O Dualshock 5 foi fotografado e agora podemo vê-lo com mais detalhe

Um funcionário de limpeza de uma empresa criadora de software tirou algumas fotos ao DEVKIT da PS5, e mostra uma foto nova do DualShock 5.

Já todos vimos imagens e ouvimos falar do DualShock 5, mas nunca houve uma foto real do mesmo que nos mostra-se ao pormenor como será este controlador.

Ora agora podemos ver o DualShock 5 mais de perto, e tudo graças a um funcionário de limpeza de um criador de software, que publicou as seguintes imagens no intagram:

O dual Shock 5 aparece na imagem superior direita. E como vemos, mantêm o aspecto geral do DS4.



Basicamente o DS5 é muito, mas mesmo muito semelhante ao DS4. A touchpad é no entanto maior, e não curva à frente como no DS4. Mas de resto não há grandes diferenças visuais face ao DS4, pelo menos nesta revisão aqui presente.



8 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Shin
Shin
8 meses atrás

Mudará em algum aspecto até a versão final, como o DC4 mudou.
comment image

bruno
bruno
Responder a  Shin
8 meses atrás

Verdade. E algo nos diz que venha a ter back buttons. Eu gostaria que eles tirassem algumas ideias do Steam controller. De toda a iniciativa valve parece-me o comando com mais novidades. Talvez substituir o D-Pad pela touchpad e fazer um híbrido..

Shin
Shin
Responder a  bruno
8 meses atrás

O controle padrão da Sony deveria ter sido o PSmove no pós PS3 mas desenvolvedores recusaram controles por movimento. Por isso o Steam criou seu controle com uma interface de key mapper para simular um controle padrão, isso o tornou apenas mais horrível.

bruno
bruno
Responder a  Shin
8 meses atrás

Com a Wii a ter voltado até ao gamepad tradicional? E a Switch?

Nem penses… A experiência de jogar sentado no sofá/ cadeira com gamepad continua a ser de eleição. O movimento sempre foi gimmick “giro”… Até deixar de o ser.

O comando Steam substituiu o D-Pad e segundo manípulo por Touch pad. Não sei onde foste buscar isso do movimento mas é disparate. Nunca o experimentei pessoalmente, mas do que vi nos trailers não foi mal pensado… Talvez mal implementado..

Shin
Shin
Responder a  bruno
8 meses atrás

A abordagem é a mesma de hoje, tens o Joycons e o controle Pro. Tal abordagem é assimilada pela Sony porém a Sony deixa o PSmove em segundo plano. PSVR foi feito para vender PSmove, ou melhor, foi feito porque a Sony queria encontrar um lugar para a tecnologia do Personal View. Aposto em Sony ainda falando de PSmove na próxima gen. A evolução do Dualshock e ele.

bruno
bruno
Responder a  Shin
8 meses atrás

A Sony deixou o move em segundo plano, assim como a MS ok o controlo p movimentos foi moda passageira. É giro, vendeu a Wii, mas não foi muito longe nas outras.

Desengana-te contudo nessa história de que um capacete de realidade virtual de 400 euros foi desenvolvido para vender dois comandos de 60.

Se tiveres PS VR2 então sim terás o move ainda a ser falado. Chama-se a isto aproveitar a tecnologia.

Shin
Shin
Responder a  bruno
8 meses atrás

Controle por movimento não se foi e nem está oriundo a VR. Controle por movimento está presente em jogos de Switch e Smartphones, principalmente FPS e Racing Games. Controle por movimento está no Dual Shock 4 e com certeza deve está presente no DC5. É a competição com a Microsoft e o PC que faz a Sony investir no Dualshock, os estúdios Thirdparty que são os pivores do porque nos últimos anos todos os controles se tornaram iguais, não era assim antes e este é o ponto. O que difere os hardwares é a proposta dos jogos, o Wii não foi sobre controle por movimento mas sim uma proposta de jogo diferente dos concorrentes, os concorrentes por sua vez resolveram capturar isso e a Sony adotou melhor pois simplesmente foi até a mesma empresa que fez a tecnologia do Wii remote e o adaptou a tecnologia da EyeCam. Isso atrai a Microsoft para o Project Café / Kinect e a Sony por sua vez, que estava trabalhando em TVs 3D, tinha a tecnologia do personal view como um visor 3D pessoal, pegou carona no nicho OculusVR levando essa tecnologia para fazer seu ambiente VR proprietário, usando claro, a tecnologia PSmove + Eyetoy.

Isso não está desaparecendo, tem seu nicho e isso ocorria muito antes dos consoles, os arcades oitentistas e noventistas buscava diversificação, Sega foi a empresa que trouxe essas implementações para seu console e a Nintendo ela também tenta vender gadgets anexados na sua plataforma desde o ROB do Nes, e a Sony investe em controles secundários desde o PS1.

bruno
bruno
Responder a  Shin
8 meses atrás

O controle por movimento não foi para a indústria como o primeiro dualshock foi ou os manípulos analógicos foram para as consolas.

O primeiro dualshock foi o primeiro comando pensado mais na ergonomia, em oposição ao que era feito anteriormente baseados no conceito das máquinas arcade. E o seu conceito e design impos-se e tornou-se norma, tão simplesmente porque foi uma evolução óbvia e necessária.

Os manípulos analógicos deram mais facilidade de movimentação e controlo que os D-Pad. E hoje são norma.

O controlo por movimentos ao contrário dos anteriores não se impôs. Necessita de jogos especificamente criados para ele. Sim ainda é suportado e a Sony desde o dualshock 3 (sixaxis) que faz comandos que o suportam, mas nunca se tornou algo adoptado universalmente por todos os jogos.

Um call of duty não o supporta hoje… AC não o suporta… e o grosso dos títulos lançados não o suportam. Tão simplesmente porque é uma experiência a parte que não funciona nos títulos como sempre foram jogados.

E não. Nem nos smartphone se tornou moda embora certos títulos suportem o giroscópio. Angry birds, Fortnite, entre muitos outros tanto quanto sei não o suportam.

A nintendo na switch manteve o conceito da Wii, mas basta ver que um super Mario Odissey ou Zelda ou Splattoon são jogos primariamente voltados para o controlo tradicional.

E por último, ninguem aqui disse que os controlos por movimento são oriundos do VR. Eu não digo isso, digo apenas que com o VR a Sony deu novo uso a tecnologia e equipamento em que o mercado perdia o interesse – os move.

Ao contrário da tua visão de que o VR foi criado para os move. Não foi.

A Wii foi completamente sobre comando por movimentos, tanto que todo o seu sucesso se deve a isso. Mas que raio dizes Shin?! Era o principal e maior fator de venda da consola. Os maiores jogos para ela vendidos eram assentes nessa caracteristica e basta ver que a consola era normalmente vendida com os numshuck e não comando em formato clássico. Mas esse conceito, que foi reproduzido pelas outras consolas não deu em nada nessas plataformas, e nem a Wii-U nem a Switch voltaram a concentrar-se nisso embora continuem a suportar a tecnologia. Negar
isto é negar o óbvio.

A Sony com o move reaproveitou o Eyetoy (introduzido na PS2) e apresentou uma solução ainda mais evoluída que a da Nintendo devido a capacidade de detecção de profundidade (distância) do move. A WII, penso só detectava Horizontal e vertical e os Move eram detectados também em distância ao ecrã.

Com o VR reaproveitou de novo o Eyetoy e o Move.

Sobre o estar desaparecendo, basta teres em atenção que na era PS3 ainda tiveste alguns AAA a tentar incorporar esses controladores e hoje o número é praticamente inexistente. Microsoft, Sony e Nintendo todas reduziram o software libertado baseado no conceito por movimentos.

A Sony talvez seja a única que continua a lançar nos mesmos valores,as não é só para controlos por movimento, mas sim puro VR.

error: Conteúdo protegido