Matt Booty, chefe dos estúdios Xbox veio revelar que novos estúdios da Microsoft foram adquiridos para trabalhar em jogos AA. Mas será que todos?

A Microsoft adquiriu recentemente novos estúdios, complementado assim a lacuna aberta com o fecho de estúdios de nova geração. Mas quando certamente muitos esperariam que eles estivessem a trabalhar em jogos AAA, Matt Booty, o responsável máximo pelos estúdios XBox veio dar a conhecer que a ideia para a aquisição destes estúdios foi o trabalharem em jogos AA para o Gamepass. Será que é mesmo assim? Será o cenário da Xbox assim negro?

A situação pode muito bem soar a decepcionante. Tendo anunciado a consola mais poderosa de sempre, a Microsoft conseguiu retomar uma posição de liderança de performances no lançamento que lhe fugia, sendo que para conquistar o mercado apenas precisaria de confirmar que não tem apenas hardware, mas que teria igualmente o software.

Mas apesar do que é dito, será que a coisa é bem assim?

Bem, Matt Booty tinha já dado a conhecer que não se deveria esperar jogos exclusivos para as consolas de nova geração nos próximos dois anos, o que já por si se revelou decepcionante ao termos a poderosa série X presa a limites impostos por uma consola como a Xbox One, que mesmo em 2013, altura do seu lançamento, já não era exactamente uma proeza a nível do que eram as performances presentes no mercado.

E agora Matt vem dar a conhecer algo mais… que os jogos que estão a ser preparados pela maioria dos novos estúdios, são na realidade jogos AA e não jogos AAA, tendo os novos estúdios sido adquiridos com esse conceito de jogos em mente.



Confesso que fiquei entusiasmado com a X. É uma consola que segue os conceitos clássicos, levando-os a novos patamares, e com uma capacidade de cálculo deveras invejável. Mas como todo o hardware terá de ser acompanhado de software, especialmente após uma geração onde a Xbox One decepcionante ao nível do suporte. E nesse sentido as notícias que tem vindo da Microsoft não são as mais animadoras. Ainda por cima, estas declarações não caem exactamente como uma surpresa, pois como já o tínhamos referido em inúmeros artigos, não há forma de um serviço como o Gamepass se revelar lucrativo com a presença de jogos AAA regulares disponibilizados no dia de lançamento.

Daí que não deixa de ser curioso que no video que aqui colocamos (fim do artigo) possamos ouvir da boca de Matt Booty a referência à necessidade de jogos mais acessíveis para alimentar o Gamepass. A ideia clara é o alimentar do Gamepass com jogos AA, que segundo Matt são jogos ao estilo do Hellblade, que possuem grandes visuais, mas mais simples de conteúdo, com menor abrangência, de menor orçamento e com menos horas de jogo, que possam ser feitos por pequenas equipas. Basicamente a ideia é que estes possam ser lucrativos no Gamepass e alimentar o mesmo entre os lançamentos dos grandes Franchisings.

E para nós naturalmente que a questão de jogos para o Gamepass era uma inevitabilidade. Já o vinhamos a avisar à muito tempo. A Microsoft não consegue rentabilizar os jogos AAA que lança se não lançar algo pelo meio para fazer render o “peixe”.

Mas há que se ter em conta duas realidades:

1 – O rótulo AAA apenas se prende com os valores de produção  mas não com a qualidade dos jogos. Se olharmos para os jogos Nintendo nenhum deles se enquadra na definição de AAA pois nenhum deles possui um orçamento de topo, mas dada a sua elevada qualidade e jogabilidade é quase impossível  não os enquadrar aí.

Daí que jogos AA não são necessariamente uma coisa má. E podem aparecer jogos grandes e memoráveis nesse formato!



Hellblade: Senuas sacrifice foi um bom exemplo. É um jogo que não se compara a um AAA apesar de ter valores AAA. Não deixa de ter uma jogabilidade algo monótona e repetitiva, com cenários vazios, mas o certo é que também nunca custou 70 euros.

O novo Hellblade aparenta enquadrar-se na mesma situação, pelo menos de acordo com as palavras de Matt.

O melhor do último Hellblade foi que para os produtores o jogo foi um sucesso. O seu baixo custo foi logo rentabilizada pois os visuais venderam, e com essa formula a Xbox pode anunciar exclusivos, mostrar bons visuais e encher o Gamepass de jogos que se rentabilizam bem.

Fica só a dúvida se isso será suficiente para agradar em pleno aos fans que ao adquirirem uma X poderão estar à espera de muito mais.

2 – Será que a Microsoft não vai ter jogos AAA?



Claro que vai! Se Cerny meteu a pata na poça na apresentação da PS5, Matt Booty também o fez aqui nesta entrevista. E o que ele diz não é para ser interpretado como que a Microsoft não terá exclusivos AAA, ou que todos os pequenos estúdios se vão ficar pelos jogos AA.

Senão vejamos o que é falado/conhecido:

343 industries – Trabalha em Halo Infinite
inXile – Uma empresa que aparenta enquadrar-se na definição que Matt Booty descreveu, não tendo historial de AAA. Mas os últimos relatos referiam que trabalhava num AAA que era um RPG “ambicioso“.
Obsidian – Tambem referenciada como estando a trabalhar num RPG AAA
Playground Games – Trabalha no próximo Forza Horizon, e há referências a estar a trabalhar num novo AAA de mundo aberto.
The Initiative – Trabalha num jogo AAA
Turn 10 – Trabalha em Forza Motorsports, um AAA.
Age of Empires – Trabalha em AoE VI, um jogo AAA

Depois podemos dizer que há pelo menos dois estúdios (e só referimos dois pois o resto é ainda desconhecido), que mesmo que estejam a trabalhar em jogos AA, eles são muito interessantes.

Ninja Theory – Hellblade II. Pelo menos se nos guiarmos pelas palavras de Matt, este será um jogo AA.
Rare – Everwild



Terminamos então com as palavras de Matt:

 



76 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Livio
Livio
6 meses atrás

Mario, trocar a palavra final do 1° parágrafo de hardware para software

Deto
Deto
6 meses atrás

Eu acho que todos os novos estudios comprados na gestão do Matt Booty vão ser estudios que vão intercalar jogos AA e Indies.

algo como hellblade 1, bleeding edge (orçamento de INDIE), hellblade 2.

outer worlds 1(AA), grounded(Indie), “outer worlds 2” (AA)

todos vão ter duas equipes… enquanto a menor produz o “indie” a maior produz o AA, e obvio vai ter rotação e trocas de equipes.

Parece ser uma boa estrutura de linha de montagem, e fecha com a visão da MS sobre jogos, de linha de montagem igual Office e Windows.

Os AAA vão ser algo como Gears 5 e Forza Horizon; as vezes com um AAA fake igual Halo 5, que tem orçamento e tamanho de AA com campanha de 4h.

Esses rumores de AAA dos novos estudios da MS, até agora só vi os fanboys lerem PRs sobre isso para espalharem boatos sobre isso.

Não vi nada do nível do Jason confirmando algo como “é AAA”

daniel
daniel
Responder a  Deto
6 meses atrás

E outra; eu só aposto em jogos AAA daqueles estúdios que conseguirem rentabilizar com dlcs, cosméticos e afins. Jogos de corrida e rpgs eu até imagino que a Microsoft estará bem servida, mas triple A focado em narrativa talvez só a The Initiative e a The Coalition.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Deto
6 meses atrás

É @Deto parece que nunca jogou Halo 5,te recomendo a jogar e depois tu comenta o que achaste.Já que menciona diversas vezes sobre Halo 5 o que você pode dizer sobre Cal of Duty,você o considera um AA também?

Deto
Deto
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Halo tem SP de 4h com mesmo boss repetido 7x e batalha final é um CG de quick time event.

Se isso é gastar para um AAA, então RDR2 é o tal AAAAAA da the initiative

Vitor calado
Vitor calado
Responder a  Deto
6 meses atrás

eu gosto de jogo AAAAAAA

Edson
Edson
6 meses atrás

Mário, eles estão mudando a métrica de triplo A! Disseram que Ori é um AAA 2d e que Everwild tbm será um AAA! Ori é incrível e Everwild tbm aparenta que será um ótimo game, mas eles são mentirosos e provavelmente chamarão vários games AA de AAA para publicitarem esses games.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Eles são, pq falaram que ori é AAA e que Everwild tbm será AAA!

Deto
Deto
Responder a  Edson
6 meses atrás

agora a MS inventou uma nova categoria de “AAA”
o “AAA” metroidvania

esse é o novo critério, é “um AAA dos indies”

Interessante como o marketing da MS parece ser voltado para os fanboys do xbox e não para o grande publico.

pega qualquer pessoa que joga video game, bota ela jogar Death Strading, para jogar bem para baixo, e ORI e depois pergunta qual tem cara de “jogo”, AA ou AAA, ou cara de “joguinho”, INDIE.

mas para o fanboy do xbox, se a MS flaou que “é AAA”, então deve ser e eles vão na internet hypar isso.

a estratégia de chamar ori de AAA é a mesma de fazer E3 e tudo ser “xbox exclusive”:

– já que não tem AAA, melhor chamar tudo de AAA assim o termo perde significado
– já que não tem exclusivo, chama tudo de exclusivo e faz a palavra exclusivo perder o valor.

======

igual a the initiative…. “bota pedindo vaga pra fazer “AAAAAAAAA…” o tetra A, nossos fanboys vão achar que vamos fazer um jogo do dobro do valor do RDR2, nossos fanboys vão ficar gritando isso na internet e de repente convencem alguém, mas tb libera o “ficar pequeno, ficar agil” pq ai quando o jogo sair, dizemos que é estudio pequeno”

basicamente, joga um “indicio” em uma contratação do the initiative de jogo AAAA que ninguém vai levar a sério e só serve para os fanboys hyparem, depois quando for um Indie, os fanboys vão achar o máximo e ignorar que foram enganados e até la eles tem marketing grátis feito pelos fanboys.

José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Sei que a Ninja Theory apelidou o Hellblade de “Indie AAA”.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

https://www.eurogamer.net/articles/2020-02-26-ori-and-the-will-of-the-wisps-is-a-triple-a-2d-metroidvania

acho que errei, pensei que era a MS que tinha falado do jogo desse jeito.

Edson
Edson
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

A MS disse que o Ori é um game 2d AAA, Mário! E se não me falhe a memória, Aaron Greenberg disse que o novo game da Rare, Everwild, será AAA! Como bem disse o Deto, isso tudo é para tentar inverter, matar o conceito AAA! A MS superou na arte de ser inescrupulosa, mas que terão os gados xiitas do xbox que atacarão alguém como vc, caso um dia vc alegue que Ori não é AAA!

Deto
Deto
Responder a  Edson
6 meses atrás

o que eu acho mais bizarro nisso, é que só funciona com fanboy gado do xbox.

ninguém vai comparar Ori com God of War, Spiderman, Horizon Zero Dawn, por exemplo.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
6 meses atrás

Quando eu disse que não me interessa o Scarlett foi além de não confiar nas políticas da MS, não confio também por isso aí que mesmo sem ser dito eu já tinha essa sensação.

De que me adianta comprar o console bacana de 12 Tflop se o que alí vai ser entregue são coisas como Bleeding Edge?

Tem os outros multi que poderiam ser jogados em boa qualidade mas, no PS5 também provavelmente, só que com a adição de jogos como God of War, está bem claro pra todas as pessoas essa diferença absurda na qualidade do que é oferecido. E como a maioria sabe diferenciar o que são jogos bons de jogos horríveis é o que pesa na balança pro Playstation ter toda a vantagem, e até mesmo agora pra frente acredito eu, com hardware mais fraco. Parece comentário fanboy de Sony mas não é, acredite em mim. É desânimo mesmo.

Queria muito que o Scarlett tivesse lá alguns jogos excepcionais mas infelizmente parece que a MS não saí desse problema de falta de criatividade ou vontade de fazer diferente. Esse é o maior problema, além das suas políticas duvidosas.

Insisto que o Xbox (marca) devia ser vendido pra alguma outra empresa pra ver se o salva.

marcos
marcos
6 meses atrás

REALMENTE!

343: Halo Infinite (dizem que está sendo gasto $500 milhoes no game até uma engine nova foi criada para o game! )
inXile: “ambitious“ AAA RPG
Ninja Theory: Hellblade II
Obsidian: AAA RPG
PG#1: Forza Horizon Next
PG#2: AAA RPG
Rare: Everwild
The Initiative: AAA game
Turn10: Forza Motorsport Next
Undead: AAA State of Decay
World‘s Edge: AoE IV

Ele disse que alguns estudios vão criar jogos AA para o gamepass, não os 16!
basta ver as ofertas de emprego. Eles ampliaram em muito os estúdios.
Vamos esperar!

*** * ******* ** ****** * **** ***** * ********
Aceita!
Perdeu!
E a possibilidade de sair pelonenos 5 grandes Ip´s da microsoft é grande, afinal ela contratou grandes nomes da indústria incluindo gente da ND, SM, etc.

NOTA: Comentário alterado pela moderação.

Edson
Edson
Responder a  marcos
6 meses atrás

Cara, dizer???? A MS fala desde 2013 que irá arrebentar em jogos exclusivos e o que vimos foi um sucateamento de seus estúdios First Party! Ai comprou uma pancada de estúdio, montou outro, mas… Por enquanto só promessas! Terão AAA? Sim, mas por enquanto são só promessas! Há ofertas de games AAA? Sim, mas são só promessas! Porém, o que fala e o que faz, são coisas hiper diferentes, pois até papagaio fala! Agora, pelo que se desconfia ultimamente, são ofertas dela querendo desenvolvedores para games AAA, mas fazendo games AA, dizendo que são AAAs. Óbvio que terão AAAs, pois Gears, Forza, Halo são , mas sempre os msms?

bruno
bruno
Responder a  marcos
6 meses atrás

@Marcos Sabes, isso é o poderia ser assumido quando a MS adquiriu a Ninja Theory. Este estúdio sempre se distingiu pelos trabalhoss singlepayer, com um estilo muito próprio. Tens afinal Heavenly Sword, Enslaved, e DmC no historial do estúdio. O primeiro jogo entregue pelo estúdio, sob alçada da MS?

Bleeding Edge, um MMO. E pela análise, está tal e qual Sea of Thieves. Vazio e sem conteúdo.

Tudo o que referes é baseado em rumores e mais nada. Mesmo Halo Infinite não se sabe se será na linha dos antecessores, ou o levar de Halo para os jogos como serviço-

Eu não concordo que todos os títulos futuros da MS sejam AA, não com uma nova plataforma em cima da mesa…

Mas a verdade é que não são palavras, mas sim actos que provam coisas.

Phil Spencer elogia os jogos da Sony, a MS adquire estúdios e Phil Spencer afirma que quer ser competitivo no seu conteúdo first party.a Mas Phil Spencer, enquanto fazia isso, cancelou vários projectos AAA e sob a sua supervisãpo tivestes Crackdown 3, Sea of Thieves, State of Decay, e agora Bleeding edge. Sob a sua supervisao, tiveste uma promessa de vários jogos a serem entregues e levaste com uma gamescom cheia de indies de baixo custo a revelar o output desses estúdios mal foram adquiridos.

Tudo o que referes sobre os projectos, excepto talvez Forza, são isso mesmo – assumpções. Tu não tens confirmação que a Playground está a trabalhar num RPG AAA, há apenas o rumor, não sabes em que está a trabalhar o The Initiative, State of Decay não é AAA e Age of Empires muito menos.

Reinaldo
Responder a  bruno
6 meses atrás

O novo Age of Empires está referido como sendo AAA, mas você sabe que rumores há muitos e pode não ser. Mas ele está sendo referido.
Mas poderá ser AA, e o pessoal estar sendo tapeado pelos visuais.

AlexandreR
AlexandreR
6 meses atrás

Agora percebo…
Por isso é que o Phill disse que a Xbox SX só terá exclusivos passado 1/2 anos.
No início é só criarem jogos criativos AA para toda a família Xbox e esperar que a Xbox SX cresça no mercado.
Para quando tiver um número significativo, os AAA serem rentabilizados!
Mas a Sony atacando em força nos exclusivos inicialmente, os consumidores irão ter preferência pela Ps5.
Não é só ter uma boa plataforma e o marketing estar a favor deles devido a performance…
Estou a ver a divisão Xbox a meterem o pé na poça no início da próxima geração!

Rui
Rui
6 meses atrás

Sr mario, todos os jogos da ps4 exclusivos e falo apenas das produtoras da sony, sao jogos AAA mas anda tudo maluco? Os AAA na ps4 da sony eram que 40%? Do total? 50%?

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

É obvio que sim nem todos os jogos podem ser AAA assim como nem todos filmes sao grandes blockbusters, é preciso os projectos menores para balancear e é as vezes nestes projectos menores que aparecem as grandes supresas.

A Microsoft deveria alem desta aposta em novos jogos e no gamepass e no hardware era fazer aquelas jogadas rafeiras do passado em ter conteúdo exclusivo de 3dpartys ou conteúdo antecipado que a sony andou a fazer a geracao anterior inteira.

Nao concordo com isso e isso nao vai acontecer o próprio phill spencer disse que ele nao faria isso, mas essa foi uma arma suja da ps4 na geracao passada.

Espero é por novidades das consolas e especialmente da lockhart porque jogos para se jogar numa Xbox, Xbox 360, Xbox one nunca faltaram.

Rui
Rui
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Para mim conteúdo exclusivo ou antecipado num jogo é jogo sujo. Sempre foi sempre será, estas a pagar o mesmo para receberes menos jogo ou mais tarde.

Quanto ao tomb raider nao foi uma jogada genial mas o tomb raider é tudo menos um jogo genérico é um grande nome na indústria e com muito mais passado que outros do género.

Quanto a ti detto, alguém tem de fazer o papel de engraçadinho,tu gostas de te sujeitar a isso tas a vontade e tenho a certeza que o phill spencer ficou a tremer com a opinião desse youtuber que tu viste que a ps5 é a melhor invenção depois do pão fatiado.

Haja paciência.

bruno
bruno
Responder a  Rui
6 meses atrás

@Rui, sim? Então deves ter detestado a MS na altura da 360. O nojo que te deve ter dado suportar esse consola.

Deto
Deto
Responder a  Rui
6 meses atrás

tipo roubar o acordo da MS no X360 de DLC exclusiva do COD?

ahhahahaha

segundo um youtuber que eu vi, vai ser pior ainda no PS5, pq os desenvolvedores third vão usar o SSD do PS5 para fazer coisas que no SX não é possível e ai vamos ver vitimismo com teorias da conspiração do tipo que a “Sony pagou a Bungie para o Destiny não rodar 60fps no xooneXXXX”

a Sony acertou no SSD pelo menos até agora, deixou todo mundo interessado e discutindo sobre o assunto, enquanto ninguém tem nada para discutir de +17% TF que vai dar 8% a mais de resolução, pq isso não é novidade nenhuma e não tem nada “next gen” em 8% de resolução.

bruno
bruno
Responder a  Rui
6 meses atrás

Rui Há uma diferença muito grande entre nem tudo ser AAA e a maioria não ser AAA.

bruno
bruno
Responder a  Rui
6 meses atrás

@Rui, não sei… vejamos:

ND: Uncharted 4 (AAA), Uncharted The Lost Legacy (AAA), The Last of Us part 2 (AAA)

Insomniac: Ratchet e Clanck (AAA), Spider-Man (AAA)

Sucker Punch: Infamous SS (AAA), Ghosts of Tsushima (AAA)

Santa Monica: The Order 1886 (AAA), God of War (AAA)

Guerrilha Games: Kilzone Shadow Fall (AAA), Horizon Zero Dawn (AAA)

Bend Studio: Days Gone (AAA)

London Studio: Titulos VR (AA e AAA)

PD: Gran Turismo Sport (mesma categoria que Forza)

Evolution: Driveclub (mesma categoria que forza)

Japan Studio: Gravity rUSH 2, Knack 1 e 2 (ok, podemos considerar estes AA, apesar de serem AA com alto valor de produção), The Last Guardian e Bloodborne (considera este como quiseres).

O que achas tu? Eu acho que pelo menos 80%, se não mais, do conteúdo produzido internamente pela Sony cá fora são AAA.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  bruno
6 meses atrás

Bloodborne é um AAA, não há dúvidas!

José Galvão
6 meses atrás

Tal como já tinhas referido por diversas vezes, isto que ele diz é inevitável, só quem não tem dois dedos de testa é que não percebe que por causa do actual foco da Microsoft, streaming e gamepass, não vão ter os AAA na quantidade e qualidade que seria esperado, tendo em conta as aquisições feitas.

Mas mesmo o óbvio sendo constatado pela boca da própria Microsoft, ainda existem muitos que vão estar em negação porque desengane-se quem acha que na nova geração a Microsoft conseguirá igualar a oferta da Sony ou até a da Nintendo.

E por falar em Nintendo, não concordo quando afirmas que os jogos da Nintendo não são AAA, o que chamas a um jogo que conta com uma equipa de mais de 100 pessoas a trabalhar nele durante 5 anos?
Não acredito que um jogo como Zelda Breath of the Wild ou Mário Oddyssey não tenham um orçamento digno de um AAA.

Edson
Edson
Responder a  José Galvão
6 meses atrás

Concordo contigo, José!!!

bruno
bruno
Responder a  José Galvão
6 meses atrás

Aliás, foi essa a opinião da Eurogamer sobre Bleeding Edge – título feito para o Gamepass com o conteúdo a ser liberado mais tarde e de forma faseada.

E foi para isto que a Ninja Theory está a fazer exclusivos.

Rui Teixeira
Rui Teixeira
6 meses atrás

Mário, peço desculpa pelo offtopic, mas este pareceu-me um vídeo muito interessante e está, de certa forma, relacionado com as consolas.
https://www.youtube.com/watch?v=PW-7Y7GbsiY

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Estou super curioso com as funcionalidades e os jogos da Ps5. E esperar que o 37 CU seja versátil como referiram os Devs, não tornando o Tempest obrigatório.
Agora o que eu mais temo é a situação do Covid 19. Não só está a destruir o mercado a nível mundial como também poderá adiar o lançamento de The last of us e Ghost of tsushima.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

É esperar que não seja uma crise tão grande como tivemos há uns anos!
Eu ainda estou incrédulo com a taxa de mortalidade em Itália, mas deve ser devido exaustão do pessoal competente como também a população envelhecida.
E infelizmente no US também se vai agravar, é onde há maior número de casos de covid19…

Ps: Quem quiser acompanhar a situação mundial

https://gisanddata.maps.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6

bruno
bruno
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

E por pior deve entender-se a ocorrência de riots, protestos e outros que tais.

Porque os Governos estão a pedir às pessoas para ficarem em casa e não irem trabalhar, mas não estão a ter o cuidado de proteger os empregos dessas pessoas, dando liberdade aos empregadores para demitirem, e não estão preocupados com pagamentos de salários, ainda.

Eu acho incrível que a esta altura do campeonato ainda se discuta na assembleia da República se os impostos de luz e àgua deve continuar a ser pagos durante este preríodo.

Vi ainda agora uma notícia que no sul de Itália já se estão a fazer iniciativas por protestos e ataques a supermercados.

Isto é a situação em que tudo fica muito pior. Se cairmos nisto, será uma catástrofe e não ajuda quando temos idiotas da Holanda a criticarem a ajuda comunitária.

Ewertom
Ewertom
Responder a  bruno
6 meses atrás

Triste isso ai @Bruno(vindo do povo Holandês),que Deus nos guarde deste momento tão dificil ao qual o ser humano esta passando e nos de sabedoria de espirito para entender certas situações impostas.
É complicado,mas tenho certeza que no final,tudo dará certo para todos nós.

José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Por acaso já tinha visto parte do video, tendo sido destacado no video de outro youtuber e achei muito interessante, foi com surpresa que vi que era o video que queria ver por inteiro.

É o que eu digo, e atenção que posso muito bem cair do cavalo, mas quando começar a sair as comparações dos multi, muitos dos que agora acham que a Xbox tem uma clara vantagem, vão ficar incrédulos, ou muito me engana ou vamos ter uma grande reviravolta não só na postura de muitos dos media como do especialista de teclado que acha que serão só loadings melhores.

bruno
bruno
Responder a  José Galvão
6 meses atrás

O SSD, apesar de muitos duvidarem, pode ser uma grande coisa e pode criar problemas a Xbox e ao PC. O problema e que as pessoas não têm noção do que se passa com a gestão de memória e o efeito que isso tem nos jogos e no design.a

Agora, apesar da Xbox não ter tão elevada velocidade, a consola tem um SSD pelo que alguma melhoria tb irá ocorrer.

Mas a PS5 parece ser completamente desenhada para permitir ao sistema carregar elementos do disco, ao passou que a Xbox até poderá fazer isto, mas não num n+ivel tao grande como a PS. E isto, influencia muita, muita coisa.

Deto
Deto
6 meses atrás

off:

tô tentando achar um comentário meu aqui, não lembro onde fiz.

não teria como ter algum tipo de busca de usuário? algo como: filtro para todos os comentários de fulano

Shin
Shin
6 meses atrás

É igual Rock, uma produtora adquire direitos de produção de uma banda não para permitir-los fazer som hardcore mas sim para usar para usar sua apresentação para fazer músicas que pegue. É o que está acontecendo com a Ninja Theory, as pessoas pensam em Enslaved ou Heavenly Sword voltando mas a MS não vai fazer isso, ela fará do Hell Blade 2 algo que possa competir com um GoW mas usando um motor gráfico mais prático e uma produção muito mais rápida.

A MS está interesada em IPs e não essencialmente um padrão de qualidade de altíssimo nível. Qualidade tem seu custo, é por isso que eles precisam de hardware premium, empurra-se poder sobre uma produção mais diminuta.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Eu acho que o Tempest vai ser um gimmick….
Mas se é o desfecho dessa telenovela, vais chegar a um conclusão em concreto, referindo quem é que tem a razão :p

Ewertom
Ewertom
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Bom dia @Mário,os cartões SSd Nvme que equipam tanto a nova Xbox e o Ps5 onde esta arquitetura utilizada no Xbox já se encontra sendo fabricado pela Seagate sendo cartões de inicio de 1Tb,e coloco a questão do preço que nós consumidores iremos pagar por estes cartões,se na nova xbox os cartões podem ser encontrados com maior facilidade e com preços não tão acessíveis assim como esperar os cartões do Ps5 onde não se tem noticias de fabrico ou a que preço isso será colocado ao consumidor,pois como é uma tecnoçogia que ainda não é empregada as massas e como sabemos tudo que é novo e inovador não é barato.Não seria um tiro no pé a utilização deste cartão ultra veloz?
Coloquei um link de um Site para tu verificar as especificações do cartão em si e me preocupo o preço ofertado pelo tamanho do armazenamento somenbte 250gbt,muito pouco para a próxima gen.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Características:

– Marca: XPG

– Modelo: AGAMMIXS11P-256GT-C

Especificações:

– Capacidade: 256 GB

– Flash NAND: 3D TLC

– Interface: PCIe Gen3 x4

– Temperatura de operação: 0º C ~ 70º C

– Fator de forma: M.2 2280

– Temperatura de armazenamento: -40º C ~ 85º C

– MTBF: 2.000.000 horas

– Resistência ao Choque: 1500G / 0.5ms

– Dimensões: 22 x 80 x 6.1 mm

– Certificações: RoHS, CE, FCC, BSMI, VCCI, KC

Consumo de Energia:

– 0.33W Ativo (típico)

– 0.14W Stand by (típico)

* Analisado pelo medidor de energia.

Perfomance:

– TBW: 160 TB

Desempenho CDM (QD32):

– Leitura Sequencial: 3500 MB / seg

– Gravação Sequencial: 1200 MB / seg

Desempenho ATTO:

– Leitura Sequencial: 3350 MB / seg

– Gravação Sequencial: 1150 MB / seg

Desempenho AS SSD:

– Leitura Sequencial: 2950 MB / seg

– Gravação Sequencial: 1100 MB / seg

Desempenho 4K IOPS:

– Leitura Aleatória: 220K

– Gravação Aleatória: 290K

SSD Adata XPG Gammix S11 Pro, 256GB, M.2 NVMe, Leitura 3500MB/s, Gravação 1200MB/s – AGAMMIXS11P-256GT-C

Ewertom
Ewertom
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

@Mário,preocupante esta parte no que toca a preços,isso não é bacana,mas sei que nas circunstãncia de fabricação e concepção das consolas isso éra inevitável.Obrigado pela resposta.
OBS: No comentário anterior não havia saido o conteudo todo e tu respondeu sem o link completo,me desculpe.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

@Mário gostaria que tu desse uma olhada nestas especificações de um cartão SSD Nvme,me parece que pelos dados são um cartão com as expecificações do Xbox SX com 4 pistas de comunicação,obrigado,pois se for como base somente este cartão no Brasil custa o equivalente a R$1.800,00 ou seja produto para poucos,infelizmente.

Características:

– Marca: Kingston

– Modelo: SKC2000M8/1000G

Especificações:

– Formato M.2 2280

– Interface NVMe PCIe Ger 3.0 x 4 pistas

– Capacidade¹: 1TB

– Controlador: SMI 2262EN

– NAND 3D TLC 96 camadas

– Criptografia: criptografia AES 256-bit

– Leitura/gravação sequencial²: até 3.200/2.200MB/s

– Leitura/gravação aleatória 4K²: até 350.000/275.000 IOPS

– Total de bytes gravados (TBW)³: 600TBW

– Consumo de energia: 0,003W inativo / 0,2W média / 2,1W (MAX) leitura / 7W (MAX) gravação

– Temperatura de armazenamento -40°C a 85°C

– Temperatura de operação 0°C a 70°C

– Dimensões 80 x 22 x 3,5 mm

– Vibração quando em operação 2,17G pico (7-800 Hz)

– Vibração quando não está em operação 20G pico (20-1000 Hz)

– MTBF (Tempo Médio entre Falhas) 2,000,000

Conteúdo da embalagem:

– SSD Kingston KC2000, 1000GB, M.2 NVMe, Leitura 3200MB/s, Gravação 2200MB/s – SKC2000M8/1000G

– Software para Clonagem do Disco Rígido – Cupom para Download

Observações:

¹Parte da capacidade mencionada de um dispositivo de armazenamento de memória Flash é utilizada para a formatação e outras funções, portanto não está disponível para o armazenamento de dados. Isso significa que a capacidade real de armazenamento de dados é inferior àquela indicada nos produtos. Para mais informações, acesse o Guia de Memória Flash da Kingston em kingston.com/flashguide.

²Baseado em “desempenho imediato”, utilizando uma placa-mãe SATA Rev. 3.0 / PCIe. A velocidade pode variar de acordo com o hardware do host, do software e da utilização. IOMETER – Leitura/Gravação aleatória de 4K-baseada em partição de 8GB.

³O total de bytes gravados (TBW) tem origem na Carga de Trabalho do Cliente JEDEC (JESD219A).

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

É bem pequeno…

Ewertom
Ewertom
Responder a  AlexandreR
6 meses atrás

@Alexandre,mas o preço vai ser grande,estamos todos entusiasmado com a velocidade do SSd do PS5 e esquecemos deste grande detalhe,.
Pra mim como não compro midia digital comprar uma Ps5 de 1 ou 2 tera e excluir os jogos comprados agora quem compra midia digital complica demais o espaço,não sei se é verdade,mas está um boxixo grande na net de que a atualização do Call of Duty esta em 175gbt ou seja somente uma atualização com quase 200giga,tão de brincadeira,imagina um jogo next pensado nos consoles próprios.
Eu não consigo imaginar baixar excluir,baixar excluir.com estes dados todos é impensável.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Ewertom
6 meses atrás

Eventualmente com o lançar de novas versões da Ps5 e Xbox SX, iram aumentar o SSD.
Como aconteceu nesta geração, inicialmente era 500 gb e depois passou para 1tb.

Shin
Shin
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Esse formato próprio permite que o controlador esteja no console.

Shin
Shin
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

A real sobre as tecnologias de Som dessas APUs é que são modders sobre o True Audio Next. Só entender que o que Cerny disse, vão usar CUs como uma PPU mais poderosa que o Jaguar para este recurso. Onde vimos isso?
comment image

A diferença que aquilo que ocupava 4 CUs na RX480 em RDNA ocupa uma única CU.

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Relativamente ao CU dedicado ao áudio, não sei até que ponto poderá tomar outros funções.
Pelo que percebi, o Mark referiu quer revolucionar o áudio nos jogos. Mas tornando o CU liberto, a maior parte dos Devs ira usar para outras alternativas. (Third Party)
E se o mesmo tiver no mesmo GPU, basta simplesmente desativar a componente do áudio
O que é provável, a meu ver, é o CU estar a parte do GPU, sendo versátil tanto para um lado como para o outro.
Logo estando a parte do GPU, tanto para o áudio como para outras funções terá que ser programado de maneira diferente.

Se estiver a cometer alguma gralha em termos informáticos, corrigem me 😅

error: Conteúdo protegido