Metal Gear Saga: Parte 4

Nota: Esta é a quarta parte de um artigo multi partes com a Saga de Metal Gear. A terceira parte pode ser encontrada aqui.

Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty

MGS4-2

Dois anos depois do incidente de Shadow Moses, todas as potencias nucleares, fazem uso da tecnologia de Metal Gear, que Revolver Ocelot difundiu para o mercado negro, perante tal cenário, Snake, Otacon, Nastasha Romanenko e Mei Ling, formam um grupo chamado de ”Philanthropy”, que se dedica a tentar erradicar a tecnologia de Metal Gear, monitorizando o desenvolvimento dessa tecnologia, infiltrando-se nos computadores do Pentágono, para depois denunciar as suas descobertas através da internet.
Depois de Otacon receber uma dica por email de sua irmã, Emma Emmerich (uma génio em matéria de inteligência artificial), Otacon decide entrar no sistema do Pentágono, e descobre que a marinha Norte-Americana, planeava transportar secretamente num petroleiro, um novo tipo de Metal Gear, Metal Gear RAY, uma espécie de anti-Metal Gear, com capacidades anfíbias, e fortemente armado para combater as variações de Metal Gear dos países do 3º mundo.

Snake é enviado para o navio, com a missão de fotografar Metal Gear RAY, para expor a verdade ao mundo, mas entretanto o navio é invadido por Ocelot, e pelas tropas do exército privado de Sergei Gurlukovich (a quem Ocelot promete ajudar a voltar a erguer a antiga União Soviética), com o objectivo de roubar RAY. Perante esta situação, Snake é forçado a lutar contra os mercenários que tomam de assalto o navio, e chega mesmo a defrontar Olga (a única filha de Gurlukovich), na sua demanda para divulgar RAY, até que se depara com um Ocelot, que agora surge com o braço de Liquid Snake, implantado no lugar do braço amputado pelo Cyborg Ninja, e começa a agir como se estivesse possuído por Liquid, através do seu braço direito, e anuncia que quer destruir os Patriots ao mesmo tempo que trai Gurlukovich, assassinando-o juntamente com Scott Dolph, o comandante do navio de transporte de Metal Gear RAY, que Ocelot se apodera, para afundar o petroleiro ao largo de Manhattan, antes de fugir para o mar com o novo Metal Gear. Embora tenha sido Ocelot a afundar o navio, as culpas são oficialmente atribuídas a Snake, destruindo-lhe a reputação, tendo sido declarado morto no naufrágio…

Dois anos mais tarde, um grupo terrorista auto-intitulado de ”Sons Of Liberty” toma de assalto ”Big Shell”, uma estação de descontaminação, situada a 30 km de Manhattan, criada para esterilizar toda uma área, que havia sido contaminada com crude, devido ao naufrágio de um petroleiro dois anos antes.
O grupo era liderado por George Sears, o 43º presidente dos Estados Unidos, que ao serviço dos Patriots, esteve por detrás do escândalo de Shadow Moses, tendo Revolver Ocelot como seu cúmplice, razão pela qual foi destituído do cargo, o que o fez revoltar contra os Patriots.
George Sears era nem mais nem menos que ”Solidus Snake”, o mais puro dos 3 clones de Big Boss, em 2009 descobre que Big Shell albergava Arsenal Gear, uma fortaleza móvel quase impenetrável, desenvolvida pelos Patriots, e resolve rouba-la com a ajuda de Ocelot e da ”Dead Cell”, uma unidade de forças especiais oriunda dos ”Navy Seals”, composta por Fortune (filha de Scott Dolph), Vamp (muitos acreditam que mantinha uma relação homossexual com o pai de Fortune, era aparentemente imune a qualquer tipo de ferimento) e Fatman (um especialista em explosivos), a qual Solidus criou durante a sua presidência.
Ao tomar de assalto Big Shell, o grupo faz refém o actual presidente dos Estados Unidos, James Johnson (que se encontra no local a inspeccionar as instalações), e pede um resgate de 30 biliões de dólares.
A FOXHOUND agora renovada, é novamente chamada a intervir, por intermédio de um novo membro de nome Jack, e com o nome de código ”Raiden”, a missão deste operativo apenas treinado em ambiente virtual, é a de resgatar o presidente Johnson, e travar os terroristas tendo o apoio do Coronel Campbell e Rosemary, que por acaso, é namorada de Raiden. Paralelamente à missão, deccorre outra protagonizada pelos Navy Seals, a ”SEAL Team 10”, que tem como objectivo salvar o presidente, mas é dizimada pela Dead Cell, após a sua abordagem por helicóptero, ao contrário de Raiden, que munido por um fato especial constituído por pele artificial, opta por uma abordagem subaquática. Durante a sua incursão por Big Shell, Raiden depara-se com dois novos aliados, um deles é uma nova versão do Cyborg Ninja que se auto-intitula de ”Mr. X”, o outro é Iroquois Pliskin, que diz ser o único sobrevivente da SEAL Team 10, ambos dão apoio e informação a Raiden via codec, embora nenhum dos dois seja quem afirma ser…

MGS4-3


Solidus Snake já na posse de Arsenal Gear, tem como real objectivo, fazê-lo explodir com uma bomba de hidrogénio, em plena Manhattan, mais precisamente em Wall Street, de modo a lançar o caos económico em todo o mundo, e ali mesmo estabelecer ”Outer Haven”.

Arsenal Gear alberga dentro do seu poderoso computador central, uma IA (inteligência artificial) de nome GW (Solidus acredita que essa IA continha a lista dos 12 membros honorários, que constituem os Patriots, que ele quer tanto derrubar), que faz parte de uma rede de IA’s desenvolvida pelos Patriots.
Essa rede foi criada por Zero, para gerir os Patriots, e controlar toda a informação politica, legal, social, económica e cultural, de todo o mundo, é controlada por uma IA principal que se chamava JD (John Doe), que gere todas as outras IA’s, cujas iniciais têm os nomes dos principais presidentes americanos, TJ (Thomas Jefferson), AL (Abraham Lincoln), TR (Theodore Rosevelt) e GW (George Washington), que por sua vez monitoriza toda a informação militar.
Durante o incidente de Big Shell, e logo após Solidus se apoderar de Arsenal Gear, GW começa a correr uma simulação dos acontecimentos de Shadow Moses criando um coronel Campbell e Rosemary virtuais no cérebro de Raiden, com o intuito de o manipular, algo graças aos ”nanomachines” (uma espécie de proteína mecanizada, capaz de controlar vários aspectos do seu hospedeiro, ligando-o à rede de IA’s dos Patriots) implementados em Raiden pelos Patriots, que tinham enviado o misterioso Mr. X para o ajudar.
Mr. X era na verdade Olga Gurlukovich, que tinha lutado com Snake no navio dois anos antes, altura em que já estava gravida de uma menina, a quem viria a chamar de Sunny, e que seria levada pelos Patriots, obrigando Olga a colaborar na manipulação de Raiden, que só descobre a verdade através de Solidus com quem trava uma dura batalha, e revela tê-lo raptado em criança, tornando-o numa criança soldado ao seu serviço, para depois lhe apagar a memória…

MGS4-4

Eventualmente, Raiden começa a recuperar a memória, e ciente da verdade, descobre que na realidade Pliskin, é de facto o lendário Solid Snake, que se julgava morto. Snake conta com o apoio de Otacon, que tenta reencontrar a sua irmã Emma em Big Shell, Emma fora a mente, por detrás do desenvolvimento da GW, a mando dos Patriots que também ordenara a Emma, que desenvolvesse um vírus, para destruir GW, caso este viesse a cair em mãos inimigas. Emma que tinha alertado o seu irmão por email, acerca de Metal Gear RAY, é salva por Raiden, a quem entrega o vírus, mas acaba por ser esfaqueada mortalmente por Vamp, vindo a falecer nos braços de Otacon.


Raiden agora livre da influência dos Patriots, e com a ajuda de Snake, infiltra-se em Arsenal Gear para descarregar na GW, o vírus fornecido por Emma. Entretanto Solidus descobre que Revolver Ocelot, está a trabalhar para os Patriots, com o objectivo de impedir a investida de Solidus contra os Patriots, e de recolher toda a informação, referente à simulação realizada por GW, mas Ocelot acaba por fugir para o mar a bordo de Metal Gear RAY, não sem antes ferir mortalmente Fortune, um dos membros da Dead Cell, que descobre que Ocelot, tinha morto o seu pai dois anos antes para roubar RAY.
Por sua vez, Solidus enfrenta Olga, que tinha sido enviada como Cyborg Ninja pelos Patriots, acabando por executá-la. O terceiro clone de Big Boss, acaba por perder o controlo de Arsenal Gear devido a Raiden ter descarregado o vírus de Emma na GW, e despenha Arsenal Gear contra Federal Hall, em Nova Iorque (um edifício histórico, situado em Wall Street, com a estátua do primeiro presidente dos Estados Unidos, George Washington), numa derradeira tentativa de atingir os Patriots, mas acaba por falhar.
Sem a GW de onde retirar a lista dos 12 membros dos Patriots, Solidus vira-se agora para Raiden, para obter os nanomachines alojados no seu cérebro, e que segundo o seu raciocínio, revela as identidades dos membros dos Patriots.

MGS4-5

Solidus acaba por morrer aos pés de Raiden, depois de um duro combate, Raiden decide agora, resgatar a filha de Olga, Sunny, que tinha sido injectada com nanomachines, programados para acabar com a sua vida caso Raiden morresse, mas este consegue descobri-la numa base secreta dos Patriots (Area 51), de onde a consegue resgatar, para depois entregá-la aos cuidados de Hal Emmerick (Otacon), que desarma os nanomachines de Sunny, que acaba por se revelar uma criança extremamente dotada, e uma personagem central no futuro da humanidade.

Nota:A Parte 5, e final, encontra-se aqui.

Publicidade

Posts Relacionados