Nvidia lança uma ferramenta para comparação de fotogramas.

4.5 4 votes
Avalie o nosso artigo

A ideia da Nvidia é poder-se comparar a qualidade superior do seu DLSS com o FSR da AMD.

Sinceramente, quando soube que a Nvidia tinha lançado uma ferramenta que permite comparar o pormenor dos fotogramas de forma a mostrar a superioridade do seu DLSS face ao FSR da AMD, ri-me!

E ri-me porque quando se torna preciso uma ferramenta para se poder detetar as diferenças, então é porque as diferenças não são verdadeiramente notórias.

E ao longo dos tempos temos visto isso. Antes, as diferenças eram notórias a olho nú! Depois começou-se a chegar a um ponto onde era preciso contarem-se os pixels para se perceber a diferença. Entramos recentemente numa altura onde temos de fazer zooms de 400 e 800% para se perceberem diferenças, e agora esta situação. Uma ferramenta própria para se analisar fotogramas e se perceber as diferenças.

A Ferramenta ICAT serve então para que aqueles, poucos, que ainda se preocupam com isso, possam comparar imagens e depois degladiarem-se em fóruns a discutirem como o seu GPU consegue, num ZOOM de 800% perceber melhor um fio de relva adicional.



A realidade é que tanto o FSR da AMD como o DLSS da Nvidia oferecem uma forma de melhorar performances com um pequeno custo na qualidade de imagem. A questão é que essa perda na qualidade é tão reduzida que pouco interessa verdadeiramente saber qual dos GPUs (Nvidia ou AMD) faz isso melhor.

Quando as resoluções eram baixas, a situação era muito relevante, mas atualmente com as resoluções tão altas, estas coisas tornaram-se em meros pormenores. Tão relevantes como certos efeitos nos jogos que quando estamos a jogar nem nos apercebemos que existem.

A ferramenta pode ser encontrada aqui.



4.5 4 votes
Avalie o nosso artigo
37 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Carlos Zidane
Carlos Zidane
1 mês atrás

Exatamente. É de rir. A pessoa tem que beirar a insanidade pra usar um software pra ver se há diferença na imagem de um jogo… Ora, por mim se a coisa não se consegue perceber nem com uma boa olhada atenta, não faz nenhuma diferença então.
Isso já é perda de tempo da pior espécie.

Preferia uma captura (die shot) em alta resolução dos APU’s dos consoles e uma análise a tecnologia presente alí, isso sim e algo interessante nos minúsculos detalhes.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Carlos Zidane
1 mês atrás

PS: será que alguém consegue jogar e dizer: hmm, não é 4K, isso aí é 1800p 😂

HENNAN SANTOS CARVALHO
HENNAN SANTOS CARVALHO
Responder a  Carlos Zidane
1 mês atrás

Pior que dá para perceber a diferença. Só não tem como quantificar. Desde que mudei de uma TV com 55 para 65, a diferença de resolução ficou bem mais perceptível. Ainda assim, um 1440p com bom upscale já é mais do que suficiente.

Juca
Juca
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Mário, isso depende muito do processador de imagem das TVs que já fazem um upscale próprio, as TVs que não são modelos de entrada, por exemplo trabalham muito bem imagens de baixa resolução, obviamente que não se comparam nitidez de 1080p ou inferior com resoluções 4k ou quad hd, 1800p. Mas já ví muita imagem péssima em TVs grandes mais de entrada, onde até serrilhado é visível em imagens de resolução inferior a 4k. Mas sim, quanto maior a tela tudo é mais perceptível.

HENNAN SANTOS CARVALHO
HENNAN SANTOS CARVALHO
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Como disse, 1440p já é mais que suficiente. Mas se você foca na imagem, vai perceber diferença.

Fernando Cardoso
Fernando Cardoso
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Com uma boa implementação de temporal AA e com a imagem em movimento, diria que é muito pouco percetível, para não dizer irrelevante.

nETTo
nETTo
Responder a  Carlos Zidane
1 mês atrás

1080p em TVs 4K é fácil de notar por causa do serrilhado

Agora 1800p pra 4K a olho nu e com duas TVs iguais lado a lado é quase impossível com o Zoom de 400x

Juca
Juca
Responder a  nETTo
1 mês atrás

Depende do processador da TV. Tenho uma 905e aqui e não se vê serrilhado nem imagens de 540p, o que se perde é nitidez (a imagem tb fica mais lavada pois traz menos informação). Mas se a TV for modelos mais de entrada, aí sim o serrilhado é bem visível.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  nETTo
1 mês atrás

Já apareceu o homem biônico alí dizendo que é perceptível, então eu saio do chat.

HENNAN SANTOS CARVALHO
HENNAN SANTOS CARVALHO
Responder a  Carlos Zidane
1 mês atrás

Se não tem coragem de debater, deveria se colocar no seu lugar e parar de soltar indiretas. Mas já percebi que você adora criar confusão.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  HENNAN SANTOS CARVALHO
1 mês atrás

Qual modelo é a tua TV?

HENNAN SANTOS CARVALHO
HENNAN SANTOS CARVALHO
Responder a  Sparrow81
1 mês atrás

Q80t

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  HENNAN SANTOS CARVALHO
1 mês atrás

Sinto muito que não tenha senso de humor, não quis ofende-lo. Não tem indireta, qualquer um sabe que foi direto a você. Não há o que debater, se a pessoa vê diferença 1800p vs 4K, isso não poderia ser comprovado senão por um teste cego. Eu já adianto minha parte, se existir essa diferença, ela é a própria definição de irrelevante, pois as imagens são extremamente próximas pra uma pessoa comum… e pras demais

Juca
Juca
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Que bom que chegamos a esse nível! Rs

HENNAN SANTOS CARVALHO
HENNAN SANTOS CARVALHO
1 mês atrás

Nesse caso vou discordar. O DLSS é praticamente imperceptível. Mas o FSR é uma bela porcaria. Mesmo no melhor modo, a diferença é notória. Já o TAA faz um trabalho muito melhor e quase tão bom quanto o DLSS.

HENNAN SANTOS CARVALHO
HENNAN SANTOS CARVALHO
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 mês atrás

Quando utilizar vai perceber que faz toda diferença.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  HENNAN SANTOS CARVALHO
1 mês atrás

Você tem que entender que o FSR vai evoluir ainda. Foi lançado meses atrás e não dá pra se esperar por milagres nesta fase.

Juca
Juca
Responder a  Sparrow81
1 mês atrás

Não acredito que vá ser assim, Sparrow, mas lógico, podem mudar o algorítimo de reconstrução com o tempo. A técnica da Nvidia é bem diferente pois constrói iagens maiores para ter dados melhores para reconstrução. Na Nvidia existe certa velocidade em como se dão melhorias, e chegou-se ao ponto de, em alguns casos, da imagem ficar melhor que o 4k nativo, mas lógico, tudo é possível.
A técnica da AMD parece mais um upscaling com aplicando um antialiasing em que não se perca tanto a nitidez. Mas enfim, ainda não vi nada na prática do FSR salvo o que tem pela internet, só vi que o DLSS funciona muito bem pelo que já joguei com suporte a ele.

nETTo
nETTo
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off Topic

Ontem, hj, muito feliz

Meu Palmeiras novamente conquistou a América

Legal vir aqui compartilhar isso com outro Portuga que tenho compartilhado opiniões a anos.

Parabéns a Abel Ferreira, Bi Campeão da Libertadores no mesmo ano.

Fernando Cardoso
Fernando Cardoso
Responder a  nETTo
1 mês atrás

Parabéns! Excelente jogo. Agora segue-se o Chelsea na intercontinental.

By-mission
By-mission
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Off Topic: meu irmão pegou uma velha PS3 por 600 bonoros e estou eu a jogar os clássicos.. Agora como o GT6 é superior ao GT7 isso nem eu lembrava…
Claro que visualmente não se comparam mas há corridas na chuva ciclos de dia e noite em algumas pistas e um zilhão de carros… O jogo é mais simples que GT7 mas fator diversão esse estava no máximo.
Não sei se o Lívio vai concordar comigo, mas este final de semana estou jogar como se fosse a primeira vez, algo que nunca me aconteceu com o GT7.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  By-mission
1 mês atrás

Gran Turismo 6 tem as 24 horas de Le Mans simulados em cerca de 20 minutos, com paradas nos boxes, variando dinamicamente entre dia e noite, simulando as 24 horas literalmente. Foi uma das coisas mais legais que já joguei em games de corrida.

Juca
Juca
Responder a  By-mission
1 mês atrás

GT7 não saiu ainda, o que saiu foi GT Sport. No GT Sport a proposta era o totalmente multiplayer online, mas devido a críticas é que adicionaram um modo arcade off-line, mas não foi planejado pra isso.

By-mission
By-mission
Responder a  Juca
1 mês atrás

Desculpa a confusão com o GT Sport.. mas se este que no trailer tinha raytracing e agora já não tem mais, estou com o pé bem atrás…

Juca
Juca
Responder a  By-mission
1 mês atrás

É esperar pra ver, e torcer para o foco ser realmente resgatar o que era em essência o GT, meu favoritos são o GT3 A-Spec e o GT5.
Não joguei o 6, pois pensei que a Sony o relançaria para o PS4 e terminei saltando ele. Mas tanto o 3 quanto o 5 joguei bastante.
GT Sport joguei pouco, não me empolgou!
Pra GT, acho que falta um pouco inovação na trilha sonora, e um pouco de dinamismo climático e de variedade de pilotagem. Adoraria também a volta das personalizações dos veículos em termos de tunagem, pra mim era o ponto forte do game pegar um carro simples e tuná-lo.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  By-mission
1 mês atrás

Creio que GT6 foi o jogo de corrida que eu mais joguei e curti na vida. Os dedos chegavam a ficar calejados. Meu PS3 sem SSD, sem 4K mas guerreiro de primeira na diversão.
O 5 foi muito bom claro, mas eu joguei bem mais o 6.

Juca
Juca
Responder a  Carlos Zidane
1 mês atrás

Eu perdi um controle de PS3 jogando o GT5. “Viciou” o controle para a direita (drift) de tanto que eu corria um mesmo circuito para ganhar dinheiro do jogo pra comprar carro! Lol

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Juca
1 mês atrás

Caramba, eu não duvido, não sei como não estraguei nenhum controle, eles até estralavam as vezes, aquelas corridas com aqueles carros da Red Bull eram minhas preferidas por serem frenéticas e eu era viciado.
Treinei tanto que quando chegou o desafio do Vettel, eu passe de primeira kk estava já afiado como uma katana.
Bons tempos de corrida.
Hoje não tenho mais esse pique. Cheguei a ganhar 2 torneios de corrida promovidos por locadoras aqui na cidade, o prêmio eram horas de jogo e lanche haha (tudo presencial, torcida e tudo). Mas já havia ganho um de Street Fighter também na época, e um informal de Mortal Kombat entre os 20 melhores que acharam, o rapaz que ficou em segundo não fala comigo até hoje. Tenho medalha perdida em algum lugar lá em casa.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
1 mês atrás

Quando as pessoas falam em diferenças em IQ (image quality), meus referenciais imediatos são coisas tipo Street Fighter 2 snes/mega vs arcade. Isso para mim é uma diferença colossal e que fez muita diferença. Mas estamos falando da primeira metade dos anos 90.

Já na segunda metade dos anos 90, meu referencial era tipo Final Fantasy 7 PC vs PS1, onde no PC parecia menos “quadriculado”, como diziam nas Super Game Powers da época.

Já nos anos 2000, me lembro de coisas tipo Resident Evil 4 gamecube vs PS2, Need for Speed Most Wanted PC vs PS2. Diferenças bastante consideráveis, PS2 parecia mais borrado.

Depois me lembro de coisas como Red Dead Redemption em 720p no X360 vs 640p no PS3, onde esses 80p de diferença faziam um certo impacto na qualidade de imagem. Também me lembro de coisas como jogar Assassin’s Creed 3 no PC em full hd, que gerava uma diferença visual em relação à versão de PS3.

Já no PS4, me lembro tipo de receber Dirt Rally 2.0 na plus, e notar que embora tenha os mesmos 1080p do que joguei na minha antiga GTX 970 no PC, achava a versão de PS4 mais borrada, provavelmente pelos presets inferiores (no PC eu jogava no high).

Por fim, ainda não tenho PC gamer com RTX, mas talvez daqui uns anos eu vá investir em um mid-end da vida e notar potenciais melhorias visuais em relação ao PS5/XSX.

Na prática quero dizer que, desde o Street Fighter 2 Arcade vs Snes, eu venho notando que toda essa diferença em qualidade de imagem está gradativamente diminuindo, e as plataformas estão ficando cada vez mais próximas. Talvez hoje o principal fator de diferenciação seja de fato rodar em pelo menos 60fps lisos. Ontem vi o vídeo do John Linneman sobre o FPS Boost, e que diferença faz sair de Sonic Generations com quedas para até 19fps no Xbox 360, e rodar em 60fps lisos em um hardware superior.

Deto
Deto
Responder a  Carlos Eduardo
1 mês atrás

Eu lembro a diferença monstruosa do PS2 vs meu PC com GTA vice city, só para relembrar por causa do remaster porco.

Rodava em uma Radeon 9800 PRO, 1024×768 60 FPS 16x af e 8x aniso… Era um mundo de diferença

Já no PS3 a diferença foi caindo, muito por causa da TV com 720p e já me senti confortável em voltar para os consoles depois de ter flopando jogando N64

Eraser
Eraser
1 mês atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Não há qualquer necessidade deste tipo de software. Basta ver comparações reais em jogos.

error: Conteúdo protegido