Nintendo Switch não inova em absolutamente nada?

nintendo-switch2-g1

O conceito da Nintendo Switch pode parecer inovador. Mas será? Eis alguns produtos que já fizeram o mesmo.

Será que a Nintendo Switch é realmente um produto inovador e um conceito novo?

Eis produtos anteriores à consola que permitiam igualmente ligação à TV e controlos laterais amovíveis.

Razer Edge Gaming Tablet

Características: Com função tablet, comandos laterais amovíveis, ligação TV  e docking.

Hardware e OS :Intel i5, Geforce 640 LE, Windows 8.1

razer-edge-and-razer-edge-pro-comparison

razer-edge-pro-pc-gaming-tablet-10-1-nvidia-gt640m-le

the-edge-tablet-by-razer

Wikipad

Características: Com função tablet, comandos laterais amovíveis e ligação TV

Hardware e OS: Tegra 3 e Android

wikipad-launch-main1

wikipad-launch-main2

Linx Vision 8

Características: Com função tablet, comandos laterais amovíveis compatíveis Xbox e ligação TV.

Hardware e OS : Intel® Atom™ Processor x5-Z8300, GPU intel integrado, Windows 8.1

linx_vision_8

Aikun Morphus X300

Características: Com função tablet, comandos laterais amovíveis wireless e ligação TV.

Hardware e OS : Octa Core A7 – Cortex ARM (1.7GHz), GPU Octa Core Power VR SGX544 MP2 – 700 MHz, Android

aikun

aikun-controls


É caso para questionar. A Switch não inova em nada? Para algo que se prometia como revolucionário, tudo aparenta no sentido que a Switch se limita a ser aquilo que já existia, mas com hardware diferente e chancela da Nintendo?

Sem mais dados parece que a Switch não traz verdadeiramente nada de inovador para o mercado, daí que há várias questões no ar que precisam de resposta para se perceber o verdadeiro interesse do produto:

  • Quais são as especificações exactas do chip Tegra alterado?
  • Qual a qualidade da construção? As DS eram boas consolas, mas partiam nas dobradiças. Aqui com tanta parte móvel, a questão fica no ar!
  • Não há mesmo qualquer tipo de retrocompatibilidade?
  • O ecrã é tactil?
  • Os controladores possuem vibração e acelerómetros?
  • Possui câmara?
  • Possui Microfone?
  • Quanto dura a bateria?
  • Há potência adicional quando ligada à dock? Se sim, quanta?
  • Qual será o preço? E o que vem por esse preço?
  • Que acessórios opcionais terá?
  • Terá online gratuito?
  • Terá jogos digitais? Se sim, onde se gravam?
  • Terá interacção com outros dispositivos móveis?
  • Que jogos estão previstos e o que está em desenvolvimento?

 

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (17)

  1. E msm que respondam essas perguntas, ainda sim não seria isso que poderia fazê-la inovadora, por isso que muitos acreditam em algumas surpresas que serão reveladas pela Nintendo ainda. Ontem, saiu uma matéria sobre um registro da patente na ignorância Brasil, se não me falhe a memória, que com aquelas coisas, poderia sim ser inovadora. Ah! Quanto ao dock, a Nintendo disse que ele não tem hardware, mas que dá um poderio extra, provavelmente similar a alguns tablets ligados a energia.

  2. Ign Brasil( corrigindo)

  3. Mas o que seria inovar nesta indústria.Um console com 24Tflops,mas que mantem em seus jogos a burrice artificial.Não sei o que se passa na cabeça dos jogadores e da Mídia em questão,tudo relacionado a Sony é aplaudido e tudo quando a MIc e Nintendo faz é burrice.O PS4 Pro lançado em meio a geração com potência de 2,5 mais poder e falam que é a e mesma coisa,com muitos recursos encondidos em seu hardware para desfarçar sua CPU em gargalos(isso é aplaudido)quando se tem um novo produto já não tão novo mas que nenhuma das empresas que preferem potência tem coragem de lançar e quando este produto faz sucesso.Vão logo atrás copiando o produto rival(isto é inovar e não copiar como dizem alguns)lamentável ver que a nossa Midia mundial carente de verdadeiros profissionais desmerecer algo que nem foi lançado e quando faz sucesso não dão a cara para desfazer o desmérito.

    • Acho eu que a indústria deveria tratar mais com respeito uma empresa e seus funcionários.Sei que a Nintendo cometeu alguns erros,mas me pergunto que erros,pois tenho o Wii U e passo mais tempo nele do que com meu Xbox e quando comprei tinha meu PS3 e também jogava mais ele do que no console da Sony,foi um erro apostar em um novo publico e ver as outras empresas seguirem atrás como aconteceu com o Wii.Todos estes produtos lançados mostrados aqui não obtveram êxito por algum motivo(falta de apoio talvez)Mas no quesito console e portátil estamos lidar com uma empresa mais do que veterana no mercado e que seus jogos não são meros jogos,são jogaços tanto que ficam meses as vezes anos no top 10 mundial.Tenho a certeza que este console vai ser um sucesso e e vou assistir as empresas concorrentes seguirem atrás.Se for ao contrário também direi parabens a empresa campeã,pois sou gamer e sei apreciar coisas boas advindo de fora.

      • Tens a certeza que vai ser um sucesso… e eu pergunto: Porque?
        O prever o sucesso ou insucesso de um produto mede-se porque fatores?
        O que te leva a dizer isso?
        É o facto de ser portátil?
        É o facto de ser Nintendo?
        É o facto de se ligar à TV?
        É o facto de ser hibrida?
        O que é?
        Como sabes, nenhum destes factores só por si é novidade, e nenhum deles garantiu alguma vez que o produto fosse um sucesso.
        A consola prometia ser revolucionária. Um conceito inédito, e que até se manteve abstrato durante muito tempo.
        Mas agora… é uma portátil que se liga á TV.
        Eu espero que seja um sucesso. Desejo que seja um sucesso.
        A Nintendo sempre se deu bem nas portáteis e daí que espero que volte a fazer o mesmo.
        Mas daí a dizer que será um sucesso. Não sei!
        A retro compatibilidade com a DS não existe. Custará tanto ou mais do que uma consola de mesa bem mais potente, e entra num mercado onde os tablets e smartphones são uma realidade, são algo que as pessoas transportam consigo, e que podem fazer basicamente o mesmo.
        Daí que ao contrário de ti, não me atrevo a prever um sucesso. E nem sequer os accionistas da Nintendo, dado que no dia da apresentação da consola as acções cairam 5%! E se o sucesso fosse tão previsível, isso não teria acontecido.

    • Inovar?
      Uma consola com máquinas virtuais compatíveis com todos os produtos Nintendo que unificasse tudo. Tal como se falava que aconteceria.
      Uma maquina que pudesse retirar processamento de outras máquinas na rede, como as patentes da Nintendo mostravam, usando o teu PC e outras consolas para processamento adicional.
      Uma máquina que pudesse correr jogos da concorrência por mera recompilação, como se referia, graças a uma performance e software inovadores.
      Isto falou-se. A Nx era apenas esquemáticas, e as promessas, verdadeiras ou falsas andaram aí.
      A Wii Inovou com os comandos, a WiiU com o ecrã. Esperava-se que aqui houvesse inovação em qualquer sentido.
      Mas pelo que se vê… nada!
      De resto, pelo menos aqui, ninguem considera inovador uma Pro. E nem uma Scorpio.
      Já quanto aos gargalos, ninguem os elogia, mas tambem ninguem os critica. Porque aquilo é uma Ps4, apenas é mais potente.

      • Concordo contigo! Por isso que creio que há coisas ainda ocultas por parte da Nintendo, pois de fato o que foi mostrado não é nenhuma novidade, eu msm já havia me interessado em ter um produto chinês com conceitos similares, tempos atrás, mas o produto em questão não tinha os controles como esses do switch. Creio se a Nintendo o lançasse como um portátil com o adicional de ligar na TV, e automaticamente com o preço de portátil teria uma chance quase óbvia de sucesso, mas se queres colocá-la como console de mesa( aí em Portugal vcs falam de secretária), tem algumas coisas que precisam ser esclarecidas, e principalmente o preço precisa ser bom, pois querendo ou não, estaria a competir com um ps4 pro, e principalmente com um xbox Scorpio( nome de projeto), chegando aí com um belo processamento, e tendo um futuro Red dead redemption 2 para mostrar tudo que ele é capaz.( não só o Scorpio, como o pro tb, mas creio que Red dead rodaria 4k nativos só no Scorpio, pelo que vc ensinou sobre hardware, Mário) Comprarei o switch por ser um fã da big N, mas ele terá uma luta pela frente, e tudo leva a crer que a Nintendo já aceitou que seu console será ótimo coadjuvante nos lares do público hardcore.

        • Mesa ou secretária é a mesma coisa. Mas eu por norma uso o termo secretária dado que o termo mesa está mais associado à mesa de refeições presente na cozinha ou sala de jantar.

          • Disse que vcs usam secretária, pq aqui no Brasil é mesa msm, por isso que citei para que vc entendesse meu ponto de vista.

  4. Será que poderia ter dentro do tablet um “super” processador modificado da Nvidia (com potência comparável a um console como o XOne) no modo portátil seria acionado só uma parte e ligado a dock (com energia ilimitada) fazer uso de todo o processamento?

    • Não, questões de consumo são ainda a maior barreira.

    • O poder activar partes é uma situação que poderia acontecer. Mas a simples presença fisica é sempre contabilizada no boot onde há um consumo de pico e que teria enorme impacto numa bateria.
      No entanto, mesmo isso poderia, desde que com o chip devidamente modificado, ser superado.

      • Hum, interessante. Não sei como a engenharia iria se virar, mas com um projeto dessa natureza, essa seria minha requisição a eles. E acredito que modificar esses chips e APIs pra eles é algo como massa de modelar… fazem praticamente o que querem Hehehe

  5. Por enquanto, os rumores estão apontando que esse SOC da Nvidia no Switch, infelizmente vai ser o Tegra X1 mesmo, personalizado para a Nintendo. Se for isso mesmo, vai ser bem mais fraco que o Xbox One. Poder de processamento não é tudo num console, mas tem sua importância. Nessa questão do hardware, a Nintendo é uma empresa bem estranha, pelo menos nos últimos anos ela sempre vai na contramão do resto da indústria. A Nintendo teve muita sorte no Wii, e nos portáteis parece que ela consegue vender bem. O que acaba salvando a empresa são seus jogos exclusivos que são muito bons, e a base de fãs fiéis. O Nintendo Switch afigura-se por enquanto, apenas como um Tablet com controle e que pode se conectar a TV. Realmente nenhuma novidade, como a empresa havia anunciado. Ainda anseio que o Switch não seja só isso.

    • Não são só os rumores. Os primeiros SDK eram X1 standard. Que a versão final possa ser melhor, aceita-se, mas que seja muito superior não. E isso porque se os SDK são X1 os primeiros jogos serão com as capacidades do X1 e não teria lógica ter jogos a usar uma capacidade parcial da consola muito baixa.

  6. Não o vejo como um aparelho inovador ou de conceito pioneiro na indústria, mas sim uma RELEITURA de outros dispositivos ao longo da história, mas feita da maneira que a Nintendo julgou adequado para os padrões de hoje. Não precisa ser uma inovação intergalática ou algo nunca visto na face da terra, não é isso que o jogador precisa.

    O que vai definir a diferença do Switch para os demais é como o hardware ‘conversa’ com o jogador, ainda que sejam ideias já vistas em outros aparelhos. Aplicar conceitos já vistos (ou lampejos de conceito) pode ser seu triunfo.

    A rigor, se o switch não inova, nem ps4, nem xbox one, nem ps4 pro inovam. Mas isso não faz deles ruim, ou de menos valor.

  7. A Ubisoft disse que a Nintendo tem uma ideia genial sobre o Switch.

    Vamos aguardar para ver.

Os comentarios estao fechados.