Nvidia mostra-nos as potencialidades do Ray Tracing… esquece-se é de dizer em que hardware corre!

Como sempre a Nvidia veio mostrar a potencialidade dos seus GPUs, desta vez a fazer Ray Tracing… esqueceu-se foi de dizer que se quisermos algo igual em nossas casas ou teremos de ganhar muito, ou de esperar uns valentes anos.

Se tem estado atento às noticias certamente leram que a Microsoft se prepara para lançar o DirectRay Tracing, que irá permitir o uso de Ray Tracing nos jogos.

A situação surge após a GDC deste ano ter sido dominada por amostras de demos baseadas em Ray Tracing, sendo que graças ao Unreal Engine e à Nvidia, pudemos ver uma amostra das potencialidades dessa tecnologia. Aliás a Nvidia mostrou mesmo uma série de videos que o usavam.

Para além dessa demo, a Nvidia mostrou ainda outras criadas exclusivamente por si.

O que não foi dito, até porque não interessava, foi que o que estão a ver não pode ser feito com uma GTX 1080 Ti. Aliás não pode sequer ser feito com duas!
O que calculou as demos de cima foi uma DGX Station da Nvidia. E o que é uma DXG Station? Bem, é algo que  custa a módica quantia de… 60 mil dólares.