nem existia e que se viesse a existir o custo seria proibitivo. Que nao se poderia aumentar acima das 64 Compute Units.

4 – Que com a demora dos jogos a chegar e a boa performance das consolas, a geracao aguentaria a vontade ate 2021 pelo menos. A resposta foi que as consolas ja nao estavam a aguentar e estavam a estagnar.

Agora chegamos a 2020 e verificamos que:

1- Raster + RT e o futuro.

2- Placas de 20 tflops a 500$ (o expectavel considerando so o nodo) que ultrapassam o limite de 64 compute units.

3 – As duas fabricantes a apresentarem titulos next-gen onde as pessoas na generalidade nao notam melhoria grafica.

4 – Imensos titulos a chegar que aguentam a geracao ate ao Outono de 2021. Estes titulos ainda se aguentam bem. Nenhum jogo que justifique o upgrade de hardware e os estudios sem saberem como suportarem os custos next-gen.

Portanto, mais uma vez, onde esteve a urgencia em fazer o hardware para hoje?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
27 dias atrás

Bruno, você está só colocando evolução de Teraflops no negócio… Sabe que velocidade TB é sinônimo de poder para o desenvolvedor, né?. O que uma Nvidia faz 1 vez, o ps5 faz várias vezes e isso sim é um verdadeiro salto geracional… Ficar aumentando CUs infinitamente não dão resultados na prática, só na teoria e você sabe disso.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

Nao, nao estou. A velocidade conta ate um limite.

E a nVidia acaba de anunciar tanto poder como velocidade.

Hiago
Hiago
Responder a  bruno
28 dias atrás

O Bruno tem razão, se GT7 fosse lançado para PS4 creio q ficaria com o meu por mais 4 anos, não me sinto a vontade de trocar de console. O tempo de lançamento dessa geração parece estranho mesmo, talvez deveriam ter esperado um RDNA 3. Tudo estava estranho mesmo, quando analisamos as RTX 20 no lançamento elas não impressionaram em nada o avanço perante as GTX 10 foram mínimos (tirando o ray tracing) e posteriormente a serie 2000 entregou um pouco mais de poder só com as atualizações do DLSS, e no meio disso tinha a AMD que parece dormir no ponto, ela espera a Nvidia jogar as cartas para só assim começar a jogar, e nisso eles ficam uma geração atrás. E aqui que vemos o problema, RDNA 2 foi pensado para brigar com a série 2000 que por sua vez é apenas uma série 1000 com ray tracing, acabou que a Sony e a Microsoft lançaram no tempo errado seus consoles e ficaram reféns da ineficiência da AMD.

Hiago
Hiago
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Pela análise da Digital Foundry RDNA 2 não passa de uma RDNA com ray tracing, então creio que seja a mesma diferença da GTX1000 vs RTX2000 (especulação minha). A RDNA 2 pode surpreender, mas prefiro ser pessimista do que se decepcionar depois.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
27 dias atrás

Tô vendo que você deve se decepcionar muito com as Nvidia novas então… Pois serão apenas perfumarias a mais em comparação aos consoles… E onde você estava na aula de proporcionalidade? A cada geração o salto visual é menor e isso é um fato e regra. Pois quanto mais se avança, mas próximo fica do real e mais difícil é de aprimorar mais o que já é quase real. O salto visual nos jogos virão mais tarde, pois na atual geração chegaram antes porque os motores gráficos precisavam de adaptações menores… Hoje com um i/o de ps5 a velocidades absurdas se tem que fazer muito mais trabalho nos motores para se otimizar para next gen do que foi em gerações passadas. Percebe isso?

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

https://www.youtube.com/watch?v=iQZobAhgayA

Tens certeza que queres continuar com essa de que graficos nao podem melhorar mais? De que os ganhos sao reduzidos?

Sobre adaptacoes, se ha techdemos a funcionar hoje e na altura da PS4 so tinhas techdemos, nao ha razao para nao haverem ganhos ja.

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
28 dias atrás

a ironia no seu comentário é que acusas o Deto de agir como o Fernando. Defendes o Fernando e acusas o Deto de agir como o Fernando kkk

nETTo
nETTo
Responder a  Fernando Medeiros
28 dias atrás

Rapaz 😅😅😅

Fernando Medeiros ex o mesmo que perseguia a NuaghtyDog lá lor 2014 por causa do Trailer de Uncharted 4?

Livio
Livio
Responder a  nETTo
28 dias atrás

sim, o mesmo que caçou, via Youtube, texturas de baixa resolução na parte da Savana em Uncharted 4.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Livio
28 dias atrás

Haja tempo para essas bobagens… Mas fazer o que? Não tem o que jogar, tem que ficar torrando o saco dos outros. Haha

marcio
marcio
29 dias atrás

É como no otro comentario que fiz na noticia anterior, os studios da Sony, tratam jogos com amor em cada detalhe, e essa materia comprova isso, os FP são cada vez mais importante para Sony e o diferencial a favor da consola, com relação as placas da nvidia que muito tem se falado, falta um software que aproveite seu potecial, um jogo ruim, continua ruim mesmo em 8k e 120 fps que o hardware pode propocionar…

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
29 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off Topic

Depois da apresentação de ontem da Nvidia estas novas consolas já nascem outra vez obsoletas, vem dizia o Rui era menhor esta nova gen ser lançada para o ano, em principio sempre conseguiriam gpu com no mínimo 20 teraflop tendo em conta que a 3070 é a gama media, e o que me deixa agora ainda mais triste é a sony a querer levar mais exclusivo para Pc e eu também mais do que nunca estou louco para ter PC gaming, estou cansado das gabiarras das consolas, jogos mais caros, pagar online, sem retro full com as anteriores gerações neste caso aqui a Xbox series esta de fora porque tem retro total enquanto a ps5 so vai ter com o ps4, e hardware obsoleto e que fica mais evidente que vai ter mid gen outra vez no meio da gen, ao menos no PC gasto tudo de uma vez e a nivel de preços de jogos a longo medio prazo começo a ver o meu investimento a ter retorno.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

parece que criaram uma onda nisso.

amanhã o sujeito já se lembra que SOMENTE a 3070 deve custar mais que um console inteiro e para de falar isso.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Cardoso
28 dias atrás

Que gambiarras, amigo? Consoles clássicos nunca visaram poder bruto. O que mudou do Ps2 pra cá? As empresas simplesmente estão entregando hardware acima do que entregavam no passado… E se você acha que vai montar um super Pc que rode tudo no ultra durante 7 anos e que no PC não terá dor de cabeça, está é com pensamento utópico… Eu saí do Pc exatamente pelas “gambiarras”, por incompatibilidade de drives as vezes, por querer jogar e ter que esperar uma atualização que até se completar meu tempo já era, por ter que ficar atualizando e gastando toda hora com a máquina… Viu Control com Ray tracing peidando em PC de topo para rodar a 60fps/4k com DLSS ativo? Então… Nós consoles já está otimizado e não se preocupas com mais nada… Se tira muito mais do poder inferior deles do que no Pc, onde as pessoas ficam com olhos lacrimejando a ver a capacidade por specs das placas e se esquecem no desperdício absurdo de desempenho e o que a falta de integração causam no mundo real.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Daniel Cardoso
28 dias atrás

Exatamente, o que você fala é como me sinto hoje e para ser sincero eu estava disposto a pagar 500 dolares em um ps5, mas depois de ver a nvidia ontem no console eu chorando pago 450.
E em relação a situação da Sony eu deixo essa analogia, a Sony é o unica pessoa que da sua munição para outro atirar em sua cabeça. Pois como vc falou, no pc temos emuladores de quase todos os consoles incluindo o ps3, jogos exclusivos do pc que não vão para as consolas, jogos do xbox e agora jogos do ps mesmo que atrasados mas ainda sim eles estarão lá com o desempenho melhor e qualidade de imagem e o principal online grátis sem nenhuma adesão.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
29 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Sobre a produtividade de estúdios first-party, achei muito interessante esse comentário de um verificado no Resetera.

https://www.resetera.com/threads/realistically-how-is-microsoft-expected-to-compete-with-sony-next-generation-can-they.264459/page-16#post-42049890

É difícil para eles (Microsoft) competirem diretamente com jogos agora, porque eles não têm o pedigree entre seus estúdios. Em teoria, pode levar 4 anos para um estúdio fazer um bom jogo, mas leva uma década ou mais para um estúdio entrar em um fluxo consistente de produção de títulos de alta qualidade.

Se você olhar para estúdios como a Naughty Dog, embora eles sempre tenham um bom histórico, eles estavam experimentando muito no PS2 com a série Jak and Daxter, com alguns resultados mistos. O primeiro Uncharted também é um jogo bastante medíocre. Todos esses jogos, Jak 1-3, Uncharted 1-4, levaram até Uncharted 2 para a Naughtydog realmente descobrir no que seu estúdio era bom e começar a usar isso em uma produção consistente.

Se você olhar para as aquisições da Microsoft, com estúdios como a Compulsion Games, ou mesmo os estúdios que eles próprios construíram, como o 343, você verá a mesma coisa. Você não pode simplesmente colocar 200-400 pessoas juntas e esperar que seu primeiro jogo seja um sucesso estrondoso. São necessários anos de sucessos e fracassos, anos de iteração em processos criativos internos para colocar um estúdio em uma posição em que esteja criando jogos consistentemente bons.

Por esse motivo, é muito difícil para a Microsoft competir agora, mas não se trata de competir agora. Para a Microsoft, se eles querem permanecer um forte concorrente neste mercado (jogos first-party), eles precisam reconhecer a importância do jogos first-party de alta qualidade e eles precisam tomar as medidas certas para garantir que seus estúdios sejam capazes de crescer.

Para as pessoas que esperam grandes coisas dos estúdios internos da Microsoft em um futuro próximo, acho que vocês ficarão tremendamente desapontados com a produção de jogos. Mas não se trata disso, a Microsoft precisa simplesmente se concentrar em sustentar a lucratividade consistente (com coisas como gamepass) enquanto estimula esses estúdios a desenvolver os melhores jogos que puderem. Estúdios como Compulsion Games, The Coalition, The Initiative e Rare ainda precisam de liberdade para fracassar, antes de encontrarem um sucesso consistente.

Então esse é o problema agora, você não pode forçar magicamente seus estúdios relativamente novos a produzir bons jogos. Alguns desses estúdios não conseguiram trabalhar em nada além de IPs muito específicas, de maneiras muito específicas (Halo e The Coalition) e mover-se desses títulos para ter sucesso em outros lugares será um desafio. Para a Microsoft, nesta fase, não se trata de ‘competir’, eles não podem comparar a produção desses estúdios com a da Naughty Dog e esperam resultados semelhantes nesta fase. Precisa-se trabalhar para nutrir essas equipes talentosas para que no futuro, em 10 anos, tenham um portfólio consistente e possam dar o seu melhor.

No que diz respeito à exclusividade de terceiros, no momento é apenas um curativo, e caro aliás, porque um negócio de exclusividade na plataforma com a menor participação de mercado tem um valor proporcional muito baixo para o desenvolvedor. Qualquer acordo de exclusividade que a Microsoft busca, a Sony pode competir com um custo menor, porque assinar exclusividade de console para a plataforma da Sony não faz você perder mais da metade do seu público. Acho que eles precisam se concentrar menos nesses tipos de negócios e, como disse, mais em nutrir esses estúdios internos.

Portanto, não se trata realmente de competir pela Microsoft agora. Trata-se de construir seus estúdios enquanto encontra lucratividade consistente. Idealmente, eles podem sustentar sua participação no mercado, mas o mais importante, alavancando serviços como o gamepass para aumentar a receita familiar em seu ecossistema, eles podem investir mais e mais em seus estúdios internos, de modo a fortalecer gradualmente seu portfólio original. Se essa estratégia for sustentada, no futuro eles serão capazes de competir mais diretamente e aumentar sua participação de mercado de forma mais considerável, com resultados consistentes de software de primeira parte. Mas isso não vai acontecer nos próximos anos.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Carlos Eduardo
29 dias atrás

Esse comentário é muito bom e faz todo sentido.
Mas já estou com uma sensação ruim de bater tanto, só falta colocar o Xbox numa cruz de madeira, e não será uma causa nobre, mas sim para o que os romanos a projetaram
Uma pena que na cabeça do Phil Spencer ele está “muito tranquilo em relação ao seu produto” e nem vê a Sony como competição
É surreal

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Carlos Zidane
29 dias atrás

Microsoft tem a faca e o queijo na mão para brilhar nos smartphones com gamepass e xcloud.

Nos próximos anos deverão multiplicar a quantidade de usuários da Xlive assim como as assinaturas do serviço.

Será bom para a Microsoft? Provavelmente sim, aumentarão a receita e lucros da divisão de gaming.

Será bom para o consumidor casual? Com certeza.

Será bom para o consumidor de games AAA em consolas? Depende. Se este consumidor quer apenas mais jogos para estarem disponíveis no gamepass, provavelmente será bom. Mas aquele consumidor que busca jogar games first-party de qualidade nas consolas, creio que o foco da Microsoft está longe disso.

Levei 1 mês para platinar Ghost of Tsushima. Uma pessoa que tem o dia inteiro para jogar levaria uma semana. Comprei o jogo que eu queria jogar, com a qualidade que é do meu agrado,e usufrui diante da minha disponibilidade de tempo. Então a proposta da Sony está mais aderente aos meus anseios como gamer.

Qualidade é melhor do que quantidade. Se o objetivo da pessoa é contar jogos, basta emular um MAme com 6000 jogos antigos de Arcade em um PC barato qualquer. Não tem a menor necessidade de assinar serviço ou comprar consola.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Eduardo
28 dias atrás

Concordo com muito. Só que já era para Microsoft ter feito melhor com seus Studios… Vendeu muitos, comprou outros e está no zero a zero… Não se justifica tantas gerações para começar fazer da sua linha First Party algo grande como a Sony é Hoje.
E parece que o caminho não vai mudar muito… Pois vivem demitindo gente de chefia e trazendo novos em meio de projeto. Isso é catastrófico num planejamento de algo que tem que ser grande e ótimo.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Carlos Eduardo
28 dias atrás

O melhor comentário que vi em anos a respeito da situação atual da microsoft.

Sparrow81
Sparrow81
28 dias atrás

O nível dos First Party da PlayStation sou aumentam… Hoje estou mal acostumado em relação a isso. Quando olho para multis, sendo apenas poucos a rivalizar com os First Sony, fico com uma certa frustração… Quais jogos multiplataforma tem o cuidado dos FP da Sony? São poucos, muito poucos… E a cada lançamento da Sony eu vou lá e compro no Day One. O único jogo que fiquei decepcionado em comprar no lançamento foi Days Gone, que por incrível que pareça tá longe de ser ruim, mas não está no nível dos outros grandes.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Sparrow eu comprei recentemente o Days gone e logicamente tive que instalar uns 30 gb de patch, ai vem minha dúvida houve uma diferença muito grande? Em relação ao jogo quando foi lançado? Detalhe que adorei cada minuto do jogo recomendo a quem não tenha testado.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
28 dias atrás

Eu me irritei no lançamento… Vendi a minha cópia e comprei novamente pouco tempo atrás. terminei o jogo 1 mês atrás, com todas as atualizações instaladas e tive problemas de bugs ainda… Azar meu? Pode ser, mas não deveria acontecer né?

Os problemas que tive:

– Inimigos mortos e animais flutuando no cenário;
– Na parte que você acha o infectado na caverna, tive bug de inimigos parados na tela e não conseguia interação, não matava e não saía daquilo, tive que reiniciar do ponto de salvamento duas vezes…
– Erro de carregamento de texturas. As texturas não carregaram em uma determinada parte, que era missão principal. Reiniciei duas vezes do último ponto salvo para carregar as texturas…
– hordas congeladas… Uma vez na serraria os zumbis ficaram congelados. Tive que reiniciar do último ponto salvo para voltar ao normal.

Tudo isso atrapalha um pouco a experiência… Minha nota para o game é 7.5… só que a critica anda meio estranha ultimamente… Vi alguns dando mesma nota para esse jogo, que está longe de ser perfeito, e Battletoads, esse que considero uma afronta aos fãs de franquia (me incluo). Esses críticos estão sem método algum.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Eu também tive alguns desses bugs por isso perguntei, mas nenhum deles eu tive que reiniciar o jogo.
Eu achava que comparado ao lançamento e depois de baixar mais de 30gb de patch os problemas estariam resolvidos mas pelo visto não é chato mas ainda sim dou um desconto pela empresa que fez.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Daniel Torres
28 dias atrás

Sim. Dou um desconto por ser o primeiro grande jogo da empresa… A história é bem simples e até bobinha, mas isso pode ter sido uma escolha mais segura para primeiro game. A sequência pode explorar mais. Tem várias referências, até ao Hell’s Angels (nome de personagem) e Sons of Anarchy (na parte do casamento, a frase é exatamente igual em uma parte do seriado e TB referência ao protagonista da série, Jax). Como primeiro grande jogo tá muito bom.

Daniel Cardoso
Daniel Cardoso
28 dias atrás

Parece que o jogo do game pass foi por agua abaixo, não me admirava se cá na europa também fossem aumentar mais o preço, é caso para dizer a mama acabou 😑

https://www.eurogamer.pt/articles/2020-09-02-xbox-game-pass-e-live-gold-de-12-meses-ficam-mais-caros-no-brasil-e-america-latina?page=comments

José Galvão
José Galvão
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Hoje em dia a Sony tem a melhor rede de estúdios do mundo, isso é algo que não acontece da noite para o dia, demorou 25 anos para chegar onde chegou, com muito investimento, maioritariamente inteligente, e com o foco na importância dos exclusivos e como estes não só lhes evitou a falência como os projectou para o sucesso.

Isto é algo com o qual a Microsoft não consegue competir, deixou definhar a sua rede e mesmo com as recentes compras, vai demorar anos ou décadas para chegar ao nível da Nintendo quanto mais da Sony, não é por acaso tipo de estudio que têm comprado, na sua maioria têm o perfil perfeito para jogos do gamepass, a alternativa rápida face à tarefa dantesca de tentar apanhar a Sony e a sua armada de estúdios.

O gamepass é fruto de duas coisas, uma delas é a da corrida ao ouro cujo filão pode acabar, a outra é que é a unica forma de competir com a Sony, sendo a Series X o seu plano B, mas de nada serve dizer que se tem o melhor restaurante se depois não se tem chefs, e o cliente não pode viver só de omeletes e de congelados.

João Magalhães
João Magalhães
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Pra mim,os exclusivos são o bem mais precioso que um console ou qualquer outra plataforma pode ter e investir.

Pra mim é a essência dos consoles! Desde a guerra da Nintendo e Seja nas gerações 8 e 16 bits….De modo nenhum é uma ideia ultrapassada e acho que na próxima geração vai se tornar ainda mais importante e vital.

Por isso fiquei triste em saber que Horizon veio para PC e a Sony tem planos de trazer outros jogos…Isso pra mim meio que ameaça o mercado de consoles e sua essência,e retira o verdadeiro valor dos consoles

Não gostaria que o mercado de consoles acabasse,e penso que não se deve mecher em time que está ganhando só por causa de uns trocados a curto prazo.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  João Magalhães
28 dias atrás

Como eu disse acima: Depois da revelação da nvidia, para mim a sony é a pessoa que da sua munição para se matar, e para quem diz que ainda é cedo acabei de ver um vídeo de um americano falando que as pessoas já estão vendendo suas placas para comprar as novas nvidias, o que me leva a crer de novo que o standart desse gen vai ser pelo menos uma 3060 ou quem sabe uma 3070 que por si só já é mais poderosa que uma 2080 ti.
Ainda reforço com mais uma coisa, depois dessa revelação da nvidia a Sony mais do que nunca tem que segurar seus exclusivos só em sua plataforma porque senão é morte certa ao playstation a longo prazo.

bruno
bruno
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

OFF-TOPIC:

A nVidia confirmou que a nova SM da Ampere conta com 128 cuda cores (ao inves dos tradicionais 64).

Fazendo paralelismo com a RDNA, 1 SM da amprere corresponde a 1 WGP ou Double Compute Unit.

Isto faz com que:

RTX 3090 – 10496 cores – 82 SMs (82 DCUs)

RTX 3080 – 8704 cores – 68 SMs (68 DCUs)

RTX 3070 – 5.888 cores – 46 SMs (46 DCUs)

Para comparacao e fazendo equivalencia:

PS5 – 36 CUs (18 DCU)

Xbox Series X – 52 CUs (26 DCU).

Big Navi – 80 CUs (40 DCUs)

Paralelismo com a PS4:

PS4 – 18 Cu (9 DCUs)

Fury X – 64 Cu (topo de gama AMD) (32 DCUs)

Ainda continuam a achar que a situacao e a mesma?

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Sim.

https://www.eurogamer.net/articles/digitalfoundry-2020-hands-on-with-nvidia-rtx-3080

Sabemos que a RDNA esta quase a par com a rx 2070:
comment image

E claro temos isto:
comment image

O que nos indica que em raster a performance com a Ampere sera 1:1, no melhor caso.

No resto, provavelmente sera atras.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Fora o aumento de 50% em performance per what (ou seja pelo menos 1.5x para o mesmo hardware) a AMD falou em melhorias no IPC.

De quanto… falta ver. Mas e como digo… se a RDNA conseguiu apenas igualar a Turing, e a Ampere oferece imensa melhoria sobre a Turing a RDNA2, no melhor cenario possivel… sera equivalente ao raster da Ampere. Mais nao sera certamente.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
27 dias atrás

Do que serve essas comparações de consoles? Specs de papel? Tá subvalorizando todo o resto?

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

Na realidade, comparo GPUs e nao consolas.

E de que serve? Para ilustrar a posicao do Hardware face ao existente no mercado e a forma como cada vez mais nao so os saltos geracionais sao menores, como a potencia do hardware face ao que existe, nesta geracao, coloca a consola em pior posicao que a PS4 quando foi lancada.

error: Conteúdo protegido