Geoff Keighley refere: O mais importante é, e sempre foram os jogos, mas não a quantidade e sim a qualidade.

5 6 votes
Avalie o nosso artigo

Geoff Keighley elogia a quantidade e qualidade dos jogos First Party que vão ser lançados na PS5. Quanto à Xbox ele refere-se ao Gamepass comparando-o com um serviço de TV por cabo, com centenas de canais, mas onde aqueles que realmente queremos… não estão lá!

Geoff Keighley não é uma personalidade qualquer. É uma pessoa isenta na indistria que faz análises imparciais e realistas. Está desde sempre ligado aos videojogos e aos Video Game Awards,

A entrevista com mais qualidade e totalmente completa:



Segundo Geoff Microsoft e Sony estão a percorrer caminhos diferentes, algo que nós já tínhamos visto pelas escolhas de hardware, e daí sempre termos dito que as consolas mais do que concorrentes, são ofertas diferentes.

Geoff diz que, na sua opinião, a PS5 está numa posição muito forte, é uma grande máquina, um controlador espectacular e grande alinhamento de jogos First Party. Já a Xbox está a jogar um jogo diferente, com o Gamepass a ser uma história convincente, mas que a Xbox tem de entregar os grandes jogos First Party, o que sempre foi um desafio para eles, e o Halo teve os seus quando foi mostrado e espero que ele venha a se tornar num jogo realmente espectacular para eles.

Geoff acha que a Sony tem uma grande e forte história para contar, e que sem saber o preço da consola, está excitado com alguns dos jogos que viu e com a mestria da Sony na realização de experiências incrivelmente ricas de jogador único.

Voltando à Microsoft, Geoff refere que riqueza da história da Microsoft é sobre o valor para os Gamers, numa grande diversidade de histórias. Se o desafio da Sony será algo do género relacionado com o preço e a qualidade da experiência, o desafio da Xbox é que o Gamepass é bom, mas terá de ter jogos de primeira linha, pois senão torna-se como um pacote básico de TV por cabo, onde tem imensas coisas porreiras, mas aquilo que realmente se quer, não está lá, e a maior parte do apetecível está fora do pacote.

Pessoalmente acho que as pessoas ligam mais aos jogos verdadeiramente bons do que ao facto de poderem jogar um jogo OK regularmente, e sinceramente não ele refere que não vê nada neste momento na Xbox que vá alterar dramaticamente o rumo das coisas.

E a outra coisa é que nas coisas Xbox a MIcrosoft ainda não provou nada sobre ser a consola mais poderosa do mundo. Eles estão sempre a falar disso, citando as especificações, mas até agora não se viu nada, e as pessoas querem ver os jogos que mostrem isso. Seja como for, o poder não é o relevante e tudo se traduz nos jogos e no conteúdo.



E Geoff dizer isto quase nos tira as palavras da boca… Será que ele é leitor da PCManias? 🙂



5 6 votes
Avalie o nosso artigo
123 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Felipe Leite
Felipe Leite
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Olha que bem podia ser! O nosso querido Pcmanias possui artigos de fazer inveja a muita midia estrangeira! Se ele perder um tempinho a traduzir, vai ficar bastante agradado! 😁

Ricardo Palma
Ricardo Palma
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Uma verdade indiscutível.
Por falar em poder as novas placas da Nvidia envergonha qualquer consola e anda esta gente aqui preocupados por 2TF de diferença entre XSX e PS5. Apesar de ser arquitecturas diferentes penso que vamos ver aqui uma disparidade de diferenças nos jogos entre consolas e PC. A Nvidia entrou em bruto na próxima geração.

Ricardo Palma
Ricardo Palma
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Sim tens razão, mas talvez isto abra horizontes aos estúdios, e acredito que isto é sol de pouca dura, isto está a mudar, daqui a 2 anos devemos ter consolas refinadas, versões pro mais potentes. Hoje em dia o cloud gaming por exemplo já consegue simular PC de topo como por exemplo o Shadow que quase qualquer pessoa pode aceder sem ter que gastar fortunas em hardware, apesar de ter outras limitações.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ricardo Palma
28 dias atrás

No dia que o Pc virar base de programação e parar de se autosabotar com pirataria, a gente conversa. A evolução nos games vem sempre dos consoles, não o contrário.

bruno
bruno
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Aproveitando o topico do gamepass, a MS acaba de anunciar aumento de precos quer para o Gamepass quer para o Live gold anual em toda a America Latina.

Isto destroi a ideia que o live gold iria ser gratis.
Aos leitores brasileiros, este aumento e pequeno ou significativo?

Edson
Edson
Responder a  bruno
28 dias atrás

Bruno, no ultimate foram 5 reais de diferença é um pouco menor que 1 euro de diferença, ou seja, não é caro, mas o aumento da Gold já é bem maior, desproporcional!

Andrio
Andrio
Responder a  Edson
28 dias atrás

Vi pessoas tentando alegar que a Ms segurou o reajuste até onde deu e muita gente reclamando que o preço não deveria ter subido. Então acredito que os 5 reais faz diferença sim.

Edson
Edson
Responder a  Andrio
28 dias atrás

Andrio, temos o dólar em 5,34, onde essas empresas estão com produtos e serviços abaixo do dólar aqui no Brasil. Sinceramente, não consigo achar absurdo o aumento do Ultimate. Porém, a Gold foi sim um aumento exponencial ao meu ver.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson
28 dias atrás

Cara, o absurdo não é o aumento… O absurdo é as pessoas que renovam sempre por 1 real e perderam isso. A Microsoft fez isso de propósito. É tipo uma droga… Você torna as pessoas dependentes e depois não é mais grátis. Essa galera mal acostumada que quero ver…

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
28 dias atrás

Eles estão querendo matar a Gold… Aumentando o preço dela numa proporção muito maior que o gamepass, dando jogos ridículos no serviço… Quer apostar quanto que daqui um tempo será tudo gamepass?

Sobre o que os brasileiros estão achando do aumento? Então, em rede social tá todo mundo tranquilo né. O problema é que a mamata do R$1,00 eterno acabou! E aqui se sabia de práticas de pessoas fazendo várias contas para se manter pagando 1 real.

Hiago
Hiago
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Eu estou muito curioso para saber como o PS5 vai se sair nos multiplataformas, principalmente com as novas Nvidia que elevaram o padrão agora. Pessoalmente eu penso que as pessoas pretendem adquirir um console tem que se abdicarem do 4k nativo. Isso para mim é o maior limitador dessa próxima geração, focar o poder bruto (agora com o que a Nvidia pode fazer estará limitado) em resolução será decepcionante, a Sony precisa fazer como fez no PS4 Pro, focar em reconstrução de imagem, algo como o checkerboarding ou algum tipo de DLSS para entregar games mais complexos, e preferivelmente em 60fps.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

10 Teraflops com eficiência maior que os 1.81 TB.

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Essa comparação terá de ser feita em 2025 e não agora, a rtx 2080ti salvo erro foi lançada em 2018 5 anos após a ps4 logo essa comparação agora não me parece correta sr mario.
Daqui a 5 anos a comparação poderá ser 35 tf vs 10 tf ou menos ou se calhar mais.

A vantagem da otimização das consolas já foi muito maior, ainda existe, mas também não exageremos, basta olhar para por ex um death stranding e parece que acabamos de limpar o ecrã ou tirar um filtro do ecrã face à versão ps4pro.

bruno
bruno
Responder a  Rui
28 dias atrás

Na realidade Rui, a comparacao ja tera que ser entre 36 vs 10 ja hoje… nem e preciso esperar 5 anos.

Ao afirmar que:

“20 face a 10 assustam menos que 1.81 face a 14”

e uma comparacao errada!

Porque os 14 Tflops sao da gama 2080 Ti lancada em 2018, vs actual geracao

Mas a proxima geracao PS, de 10 Tflops tera que ser comparada com a 3090. que conta com uns monstruosos 36 Tflops (sem Ti para ja, talvez no futuro)

Os 20 Tflops sao da RTX 3070 a sucessora da 2070 com… 7 Teraflops.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Tendo em conta que existiu uma R9 270 em 2013 o que te leva a dizer que o GPU que a Sony pegou era o de 2011? Nao poderia ser o de 2013 alterado?

Sobre o temer o GPU, mais uma vez, eu nao estou a temer o GPU. Estou a comparar salto geracional.

Estou a refutar argumentos sem nexo do genero:

  • “os graficos nao melhoram porque o retorno e menor” quando nao faltam exemplos de melhoria grafica.
  • “10x e demasaido e 5x e suficiente’ quando a realidade e que e a primeira geracao em que ficamos a olhar e nao vemos melhoria sem uma analise cuidada.

Se as pessoas insistem que tudo esta bem, eu apenas recordo que nao, nao esta bem.

E segundo… 10 para 36 Tflops e mais que o dobro.

Rui
Rui
Responder a  bruno
27 dias atrás

No quesito técnico estou 100% de acordo.

E deixo esta ideia no ar, vamos imaginar que a nvidia entrava hoje para o mundo das consolas (vamos esqueçer os jogos , é apenas um exercicio teórico com foco no hardware).

A nvidia se quisesse lançar uma consola hoje, obliterava tanto a ps5 como a sx com relativa facilidade e no mesmo price point bastava se aliar à intel que com toda a certeza teria imenso gosto em dar também ela um soco na amd.

Eu já o disse aqui, o hardware da ps4 e xone principalmente o cpu foi mau e estas novas consolas deixaram me muito satisfeito e ainda estou relativamente satisfeito, mas vendo o que a nvidia pôs na mesa fico com a sensação que as consolas afinal não são assim tão poderosas como a partida pensei.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Se tivesse sido steamroller nao teria sido nada mau. Por core a performance era metade da intel mas em multicore batia-se 1:1.

Dado que havia piplines proprias para operacoes int e FP pergunto-me se teria permitido algo de machine learning na atual geracao…

Ewertom
Ewertom
Responder a  Rui
27 dias atrás

Mas também,colocar uma placa de video no valor de 3 consoles da next gen.
Não tem como,mas e se todo mundo pagasse esse valor tanto a Sony e Mic colocariam specs acima do que se tem como oferta.

bruno
bruno
Responder a  Ewertom
27 dias atrás

A 3070 custa 500$. Valor de venda ao publico que inclui gpu, ram e dissipador.

Livio
Livio
Responder a  bruno
27 dias atrás

me metendo rapidamente na conversa, até pq vi partes dela.

O pessoal está a falar dos TF que a Nvidia disponibilizou que é quase o dobro dos consoles de nova geração, mas para um usuário como eu que não tenho PC gamer e nem console de nova geração penso:

Com U$/€500,00 tenho:
1- um console de nova geração, sistema completo que é só colocar um jogo e se divertir, ou;
2- somente uma placa de vídeo, terei que investir outros tantos U$/€ em uma CPU capaz, em uma fonte boa, em uma placa que suporte.

Sim a Nvidia oferece uma GPU por quase o mesmo preço de um console, mas é só isso, vou ter que fazer um baita investimento em outros componentes para ter o bom aproveitamento da GPU e se na próxima geração tenha consoles de meia geração quem me garante que não haverá GPUs melhores no mesmo intervalo de tempo e que rebaixem essas novas da Nvidia sem que eu tenha visto um jogo que puxe o máximo que ela pode oferecer?

A atual geração de consoles começou com GPUs já defasados entretanto vimos que em 2020 recebemos jogos com boa qualidade, que se questiona como o console conseguiu essa proeza, algo que pouco ou praticamente não vejo(o mesmo estilo de questionamento feito aos consoles) quando se fala em PCs em sites de games.

Ewertom
Ewertom
Responder a  bruno
27 dias atrás

Blz,mas em um console eu tenho gpu,ram,dissipadores,sistema de arrefecimento,ssd e cpu mais um controle.
E tem mais,tudo isso para durar 7 anos e ainda ter um desempenho equilibrado.

Marco Antonio Brasil
Responder a  bruno
27 dias atrás

Bruno eu não discordo totalmente de ti quanto ao poder gpu dos consoles face as rtx 30. Mas penso que ao desenvolver um console o objetivo é encontrar um equilíbrio entre entregar a máxima performance sem comprometer o preço. . Me parece que os sistemas de arrefecimento e armazenamento dos novos consoles são caros. Certamente isso impactou no “tamanho” das gpus , na quantidade de memória, etc. Mas, por outro lado, busca-se que esse equilíbrio entregue performance em um nível alto o bastante para possibilitar uma verdadeira revolução, não somente uma evolução. Mas acho que só saberemos se esse equilíbrio foi atingido quando soubermos o preço e pudermos colocar as mãos nos jogos projetados 100% sobre engines nextgen.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Hiago
28 dias atrás

Veja como o PS4 se sai perante aos multis hoje. E preveja algo no mínimo bem melhor. É isso.
Vocês tem que tirar teraflops da cabeça. Haha

Hiago
Hiago
28 dias atrás

Off… A Polyphony quer saber qual carro colocar na capa do GT7: https://www.gamevicio.com/noticias/2020/09/gran-turismo-7-polyphony-digital-esta-indecisa-em-qual-carro-usar-como-capa-do-jogo/ … Vou tentar entrar em contato com o Igor Fraga, fiquei sabendo que ele é muito próximo do seu Kazunori. Precisamos convencer eles colocarem o Fiat Uno de firma de telecomunicaçã com escada no teto 😄 :comment image … Contexto da piada é que aqui no Brasil o Uno de firma com escada no teto virou meme, porque o pessoal que trabalha nessas empresas de telecomunicações geralmente sempre estão andando muito rápido. Fiat Uno de firma aqui faz Ferrari comer poeira.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Hiago
28 dias atrás

Eu acho que seria impossível a foto de um uno desses, até hoje não conseguimos tiirar fottos na velocidade da luz, como vamos tirar foto de um uno desses? Kkkkkkk

By-mission
By-mission
Responder a  Daniel Torres
28 dias atrás

O Uno com a escada em cima…
eles vão confundir com o F1 2020 😬😬

Carlos Zidane
Carlos Zidane
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

“Seja como for, o poder não é o relevante…” essa frase é de amargar a boca.
Sim, certamente jogos são o mais importante, e em qualidade, não exatamente quantidade, perfeito. Quanto tempo se gasta com um bom AAA? Eu não entendo os caras que dizem ter trezentos jogos pra jogar quando eu passo semanas em um. Não fazem mais nada? Jogos bons são o que todos querem.
Me perguntou o que era um AAA outro dia, eu pensei em como por em palavras… e, pra mim é algo que explore o máximo a tecnologia disponível, técnica, ferramentas, arte, hardware de ponta, you name it.. o inédito se possível. Flagship, vanguarda, alto nível. Isso é um triple A pra mim. A Sony tá mandando bem.
Os outros podem ter suas definições e a Wikipédia a dela, na pergunta endereçada a mim, é isso, basicamente.

Mas o poder computacional está ao lado, como já disse, o avanço serve pra quê afinal?! se não o fosse teriamos parado no PlayStation original ou antes.
Essa semana ficamos de olhos bem abertos vendo a Nvidia mostrar seu talento e alguns como eu até lamentam que os consoles sejam bem limitados, mesmo o Serie X. Mas consoles não são pra ser o máximo de potência mesmo, mas sim, a coisa popular, acessível as massas.
Quando a Sony veio com o seu 10 Teraflop foi um soco no meu estômago, por mais que eu já esperasse algo como isso, a boa notícia foi ver que a engenharia dessa vez não ficou no “seguro” e acomodado… E por mais que não seja a intenção e creio que não é, deveriam evitar essa prosa de “poder não é relevante”.
Ah mas o Switch… Não, esse é um mobile. Não há mal nisso, mas onde a coisa de fato acontece, é na sala com o hardware mais avançado possível. Ou The Witcher parecendo Play 2 é o que esperamos de 2020?! Genshin impact?! Nope. Esperamos algo mais pra Unreal Samaritan… A excessão dos nichos como a exemplo o pessoal do Freefire que consegue ser uma das coisas mais medíocres que se tem notícia, mas o público está lá pra gastar uma nota pra comprar a roupinha pro personagem.
Huh, poder não é relevante?! Eles estão suando e mídia e os fanboy’s podem passar um pano

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
28 dias atrás

Daí eu lhe pergunto: Quem vai revolucionar os games novamente? A Nvidia com inovações pequenas e mais poder bruto de sempre ou os consoles, com um ps5 realmente inovador e que não é mais do mesmo? Poder não é tudo, a inovação, dar um 180 e revolucionar a maneira de se fazer jogos e criar novas possibilidades neles que é o que eleva o padrão de qualidade.
Hoje os consoles estão muito mais bem posicionados que em 2013… Não tem nem comparação e do lado do ps5 inovações grandes e eficiência. Não tenho dúvidas que quem está desapontado não está fazendo as contas certo e apenas olhando para poder bruto. Os quase 15 Teraflops da placa topo do mercado hoje entregou algum dia em algum jogo 70% da suas specs no papel? Acho mto difícil.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Ainda bem que tocas no ponto.

Vou aproveitar para falar dois argumentos que nao estao correctos:

1 – A nVidia nao entrega inovacao (que tu agora fazes)

2 – A nVidia tinha os chulava (enganava) nos precos:

Eis o que tenho a dizer sobre isto:

1- Apesar de discordar completamente com as praticas da empresa, a nVidia tem introudzido e conduzido a inovacao na arquitetura de GPUs. E como o Shin bem salientou, a AMD tem seguido atras. O cuda e o GPGPU surgiram primeiro na nVidia. O RT, os tensor cores e muitas outras surgiram primeiro na nVidia para PC. A nVidia nao foi a primeira a propor conceito, mas foi a primeira a puxar por isso no mercado PC.

As comparacoes com a Sony nao sao validas porque a Sony faz consolas… a nVidia so faz processadores. A Sony pode pensar em tudo isso… armazenamento, largura de banda para o armazenamento… a nVidia so tem controlo sobre a RAM de video e nada mais.

2 – A nVidia ate agora chulava nos precos? Isso nao e bem verdade. A nVidia acaba agora de entregar as primeiras placas nos 7 nm. Ate agora estava nos 12 nm e a vender GPUs com uma area de 800 mm2 no caso da 2080 Ti. Pura e simplesmente o maior GPU para mercado consumidor alguma vez feito. Quem na realidade andou a chular nos precos foi a AMD com a RX 5700.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

1- Sem duvida. Mas o facto de a nVidia inovar, trazer efeitos, os publicitar usando software proprio e criar os seus proprios standards nao impede a AMD de fazer o mesmo. Ora procura ai, techdeos AMD e nVidia. e ve as diferencas.

2 – Os custos podem nao ter descido mas nada justifica a rx 5070, com 251 mm2 ser lancada ao mesmo preco da Vega a 14 nm, com 400 mm2.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
28 dias atrás

Primeiro, eu falei em que momento que a Nvidia não entrega inovação? Falei que inovou pouco e entregou mais do sempre, poder bruto. E isso é fato.

Segundo,por mais que não deva comparar, é inevitável que quem traz evoluções maiores é o ps5 e isso os PCs vão ter que acompanhar… A Nvidia é uma fabricante de placas de vídeo e se limita a isso no mercado… Puxar a tecnologia com tensor cores para que? Marketing na atual geração de placas? Uma geração onde ela peidou com jogos que eram capazes de rodar Ray tracing? Que belo custo benefício né? Caríssimo e pouco eficiente. DLSS não é a única tecnologia… E o checkboard da Sony já faz praticamente igual e não mete artefatos na imagem… Enfim, a Nvidia é top, só acho meio exagero colocá-la num pedestal, sendo que fez muito feio sim com as primeiras placas capazes de Ray tracing só pra falar que foi a primeira, a “inventora” da roda.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

1 – Inovar pouco, e quase o mesmo que nao inovar e ambas sao mentira. Introduzir RT, machine learning atraves de tensor core e uma miriade de technologias e processos graficos sendo uma das maiores inovadores na industria e precisamente o oposto de “inovar pouco”. Sobre os Tensor Cores e para que, ajudam ao DLSS, que e o mesmo que RPM ajudou ao checkerboard.

2 – Mais uma vez, inovacoes em produtos diferentes e com resultados diferentes. A nVidia centra-se em processadores graficos. A Sony centram-se em todo o sistema. Dizer que uma inova mais que outra, ou que uma tras inovacoes maiores e errado. Sobre o RTX, mais uma vez, trouxe isso para GPUs mainstream e trouxe a tecnologia quando a AMD nao o fez. Nao foram as consolas, nao foi a PS4, nao foi a Xbox, foi a nVidia.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
28 dias atrás

No dia que Nvidia mostrar basicamente um primor de aproveitamento de desempenho teórico, sim, falarei que ela inovou muito… Introduziu Ray Tracing nas placas atuais apenas para dizer que foi a primeira, todos já sabiam o caminho e a tecnologia. Inclusive já se falava que seria mais ora frente, o que se tornou um fato já que a topo de gama dela se caga com Ray tracing ativado. Vamos ver se aproveita os 20 Teraflops. Deve aproveitar 15 no máximo. Mas vamos ver…

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

O aproveitamente nao depende da nVidia, mas dizeres isso quando tem as placas com melhores performances no mercado e engracado.

Introduziu Raytracing quando mais ninguem o fez. Sobre o se seria assim ou nao, a PowerVr introduziu o conceito, a nVidia foi a primeira a tazer isso para os GPUs mainstream. Ponto. Desmerecer isso apenas porque sim, e contigo.

marcio
marcio
Responder a  bruno
27 dias atrás

bruno intendo o seu ponto, voce acredita que tanto a sony como a ms deviam ter esperado para lancar as consolas e com mais poder, e com salto geracional maior, mas cara acredito que são empresas gigantescas com muita gente por traz, esquece os numeros de TFlops um pouco, voce não acha que ambas podem supreender ?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  marcio
27 dias atrás

A Sony já está surpreendendo. Fazendo coisas em jogos como Ratchet and Clank que a Nvidia nem sonha ainda. Para se ter um nível aprimorado de visuais muito melhorados, objetos em tela, partículas, coisas acontecendo em simultâneo que a atual placa de topo do mercado nem sonha, é muita coisa para um console. Só que ele não quer ver esse salto.

Ratchet and Clank:
Ray Tracing;
4k/30fps e modo 60fps (não se sabe ainda qual resolução será, provável 2k com reconstrução para 4k?)
Nível de modelagem muito acima do seu antecessor;
Objetos em tela e partículas muitas vezes maior,
Inimigos em tela, objetos, interações acontecendo em simultâneo.

Tudo isso e transição de mundos num piscar de olhos com animações nos portais… Não, a Nvidia não tem essa capacidade com uma placa de vídeo ainda. Só que o Bruno rejeita a ver essa evolução e que o Ray Tracing a rodar com tudo isso em tela, a 4k, 30fps, etc é impensável em se fazer hoje no ambiente Pc. Ele veio com o exemplo de Control, mas não chega nem perto.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Fala isso para o Bruno, que diz que Control já é acima de R&C. Hehe
Eu vejo uma evolução enorme. Mais animador ainda que é um jogo de inicio de geração já fazendo coisas impensáveis por placas topo de gama da própria Nvidia.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

“Para se ter um nivel aprimoerado de visuais melhorados, objectos em tela, particulas, coisas acontecendo em simultaneo que a placa atual de topo nem sonha”

Nah

Control RTX:
comment image
comment image
comment image
comment image

Isto e fisica – tens centenas de particulas a reagirem realisticamente a accoes da tua personagem.

“Fisica” de Ratchet e Calnk Rift Apart:

https://www.youtube.com/watch?v=K2zZ-GPIW0c

Que podes ver neste pequeno video… muito mais limitada, e so conta com animacoes de destruicao quando tu destrois um objecto, sem reagirem a tua personagem.

E nao, nao tens mais “particulas” Control, como os gifs em cima claramente demonstram lida com imensas particulas a reagirem em tempo real ao seu redor enquanto em R&C nao tens isso.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Nao se compararmos animacoes e objectos.

O argumento e que o foi visto na demo estourava com um certo GPU…

Mas sera que sim?

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

O physX é CPU?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
27 dias atrás

Cenários vazios de Control geram muitas partículas mesmo. Só que comparar com os elementos em telas, partículas, várias coisas acontecendo ao mesmo tempo em R&C não me parece nada sóbrio… Eu joguei o game e sei o quão bom ele é. Só que fica atrás do que foi mostrado em R&C. Isso sem sombra de dúvidas.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Ainda. Mas ja teve Horizon Zero Dawn e RDR2.

nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Eu acho que RDR2 é nivel Tlou Part2. São os suprassumos em termos técnicos nesta geração. Daqui a uns 4/5 anos quando a Sony lançar Tlou Part2 no PC a amostra será espantosa.

Ps: O último update de Tlou2 da a opção de retirar o granulado na imagem, algo que bao me agrava muito.

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Até pode ser verdade, mas e os outros 97% dos jogos que correm “infinitamente” melhor num pc comprado “nos chineses” já nem falo numa 2080ti.

Eu gosto de consolas, mas há que assumir que as consolas em hardware tem vindo a desiludir de geração para geração.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

Sparrow, o hardware do PS5 e xbox series x seria bacana se os jogos fossem 1080p
Nunca coloquei em causa que a Sony é quem vai puxar o bonde, e todo mundo sabe que o PC é o negócio mais sub aproveitado que existe

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
27 dias atrás

Vamos ver ainda o que vem… Eu prefiro que parta fuma resolução menor e se faça reconstrução com opção de resolução mais baixa TB… A Sony já tem patente do seu “DLSS” e se o checkboard do ps4 pro já é comparado com sucesso ao DLLs da Nvidia, essa patente deve ser de algo superior, creio que partindo de resoluções mais baixas… O 4k nativo já tá superado e isso só tende a evoluir com o passar dos anos…

Fernando Molina
Fernando Molina
28 dias atrás

Ele está absolutamente correto, e mesmo sendo um fã do Xbox, a Microsoft não me deu nenhum motivo ainda pra comprar o Series X, e digo com tranquilidade que no fim do ano pegarei o PS5, o novo Xbox, talvez quando sair o Gears 6, quem sabe, pq Halo Infinite a Mic conseguiu me fazer perder totalmente o interesse

Lucas Diogo
Lucas Diogo
28 dias atrás

[OFF]

Bem, revi todos os eventos relevantes e assisti ao evento da NVIDIA e a minha opinião não mudou, sem contar com a Unreal 5 Tech Demo Ratchet continua a ser o jogo mais impressionante.

O evento da NVIDIA até não foi grande coisa, as placas gráficas são muito impressionantes mas os jogos que mostraram não mostraram um grande salto gráfico, mas 4K e 60+ fps + Ray Tracing é bom. O que mais me impressionou visualmente foi… Marbles.
Depois de ver gente a dizer que as consolas eram desapontantes depois de terem assistido este evento estava à espera de muito mais sendo que o que foi mais interessante para mim foi a parte de Broadcast, DLSS e Raytracing em 4K e
60+ fps.

bruno
bruno
Responder a  Lucas Diogo
28 dias atrás

Eu nao sei como olhas para Ratchet e para a demo de UE 5 e achas o primeiro mais impressionante graficamente, quando tens uma melhoria pequena face ao que foi entregue na geracao atual. Basta olhar para as formacoes rochosas que se ve logo qual e o melhor!

Sobre a duvida que poes sobre a Ampere, esclareco-te ja com estas demos da turing;

https://www.youtube.com/watch?v=J3ue35ago3Y

https://www.youtube.com/watch?v=Vh9msqaoJZw

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

A correr num Turing de 16 Tflops:

https://www.youtube.com/watch?v=Qjt_MqEOcGM

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Lindo. Fantastico para o GPU de 4 Tflops e de 1.8 Tflops. Inferior ao que eu mostrei em cima.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

E muito mais detalhe na personagem e ambiente…

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Que corria numa render farm?

Lucas Diogo
Lucas Diogo
Responder a  bruno
28 dias atrás

Eu tenho quase certeza que disse sem contar com a demo UE 5 que Ratchet era o mais impressionante, o que significa que se contar com ela, ela é a mais impressionante.

Se achas que Ratchet só teve uma pequena melhoria tudo bem é a tua opinião, apesar de achar que as melhorias são grandes comparado ao anterior.

E esses videos são bons mas eu quero exemplos jogáveis e do que eles mostraram no evento deles não mudou a minha opinião.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
28 dias atrás

Eu já não sei onde que você não consegue ver a evolução clara. O jogo é muito diferente do dessa geração em tudo, muito acima. Formações rochosas você só pode estar de brincadeira né? Ou não percebeu que Ratchet and Clank não é pra ser realista e sim um desenho?
E sim, Ratchet em grafismo de personagens está mto mais elaborado que a Unreal 5. Ou você achou a personagem da tech demo bem feita? Compare o que é comparável, não laranjas com abacates.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Sabes, dizer que e muito acima , nao o torna muito acima.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
28 dias atrás

Não o torna, porém é. Você que não quer ver.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Nao, nao e.

Mas estas a vontade para demonstrar.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
27 dias atrás

Tem a demostração oficial… Se você não viu evolução e até acha que Control faz mais no Pc, problema não é com o game e sim outro, né Bruno. Hahaah

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

Eu nao preciso achar. Os videos que postei mostram isso mesmo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
27 dias atrás

Bruno, não tem como concordarmos nesse aspecto… Control não mostra um nível de coisas em tela nem perto de Ratchet and Clank. Não tem nem comparação. E a placa de topo peidou em Control com Ray tracing.

Lucas Diogo
Lucas Diogo
28 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Concordo, o que falta à Xbox é ter um identidade e para isso têm de fazer jogos first party de qualidade. Por enquanto a comparação é boa já que o gamepass tem muitos jogos Oks e poucos jogos de topo que atraem pessoas. É tipo netflix 90% meh e 10% bom.

Deto
Deto
28 dias atrás

vou fazer uma conta, que as pessoas fazem sem terem consciência em geral, e que é o problema do gamepass e seu “custo beneficio”:

GP: 45 reais por mês

Isso é a conta que um fã de xbox faz na internet.

A conta que eu faço, e que todo o resto das pessoas fazem é:

GP: 45 reais por mês
Cyberpunk 2077: 250 reais

total esse mês 300 reais, sendo que não vou jogar GP pelos próximos três meses, e sim jogar Cyberpunk.

Deto
Deto
28 dias atrás

off:

viram que o Direct Storage vai chegar lá para 2022 ou depois?

a nvidia anunciou o RTX IO só para dizer “a gente também” frente ao PS5… Mas não está pronto e ainda vai demorar para estar.

Parece que nisso a Sony realmente está na frente… e até SSD cm 7GB/s e descompressores para ~10~22GB/s forem padrão no PC, já estaremos em 2025.

https://www.neogaf.com/threads/rtx-i-o-and-directstorage-coming-next-year-possibly-in-2022.1564017/

bruno
bruno
Responder a  Deto
28 dias atrás

Vamos la a ver…

Ha uma confusao muito grande que e preciso esclarecer.

O SSD pode resultar em dois tipos de ganho..

1 – Loadings mais rapidos e aumento de assets no ecra.

2 – Assets muito mais detalhados (ate ao limite do sistema).

Problema: pelo que vemos… nem mais assets, nem assets mais detalhados estamos a ter. E nao foi revelado um unico titulo que o va entregar.

Logo, o sistema IO chegar ao PC em 2022, quando nem nas consolas se faz uso… qual o problema? Apenas comprova mais uma vez o que tenho estado a dizer.. Ninguem esta preparado para a realidade do SSD.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
28 dias atrás

Exatamente o meu ponto. Adiciona a isso 3-4 anos de preparacao de um titulo e ai tens o porque de 2022 ou mais tarde nao ser problema nenhum.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
28 dias atrás

Só esquece que Horizon é pra 2021 e Ratchet and Clank para janela de lançamento… Bota num Pc pra ver se acompanha?

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Ratchet e Clank onde estao as melhorias? Aquilo se alguem nao olhar com atencao parece correr numa PS4.

Horizon, viste gameplay? Eu nao.

Acredita que quero botar num PC para ver se acompanha, pode ser que a Sony o lance agora que se lhe deu na telha fazer isso.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
28 dias atrás

Quantidade de coisas acontecendo no ecrã em Ratchet and Clank, com partículas e Ray tracing eu não vi até agora em nenhum sistema caseiro. Pode me mostrar algo similar?

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Particulas e RT:

https://www.youtube.com/watch?v=GJfEy-kMdFc

Destruicao que deixa Ratchet e Cank a chuchar no dedo;

https://www.youtube.com/watch?v=12NORuGfcLc

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
28 dias atrás

Control? Sério mesmo, Bruno? Estou falando de coisas em simultâneo… Control é vazio perto de Ratchet and Clank. Tô falando na introdução de particulas, destruição, inimigos em tela, coisas acontecendo ao mesmo tempo. Você realmente acha Control superior ao que foi mostrado em gameplay de Ratchet and Clank? Duvido.

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
28 dias atrás

Mais uma vez, dizeres uma coisa nao significa nao torna o que dizes verdade.

Nao tiveste imensas particulas, inimigos em tela e destrutividade nos videos de Control?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  bruno
27 dias atrás

Teve sim. Control é muito bom, zerei aqui e achei fantástico. Mas não se compara. É tudo a mais em Ratchet and Clank. Sem falar que graficamente está acima. Um filme da Pixar jogável. Só que você esperava mais. Fazer o que, né? Não sei onde quer chegar… Hehe

bruno
bruno
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

Os videos mostram o contrario do que afirmas.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Nem tanto… porque os pelos, ja tinhas na ps4. Sem self-shadowing, mas ja os tinhas.

Passaste de isto:
comment image
comment image

comment image
A isto:
comment image
comment image

Nao sei onde esta o WOW.

Para referencia isto seria WOW;
comment image?f=2×1&$p$f=7d891a5&w=1500&$w=f075b93

E para quem defende que o jogo PS5 tem qualidade Pixar recomendo que va ver uns filmes da pixar antes de escrever disparates.

Shin
Shin
Responder a  bruno
27 dias atrás

Um pouco menos…

Deto
Deto
Responder a  bruno
28 dias atrás

se o PS5 saiu em 2020 e só vai ter jogo usando em 2022.

no PC então só vai ter jogo usando em 2025

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Escrevi mal, queria dizer:

Se o PS5 sai em 2020 e só vai ser usado em 2022, então no PC só em 2025

Continua o PS5 na frente

Cesário Filho
Cesário Filho
28 dias atrás

Mario, você poderia explicar as escolhas da Nvidia em ter mais unidades computacionais em detrimento de clock elevado diferente do que acontece no ps5 em que você diz que mais clock é melhor que mais núcleos, poderia explicar? a 3070 tem clock base de 1500mhz, poderia falar tbm sobre a nvidia usar a arquitetura de ssd da Microsoft? Li muito aqui que a tecnologia xbox velocity era apenas marketing.

Obrigado

Andre gt
Andre gt
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

No caso, pelo que eu andei lendo, para tirar proveito do directstorage é preciso de um nvme? Existe uma frase no final do artigo da microsoft que fala que estão trabalhando com outras empresas pra trazer a API junto dos seus hardwares no futuro. Agora a questão do series x, as devs vão otimizar pra tirar partido logo de começo, ou os pcs vão atrasar um pouco o console nesse sentido? A mesma coisa do ps5, por outro lado, tem o foco no hardware fechado e não precisa se preocupar em otimizar pra outro hardware, mas quanto tempo levará para se adequarem? São só questões que fiquei imaginando…

Andre gt
Andre gt
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Mario, uma dúvida… quando se fala que xbox series x é hardware fechado, o que é verdade, se tem o benefício de extrair o melhor. Mas e nessa questão de que a abordagem da microsoft é trazer jogos para o PC, isso não influencia em ter mais trabalho para portar e mais equipes trabalhando? Uma no series x e a outra nas infinidade de hardware de pc pros jogos exclusivos da xbox? Ainda mais visto que directstorage pode demorar muito tempo até se tornar padrão…

Deto
Deto
Responder a  Andre gt
27 dias atrás

a MS vai ter EXclusivos com o mesmos compromissos dos multiplataformas.

é isso.

talvez no final da geração eles possam fazer um jogo no SX que use tudo o SSD, pq só lá a maioria dos PCs para jogos vão ter SSD do mesmo nível.

Li o Era, e os defensores do PC já começaram a falar que basta o PC no ano que vem ter PCI-E 5.0 para ter SSD Nvme de 14GB/s

acho incrível que para eles em 2022 todo mundo que tem PC vai jogar o PC inteiro no lixo para ter SSD de 14GB/s e “vencer esse video game peasant ai”

em 2026~27 que a maioria dos PCs para jogos vão ter PCI-E 5.0…

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Andre gt
27 dias atrás

Xbox é um sistema fechado, mas que tem especificidades paralelas no Pc. Muito mais fácil de se portar um AAA do Xbox para o Pc, pois ambos usam DirectX.
Já PlayStation tem sistema operacional próprio e um conjunto de APis que dificultam muito mais o Port. Por isso vemos alguns games quase impossíveis rodando no ps4 base ainda hoje. E ao que parece, as APIs da PS5 tendem a ser mais baixo nível ainda, tirando mais do hardware.

Eu creio que os estúdios Xbox fazem primeiro a versão PC hoje e depois portam para as capacidades do console. Não sei se alguém pode confirmar isso, mas faz todo sentido,.pois se fosse o contrário a one x aproveitaria muito mais do seu poder bruto frente ao PS4 pro.

Andre gt
Andre gt
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

Entendo, mas o questionamento fica nesse sentido da arquitetura velocity e o direct storage como não sendo um padrão devido a imensa variedade de hardware no pc… e nisso parece que, ou a xbox precisará de mais times otimizando, ou vão apenas pelo denominador comum sem tirar proveito do hardware custom do series x. Algo que a sony tem total vantagem e liberdade

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Andre gt
27 dias atrás

Creio que entre não portar para o Pc imediatamente e portar, a Microsoft vai portar day one. Os jogos todos mostrados por ela estavam rodando em PCs e não no SX, ela diz ser contra o conceito de gerações e que os jogos devem ser para todos os dispositivos possíveis. Só isso já aponta o caminho que seria óbvio. Mas cobrar o óbvio da Microsoft anda difícil. Então fica no ar mesmo, até vermos na prática.

Shin
Shin
Responder a  Andre gt
27 dias atrás

O Velocity é uma API e não um recurso do hardware o que ele permite e que o desenvolvedor tenha uma função de alto nível para a GPU pesquisar dados no SSD. Aonde começamos a ver isso? No High Bandwidht Cache Controller da AMD, agora as Ampere tem o IO RTX. O IORTX é mais como o IO Complex do PS5 e o Velocity e menos como o HBCC da AMD. Isso pois ele envolte compressão e descompressão a nível de hardware enquanto o HBCC era sobre paginação em bloco sem um formatode contender de dados específico ou sem a aceleração de compressão a nível de hardware mas a nível de driver command. Então o Direct Storage ele dar uma interface de desenvolvimento aos desenvolvedores retirando as tantas diferenças dos hardwares e padronizando o acesso.

Isso significa que se tiver um HDD no meu PC vai funcionar? É claro que sim só que pior.

O que ocorre quando tem menos velocidade de transmissão? Cria-se um buffer maior.

bruno
bruno
Responder a  Shin
27 dias atrás

Nao sei se o RTX IO funciona com um HDD mecanico. Faria sentido mas na pagina oficial da Vidia eles referem que o sistema esta pensado para nVme.

Shin
Shin
Responder a  Sparrow81
27 dias atrás

A API do XO tem mais haver com a API do 360 e não o DX que usamos no PC. Eu acho que so agora no Series que veremos uma convergência e nesse caso eles usarão a API do Windows RT que evoluiu para One Core a XSAPI.

O XO tem 3 OS.

bruno
bruno
Responder a  Shin
27 dias atrás

Tens certeza? Eu tambem suspeito que a api nao e o DX como temos no PC dado que tem mais controlo e permite mais acesso ao hardware da consola…

Mas penso que isso e apenas porque o hardware na consola e fixo..

Shin
Shin
Responder a  bruno
27 dias atrás

A Controladora do SSD é a mesma do Sata etc, cada SSD tem seu protocolo de formato e ele converte isso para o formato M.2 ou Sata. O IORTX ele só controla a gravação e leitura dos dados e a Compressão e descompressão. Ou seja o dado é automaticamente pré comprimido e o IO entende o formato de compressão e converte para o formato que a GPU entenda por sua vez quando a GPU precisa de despejo, ele comprime os dados e envia para a mídia de massa como paginas temporárias. Enquanto o Direct Storage oferece acesso via comandos as chamadas de movimentação de dados como se fosse uma movimentação de uma memória.

nETTo
nETTo
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

😇😅

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
27 dias atrás

Fanboys adoram distorcer palavras e a realidade. Mais um dia normal no mundo do pirulito.

Shin
Shin
Responder a  Cesário Filho
27 dias atrás

Tem haver com o processo os 8nm Samsung são pior em termos de perfomance elétrica que os 7nm TSMC então a Nvidia faz um chip com área maior mas sem obter aumento do clock em relação aos 12nm. A AMD tbm investe em ter menos chips por espelho mas aproveita o mesmo chip em diferentes placas diminuindo o custo de produção.

Além disso as CUDA tem menos contensão pois atuam como SIMT Single Instruction Multiple Threads o mesmo hardware de busca e decode, cada comando que vai para um SM tem embalado 4 blocos com 32Threads e cada um com distinções entre unidades FP e INT podendo emitir comandos simultâneos entre eles.

Ou seja as GPUs da Nvidia podem trabalhar em um maior número de funções simultaneas que as da AMD. A Nvidia em Ampere aproveitou sua capacidade de simultaniedade distribuindo mais um bloco SIMD32, então fica 4 partições com 32 núcleos 128 por SM e 10496 núcleos no total para RTX3090.

Ou seja a Nvidia percebeu que a simultaniedade entre INT e FP priorizava sempre FP, a codificação dos desenvolvedores sempre demandava mais FP. Então porquê não criar um double FP sem a complexidade de uma arquitetura double precision? E nisso que se baseia Ampere.

error: Conteúdo protegido