Gears 5… As estatisticas

Eis algumas estatísticas sobre Gears 5 fornecidas pelo VG Tech.

Gears 5 está referido como sendo dos melhores jogos da Xbox One, quer tecnicamente, quer a nível de jogo. Mas sobre esse assunto falaremos em um artigo posterior.

Até lá, eis algumas estatísticas fornecidas pelo VG Tech sobre o mesmo:

O jogo usa resolução dinâmica, e diga-se que nas consolas inferiores, pelo menos no ecrã 65” onde jogo, ela é bem notória, alcançando  os seguintes máximos e mínimos:

Xbox One, S



Resolução mínima – 1280×720
Resolução máxima – 1920×1080

Xbox One X

Resolução mínima – 1920×1080
resolução máxima – 3840×2160

Antes do mais convêm que se perceba que as resoluções de cima são as nativas, mas não as visualizadas. O jogo, em todas as versões de consola usa reconstrução temporal para colocar o jogo a 1080p na XBox One e S, e 2160p na Xbox One X, o que apesar de ser visivel, impede o efeito visual total causado pela menor resolução.

Como se distribuem então estas resoluções nativas?

Xbox One, S

No modo campanha, a 30 fps, a Xbox One e S atingem a resolução mais baixa de 1280x720p, com o valor mais alto a ser 1920x1080p. A resolução nativa de 1280x720p e rara neste modo, e convêm recordar que, a reconstrução temporal coloca, de forma esplêndida, a resolução final em sempre 1920×1080. O Motion Blur existente em todas as consolas neste modo, ajuda ainda mais a criar uma imagem onde variações de resolução são imperceptíveis.

No modo versus, a 60 fps, a Xbox One e S voltam a ter a resolução mais baixa a 1280×720, sendo que aqui a mais alta se fica pelos 1600×900. Mas a reconstrução temporal, mais uma vez, possui uma excelente qualidade, permitindo visualizar contagens de pixels a 1920×1080.

Xbox One X

No modo campanha,  aqui agora a 60 fps, a X usa também resolução dinámica. A resolução mais baixa é 2560×1440 e a mais alta os 3840×2160. A resolução nativa de 3840×2160 (4K) é aqui rara, mas a reconstrução temporal que cria uma imagem final de 3840×2160 funciona muito bem dando resultados que enganam muito bem.

O modo versus, a 60 fps, usa tambem uma resolução dinámica. Aqui a resolução mínima é 1920*1080 e a máxima 3200×1800, mas a reconstrução temporal eleva tudo para os 3840×2160.
Os 1920×1080 são no entanto raros neste modo, e a qualidade da reconstrução temporal é mais uma vez de louvar pois a sua qualidade permite mesmo obter contagens de pixels de 3840×2160 de forma comum.

Resumidamente, o que temos aqui é um excelente exemplo de como se programar. A equipa sabe tirar o máximo partido do hardware, conseguindo não só resultados finais que, mesmo quando não são nativos, possuem uma qualidade super próxima do nativo, ao ponto de enganar as contagens de pixels, como ainda consegue duplicar os fps no modo campanha na X face às restantes consolas.

Sinceramente, a The Coalition está de parabéns pelos resultados aqui conseguidos, especialmente se considerarmos que os resultados são de topo e ao nível dos melhores que se tem visto na Xbox nesta geração.

Mas e quanto a FPS?

Plataforma Xbox One X Versus Xbox One X Campanha Xbox One Versus Xbox One Campanha
Quantidade de frames
Frames de jogo 12516 7610 12389 3865
Frames de video 12520 7730 12520 7730
Estatistica de frames quebrados
Total de frames quebrados 17 141 175 0
Linha quebrada mais baixa 235 283 129
Tamanho do frame 2160 2160 1080 1080
Estatísticas de tempo de frame
Média de tempo de frame 16.67ms 16.93ms 16.84ms 33.33ms
Mediana de tempo de frama 16.67ms 16.67ms 16.67ms 33.33ms
Tempo de frame máximo 33.33ms 33.33ms 33.33ms 33.33ms
Tempo de frame mínimo 16.17ms 16.61ms 15.82ms 33.33ms
Estatisticas de Frame
Média de frame rate 59.98fps 59.06fps 59.37fps 30fps
Mediana de frame rate 60fps 60fps 60fps 30fps
Máximo frame rate 60fps 60fps 60fps 30fps
Mínimo frame rate 58fps 48fps 49fps 30fps
Contagens de tempo de frame
0ms-16.67ms 4 (0.03%) 0 (0%) 10 (0.08%) 0 (0%)
16.67ms 12497 (99.85%) 7355 (96.65%) 12091 (97.59%) 0 (0%)
16.67ms-33.33ms 14 (0.11%) 218 (2.86%) 266 (2.15%) 0 (0%)
33.33ms 1 (0.01%) 37 (0.49%) 22 (0.18%) 3865 (100%)
Outros
Frames perdidos 0 0 0 0
Conclusões
Torna-se claro que o hardware está espremido ao máximo, como deve ser!
Valores extraordinários, que mostram que as consolas estão muito bem utilizadas sabendo-se superar nos momentos mais pesados do jogo. Um excelente exemplo de programação na Xbox, e uma amostra daquilo que sempre se pediu desde o início da geração, mas que a Microsoft demorou a entregar.
Uma amostra do futuro? Esperemos que sim!
Nota final: Apesar de o artigo ser elogioso face ao conseguido, que em alguns aspectos na versão da X, pelos 60 fps, supera mesmo muito do que foi apresentado na PS4 Pro, e não se pretendendo aqui deixar qualquer nota desmerecedora ao que muitos referem ser um dos jogos do ano (escreveremos sobre ele mais tarde), existirão certamente fans Xbox mais acérrimos que irão desde já referir que os valores das resoluções não batem certo com os dados pela Digital Foundry. E isto porque esses valores eram mais altos!
Nesse sentido, convêm desde já referir dois pontos:
1 – A VG tech, que usamos como fonte, tem no video links capturas de ecrã dos fotogramas usados para a contagem de pixels, podendo cada um confirmar por si, caso se dê ao trabalho de os contar.
2 – Quanto à Digital Foundry, o John Linneman, responsável pelo artigo da Digital Foundry referiu o seguinte quando confrontado com as diferenças de resolução indicadas pelo VGtech.
Eis o post que refere as contradições:
Hmmm. They say that the native resolution on the X drops all the way down to 1080p. And they show waaaay more drops in frame rate, and screen tearing than digital foundry shown. That’s weird
E a resposta de John Linneman:

I’m temporarily breaking my ‘no posting on forums’ rule to defend against this. I note that their performance results are almost exactly the same as mine in those same scenes (drops to low 50s with torn frames). However, I only tested those certain scenes as I had to manually add in a few torn frames here and there which the tools annoyingly missed – so it took hours to do the FPS tests. It sucks.



Secondly, I specifically did not mention the lowest resolution as I hadn’t found one that low. Pay attention to the wording – values such as “XXX” and “YYY”. That’s not the minimum, those were the averages that I found – as in, numbers that popped up often. Even getting those numbers takes a long time and it’s just not possible to produce a video of this scale while getting every single DRS value – honestly, dynamic resolutions stress me out to an unhealthy degree. It is not my specialty finding all possible values – I can only do that given hours of time to work with. That’s something I’ve always struggled with.



Como é referido, a análise é trabalhosa e os frames não foram todos visualizados, o que é uma tarefa quase impossível, pelo que a DF refere valores entre XXX e YYY, os valores encontrados.  Os valores mais baixos da VG tech não foram encontrados nos frames analisados pela DF, sendo que é reconhecido por Linneman que a análise de fotogramas, especialmente em resoluções dinâmicas não é a sua especialidade, sendo algo em que este reconhece ter algumas dificuldades.
Em defesa deste senhor, convêm que se perceba que a contagem de resolução é um processo manual e que no meio de resoluções dinâmicas fazer uma captura de uma imagem que se pensa estar em menor resolução, conseguir apanhar o momento exacto e contar a coisa, isto se torna complexo. Adicionando-se a reconstrução temporal o número de fotogramas verdadeiramente aproveitável reduz de forma enorme, pelo que idealmente terá de se conseguir um fotograma onde a reconstrução ainda não tenha sido aplicada. Num jogo a 60 fps, estamos a falar de 21600 fotogramas por hora, pelo que que encontrar aqui qual deles tem a menor resolução não é fácil.
Há ainda que se ter em conta que a resolução dinâmica é algo que não se revela igual para todos. E por isso é que ela é dinâmica! Numa mesma situação, um ângulo de câmara, a presença de um fumo de uma explosão de algo dinâmico como uma granada, a presença de mais inimigos no ecrã ou outras situações variáveis, podem alterar a realidade caso a caso, e duas consolas a jogar o mesmo jogo na mesma área podem estar a apresentar resoluções diferentes.


newest oldest
Notify of
Edson
Visitante
Edson

Jogo soberbo!

nETTo
Visitante
nETTo

4K sem compromissos

É vrd esta mensagem

Zoando glr, MS mentiu e está tudo bem pra mim

Livio
Visitante
Livio

O correto seria “é verdade este bilete”

Para o pessoal de Portugal que não entendeu é só pesquisar a frase entre aspas.

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

Terminei a campanha ontem, espetacular, soberbo, magnifico e muito mais, obrigado Microsoft e The Coalition, finalmente

Brunoab
Visitante
Brunoab

Para que fala em “mídia sonysta”…

Saiu o patch do last of us no PS4 pro e a DF fez um circo pq caia para 55fps em um instante…

Halo 5 em “4k fake” no xoneX e a DF encheu de elogios…

Gears 5 em 4k fake também e encheu o jogo de elogios.

marckos
Visitante
marckos

The last of Us é um jogo(jogaço) da geração passada, um remaster, diferente dos outros dois citados, que são jogos da atual gen e pesam mais pro hardware… A DF elogiou pelo simples fato que jogos bons tecnicamente, não podem ser medidos somente pelos números de pixels, isso aí é pra fanboys que ainda estão em 2013 na batalha pelo “Resolution gate”… Te garanto que Ryse a 900p é mais bonito que crackdown 3 em 4k…

Halo 5 e Gears 5 fazem mais sentido sacrificando um pouco a resolução nativa, e investindo mais no FPS, pois são shooters, em que o tempo de resposta nos comandos é bem importante…

Ewertom
Visitante
Ewertom

Falou tudo meu amigo@Marckos,gente desinformada tem bastante,tai o exemplo.
Nunca fui fã de Gears,mas vou dar uma chance ao 5,parece estar a um outro nivél.

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

Nossa cara, que comentário é esse, nível gamevicio de qualidade

Vitor Calado
Visitante
Vitor Calado

Conclusão lógica: a resolução de um jogo não é o mais importante para a avaliação do mesmo, já ando a dizer isso desde o inicio da geração, na altura em que os fans da Sony gostavam de mostrar as tabelas de milhões de pixeis a mais entre os 720 os 900 e os 1080.
A XBOX ONE X já demosntrou que consegue correr jogos em 4K nativos, mas os produtores de jogos na minha opinião bem, estão a optar neste final de geração por diminuir a resolução para aumentar na qualidade das texturas da iluminação e nos FPS…se a DF está a elogiar é porque eles estão a tomar a decisão mais acertada…
A DF no Days Gone ignorou todos os problemas do jogo e falou até que estava a correr a 30 fps cravados o que eu que joguei o jogo posso garantir que não estava a 30 fps cravados e nem tenho as ferramentas para analisar como a DF tem, portanto acho dificil dizer que a DF está comprada pela MS ou pela Sony, acho é que como em todo o lado existe sempre uma preferência por determinado jogo ou determinada marca…

DF citação analise ao days Gone: No entanto, com base nas impressões iniciais, a Pro oferece 30 fotogramas por segundo bloqueados, com um ritmo de fotogramas consistente e uma desaceleração muito ocasional e diminuta. Não é um resultado perfeito, mas até mesmo o ataque de uma Horde oferece um nível de 30fps sólido.A PS4 base é boa de uma forma geral, mas pode ter mais dificuldades nalguns cenários – passeios de moto pelo mundo aberto podem causar tremores na taxa de fotogramas, e cenas pesadas em efeitos alfa também cobram o seu preço. No geral, ainda é bom – e a qualidade do mundo aberto é a mesma em ambos os sistemas.

UMA FORMA MUITO SIMPÀTICA de descrever o problema dos FPS em days Gone, eu joguei o jogo, depois de fazeres alguns upgrades á mota era notória a queda de fps, e ao lutares com as hordes notava-se a olho nú a forma como o jogo engasgava, não vou dizer que a Sony comprou a análise de Days Gone, o que vou dizer é que quem escreveu a análise gostou bastante do jogo e nem “viu” os fotogramas a cair em determinadas ocasiões.

bruno
Visitante
bruno

Excelente comentario! Comecas por dizer que a resolucao nao e importante, acusando os fas da Sonys de serem uns hipocritas que se preocupavam com isso no inicio da geracao, para logo depois elogiares a Xbox ONE X pelos seus 4K e cascares na Sony por problemas de performance.

Vitor PG
Visitante
Vitor PG

@Brunoab isso é coisa daquele porcão obeso da xbox mil grau, canal dele tem três princípios: clickbait,vitimismo e damage control, aquele chief eh um idiota frustrado, te aconselho a ver a live dele no The game awards, o damage control q ele fez ao vivo é hilário, o cara é muito patético

Brunoab
Visitante
Brunoab

só vi o video editado em outro canal.

xbacon milvirgens esta em “não tenho interesse nesse canal” no meu youtube.

bruno
Visitante
bruno

Acho que a melhor solucaoe e mesmo nao ver, assim realmente faz-se dano em patetices desse genero.

bruno
Visitante
bruno

Vamos la ver…

4K fake vs 4k, ja aqui o discutimos e uma diferenca que e minima. nota-se mas nao e assim tao importante.

A unica coisa que se pode dizer e que efectivamente o true 4k nao passou de marketing dado que nem internamente a MS os consegue atingir sempre.

Quedas de fps, essas sao masi serias porque podem comprometer a fluidez, mas noa me recordo de nenhum circo sobre isso. Pelo contrario, The Last of Us na PS4 recebeu imensos elogios, com a DF a considera-lo, tanto o primeiro remaster, como a atualizacao para a Pro, como melhorias que fazem valer a pena revisitar o titulo.

Pelo que tenho lido, a implementacao de Gears 5 fornece na ONE X efectivamente oferece boa qualidade de imagem.

Vitor PG
Visitante
Vitor PG

O jogo pode estar entre os menos piores do xone mas ainda é gears e gears é um dos jogos mais genéricos q se tem notícia,a única coisa legal de gears é serrar os inimigos com a metralha- serra elétrica, no mais parabéns pra desenvolvedora,primeira nota verde do xone na geração

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

Primeira nota verde do Xone na geração, tem certeza disso???

nETTo
Visitante
nETTo

Gears 4
Halo 5
Forzas Horizon e Motosport

eu poderia continuar

nETTo
Visitante
nETTo

Bom gosto e cú cada um teu o seu, portanto eu discordo de vc com veemência.

Gears nunca foi genérico, ele criou um gênero que foi perseguido pelos jogos adiante. Falando apenas do 5 pra mim o melhor exclusivo do Xone nessa geração, e melhor que alguns exclusivos de PS também.

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

Pow meu o cara falar q não gosta de Gears pq não é o estilo dele, não gosta da jogabilidade, acha enjoativo, tudo bem, agora falar que Gears é genérico, aí é osso

Vitor PG
Visitante
Vitor PG

Ah não é genérico? Um jogo em q vc faz 3 ações o jogo inteiro? Anda,atira e pega cover. Se gears não é genérico nenhum game é.@ neTTo gears criou um gênero? pegar cover e atirar existia muito antes do primeiro jogo da série

Rodrigo Silveira
Visitante
Rodrigo Silveira

Que forma leviana de definir uma franquia que definiu um gênero e inspirou dezenas (talvez centenas) de jogos, inclusive Uncharted e TLOU. Seguindo a mesma lógica eu poderia dizer, da mesma forma simplista, que estes jogos são apenas “andar” e “assistir cenas” todo o tempo.

bruno
Visitante
bruno

Desculpa Rodrigo, mas isso e tambem uma forma leviana de reduzir jogos a meras copias quando Uncharted e The Last of Us possuem imensas mecanicas e toda uma jogabilidade que os tornam diferente de gears. E se formos a falar de mecanicas que inspiraram estes jogos aconsolho-te a regressares a geracao PS2 onde tens titulos como 24 the Game que ja aplicava o cover system ai visto (e nao foi o primeiro).

bruno
Visitante
bruno

@Vitor PG Posso estar completamente enganado, mas pelo que sei, tens alguns puzzles que resolver em Gears e seccoes de veiculos. E so o que descreves, representa grande parte dos titulos de hoje em dia.

Tendo em conta que foi um dos primeiros inserir esse sistema de progressao, porque raio e que a 5 parte nao ha de continuar assim? No que funciona, nao se mexe.

Fernando
Visitante
Fernando

Opiniões são opiniões.
Como o colega mencionou, em vários jogos existem longos momentos em que não acontece nada além de andar pra frente, ouvir um diálogo de apelo sentimental e assistir uma cutscene.
Do ponto de vista contrário, talvez o que esteja se tornando genérico hoje em dia é a necessidade dessa combinação de fatores para alcançar as tais notas verdes do Metacritic, que aliás, hoje em dia não quer dizer quase nada. A única informação que verdadeiramente alguém deve levar em consideração é se a maioria dos analistas gostou ou não, até por que está cheio de aberrações tipo a nota do Metal Gear solid V.

bruno
Visitante
bruno

Eu recordo-me de algumas notas verdes anteriores da Xbox que merecem nao ser esquecidos como Sunset Overdrive, Quantum Break ou FH4, que esta excelente.

Para mim o unico defeito de Gears 5 e so ter chegado agora.

Rodrigo Silveira
Visitante
Rodrigo Silveira

Parece mesmo que a The Coalition fez um trabalho de resolução e desempenho “inédito” nesta geração; soberbo. Há quem esteja por aí tentando colocar isso como um ponto negativo apenas porque a Microsoft “prometeu” 4k nativo em todos os seus jogos exclusivos; oras, fica evidente que a produtora deu uma leve sacrificada na resolução gráfica para entregar 60fps estáveis no XONE X, e ainda assim deixa o jogo rodando em 4k, mesmo que de forma dinâmica. Mesmo no XONE S o jogo está lindíssimo e com um desempenho satisfatório e acima da média. Sensacional! Quanto ao jogo em si, está muito bom mesmo. É incrível como as missões secundárias de mundo semiaberto sempre trazem inimigos diferenciados, formas diferenciadas de lidar e subchefes diferentes em todas elas. Não cansa, pelo contrário, a vontade é de não parar. Mantenha esse ritmo em seus AAAs, Microsoft, por favor!!!