Foi finalmente mostrado mais um jogo a correr no hardware da Xbox série X

5 3 votes
Avalie o nosso artigo

Trata-se de Dirt 5, anteriormente já mostrado na Série S.

Pela primeira vez foi mostrado um jogo não Indie a correr numa Xbox série X. Trata-se do multiplataforma Dirt 5.

Infelizmente Dirt 5 está longe de ser um colosso gráfico. Mesmo face ao que temos na actual geração de consolas, Dirt 5 falha em surpreender. É graficamente datado e um jogo que não impressiona, um jogo Cross Gen, e que não possui nenhuma novidade gráfica na nova geração. Daí que as considerações que vamos tecer face ao mesmo afetam todas as consolas, incluindo a versão do mesmo na PS5.

Nesse sentido este jogos está longe de ser o jogo net gen que desejávamos ver a correr na Xbox série X, mas no entanto é melhor que nada.

Eis detalhe dos modos de jogo segundo o Red Gaming Tech (e no fim perceberão porque motivo não usamos a Digital Foundry como referência):



4K Visuais

Um modo a 4K que puxa pelo grafismo e que corre sem limites de FPS. Segundo as análises o jogo neste modo usa resolução dinâmica com os fps a variar entre 30 e 50 com média de 40. Mesmo neste modo o jogo não é nenhum colosso visual mas a resolução varia entre 1440p e 2160p..

4K performance

Aqui os 4K 60 fps são garantidos com pop ins de sombras e texturas, e uma resolução dinâmica ainda mais agressiva que não cola aos 60 fps. No global há cortes genéricos no detalhe.

Modo performance (120 Hz)

Aparentemente aqui o jogo suporta 4K a 120 fps, apesar que sem o HDMI 2.1 a maior parte das pessoas jogarão este modo a 1440p. O modo consegue estes FPS à custa de bastante fidelidade visual, com muita coisa a desaparecer de cena, e um corte agressivo no pormenor, como árvores, público e mesmo detalhe dos carros. O popin é maior que nunca. O jogo desce aos 1080p e até vai abaixo disso.



Como é possível perceber-se o jogo está longe de ser um deslumbre gráfico. Mesmo quando comparado com o que se faz de melhor na atual geração o jogo deixa a desejar. Dada a ânsia de ver a Xbox série X a correr algo que demonstre todo o seu potencial, este está longe de ser o tipo de jogo adequado a isso.

A piorar a coisa, por problema de motor ou outro, o jogo apresenta algum stuttering, e acima de tudo uma enorme quantidade de tearing, o que visualmente não é nada agradável, mostrando que claramente ele nem tira partido do VRR e das capacidades da consola de eliminar estes problemas.

As duas situações são visíveis no pequeno trecho abaixo:

ou nesta foto, onde o “tearing” é claramente visível:



Na nova geração, o que se espera dos jogos de carros são visuais ainda mais deslumbrantes, mas acima de tudo grandes multidões, grandes quantidades de veículos, físicas avançadas e realistas, etc… E este jogo… não tem nada disso. Está aliás bastante longe da qualidade de um Forza Horizon 4 ou um Driveclub, ou mesmo de alguns dos Dirt anteriores.

Deixo-vos com o video de comentário do Cherno sobre o jogo:

Curiosamente o Cherno refere no final do video que sabe que a Digital Foundry fez um video sobre este jogo, e apesar que não o viu, viu o do Halo e discorda com mais de metade do que é dito pois não faz sentido do ponto de vista técnico.
Nem ele imagina que neste jogo a DF tratou-o como se fosse a “oitava maravilha do mundo”.



E certamente agora percebem um dos motivos pelos quais a DF nos deixou de merecer confiança!

O certo é que este jogo está a correr na série X… mas não representa de forma alguma o que se acredita que a série X pode oferecer. Porque motivo não se mostra nada superior a isto… é um mistério que a menos de 25 dias do lançamento da consola ainda persiste.

A realidade é que tudo parece apontar que as pessoas vão receber uma consola anunciada como a mais poderosa de sempre, e na qual nunca viram nada a correr senão um Indie, e um jogo que dá mau nome à Codemasters.



5 3 votes
Avalie o nosso artigo
guest
57 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marco Antonio Brasil
11 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Excelente Mário. Eu sinceramente acho uma pena que o primeiro jogo “nextgen” a aparecer na SX esteja tão fraco. Fica a clara impressão de que, mesmo sendo crossgen, dava para sair algo melhor.
Agora fiquei curioso pela análise das versões ps5 e PC do Dirt 5.
Uma coisa que chama a atenção, acho que a única análise que não fez essas mesmas críticas foi a da DF… 🤔

PS: Isso porque o jogo tem o selo “Optimized Series X” loool

By-mission
By-mission
Responder a  Marco Antonio Brasil
11 dias atrás

Eu, eu tenho uma dúvida. E não é fazer tretas é só uma dúvida mesmo.
Se a séries X para fazer os tão alardeados 120fps (a própria Microsoft vive dizendo isso) desse abaixo dos 1080p a séries S faz o quê? 540p120fps?
E uma dúvida genuína, o que faz a séries S quando a console mais poderosa do mundo peida para rodar um jogo crossgen?

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  By-mission
11 dias atrás

Foi o que pensei com Yakuza 7. Se foi necessário reduzir a resolução até 1080p no SeriesX para correr em 60fps constantes, os 900p no SeriesS certamente não serão suficientes para manter 60fps constantes. Talvez reduzirão para 720p ou menos.

Mas na prática creio que tal cenário não ocorrerá no SeriesS. Vão divulgar 900p a 60fps, sendo que certamente o jogo apresentará várias quedas de desempenho, assim como no modo 1440p 60fps do SeriesX.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Carlos Eduardo
11 dias atrás

Não é a toa que não estamos vendo praticamente nenhum tipo de propaganda, comparativo ou demonstração de jogos na SS…

Deto
Deto
Responder a  By-mission
11 dias atrás

eu acho que os 120fps é pq a MS quer xcloud no celular.

120fps para minimizar o lag, mas fica com gráfico e celular… mas como é “para jogar no celular”, tá tudo ok.

Halo infinite
Dirty

São exemplos de jogos que foram pensados para xcloud no celular… para que “textura de cor diversa” em jogo de celular com compactação de streaming?

o Dirty tem tanto compromisso com a MS que chegou não implementar Cross save no PS5-PS4 para poderem fazer FUD do PS5 que “não vai suportar save de PS4 nem na retro”…

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Marco Antonio Brasil
11 dias atrás

Exatamente Marco.

Muitos estão argumentando que o jogo é multiplataforma, o que é verdade. Mas se esquecem que a Microsoft escolheu este jogo a ser mostrado na sua consola, e com marketing de “Optimizado para o Xbox Series X”.

Optimizado onde? Jogo de corrida em 4k dinâmico com média de 40 fps? Todos sabem que jogos de corrida em geral não são tão exigentes de hardware.

Ontem vimos uma gameplay de Assassin’s Creed Valhalla, que achei bonito. Certamente estava a correr em um PC. Estou bastante curioso para ver como este jogo vai correr “optimizado para o SeriesX”.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Carlos Eduardo
11 dias atrás

Corrigido acima via edição.

Marco Antonio Brasil
Responder a  Mário Armão Ferreira
11 dias atrás

Considerando a resolução e dps dinâmicos, não vês possibilidade de o jogo ter desempenho pior ou melhor noutras plataformas? Não coloco isso com intenção de rebaixar o SX, é uma curiosidade mesmo, atiçada pelo famigerado selo “Optimized Series X”.

Fernando Molina
Fernando Molina
11 dias atrás

Pelo jeito a Microsoft apostava todas suas fichas no Halo Infinite mesmo tanto que a caixa do console tem um Master Chief gigante na parte de trás, sem plano B, vacilo da Microsoft, vacilo feio da 343i, certeza que cabeças vão rolar

Livio
Livio
Responder a  Fernando Molina
11 dias atrás

Isso era previsível, se for verdade que aquela build era do início do ano eles já sabiam da real qualidade do jogo e estavam a mais de 6 meses do lançamento do console, tempo mais que suficiente para alterar a arte.

Por isso tem duas alternativas:

  1. Ou a MS esperava um milagre na etapa final fazendo o jogo melhorar da água para o vinho
  2. Ou a MS queria mesmo lançar o jogo naquela qualidade e não esperava a chuva de críticas o que neste caso não deu tempo de modificar a arte.

Até mesmo a demonstração da unificação da Dash eles colocam Halo Infinite como um dos primeiros jogos

Agora não me cai na cabeça era o fato deles optarem por lançar o jogo naquele estado, o Phil não sabe ver as diferenças de qualidade???

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Livio
11 dias atrás

Eu acho que se não fosse a chuva de reclamações e memes pela internet, eles lançariam o jogo daquele jeito mesmo e depois iam remendando com patches, ainda bem que os verdadeiros fãs de Halo reclamaram

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Livio
11 dias atrás

Lívio, falando sério mesmo: olhando para o histórico recente da Microsoft, você acha mesmo que ela está preocupada com qualidade? É muito óbvio que ela iria entregar o Halo daquele jeito e só voltou atrás pela avalanche de críticas. Virou chacota mundial! Eu me supreendo como as pessoas são esperançosas e acham que mesmo a MS mostrando claramente o caminho que está tomando há algum tempo, ainda acham que será diferente no futuro. Ilusão pura.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Livio
11 dias atrás

O que mais me surpreende são as pessoas não aprenderem e continuarem criando hype.

Sei que tanto Sony quanto Microsoft tem histórico de mostrar trailers avassaladores, e gameplays muito abaixo da realidade. Da Sony podemos lembrar por exemplo de Motorstorm lá na PS3, e da Microsoft o mais recente exemplo do trailer de Halo Infinite em 2018.

A Sony pelo visto aprendeu a sua lição, e embora existam discussões sobre eventuais downgrades, indiscutivelmente estamos vendo gameplays ou trailers in-engine a correr, que nos apresentam o jogo. Já no caso da Microsoft, contrata-se a Blur Studios, produz CGIs que nada tem a ver com o jogo, e logo na primeira gameplay recebemos o choque de realidade.

Quando vejo as pessoas divulgando imagens e criando hype com CGIs de Fable e State of Decay 3, me questiono como que até hoje ainda não entenderam esse conceito básico, e fazem questão de se enganarem.

Deto
Deto
Responder a  Carlos Eduardo
11 dias atrás

É que no xbox sobrou dois tipos de pessoas:

Fanboys lunáticos, que hypam qualquer coisa… CG feita por outro estúdio de um jogo em pré produção.

Niveladores que querem “equilibrar as coisas”, nesse tipo a gente nunca sabe se é um fanboy disfarçado ou um nivelador mesmo ou está sendo pago esperando receber um xbox SX igual recebeu um xbox one x.

Ai temos isso ai, a MS sem nenhum jogo para mostrar nova geração e ninguém fala nada, mas a Sony os caras olham cada pixel na tela com zoom de 800x para achar defeito.

O problema mesmo é os caras pagos… tem youtuber BR famoso que andou falando que queria um xbox sx de graça da MS, igual ganharam xbox one x….

advinha? o sujeito ficou contando passos do boneco na escada do Ghost para falar que era um lixo bugado, uma semana depois “jogando Grounded, jogo IRADO de sobrevivência”

E basta o publico dele ter acesso a um “expose” desse sujeito e ter um pouco de visão critica para o cara já se queimar… Imagine quem gostou de Ghost e jogou, assina o canal desse youtuber ai… vê ele detonando o jogo e uma semana depois falando de grounded de celular como “Irado”

Trevisan
Trevisan
11 dias atrás

Literalmente bem atrás do FH4 em quesito gráfico. A Xbox para começar a geração, está começando com o pé esquerdo !

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
11 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Quem fez a análise na Digital Foundry foi o Thomas Morgan, o mesmo Sr. que analisou Demon’s Souls Remake. Interessante que no jogo da Sony, ele mencionou não ter visto Ray Tracing, sendo que vários outros apontaram Ray Tracing, como o Sr. Mário aqui do Pcmanias, o NXGamer, e outros. Já com Dirt 5, ele nem sequer mencionou sobre Ray Tracing durante a sua análise.

E a análise do Cherno foi um brutal choque de realidade. Não adianta a Digital Foundry analisar os jogos mostrando apenas as melhores capturas e buscando evidenciar ao máximo os pontos positivos dos jogos. O público no geral tem senso crítico, todos estão vendo um jogo com problemas e que nem por 1 segundo apresenta um visual que nos lembre estar a correr em uma consola next-gen.

Fazendo uma analogia, seria o mesmo que os jurados do The Voice Portugal elogiarem um cantor, sendo que o público o ouviu cantar e percebeu claramente que o cantor não é bom o bastante. Então de nada adianta os jurados realizarem malabarismos com os argumentos, o público viu e não gostou.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Eduardo
11 dias atrás

Eu vejo a Digital Foundry perdendo cada vez mais relevância na indústria. As pessoas não são burras e outros profissionais andam fazendo um trabalho melhor, sendo imparciais.
Eles meteram o pau na Sony diversas vezes, pois queriam o console! Imagina a quantidade de views e divulgação que teriam fazendo o Teardown do console da Sony? É algo enorme! Só que eles cometeram falhas no passado recente, que com certeza deixou os japoneses não muito felize e agora a Sony tá fazendo o trabalho todo, sem dar mais nada para eles. O recado é claro: “Quem precisa de ajuda são vocês, nós, Sony, não precisamos de suas análises e sabemos divulgar nosso produto”.

Deto
Deto
Responder a  Sparrow81
11 dias atrás

reparou as cutucadas do Cherno?

“eu não vivo disso, não preciso elogiar nada para receber coisas de empresas”

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Deto
11 dias atrás

Claro. Cherno fala a real, pois não depende de views e ter que ficar se prostituindo pra empresa x ou y! A digital foundry anda mto tendenciosa e eu já não levo mais em consideração praticamente nada do que falam.

Rui
Rui
11 dias atrás

Eu tenho confiança total na DF, tinha quando começaram, tinha quando faziam videos da ps4 a correr vários jogos melhor que a xbox one e continuo a ter agora, eu adoro os videos deles.

O Dirt 5 não acho nada de especial, e pouco mais se viu é verdade, mas do lado da Sony também não vimos nada de extraordinário ou vimos? Eu se calhar vi mas já não me lembro.

Livio
Livio
Responder a  Rui
11 dias atrás

Não chega a ser extraordinário mas do lado da Sony vi jogos rodando no hardware há mais tempo e TODOS com RT, se Spider, Demons, Ratchet e até aquele gameplay do GT7, agora do SX só 3rds e sem o RT que tanto hyparam nos meses antecedentes ao anuncio do SX

Rui
Rui
Responder a  Livio
11 dias atrás

Livio, só para te relembrar, o SM é um jogo de 2018, o demon souls é um jogo de 2009, o ratchet é tirando os portais o mesmo jogo de salvo erro 2016 e o gt7 é a mesma build de 2015?

Todos os jogos que falaste estão tirando o ratchet por causa dos portais na consola da geração anterior, não viste nenhum jogo next gen a sério para já com o RT que falas, tudo remakes ou jogos da gen passada.

Essa questão dos jogos da SX, a consola vai ser lançada em menos de um mês os jogos vão lá estar, como vão correr não faço a minima ideia, cá espero pelos comparativos tranquilo.

Livio
Livio
Responder a  Rui
11 dias atrás

E agora remake não vale a pena? Lembrando que é remake e não remaster, parece que o pessoal do Xbox tá esquecendo a diferença dos 2. Demons do PS5 não tá valendo porque é um jogo de 2009??? Mas teve hype do pessoal do Xbox para o Phantom e deu no que deu (acho que é aqui que confundem remake com remaster)

E mesmo sendo jogos da Gen passada estão rodando no hardware novo, com melhorias que não podem ser feitas na atual e o resultado deles está melhor que o hardware com 18% a mais de poder.

O trailer do NBA 2021 saiu semana passada e a versão PS5 surpreendeu. Como foi um trailer com pedaços de gameplay não cheguei a ver críticas negativas(exceto de conhecidos users de outro sítio que defendem bem um lado) mas vi diversos elogios

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rui
11 dias atrás

Então estamos muito mais mal servidos com o SX do que imaginava… Se o PlayStation apresentou coisas bem comuns e tudo possível na atual geração, imagina do lado do que Xbox… Dirt tem trechos que parecem tirados da geração 360/PS3. Imagino como deve ser achar isso evolução alguma. Pff

Rui
Rui
Responder a  Sparrow81
11 dias atrás

Tu não vais estar mal servido, já anunciaste aqui várias vezes que vais comprar a ps5, foram tantas que até poderia ficar na duvida se vais comprar uma para cada divisão da tua casa.
O Dirt que falas também vai sair na ps5 estás a querer dizer que o Dirt 5 na ps5 é maravilhoso e na SX tem partes da geração x360/ps3?

Se isso for verdade então a PS5 é sem duvida alem de um monstrengo em tamanho é um monstro que come monstros que come monstros ao pequeno almoço.

Deto
Deto
Responder a  Rui
11 dias atrás

é melhor falar do pessoal e ignorar o ridículo que o xbox sx é, não é?

O que interessa o console que o cara ai vai comprar diante do FATO do xbox só ter mostrado jogo de celular?

é ridiculo vc vir aqui falar mal dos jogos do PS5, que não são nada d+

Se demons souls com RT e aqueles gráficos não é nada d+, Halo Infinite é o que?

jogo da Cobrinha do celular nokia de 1998?

os fãs de xbox tem o mesmo problema da MS, só gosta de falar dos outros e não se enxergam.

Rui
Rui
Responder a  Deto
11 dias atrás

Ridiculo é ter de ler os teus comentários especialmente quando eu sou o visado, só nessa tua cabeçinha pequenina é que cabe que a xbox só vai ter jogos da cobrinha, mas fazer o que, é um caso perdido.

Eu nunca mais vou te fazer um reply, gostaria da mesma cortesia do amigo Deto para comigo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Rui
11 dias atrás

Óbvio que vou comprar o ps5, é o único console com algum vislumbre de nova geração. Xbox não tem absolutamente nada a rodar satisfatoriamente.
Dirt sai para ps5, realmente não sei como vai estar, mas confesso que meu hype é zero para esse game depois do mostrado. É uma questão de não comprar o que julgo ruim, entende?
E se o ps5 não tem nada de especial, o fato é que no SX está muito pior então, pois promoveu um jogo com trechos que lembram o 360 como um grande lançamento para próxima geração. Vou eu me interessar por isso? Só se eu fosse louco!
Que prefiro PlayStation é óbvio, assim como a maioria. Mas há uma diferença abismal em preferir uma plataforma e ser um cego militante. Isso nunca serei! Se a Sony tivesse feito com Playstation a metade do que a Microsoft fez com Xbox, aqui em casa era da porta para fora! Não sou obrigado a consumir lixo!

Rui
Rui
Responder a  Sparrow81
11 dias atrás

Considerar lixo “pessoas ou marcas” vai contra as regras do site.

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
11 dias atrás

E, mais fabuloso é ainda, que o ultimo Dark Souls saiu em 2015 e disseram que não iam fazer mais nenhum 🙁

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Sparrow81
11 dias atrás

Caramba então mes que vem vai chegar aqui em casa uma caixa de lixo, que coisa, sou consumidor de lixo droga kkkkkk

Andrio
Andrio
Responder a  Rui
11 dias atrás

Com certeza a geração atual conseguiria fazer essa transição de um lugar fechado para o mundo aberto que nem no video no SM de 2018…

https://www.youtube.com/watch?v=2RzcpdYAQGc&ab_channel=GameInformer

nETTo
nETTo
Responder a  Rui
11 dias atrás

Comentários como este seu aqui mostram muito de sua militãncia quanto ao Xbox, vc desdenha jogos que nunca jogou e os compara com outros que talvez nem tenha visto de perto, algo que e desculpe-me com atencipação, soa desonestidade.

Spiderman é um jogo de 2018, o Remaster que rodara em 4K/60fps/Raytracing com muitos assests melhorados é de 2020, Demons Souls é um jogo de 2009, o Remake o qual refaz toda a parte visual e renova algumas animações sem falar que tem igualmente a Spider modos em 4K/60fps/Raytracing é um jogo de 2020. GT7 vc comparar com trailers de 2015 é brincadeira né e o Ratchet que mesmo que tivesse o mesmo visual do PS4, coisa que não é verdade, ainda vem com todas as novas features de nova geração.

Sinceramente eu espero este tipo de comentário de fanboy assumido, não de isentões igual a vc Rui

Livio
Livio
Responder a  Rui
11 dias atrás

E do que eu conheço da MS não mostrou é porquê não tem, não vai ser até dia 10/11 que irão mostrar, quando algo a está a prejudicar ela logo lança explicações.

Uma simples revelação do Dual Sense a MS veio a colocar panos quentes com o controle do Series;
Uma alegação de aquecimento a MS logo veio a dizer que não era tão diferente do One X

Agora o importante de um console, jogos, há meses a MS não rebate as cobranças de jogos rodando no XSX, seja com ou sem RT.

Deto
Deto
Responder a  Livio
11 dias atrás

E o phill já foi dar entrevista falando de sair ou não sair jogos no PS5 da Bethesda.

obviamente se ele tivesse jogos para mostrar, teria mostrado e não ficar dando entrevista.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Deto
11 dias atrás

Ele foi provocado na entrevista! Perguntado se depende de outras plataformas para recuperar o investimento na Bethesda, ele disse que não! Que com xcloud, Xbox e gamepass se paga o investimento.
O que a maioria fez? Distorceu, falando “Phill Spencer bate o martelo, os jogos da BETHESDA não sairão para PlayStation!”
Tá fácil ser “jornalista” hoje em dia.

Deto
Deto
Responder a  Livio
11 dias atrás

se a MS mostrou CGs sem datas, os jogos nem começaram a produção.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Livio
11 dias atrás

Mesmo que Halo estivesse em outro patamar @livio ainda assim acho muito pouco para combater as vendas iniciais de um PS5 com um apelo muito forte que a Sony trouxe para o PS4,a Mic ao meu ver tinha que estar massacrando a Sony tanto em conteudo third como first e ta acontecendo o contrário,
Eu não entendo,sei que os jogos virão,mas tem que vir rapido e tem que vir com qualidade,essa foi a chave do sucesso da Nintendo e da Sony,

Daniel
Daniel
Responder a  Ewertom
11 dias atrás

Há que se louvar a Sony aqui. Ela nem se esforçou quanto a conteúdo first party, e já demonstrou ter jogo para até o final de 2021 tranquilamente.
Demons Souls e Spider Man MM para 2020
GT 7 e R&C para Q1/Q2 de 2021
GOW 5 e HZD 2 para Q3/Q4 2021.
Isso sem contar jogos menores que podem surpreender, como Godfall e Returnal e exclusivos temporários Xbox Game Studios como Deathloop e o jogo do Mikami que parecem minimamente bons. Pode não ser excelente, mas longe de ser uma line up ruim como a do Xbox, que deve perdurar esse marasmo até final de 2021. É melhor ter quase nada, do que não ter coisa nenhuma kkk.
Uma coisa que alguns criticaram a Sony no Ps4 foi a grande diferença entre apresentação/lançamento de seus jogos. O que mais assusta é que nem isso a Microsoft está conseguindo fazer; parece que não têm gameplay nem para causar esse tipo de “hype”. Talvez agora, com a Bethesda eles consigam apresentar agora, só que estão um pouco atrasados não?

Ewertom
Ewertom
Responder a  Daniel
11 dias atrás

Com certeza amigo @Daniel a Microsoft tem que ter conteudo e conteudo de altissmo padrão,a Sony ta ai mostrando como se faz e nada da Mic acordar, do jeita que esta demontra desorganização total,retro isso retro aquilo.Quero jogo novo.🤦‍♂️

Rodrigo
Rodrigo
11 dias atrás

Realmente não dá para entender porque a Microsoft até agora simplesmente não mostrou nenhum jogo, nenhuma demonstração sequer que mostrasse do que o Séries X é capaz. Esse Dirt 5 parece o Dirt 4 do Xbox One apenas correndo em uma resolução maior. Com certeza o hardware do Séries X é capaz de entregar muito mais que isso. As vezes eu acesso o canal do Xbox no Youtube para ver se aparece alguma mísera demonstração de algum jogo feito para o Séries X, mas até hoje incrivelmente nada. Nem parece que a empresa está prestes a lançar uma nova geração de console.

Fernando Cardoso
Fernando Cardoso
11 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Bem, eu estava a ponderar adquirir uma TV 4K a com suporte HDMI 2.1.
Mas com o que vi neste artigo, parece-me que os 120 fps ainda são “muita areia” para as consolas da nova geração.
Para já irei manter a minha TV 4K 60 fps e esperar que ao longo da geração se consiga 120 fps sem tantos compromissos.
Alguém sabe se o Gran Turismo 7 vai ter um modo de 120 fps? Pelo que vi é só 60 fps.

Deto
Deto
11 dias atrás

Vou corrigir o que eu afirmei aqui e pela internet.

Em primeiro lugar a DF puxa o saco de quem “paga” ou libera conteúdo exclusivo pra eles, que é o mesmo que pagar.

agora sobre quem participa lá:

Richard é fanboy do xbox, tá sempre diminuindo ou ignorando as vantagens do PS5 e hypando bobagens do xbox. A última foi “usb 10gbps vs 5gbps para HD externo carregar jogos da retro, e wifi 6 vs wifi 5 não importam para PING on line, mas deixa eu falar como é avançado e lindo a placa mãe dividida em dois e o xbox sx”
fonte: video da DF do teardown do PS5.

2013 “a diferença entre 900p e 1080p é pequena, se seus amigos estão na live ou vc gosta do controle, não tem pq deixar de usar o xbox para esse jogo”
2019: “resolução é tudo, não tem mais nem menos”
2020, depois do Halo Infinite 4k “fake dinamico” com gráfico de celular: “4k nativo é bobagem e vou escalar o Alex para correr e dizer que é so um patch de RT que melhora tudo”

Alex:

“halo infinite é so botar patch para RT que fica bom”, jogo foi adiado sem nova data.
“SSD só serve pra loading e não melhora nada em jogos de mundo aberto”

Agora a “DF” inteira puxa o saco sempre de alguém que libera coisas para eles….

Posso garantir que se a Sony não tivesse liberado 10h antes o vídeo da UI do PS5, teriamos alguém da DF dizendo que “não é interessante” mas como a Sony liberou pra eles antes, “é game change”

Não me importaria se eles fossem tendencioso ou vendidos; as duas coisas juntas não dá.

O John é o unico que presta lá, não procura cabelo em ovo para falar mal de X e hypar groselha do Y e não é pczista masturbador recalcado que tá sempre tentando diminuir os consoles e principalmente quem lidera, no mínimo, tecnicamente em gráficos em jogos pq não “roda no meu master raice com 3090 de 3 mil dólares”.

off: o Alex já estava chorando no twitter pedindo para lançarem um patch para Gears 5 ficar melhor no PC com 3090 do que no xbox SX…. que cara recalcado, corre na internet chorar quando o master raice dele não é o melhor gráfico do mundo…. Duvido que ele jogue Gears 5 agora, o que ele quer é fazer um video para mostra como o PC dele com 3090 tá rodando melhor que o xbox SX.

nETTo
nETTo
11 dias atrás

Um game que humilharia esse Dirt5 aí no PS5 tanto em resolução quanto em performance CASO tivessem otimizado ele pro novo hardware, seria Driveclub.

O jogo é insano na qualidade gráfica, com todos os efeitos que a altura geracional pedia. Meter ele em 4K 60fps, coisa totalmente possível no PS5 faria desse Dirt5 uma piada de mau gosto.

José Galvão
José Galvão
Responder a  nETTo
11 dias atrás

Agora que falaste no Driveclub, fiquei a pensar se esse jogo não poderia chegar aos 60fps com o boost mode da PS5, era tão bom.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
11 dias atrás

A minha dúvida é, poderão possíveis problemas com os devkits criar uma disparidade tão grande entre os jogos que vimos da SX com os da PS5? E não estamos a falar de jogos indie, mas de um jogo first party, Halo, e outro de uma companhia com bastante experiência, Dirt5.
Lembro-me que antes de se ver algo do Halo o Phill Spencer andava a dizer aos quatro ventos que íamos ver o poder da nova geração nesse jogos, e foi o que se viu. O Dirt 5 é um jogos supostamente optimizado para a SX, e é o que é.
Como disse o Cherno, “Onde estão todos esses Tf?”

Ewertom
Ewertom
11 dias atrás

É impressão minha o jogo tá atrás do que até o estupendo Dirt Rally 2,não da pra entender o que se passa neste jogo,se esta igual em todas a plataformas o problema esta na Codemaster,não entendo,sempre foi um estudio brilhante tecnicamente em jogos de corrida e solta isso.Não da pra engolir,ta ruim mesmo.
A Mic apostou suas fixas em Halo Infinite e deu no que deu,sou da mesma opnião do user Fernando Molina,e quer nos vender o quê.t de sacanagem,arruma o Halo Microsoft e ai sim a gente conversa.

Livio
Livio
Responder a  Ewertom
11 dias atrás

Tem o Project Cars 3, que agora é da CodeMasters, que também não foi bem aceito e regrediu tanto em visual quanto em jogabilidade

Gustavo Hipolito
Gustavo Hipolito
Responder a  Ewertom
11 dias atrás

Cara, era isso que eu tava reparando… A codemasters deu vários passos atrás com esse DirT aí… lembro quando finalmente consegui jogar Dirt 2 nas configurações máximas que game de corrida lindo, o cenário da Malásia com os monsters… a corrida extremamente exigente de utah… eu realmente não sei o que se passa mais Dirt tá muito estranho.

Carlos Eduardo Santos
Carlos Eduardo Santos
11 dias atrás

Boa noite.
Alguém aqui me corrija aqui se eu estiver errado mas…
Até então o que foi passado para a maioria de nós é que, resolução dinâmica se tratava de uma resolução “menor e fixa” com tratamento de técnicas similares ao upscale para obter uma resolução maior.
Muitos jogos enhanced para PS4 PRO fazem uso de upscale para 4K tendo como base uma resolução de 1440p, e que entregam resultados muitas vezes excelentes, e isso foi chamado de “4K dinâmico”.
Agora sou sincero em dizer que é a primeira vez que ouço de um jogo variar a resolução no meio da jogatina.
Já vi diminuição de assets pra manter uma taxa de quadros constante e aceitável, e também manter uma boa resolução.
Já vi usar upscale pra manter todos o assets e ter uma taxa de quadros constante.
E também o mais usual, que é manter a quantidade de asstes e a resolução, pra trabalhar numa taxa de quadros variável.
Agora, é a primeira vez que eu ouço esse “conceito de resolução dinâmica”, porque um jogo varia em resolução no meio da jogatina, e que além de ter essa variação, varia também na taxa de quadros.
E aí o que me dizem?
Qual é a real definição de resolução dinâmica?

Carlos Eduardo Santos
Carlos Eduardo Santos
Responder a  Mário Armão Ferreira
9 dias atrás

Obrigado Mário, realmente eu deveria ter usado o termo “reconstrução”.👍🏻

error: Conteúdo protegido