Nissan GT-R foi conduzido com um controlador de Playstation

Isto mostra que uma PAD pode controlar perfeitamente um carro, mesmo que não consiga a precisão total de um volante.

Um controlador pode substituir um volante? Claro que pode… mesmo não tendo a mesma “finesse” de controlo, a realidade é que pode.

E a provar isso temos uma colaboração entre a Nissan, a Sony e a JLB Design Ltd, que permitiu ao GTPlanet fazer algo inédito: Controlar um Nissan GT-R com um controlador DualShock 4!

Para tal o Nissan foi equipado com 4 robots que comandavam a direcção, as mudanças, o acelerador e os travões. Tudo era controlado por 6 computadores e que verificavam os controlos 100 vezes por segundo. O Controlador estava ligado a um transmissor portátil com um alcance de cerca de 1 KM.

Apesar de tudo, a Nissan equipou esta besta de 542 cavalos com alguma segurança extra. Um compressor capaz de aplicar uma travagem a fundo, e um botão que desactivava a bomba de combustível. Tudo isto para garantir a paragem do carro se necessário.



O botão PS ligava o motor, e depois as mudanças eram metodas com D-Pad e o resto controlado normalmente com os gatilhos e os joypads.. O R2 acelerava, e o L2 travava.

Para conduzir o carro foi-se buscar Jann Mardenborough, vencedor do Gt Academy, que achou que precisava de algo mais. E assim o carro foi preparado para transmitir telemetria, e um helicóptero foi solicitado de forma a se manter uma melhor visão constante do carro.

O resultado… está no vídeo que se segue: