Criadores indies revelam uma possível mudança de tendências

As plataformas preferenciais dos criadores Indie poderão estar a mudar.

Apesar de tal ser um exercício meramente teórico, se és um amante dos videojogos, coloco-te a seguinte questão:

Imagina-te a desenvolver um jogo Indie. Que plataformas tentarias alcançar para rentabilizar o teu jogo? Certamente todas! Mas qual seria a tua preferencial? Qual delas acreditas que seria aquela para a qual deverias lançar prioritariamente de forma a venderes o teu produto?

As respostas poderão variar, mas cremos que uma delas seria basicamente consensual como a preferida… As plataformas móveis! Afinal são aos milhares, todos os dias, as notícias de lucros e mais lucros nesse mercado.

Onde a resposta poderia variar seria em qual plataforma querias menos desenvolver. Aqui certamente seria a plataforma que menos lucros traz, um dado que não temos plenamente.



Mas creio que se me perguntassem assim de cabeça quais acreditava serem as plataformas preferidas pelos criadores, pensando na actividade do mercado e receitas (não dos detentores das plataformas, mas dos criadores de software que nela operam), era capaz de responder:

(Note-se que não estamos a falar de suportar a plataforma ou não, pois isso há interesse em todas, mas apenas falamos de numa situação teórica de terem de escolher uma, e apenas uma delas, como aquela onde  lançaria o seu produto, tomando em conta tudo que isso acarreta, nomeadamente alcance, lucro, e possibilidade de vendas!

Eis então a resposta que eu daria!

1 – Plataformas móveis
2 – PC
3 – Nintendo Switch
4 – PS4
5 – Xbox

Pois bem, a realidade é que essa questão foi mesmo colocada a 61 empresas criadoras de jogos Indies. “Se apenas pudesses lançar numa das plataformas existentes, qual seria?”.

Vamos ver as respostas da menos popular para a mais popular:

As respostas surpreendem:

5 – Xbox

A plataforma menos popular é… A Xbox. Obteve 1,6% das respostas, ou seja, apenas 1 dos 61 criadores referiu preferir esta plataforma como a principal!

Esta percentagem não surpreende e explica-se facilmente. Apesar da sua grande popularidade junto ao público, as consolas são plataformas onde os detentores das plataformas ficam com grande parte das receitas, não as tornando as preferidas para jogos de baixo custo. Acrescente-se a isso a popularidade dos indies junto dos utilizadores da plataforma e o mercado alcançado e ritmo de crescimento e percebe-se esta resposta que, aliás, coincide com a previsão feita inicialmente.

Relembre-se porém, mais uma vez, que não estamos a falar de o editor suportar ou não a plataforma, mas sim e apenas de a ter como preferencial no lançamento (a que se lançaria se só se lançasse em uma plataforma).

Mas é aqui que começam as surpresas… é que em penúltimo lugar, com 6.6% ou 4 preferências dos criadores ficaram… as plataformas móveis!

4 – Plataformas Móveis

Como viram na minha resposta, acreditava seriamente que esta plataforma seria a nº 1, daí que esta posição foi uma surpresa (apesar que certamente com uma amostra maior esta posição mudaria ainda há muitas empresas, especialmente as mais pequenas, a apostar nestas plataformas). Na minha perspectiva a Playstation apareceria aqui.



Mas apesar da surpresa, e reflectindo um pouco sobre o porquê desta escolha, acredita-se que se percebe o motivo desta situação! O mercado móvel pode, e dá certamente, muito dinheiro, mas está de tal forma saturado que se torna difícil ter sucesso no mesmo. Diga-se que perante tanta oferta a maior parte das pessoas nem toma conhecimento da existência de determinados jogos, por muito bons que sejam.

Aliás, jogos pagos nestas plataformas são problemáticos uma vez que o mercado móvel cada vez mais lida com jogos gratuitos e micro transações. E se estas geram mais dinheiro que as vendas, são mais dependentes do que nunca da populariedade da app, a não ser que se opte por compras quase obrigatórias que não são a forma ideal de se captar os jogadores. É um mercado problemático e complexo.

Daí que com esta amostra mais reduzida e selectiva, o resultado até se compreende.

Apesar de tudo, não posso deixar de esconder a minha surpresa pois esperava encontrar este mercado numa outra posição e não em penúltimo!

Logo de seguida, surge então a… Playstation, com 11.5% ou 7 preferências!

3 – Playstation

Devido à questão das plataformas móveis, a PS4 surge um lugar acima do que esperaria. Como referido na Xbox os detentores deste tipo de plataformas retém parte dos lucros das vendas, o que torna a rentabilidade de jogos Indie baratos muito difícil. Apesar da popularidade da Playstation, que pode contrariar um pouco isso, os jogos Indie são nestas consola (PS4 e Xbox), um nicho de mercado e não a norma.

Em segundo lugar, e também um lugar acima do previsto. temos a incontornável Nintendo Switch com 32,8% ou 20 preferências.

2 – Nintendo Switch

Esta situação não admira e era esperada, sendo que apenas fui traído pela resposta às plataformas móveis. A Switch pode ter os mesmos problemas da PS4 e Xbox a nível de receitas do detentor da plataforma. Mas não só aqui a plataforma é emergente e em crescimento, como é a plataforma ideal para estes jogos ao se misturar com o mercado movel, mas com um público alvo que aceita que aqui os jogos não são dados de graça, mas vendidos a bons preços (para quem vende).

1 – PC

Dada a queda das plataformas móveis, O PC ocupa aqui a primeira posição, e com uns extraordinários 47,5% das preferências, ou 29 preferências.

A facilidade de desenvolvimento, a existência de plataformas como o Steam, e a crescente popularidade da mesma tornam o PC uma referência para este tipo de jogos. E isso não surpreende!

Basicamente a minha previsão não andava longe da realidade, sendo que a minha grande surpresa foi a posição das as plataformas móveis que aparecem num lugar que consideraria inimaginável.

Poderão estes produtores estar a dar indicações que o mercado e a aceitação das plataformas móveis poderá estar a mudar de alguma forma?

 



Posts Relacionados