Metal Gear Saga: Parte 5

MGS5-1

Nota: Esta é a quinta e última parte de um artigo multi partes com a Saga de Metal Gear. A quarta parte pode ser encontrada aqui.

Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

MGS5-2

Cinco anos depois do incidente de Big Shell, vivem-se tempos conturbados, o mundo inteiro está em constante guerra, protagonizada pelos ”PMC” (Private Military Company), que não são mais do que exércitos privados, que alugam os seus serviços, este modelo de negócio é tão comum e tão extenso, que em termos económicos, a guerra tem o mesmo significado para o século XXI, que o petróleo teve para o século XX,  é o pilar da economia mundial.
Solid Snake que se retirou, depois do incidente de Big Shell, está a envelhecer rapidamente, e vive uma vida recatada, longe do campo de batalha.

Roy Campbell, ex-Coronel de Snake, encontra-se a trabalhar na UN (Nações Unidas), e revela a Snake e Otacon, que descobriu o paradeiro de Ocelot, que muda o seu nome de código para ”Liquid Ocelot”, por estar completamente possuído pela personalidade de Liquid Snake, de quem tem o braço direito implantado. O plano de Liquid, enquanto líder das 5 maiores PMC’s do mundo, é o de se apoderar do ”SOP” (Sons Of The Patriots).
SOP é um sistema de controlo desenvolvido pela AT Security (antiga Armstech presidida por Kenneth Baker, que morreu vitima de FOXDIE em Shadow Moses) para os Patriots, que funciona à base de nanomachines (uma espécie de proteína mecanizada, que se desloca pelo organismo através da corrente sanguínea), e que eram injectados nos soldados, permitindo ao sistema através de uma ID única, monitorizar e controlar não só as acções, mas também o estado de saúde dos soldados, fornecendo informação acerca dos níveis de açúcar no sangue e adrenalina, o que permite reduzir a dor em caso de ferimento em combate, e controlar tanto as emoções como os reflexos dos soldados, tornando qualquer ”rookie’, num veterano de guerra.
As nanomachines tambem são utilizadas para trancar o acesso a armas e veiculos a quem não detinha a ID correspondente, servem igualmente de ponte de comunicação entre membros da mesma unidade, utilizando transmissões de curta distância, de modo a partilharem os sentidos uns dos outros, permitindo-lhes actuar como um só individuo.
Toda esta informação é transmitida ao sistema em tempo real, permitindo um controlo total do campo de batalha.

 

 

Com um claro objectivo em mente, Snake é enviado para o Médio Oriente, disfarçado de um dos inspectores da UN, que fiscalizam a actividade dos PMC em todo o mundo, a sua missão é a de assassinar Liquid, que planeia mergulhar a humanidade num ambiente de caos e destruição, e assim impedir a sua insurreição, uma tarefa deveras difícil para um homem que mostra sinais de envelhecimento acelerado, e que tem pouco tempo de vida.
Solid Snake, que devido à sua condição débil, adopta o nome de código ”Old Snake”, o velho Snake revela sintomas clássicos do síndrome de Werner (uma doença de origem genética cujos sintomas coincidem com aqueles observados em pessoas de idade avançada, podendo também ser denominada de síndrome do envelhecimento precoce), resultado da sua condição de clone criado pelos Patriots, que artificialmente ”projectaram” Snake, para ter uma vida curta, sob risco dos seus genes caiam em mãos inimigas.

Ao chegar ao Médio Oriente, o velho Snake reencontra a sua paixão de outrora, Meryl, que amadureceu e se tornou na nova comandante da unidade FOXHOUD, que vai servir de apoio a Snake na sua missão, e encaminha-o para a posição onde se encontra Liquid, não sem antes, conhecer Drebin, um negociante de armas no mercado negro, que adverte Snake que precisa de ser injectado com a nova geração de nanomachines, para poder utilizar as armas que Drebin vai ‘’lavando’’ no sistema, uma vez que Snake ainda é portador da 1ª geração de nanomachines (FOXDIE). Quando alcança Liquid, falha a sua tentativa de assassinato, porque o vilão activa um sinal para incapacitar a velha lenda e seus aliados, através de nanomacinhnes, mas descobre que Naomi Hunter, especialista em genética que não via desde Shadow Moses, está a ajudar Liquid.

Após se reunir com Otacon e Sunny (filha de Olga Gurlugkovich, salva por Raiden), a equipa recebe uma mensagem encriptada de Naomi, a revelar que Liquid está a forçá-la a cooperar numa pesquisa na Africa do Sul, implorando que Snake a venha resgatar. Quando Snake encontra Naomi, esta revela que o plano de Liquid, é recuperar o corpo de Big Boss, (que Major Zero, um dos fundadores dos Patriots, havia preservado em estado vegetativo), para usar a sua informação genética, para aceder ao sistema central de IA dos Patriots, e ganhar controlo do SOP, que controla a vertente militar, e informa Snake que devido ao seu envelhecimento precoce, tem uma esperança média de vida de 1 ano, e que o FOXDIE que circula no seu organismo, está a sofrer uma mutação, que levará à morte de quem se aproxime dele, dentro de 6 meses. Abalado com a noticia, Snake decide progredir com a missão e ir em busca do corpo de Big Boss que segundo ‘’intel’’, está na posse de um grupo de resistência na Europa e que é liderado por Big Mamma. Ao descobrir o paradeiro da resistência e sua líder, Snake fica a saber que na verdade, Big Mamma, é Eva, a grande aliada de Big Boss na operação Snake Eater, e uma das fundadoras dos Patriots, Eva revela que deu à luz, os gémeos Solid e Liquid, no projecto de clonagem de Big Boss, ‘’Les Enfant Terrible’’, ou seja, Eva é mãe de Old Snake. Entretanto, Liquid consegue descobrir a localização da resistência, e consegue obter o corpo de Big Boss (que depois acaba por incinerar) numa incrível perseguição, que acaba por traçar o destino de Eva, que morre nos braços de Snake…

 

Liquid consegue finalmente, apoderar-se do SOP, e agora controla toda a força militar do planeta, e consegui-o com a ajuda da GW, a IA que os Patriots julgavam ter sido destruída por um vírus criado por Emma (irmã de Otacon), nos acontecimentos de Big Shell, Liquid conseguiu reconstruir a IA e com o código genético de Big Boss, introduz-a na rede de IA’s dos Patriots, gerida por JD, que não encarou GW como uma ameaça, sendo GW, o cavalo de Tróia que Liquid precisa, para controlar o SOP (Sons Of the Patriots), sigla que viria a mudar para ”Guns Of the Patriots”.


No entanto, o plano de Liquid, é ainda mais ambicioso, ele pretende não só ganhar o controlo da força militar, como destruir a rede de IA’s dos Patriots, e instaurar a sua própria rede de controlo, e pretende fazê-lo com um ataque nuclear, o problema é que apesar de Liquid deter o poder militar, os Patriots detinham tudo o resto que controla a sociedade moderna, o que impede-o de lançar o ataque, a não ser que tenha tecnologia anterior à implementação de controlo dos Patriots, com a capacidade de lançar um míssil nuclear, a única solução possível, é a ‘’Railgun’’ (um engenho electromagnético, capaz de lançar projecteis a alta velocidade), que ainda se encontra montada em Metal Gear REX, que jaz dormente em Shadow Moses. Sem razão aparente, Naomi desaparece e volta para Liquid, mas Otacon consegue encontrá-la remotamente, e descobre os planos do vilão.

Assombrado por muitas recordações, Snake regressa a Shadow Moses, com um sentimento muito nostálgico e mais frágil que nunca. Quando consegue chegar ao covil de REX, a Railgun já havia sido retirada, e sofre uma emboscada de Vamp, que está acompanhado de Naomi, mas Snake tem a ajuda de Raiden que acaba por derrotar Vamp, Naomi confidencia que lamenta todos os seus erros, e que sofre de cancro, que tem conseguido travar com a ajuda de nanomachines, mas trava a influência dos mesmos e acaba por morrer, não sem antes revelar que em conjunto com Sunny, desenvolveu um vírus capaz de destruir de vez GW, e impedir o ataque nuclear. Snake e Raiden, a velha dupla de Big Shell, ganham controlo de REX e contra Metal Gear RAY, tripulado por Liquid, travam uma das batalhas mais épicas de toda a saga!


Liquid, derrotado, acaba por fugir e refugia-se em ”Outer Haven”, uma enorme fortaleza subaquática em forma de submarino, que é uma versão modificada de Arsenal Gear, que Liquid roubou aos Patriots em Big Shell, e de onde planeia lançar o ataque.

Snake e a sua equipa, com o auxílio de Mei Ling (que fez parte da equipa de Solid Snake em Shadow Moses), que faz parte da Marinha Norte-Americana, tomam de assalto Outer Haven, e após uma longa jornada de luta, dor e sofrimento, Snake consegue injectar o vírus que não só destrói a IA de Liquid (GW), como destrói toda a rede de IA’s dos Patriots, preservando o normal funcionamento da civilização moderna, evitando mergulhar a humanidade no caos, para finalmente, presentear-nos com um memorável ”showdown” com Liquid.

 

 

A sociedade acorrentada pelos Patriots, está livre, a ideologia ‘’Big Brother’’ de um mundo controlado ao mais ínfimo pormenor, chegou ao fim, e tudo graças a um homem, David (Old Snake), que sacrificou tudo em prol da humanidade, com uma coragem e determinação que lhe deixaram marcas profundas e uma sentença de morte previamente anunciada. Enquanto o mundo festeja, Snake isola-se com receio, que o FOXDIE atinja todos os que estão à sua volta, tal como Naomi tinha advertido, sozinho e cansado de lutar, e sem mais nada por que lutar, Snake tenta o suicídio, perante a campa de The Boss, a mãe das forças especiais.

Incapaz de premir o gatilho para acabar com a sua própria vida, Snake é interrompido por um homem acompanhado por um invalido de cadeira de rodas, esse homem é Big Boss, e trás com ele, Major Zero em estado vegetativo, a reacção inicial de Snake é a de incredulidade, não acredita como é possível que Big Boss esteja vivo, e reage de forma cautelosa, mas Big Boss não quer mais lutar, deseja acima de tudo a reconciliação com o seu filho, e repor a verdade.

MGS5-4

Tudo começou com um bando de tolos, Big Boss, Major Zero, Para-medic, Sigint, Eva (toda a equipa da operação Snake Eater) e Ocelot, fundaram os Patriots com os fundos imensos dos Philosophers, com o objectivo de cumprir com os desejos de The Boss, que visionava um mundo unificado mas em paz, mas depois, os principais fundadores, Big Boss e Major Zero, voltam costas devido a divergências de ideologia, e Big Boss abandona os Patriots, Zero, magoado e incapaz de confiar nos que o rodeiam, começa a desenvolver uma sofisticada rede de IA’s, completamente autónoma, para continuar a controlar o mundo após a sua morte.

Big Boss desliga o suporte de vida que mantém Zero, terminando uma era, e revela que o corpo incendiado por Liquid, era de facto Solidus, o único clone perfeito de Big Boss, o que permitiu a Liquid, ganhar o controlo sobre o SOP, e que Drebin, trabalhava para os Patriots, dai a facilidade para desbloquear armas e ‘’tech’’, quando Drebin injectou Snake com nanomachines de nova geração, que permitia Snake usar as armas protegidas por ID, continha também uma nova estirpe de FOXDIE, concebida para eliminar as anteriores versões e eliminar os inimigos dos Patriots que estivessem na presença do seu portador, tal como aconteceu com o Darpa Chief (Sigint), Donald Anderson (presidente da Armstech), Liquid Snake, Ocelot e a sua próxima vitima, Big Boss, que começa a desfalecer nos braços de Snake, que com a nova estirpe de FOXDIE não representa perigo para mais ninguém.

MGS5-3

Big Boss pede a Snake para que pare de lutar, é tempo de descansar e aproveitar cada momento de vida que lhe resta, num abraço sentido entre pai e filho, e acaba por morrer junto ao túmulo da sua mentora de uma vida, The Boss. Snake, tocado pela reconciliação com o seu pai e respectiva perda, decide cumprir o seu desejo e junta-se à única ‘’família’’ que lhe resta (Otacon e Sunny) para viver o resto da sua vida em pleno, e em paz…

 

 

Obrigado Kojima!

 

Publicidade

Posts Relacionados