Como estão os lucros da Nintendo, Microsoft e Sony?

Vamos analisar algumas das fontes de receita das principais empresas!

As receitas das diversas marcas são, naturalmente, diferentes. Uma base de utilizadores diferente, um conjunto de serviços diferentes, preços diferentes, ofertas diferentes, suportes a serviços diferentes, enfim, há uma série de factores que levam a que os valores mudem de empresa para empresa.

Vamos tentar analisar as receitas de cada uma das empresas, baseado nos dados disponíveis.

Eis então aqui alguns gráficos. Eles são propriedade da IHS Markit, uma empresa de estudos de mercado, e analisam o mercado em 2015, 2016, e 2017 (valores estimados dado que não há ainda resultados finais).

Vamos então ver:



O gráfico mostra as receitas das diversas empresas em 2015, 2016 e 2017 (estimado), relacionado com tudo o que o consumidor gasta em hardware, conteúdo para jogos e serviços relacionados com a plataforma e geridos pela empresa.

Note-se que plataforma implica todas as consolas da empresa!

E ele mostra dados curiosos!

Comecemos por 2015!

2015

A Nintendo com a sua Wii, Wii U e 3DS gerou em 2015 algo perto dos 6 mil milhões de receita, sendo que a Microsoft com a Xbox One e Xbox 360, gerou algo perto dos 12 mil milhões, e a Sony, com a PS4, PS3 e Vita, algo perto dos 18 mil milhões.

Em 2015 a louvar-se alguma empresa pelos resultados obtidos seria a Microsoft. Apesar de nesta altura a PS3 e a Xbox 360 possuírem o mesmo mercado, e a PS4 não estar ainda com uma margem de vendas 2:1, a realidade é que as receitas da Microsoft eram bastante mais elevadas. Este foi aliás um tema já abordado na devida altura aqui na PCManias, e onde davamos a conhecer que a gestão da Microsoft estava superior à da Sony!

2016

Em 2016 vimos basicamente uma quebra da Nintendo para alto perto dos 4,9 mil milhões. A Microsoft também cai para perto dos 11 milhões! Já a Sony sobe para algo perto dos 19,5 milhões (A IHS faz referência a este valor em específico, referindo-o como 19,7 mil milhões)!



Num gráfico mais detalhado, eis as receitas que advieram de cada uma das consolas:

A Sony conseguiu 17,8 mil milhões de receita só com a PS4, sendo que a Microsoft obteve 9.1 mil milhões com a Xbox One. A 3DS foi a consola que mais receitas obteve para a Nintendo. As restantes receitas advieram das outras consolas no mercado.

2017 (Valores esperados)

De acordo com as previsões feitas por esta empresa, e que precisam ainda de ser revistos face à realidade, 2017 vê nova subida da Nintendo, em parte pelo lançamento da Switch, indo para os 5 mil milhões.

Certamente os valores serão bastante superiores, uma vez que o sucesso da Switch bateu todas as expectativas que se poderia ter em Março de 2017, altura em que esta previsão foi feita

Quanto à Microsoft, o previsto em Março é que não altera basicamente nada as receitas de 2016. Não sabemos tambem se aqui já se contabilizava as receitas de uma One X a 500 euros (note-se que falamos de receita e não lucro).

A Sony é a única que se prevê que volta a subir as receitas, passando para perto dos 21 mil milhões e pela primeira vez aproximando os seus valores face à Microsoft daquilo que é a diferença na base de utilizadores, o 2:1. No entanto há ainda que se referir que dificilmente qualquer previsão de 2016 poderia esperar os valores recorde alcançados pela Sony quer nas vendas do periodo de Natal, quer nas vendas anuais, no número de utilizadores que pagam PSN e na venda de jogos.

Para que se perceba melhor como esta previsão pode estar a falhar, 2017 foi o melhor ano da história da Sony a nível de receitas da divisão de jogos! E isto não sei se seria previsível tomar-se em conta na altura!

Daí que será muito interessante ver estes dados quando forem actualizados em meados de 2018, mas mesmo assim o estudo para este ano é interessante pois mostra a evolução estatisticamente prevista perante os resultados dos anos anteriores.