Inquérito no Japão mostra que 10.7% dos inquiridos planeiam comprar uma Nintendo Switch. Mas os números não dizem tudo!

A Nintendo revelou os resultados de um inquérito sobre a compra da Switch realizado no Japão. E nele 10,78 dos inquiridos revelaram que iriam comprar uma Switch. Mas será que os números dizem tudo?

Como tudo na vida, a qualidade de uma amostra é definidora da qualidade da sondagem. Questionar aos presentes no estádio do de uma equipa que joga em casa, durante um fim de semana de jogo, qual é a sua simpatia de clubes, levará a uma percentagem de respostas bem elevada da equipa da casa. Certamente muito mais elevada do que o mesmo questionário efectuado no estádio de um oponente, mesmo que o as equipas envolvidas sejam as mesmas.

Basicamente há dois factores em causa, o local onde se questiona, e a isenção da população inquirida. Naturalmente que questionar os visitantes de um stand de uma marca se ponderariam comprar um carro dessa marca é bem diferente de colocar a mesma questão na via pública e em um local que nada tem a ver com a marca.

Ora a Nintendo revelou que, de acordo com um questionário sobre o interesse da Nintendo Switch, 10.7% dos inquiridos revelou que estaria interessado em comprar a consola!

Um valor que, sem mais dados, poderá ser encarado com alguns como baixo, por outros como alto. Mas em qualquer dos casos, sem mais dados contextuais tal será apenas opinião!

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Este valor, caso fosse uma sondagem de rua, seria efectivamente elevado. Entre gamers e não gamers, pessoas com preferências por estilos de jogo dos mais variáveis, com preferências por jogos de certas marcas, ou outras diferenças, e dos mais variados estratos sociais, parece-nos que 10,7% seria um valor considerável.

Mas no entanto há mais dados a ter em conta, pois acontece que a amostra de 1400 pessoas não é exactamente isenta!

É que o questionário foi realizado no “Nintendo Switch Experience Meeting 2017”, um congresso realizado pela Nintendo para apresentação da consola! E tal quer dizer duas coisas:

  • As pessoas que ali se deslocaram fizeram-no porque possuem gosto pela Nintendo ao ponto de lhes dedicarem o tempo para a presença.
  • As pessoas que ali se deslocaram estavam efectivamente interessadas em conhecer a Switch.

Perante esta realidade, 10,7% passa daquilo que pode parecer um valor alto, para um valor bastante baixo! No meio de uma apresentação Nintendo dedicada à Switch e onde as pessoas ali se deslocaram propositadamente para conhecer a Switch, ter apenas 150 pessoas em 1400 questionadas a responder que iriam comprar a consola soa-nos claramente a pouco. Aparentemente a mesma não terá fascinado assim tanto como seria de esperar, pois num evento dedicado, e onde quem ali se desloca é à partida interessado no produto, seria expectável, em caso de sucesso na apresentação, que houvesse um interesse substancialmente maior na aquisição da consola.

Publicidade
Aproveite o código de descontos PCManias
Casetips

Retomando o nosso artigo

Não vos parece?

Terminamos com uma nota: A Nintendo divulgou o seguinte gráfico que mostra a distribuição demográfica dos inquiridos:

O questionário envolveu pessoas de ambos os sexos, dos 20 aos 60 anos que terão votado nas seguintes percentagens acima indicada (porque motivo todas as percentagens somadas não dá 100, mas sim 108,2 é um mistério para nós).

Como boas notícias, uma vez que a realidade presente neste congresso não é a global, aparentemente o número limitado de consolas disponível para as pré-reservas estará a vender bem pois a Nintendo referiu que vai aumentar a produção da consola.

Esperemos que, apesar dos contras, a Switch possa vir a ser um sucesso, pois a Nintendo já não anda verdadeiramente entre os grandes à algum tempo e certamente não é por falta de qualidade dos seus títulos!

Publicidade

Posts Relacionados