O relatório e contas de Março de 2019 da Sony

A Sony não refere no seu ultimo relatório e contas nada sobre o lançamento de uma nova consola, algo que deveria aparecer nas previsões de receitas e impactos de 2019. Isso quer dizer que a PS5 nunca sairá antes de Abril de 2020, mas provavelmente apenas no final desse ano!

O último relatório e contas da Sony é rico em informação.

Nesse ficamos a saber que as vendas da PS4 continuam boas, e que a empresa alcançou os 96.8 milhões de consolas despachadas, esperando que até Março de 2020 atinja os 112.8 milhões.

No entanto as previsões de vendas para o novo ano fiscal são de que a PS4 devem estagnar as vendas, e tal devido ao final de geração. É uma posição bastante boa, face aos anos que a consola possui no mercado, mas dado que estamos a falar da consola destacadamente líder de vendas, e com um sucesso acima do esperado, estando a igualar as prestações da PS2, a consola de mesa de maior sucesso de sempre, tal poderá não ser de admirar.

Seja como for, a idade e a proximidade de novas consolas começa a pesar, e as vendas prevê-se que estagnem!



As receitas das vendas globais aumentaram 19% face a igual período do ano anterior, o que é uma excelente prestação. No entanto a Sony prevê uma quebra para o ano devido ao aumento com as despesas com o desenvolvimento da PS5, uma quebra de fornecimento de jogos First Party de grande impacto, e o impacto dos câmbios, algo que será no entanto amenizado pela redução de custo da PS4.

Relativamente a esse factor, o rumor é que a Sony prevê lançar uma substituta da PS4 base, ao custo de 199 dólares, tendo já tudo negociado para o início do fabrico!

Relativamente à PS5, nada é referido nas previsões excepto o de cima, o que invalida as expectativas de um lançamento nos próximos 12 meses. Assim antes de Abril de 2020 não teremos nenhuma consola, sendo que o mais provável possa ser o lançamento no final do ano. Diga-se que perante os rumores de performance que temos vindo aqui a referir, esta situação tornava-se expectável. Somente dessa forma se pode esperar descer os custos o obter os melhores produtos para uma consola lançada a um preço acessível.

Como outro dado relevante a Sony dá a conhecer que o PSNow tem vindo a crescer a um ritmo de 40% ao ano, e que neste momento conta com 700 mil subscritores. Está disponível em 19 paises, e conta com mais de 750 títulos.



Os dados mais interessantes são no entanto outros.

A Sony refere que o tempo usado a jogar jogos do PSNow obtidos por download é o dobro dos jogos jogados por Stream. O aumento de 40% não pode ser desenquadrado ao aumento do número de países que subiu em número de 10 para 19 nesse ano.

Tal aparenta mostrar de forma clara que o streaming está longe de ser preferencial, e que a maior parte do sucesso do PSNow se deve à possibilidade de se fazer download dos jogos.

Mas o mais extraordinário de todos os dados aqui revelados são os valores do lucro de 2018 da Sony.

De acordo com o website Critical Hit, numa notícia igualmente publicada pelo Playstationlifesyle só os lucros de 2018 com a PS4 ultrapassaram os lucros de toda a vida útil da PS2. A Playstation trouxe só em 2018, 2.81 mil milhões de dólares em lucro, quando a PS2 em toda a sua vida gerou 2.2 mil milhões de dólares.



A receita gerada pela Playstation também foi histórica, alcançando os 21 mil milhões, o que torna este ano fiscal o melhor de toda a história da Sony, e a PS4, mesmo não tendo alcançado as vendas da PS2, a consola mais bem sucedida de sempre da Sony.

 



19 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Brunoab
Brunoab
1 ano atrás

Será que o PS5 vai ser um monstro?

Depois dos lucros do PS2 a Sony se arriscou lançando um monstro de 800USD, com seus defeitos e virtudes, sendo vendido por 600 USD

Será que o PS5 vai ser um console de 750 USD com 150 USD de subsídio sendo vendido por 500 USD?

Muita coisa mudou da transição do tempo PS2-PS3 para PS4-PS5… Mas dinheiro para fazer um consome com uma GPU mostro ela tem, parceria com AMD durante 4 anos tambem, contatos no setor de semicondutores ela tb tem, já provou com GDDR5 no PS4.

Vamos ver, resta saber se o Xbox teve condições de investir tanto quando o playstation… Spoiler: somente pegando grana da MS, Xbox sozinho não tem como.

Brunoab
Brunoab
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 ano atrás

O que eu queria dizer mais era que o lucro do PS2 que subsidiou o risco do PS3.

Não acho que vai correr tanto risco com o PS5 quanto com o PS3.

Acho que vai arriscar bem amis no ps5 do que arriscou no ps4

Vitor Calado
Vitor Calado
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 ano atrás

Eu acho que vai ser verdade a PS5 ser cerca de 30% mais potente que a anaconda, a Sony não vai investir muito dinheiro no PSnow e vai apostar tudo numa consola a correr os jogos localmente, enquanto a MS vai diversificar com uma solução que faça frente á google e outra para combater a PS5 e vai tentar lutar em todas as frentes

daniel
daniel
Responder a  Vitor Calado
1 ano atrás

Eu teria o mesmo pensamento que você se a microsoft jogasse em 2 frentes, mas pelos rumores ela vai jogar em 3 (streaming + console custo benefício + console premium). Não acho que o marketing que ela fez com o one X vá se exaurir em 3 anos, até porque cria uma imagem vinculado a marca, mesmo que para isso, ela precisa vender o console a $599 ou $699, e por isso acho que o console mais poderoso será o Anaconda da microsoft. Não faz sentido você vir com um console custo benefício e um premium, sendo o premium mais fraco que o console da concorrente que será destinado as massas, que é o ps5. A não ser que a Sony já venha de cara com 2 consoles tmb, o que pra mim tornaria ainda mais interessante o mercado tanto para o consumidor comum quanto para os hardcores. Aqui faz todo o sentido a Sony ter o console mais poderoso, pois ela disputaria mercado com a microsoft nas 2 frente.

Brunoab
Brunoab
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 ano atrás

sera que isso é verdade?

Vega (bancada pela Apple, focada em computação), da Polaris (co-otimizado com a Microsoft e Sony) e agora da Navi (co-desenvolvida com a Sony e co-otimizada com a Microsoft).

se foi co-desenvolvido com a Sony, duvido que a MS vai ficar com a GPU mais poderosa…

muito boa essa ideia deles de pegar a galera de engenharia, deve ter gente até da epoca do CELL, e botar junto com a AMD.

Andrio
Andrio
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 ano atrás

fora que ela poderia ganhar uns descontos já que ajudou a desenvolver. assim o ps5 poderia vir mais barato sendo parrudo.
I guess.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
1 ano atrás

Pegou o X Mario?

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Brunoab
1 ano atrás

Eu não me importo de pagar um pouquinho mais por um hardware melhor, assim como teria pago um pouco mais no PS4 por um CPU melhor que o Jaguar.

Mas por questões de mercado, essa estratégia do PS4 foi perfeita, um console bom e barato que é acessível e entrega o que a maioria das pessoas querem. A Sony precisa crescer financeiramente, todo P&D, divulgação, engenheiros de ponta, jogos AAA custam muito e precisam de uma gordura pra animar seus investidores.

A Nintendo então é a mais esperta, vende um produto “fraco” com online deficiente e jogos a peso de ouro e lucra alucinadamente 😂.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
1 ano atrás

Boas notícias. Ver a empresa que tem mais me agradado tendo lucros expressivos com seu modelo, é praticamente a garantia de continuidade do bom trabalho.

Com esse hardware todo que estão a especular, o fim do próximo ano parece fazer realmente muito mais sentido.

Curioso agora principalmente pra saber o que a MS irá mostrar na E3, se farão como o Scorpio e anunciar com 1 ano e meio de antecedência seu novo aparelho… E o que a Sony poderá mostrar esse ano, seja lá o que for.

A boa notícia é que não haverá preocupação com compras de hardware’s caríssimos no próximo ano e sim, aumentar a coleção de jogos.
O que também é a má notícia pois, nada mais aguardado que o salto de qualidade da próxima geração e os possíveis títulos monstros como GTA 6 feito pra um hardware alucinante… Pra um console claro.

bruno
bruno
1 ano atrás

E bom ver a boa saude financeira da Sony,uma das empresas atuais que mais apostam no single player, e os lucros a subirem.

Mesmo Days Gone, apesar da recepcao morna, teve uma boa performance.

Apos tantos anos de prejuizo, e de varios agentes da industria a tentarem levar a coisa para o multiplayer recheado de microtransaccoes (com muita a gente a dizer que e o futuro), e bom ver que a qualidade dos estudios internos da Sony e dos seus titulos singleplayer se tem estabelecido e esta a receber um muito merecido sucesso.

O seu sucesso tem sido uma mensagem para a industria com empresas a voltarem as raizes e criaram grandes titulos singleplayer e com isso a terem tembem sucesso. Como o caso da Capcom e resident evil e mais recentemente da Activision com Shekiro.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  bruno
1 ano atrás

Assino embaixo Bruno. Não que eu seja fanboy da Sony mas, se os caras tem feito um trabalho que me agrada, nada mais justo que eu a apoiar, sem extremismo claro.

error: Conteúdo protegido