O trailer de apresentação de Red Dead Redemption 2 e da Nintendo Switch (NX)

nxred-dead

Hoje foram dados a conhecer dois futuros produtos: A Nintendo Switch, nome oficial da consola anteriormente conhecida como NX e Red Dead Redemption 2.

Eis os mesmos:

Red Dead Redemption2

Nintendo NX

Futuramente, caso se justifique, abordaremos os dois produtos em mais detalhe. Nesta fase fica apenas uma nota relativa à versatilidade da consola da Nintendo sobre a qual ainda não se conhecem as especificações e nem a duração da bateria, bem como outra relativa ao grafismo de qualidade que Red Dead Redemption 2 deverá apresentar.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (47)

  1. Achei interessante o Nintendo Switch, agora NS! Vou esperar por mais informações para ver se o compro.

    • Olha ai Livio, mais algumas informações

      A Nvidia e a Nintendo confirmaram que o novo Nintendo Switch utiliza tecnologia da Nvidia.

      Em um comunicado no seu site oficial, a Nvidia declara que o mais importante no novo console da Nintendo, é que é muito divertido de jogar e que forneceram um processador Tegra personalizado para lhe dar poder

      • se o console da nintendo tiver o processamento do Ps4 comum, já dá fazer e portar muitos jogos bons desta geração, agora resta saber a configuração da maquina.

  2. Gostei da idéia desse novo console da Big N, o que me preocupa é o apoio das thirds, mas que me deixou com vontade de comprar no lançamento, isso deixou

  3. A tecnologia utilizada no console vai ser um chip tegra personalizado.

    http://www.eurogamer.pt/articles/2016-10-20-nintendo-switch-utilizar-tecnologia-da-nvidia#comments

  4. Mário, podes fazer um artigo a falar sobre a Tegra X1(susposto soc que teorizam estar no coração da Nintendo Switch) ou se já houverem informações suficientes, sobre a Tegra X2? Queria muito um artigo desses, pois vejo que há uma desinformação latente das pessoas sobre as capacidades deste chip, com muita a comparar-lo com PS Vita, ou afirmando que o mesmo é mais fraco que a WiiU(Quando na verdade é um tanto mais potente).

    • É dificil falar sobre esse chip sem saber os seus consumos.
      O Tegra X1 já falei sobre ele aqui:
      http://www.pcmanias.com/nvidia-revela-tegra-x1-o-novo-superchip-para-dispositivos-moveis/
      Com 10 Watts de consumo e com precisão dupla (64 bits), tal como a usadas consolas atuais este é uma GPU Bastante fraco (mas processa 1 Tflop em meia precisão – 16 bits e 500 Gflops em precisão simples – 32 bits. Daí qu falando da Xbox 360 que trabalhava em precisão simples (32 bits) obtendo 230.4 Gflops esta placa debita basicamente o dobro, suportando ainda tecnologias DX 11.
      http://www.pcmanias.com/nintendo-nx-a-consola-portatil-que-e-de-mesa-e-que-podera-vir-a-rivalizar-com-a-ps4-e-xbox-one/
      Na versão usada no Drive PX2 ele faz 24 Tflops em precisão simples ou, usando a precisão dupla usada nas consolas que todos conhecemos, ele faz 8 Tflops.
      Dado que o PX2 gasta 250 watts, isso quer dizer que cada um dos Tegra 2 que o compõem debita 4 Tflops com um consumo de 125 watts.
      Teoricamente isto poderá ser o débito da Switch quando ligada à corrente, mas a questão é que terá de haver alguma coerência gráfica com o consumo por bateria.
      E apesar de a redução de resolução poder ajudar, caso não se corte mais nada, ela não chega.
      Nesse sentido o chip da consola não deverá ser tão potente, e provavelmente nem baterá a One ou a PS4 (isto se fosse um X2, mas tudo aponta que seja um X1, pelo que nem chega lá perto). Mas teremos de esperar para ver e confirmar oficialmente esses dados.

      Paragrafo corrigido:
      Como nota a WiiU apresentava perto de 360 Gflops em precisão simples (32 bits).
      Preciso de mais dados sobre consumos nos modos movel e fixo para ter uma ideia, sendo que o móvel e a necessidade de este manter algo parecido com o fixo é que condicionará a performance global.

    • Há um tweet com dados de performance dos devkits.
      Não sei se é verdadeiro, mas aponta para 512 Gflops de performance (32 bits).
      Basicamente a consola pode com estes valores manter a qualidade dos jogos a 720p na portátil e 1080p na TV.
      Esta coerencia faz-me acreditar que estes valores podem estar correctos, até porque bate, certo com o esperado face ao X1 nos tablets.

      • Acredito que esses dados da Devkit sejam de uma versão agora desatualizada. Lembro-me bem do rumor da Eurogamer a falar que a Devkit rodava com uma Tegra X1, mas caso a consola realmente rode com uma X1, seria desanimador em termos de performance. Não que eu espere que faça competição com a Xone ou PS4, mas espero performances melhores que uma X1(Que como revelaste anteriormente, não chega a bater a WiiU). A Nvidia afirmou em seu site que o Soc é uma Tegra customizada baseada em sua arquitetura atual, então, espero melhores coisas nesse departamento do que a especulada atualmente.

    • Se os 512 Gflops forem em precisão simples, isto não é um X2, é um X1. Os valores bate, certinho com as versões tablet.

      • Muito interessante os dados que levantas-te. Inclusive, fico surpreso que a WiiU tenha 360Gflops em dupla precisão, visto que em todas as pesquisas relacionadas que fiz, a WiiU era apontada a ter 352Gflops com precisão simples. Com estes dados em mente, acredito que a gpu empregada não seja uma Tegra X1 pura, se calhar talvez seja uma Tegra X2 com downgrade nas performances ou até mesmo modificada. Acredito nisto por causa da arquitetura Pascal que é mais eficiente energeticamente e também pelo fato da Switch estar recebendo ports melhorados da WiiU e games como Skyrim Special Edition, Project Sonic 2017, Dragon Quest XI, etc. Penso que o fato de receber ports da WiiU indica performances no mínimo a par da mesma ou superior e os games third indicam uma superior a mesma, porém, só irei aprofundar este pensamento quando revelarem os games third-party com mais afinco, já que um game como Watch Dogs 2 poderia revelar que o sistema está além do que pensamos;

        • Os dados da WiiU não são claros pois a Nintendo nunca revelou oficialmente as especificações exactas. Mas a questão de ser precisão dupla ou simples acaba por ser irrelevante.
          A consola é extremamente desiquilibrada com um CPU menos potente que da Xbox 360, e uma largura de banda extremamente baixa compensada por ume eDRAM tal como a Xbox One com 1 TB/s de largura de banda.
          O hardware interno da WiiU é uma manta de retalhos e isso reflectiu-se nos jogos, com o GPU a revelar-se mais potente e a apresentar efeitos que a X360 não conseguia fazer, mas a ser tremendamente limitada pelo CPU e largura de banda 12,8 GB/s, que obrigada ao uso da eDRAM com 1 TB/s (esta memória era de 3 MB, e nós soubemos os problemas que a One teve com 32 MB) , não conseguindo assim distinguir-se verdadeiramente da geração PS3/X360.
          Nesse aspecto, sendo o Tegra bastante mais equilibrado, a capacidade de poderes puxar pelo novo sistema é incrivelmente superior. E mesmo com menos potência podes ter jogos com melhores resultados.
          A informação sobre os Gflops da wiiU são muito contraditórios, e não é fácil de se saber se é precisão dupla ou simples. Aliás eu não vejo motivo para uma eDRAM com 1 Terabyte por segundo de largura de banda para alimentar um GPU tão fraco, mesmo que os 352 Gflops (eu arredondei para 60) sejam precisão dupla. Se os 209 GB/s da Xbox One são suficientes, 1 TB/s é algo completamente excessivo. É basicamente “OVERKILL”.
          No entanto, a 550 Mhz, com 160 Alus os cálculos apontam para 176 Gflops em precisão dupla. Referi os 360 em precisão dupla no outro comentário, mas já corrigi isso (editei os comentários) pois apesar de ter lido isso, coerentemente esses 352 deveriam ser precisão simples.
          A Xbox 360 só tinha cento e poucos com precisão dupla.

  5. Fiquei bastante animado com o que vi desse Switch, se ele tiver jogos das thirds como estão dizendo, joga-los no portátil será mais que fantástico. Pra uma viagem ou ida ao rancho, esse aparelho é um verdadeiro sonho. Resta agora saber coisas como preço, specs (claro) confiabilidade (ver se não terá problemas no lançamento) sobre a autonomia de bateria… E claro, os jogos! PS4 e Switch me parece o combo do futuro. Por hora, me agradou muito o conceito e o design geral.

  6. Só depois de ver o trailer uma e outra vez e com outros olhos, é que me apercebi a forma estupenda como montaram o trailer, de como este nos mostra preto no branco a forma como a Nintendo está a regressar às origens.

    A Wii foi uma espécie de ”one hit wonder”, foi um sucesso tremendo que encheu os cofres da companhia, o problema é que a Nintendo achou que seria capaz de fazer com que o raio cai-se no mesmo lugar duas vezes, com a Wii U queriam continuar o legado de sucesso da Wii ao mesmo tempo que piscavam o olho ao mercado hardcore, o resultado foi uma consola com um conceito confuso e pouco prático que acabou por alienar tanto o mercado casual como o hardcore, tornando a Wii U no maior falhanço comercial da Nintendo.

    Felizmente a Nintendo percebeu isso, e como pudemos testemunhar hoje, fêz-o da melhor forma, em primeiro lugar, o público alvo, embora a Switch venha a ter jogos para todo o tipo de jogadores, o seu foco está no adulto, assim que o trailer começa, a primeira coisa que aparece é um adulto, a jogar um jogo AAA para adultos num comando tradicional, e numa consola com um aspecto adulto, moderno e digno de ser ostentado na nossa sala de estar, de seguida temos a cena em que o coitado do cão está à rasca para fazer o serviço, logo ele tem que levar o bicho à rua, esta cena não serve só para mostrar o quão versátil é a consola, mas mostra também que este adulto tem responsabilidades, e é mostrado de forma subtil mas eficaz.
    De seguida temos a cena em que é mostrado alguém a viajar, mais um vez um adulto que neste caso, está a viajar, quiçá em negócios, desta vez o foco no adulto com responsabilidades é mais incisivo e revelador do tipo de consumidor que a Nintendo quer seduzir.

    Se repararem, em nenhuma parte do trailer surge uma única criança, isto é revelador de como a Nintendo encara este novo desafio, tendo inclusive a coragem de quebrar certos mitos como o de ser uma marca mais virada para as crianças, e nesse aspecto o trailer acerta na mouche!
    Também gostei da forma como piscaram o olho aos esports, mas muito honestamente, precisam de muito mais que Splatoons para serem considerados um player sequer.

    Em relação à consola em si, adorei praticamente tudo, o look, o design e acima de tudo o conceito, já não parece um brinquedo feito de plástico barato, tem estilo, tem presença e acima de tudo, é prática, isto se for exactamente como é mostrado no trailer, embora a minha Nintendo Switch (é como se já estivesse cá em casa, montada e tudo) não venha a sentir muito a luz do sol, pois não deve de ir mais longe que a casa de banho para tornar divertido o acto de fazer o serviço, achei o conceito de portabilidade algo fantástico, e além disso, todas as formas de jogar, desde jogar com ”a metade do comando”, algo que achei genial, à forma como tudo aquilo se encaixa e se transforma de acordo com as nossas necessidades neste cada vez mais atribulado modo de vida em que pouco tempo temos para perder com coisas complicadas, outra das mensagens que a Nintendo transmitiu no trailer, uma consola prática para adultos com o estilo de vida tipico da sociedade moderna,
    Gostei particularmente da confirmação quase despercebida de que a NS será compatível com todos os Amibos que já temos.

    Em relação ás specs, apesar de não se saber quase nada, a não ser que é a Nvidia que lhe dá vida, especula-se que o ecrã poderá ser Oled como o da Vita mas a 720p, e já que se fala de resolução, acredito que seja a resolução padrão para a consola que depois em modo caseiro deve fazer um upscale para 1080p, e isto levanta outra questão, será que aquela base lhe aumenta o poder de processamento para por exemplo, permitir resoluções mais elevadas e/ou melhores níveis de AA por exemplo?
    Eu acredito que sim, se repararem na parte de cima do tablet, existem umas saídas de ar enormes, o seu único propósito é o de permitir a dissipação de calor, a minha teoria é que essa dissipação de calor ocorre quando a consola está na sua base a funcionar em pleno, e quando está em modo portátil a consola deve cortar imenso no processamento tentando manter uma paridade visual com o que vemos da TV, porque se de facto o sistema gerar calor ao ponto de precisar de umas saídas de ar daquele tamanho então não há bateria que resista muito tempo, e é precisamente a longevidade da bateria que suscita mais dúvidas, portanto tem que haver aqui algum tipo de manha que ainda temos que descortinar, se bem que, acredito plenamente que a bateria tenha uma duração aceitável para por exemplo, permitir que me dure o suficiente para não ficar a chuchar no dedo a meio de uma viagem de avião enquanto jogo Skyrim.
    Apesar dos specs serem importantes, no caso a Nintendo, pelo menos para mim, não há motivo para preocupação, a companhia tem alguns dos maiores talentos da industria a fazer jogos para os seus sistemas, consolas como a Wii e Wii U, provaram uma e outra vez que a Nintendo mesmo com hardware inferior, consegue fazer igual ou até melhor que os outros a nível visual, vejam o Mario Kart 8, visuais espantosos a 1080p/60fps, e que tal o novo Zelda que cada vez nos deslumbra mais?
    Pois é, está a correr numa Wii U, portanto mesmo que a NS não seja algo muito mais potente que a Wii U (nem pode ser), uma coisa é certa, jogos visualmente arrebatadores não vão faltar, e começa logo pelo meu bilhete de entrada para a Switch, o novo Mário, que já apresenta um grafismo fabuloso e que parece ser uma sequela espiritual de Mario 64, jogo de lançamento da N64, algo que eu desejava voltar a ver, um ”verdadeiro” Mário no line-up inicial, é possivel que a Nintendo não me faça a vontade para não atrapalhar as vendas do novo Zelda, mas por outro lado, a companhia sabe é absolutamente crucial ter um catálogo inicial forte para embalar a plataforma, conforme aprendeu da pior maneira com a 3DS.

    Tenho visto muito alarmismo em relação ao apoio third partie, sim é muito importante, mas um factor decisivo para o sucesso da consola?
    É possivel, mas não estou minimamente preocupado, até porque se existem alguém que consegue manter e lucrar com uma consola com pouco apoio das 3rd’s, é a Nintendo, espero que não aconteça, mas se a tradição se mantiver, não é nada de novo, e nesta nova abordagem da Nintendo menos preocupante é, pelo simples facto de que agora em diante, acabou a divisão de recursos entre a portátil e a caseira, a partir de agora toda a máquina produtiva e criativa da Nintendo está focado unica e exclusivamente num dispositivo, gostam dos soberbos Pokemon que teimam em permanecer nas portateis?
    Vão tê-los na mesma, só que na vossa TV e com o mesmo charme.

    Charme é aquilo que a Nintendo parece ter alcançado com a sua nova proposta, de certa forma é um quebrar com o passado, mantendo tudo o que faz da Nintendo, a Nintendo, no meu caso pessoal, confesso que ultimamente, a minha paixão pelos videojogos estava em baixo a um nível histórico, muito por culpa dos estratagemas da Sony e Microsoft para nos vender consolas que não precisamos e com bandeiras tecnologicas como o HDR e o 4K que só está ao alcance dos mais endinheirados, já tinha jurado a pés juntos que consolas no lançamento, nunca mais, mas heis que a Nintendo me apresenta isto com um fulgor e uma competência que julgava estarem extintos, que quase me obriga a quebrar a minha própria promessa e a embarcar no hype train para descer só em Março, a Nintendo não só virou uma página hoje, como reacendeu a minha paixão pelos videojogos, é caso para dizer que, a Nintendo literalmente premiu o meu Switch.

    • José, parabéns pelo seu comentário! Corroboro de sua opinião sobre tudo que falou, creio que este console no preço de 250 dólares, algo que provavelmente será, terá um sucesso estrondoso. Me soa como um sucessor espiritual do wii, não pelas características, mas pelo fulgor de renovar, pela abordagem fora da curva que só a Nintendo sabe fazer. Amei o design, a praticidade, a idéia de console para adultos que a Nintendo está a vender em sua propaganda, até pq, estou para lhe dizer que os fãs da big N são os mais maduros, provavelmente na casa dos 30 anos pra mais, pois são aqueles que cresceram desfrutando da magia do nes e posteriormente do snes, e tb do N64. A Nintendo conseguiu mais uma vez me fazer sorrir, pq este console exprime algo a mais do que lucro por lucro, ele mostra a arte do reinventar-se, não é a mesmice do hardware por hardware, quem tem a melhor definição, quem tem mais tflops, não… A Nintendo salvou a indústria do crash de 83, e parece que irá salvá -lá novamente, mas agora da mediocridade que esta geração estava a nos mostrar. Abraços, José! Se tivesse como dar um like em seu comentário, daria 1000 likes. Rs. Até +

      • To junto,amigo pois para a Nintendo não é necessário ter um hardware de ponta,mas um hardware que todo mundo possa se divertir mesmo sozinho ou com a galera e isso a Nintendo sabe fazer de melhor.

    • A tua análise ao anuncio e ao público alvo é perfeitamente fantástica. Não queres colocar isso num artigo? 🙂

    • Ótimo, poderia ser um artigo, até eu fiquei animado com esse console depois de ler seu comentário.

    • Excelente comentário/artigo! Parabéns José Galvão!

      Vou usar e acrescentar as tuas palavras: “A Nintendo voltou as origens” e voltou as origens do que é um console puro, um aparelho destinado simples e exclusivamente a jogos.

      No trailer e em outros artigos não vi menção de que o NS terá características multimídia, como tocar música ou assistir a filmes, a prova é tanta que usará mídia parecida com os cartões de memória(memory stick) ao invés de leitores CD/DVD/BD/BD4K, economizando no projeto do aparelho e também no consumo de energia.

      Uma outra sacada é entregar uma qualidade visual para o maior nicho de consumidores de TV, ou seja para os possuidores de TV HD.

      De tanto ler e ver o que a MS e Sony tentam nos forçar a mudar de tecnologia(que ainda não é utilizada plenamente) esperávamos que a Nintendo viesse com outro propósito. E ontem o trailer mostrou que ela seguirá pelo caminho oposto da concorrência, e espero que não mude esse pensamento.

      No meu 1° comentário informo que gostaria de receber mais informações, porém não estou interessado nas informações técnicas, por exemplo tantos Tflops ele vai ter, é 1080P. Estou interessado em saber como o sistema se comportará nesse “switch” entre portátil e console de mesa, se a diversão estará garantida. Portanto não vou ser hipócrita, acima falei que não vou estar interessado em 1080P, porém por ser um console novo eu espero uma qualidade gráfica digna, algo que já me surpreendeu ao ver o pedacinho do gameplay do jogo do Mário(Armão Ferreira? – brincadeira)

      Espero que o NS seja um sucesso e que mostre a MS e Sony o que realmente é um console.

  7. Sinceramente, após ver isso aqui:
    https://www.youtube.com/watch?v=rM_HhuvmXbc
    Acredito ser impossível que a Switch seja mais fraca que a WiiU. Esse Mario novo não só está deslumbrante como é superior graficamente falando ao Mario 3D World do WiiU. Tem uma Draw distance maior, texturas melhores, ambiente completamente aberto(Como em Mario 64) e apresenta efeitos que não vi no Mario da anterior consola. Continuo a achar que a Switch tem uma X2 com downgrade nas performances para uma maior eficiência energética.

  8. Falô tudo amigo.A Nintendo arrasou com esta demonstração de como seu novo console será,fora o seu design que é fora do comum e ao mesmo tempo incrível e concordo com sua descrição no momento do game do Mário,parece uma continuação do game para N64 que jogo até hoje com um grafismo incrível,fora o Zelda.Aguardando com ansiedade ano que vem.

  9. O console parece incrível , a unica decepção foi no hardware

    • Ainda não sabemos qual é o hardware. Tudo o que se possa dizer é especulação.
      Mas a consola vai ser vendida a 299 euros, o que parece apontar, mais uma vez, para um Tegra X1 alterado.
      O devkit era um X1, mas alterado (2ª geração).

      Four ARM Cortex-A57 cores, max 2GHz
      NVidia second-generation Maxwell architecture
      256 CUDA cores, max 1 GHz, 1024 FLOPS/cycle
      4GB RAM (25.6 GB/s, VRAM shared)
      32 GB storage (Max transfer 400 MB/s)
      USB 2.0 & 3.0
      1280 x 720 6.2″ IPS LCD
      1080p at 60 fps or 4k at 30 fps max video output
      Capcitance method, 10-point multi-touch

  10. Não concordo com consola para adulto, os jogos Nitendo sempre tiveram uma vertente infantil / familiar… eles querem empurrar a consola para os adultos mas vai ser nas crianças / adolescentes que a consola vai brilhar, um adulto se for apanhado com o smartfone na mão…está a consultar a agenda, ou a comparar as taxas de juro e inflação…se for apanhado com esse tablet com orelhas não vai ter como disfarçar…está no vicio, agora os miúdos metem a consola na mochila, jogam uns com os outros em qq lugar e ainda podem jogar com os pais e irmão no fim de semana…claro que muitos adultos, assim como eu, poderão eventualmente comparar uma para jogar na TV e WC, mas não vai ser o mercado principal deles…digo eu

    • Vitor, crianças de hj não querem saber de consoles tradicionais, com controles tradicionais, estão mais presos a games de smartphones e tablets.

    • Vertente infantil??? Discordo! Uma vertente mais cartoon, mais acessível a todos, sim. Mas só crianças… não! Eu sou adulto e adoro os jogos Nintendo.
      E a realidade é só uma. O anuncio não mostra sequer um adolescente! Mostra um adulto em atividades de adulto!
      O nome switch pode ter mais implicações do que a simples portabilidade, podendo implicar igualmente uma abertura maior de mercado da Nintendo.

    • Essa história de vertente infantil começou com o Nintendo Wii. Na verdade, as raízes da Nintendo são para o público Hardcore, que em sua maioria virou as costas à empresa após o PS1. O Game Cube foi a última tentativa da Nintendo de competir de igual pra igual com o Playstation. Após o Cube, eu penso que a Nintendo resolveu se aceitar como uma empresa secundária. Tipo, todo mundo gostou do design e da proposta do Switch, e ninguém está preocupado se ele vai ser 3x mais fraco que um Xbox One. Porém, se em vez de Nintendo Switch, estivéssemos vendo um “Xbox Switch”, ou “Playstation Switch” que fosse um console portátil e fraco para ocupar de uma só vez o lugar do console de mesa e do portátil, hoje seria um dia de revolta na internet por que os fans estariam se queixando que não terão Halos e Uncharteds com evolução gráfica que a série merece e tal…
      Eu acho que nenhuma das pessoas que se manisfestaram a favor da Nintendo, estariam fazendo o mesmo se eles não estivessem novamente fazendo um console de nicho e decidissem que era a hora de fazer um hardware potente e retomar o lugar que era deles a 25 anos atrás.
      Minha opinião sobre o Switch, que vai além de futilidades como o desenho bonito, é que ele parece ser um ótimo portátil, mas um mediano console de mesa. Eu nunca o teria como única plataforma e não é um retorno da Nintendo aos dias de SNES.

  11. Quanto ao hardware, provavelmente será melhor do que do wiiu, não há dúvidas sobre isso!

    • Indo pela coerência… sim! É superior.
      Apesar de ter referido 352 Tflops de precisão dupla num outro comentário, na realidade a WiiU deve-se ficar pelos 176 Gflops nessa precisão (352 em precisão simples). E o X1 bate-a claramente ao ter 256 Tflops em precisão dupla e 512 em precisão simples. E isso é o X1 standard, não este!
      Mais ainda, o CPU e larguras de banda desta vez acompanham o GPU, algo que na WiiU era muito pouco equilibrado.

  12. Mario !
    Que conceito esta nova consola da Nitendo, amei acho que eles nao devem querer atingir um patamar de PS ou MS com requisitos Graficos e si diversao como foi o Wii. Eu fiquei apaixonada por este console.

  13. De primeira eu achei legal, mas fiquei dividido.

    Tipo é como um pato, ele sabe nadar e voar, mas não faz nenhum dos 2 bem sabe?
    Tenho que ver mais para ter uma opinião formada.

    Ah, para aqueles que acham vão jogar Skyrim, pode tirar o cavalo da chuva.
    Já foi confirmado que eles só ajudaram a fazer esse trailer.

    • Ele faz bem uma das coisas, ser um bom portátil. Ele não é bom console de mesa, ele não é uma alternativa à Xbox One e PS4. As pessoas tem um comportamento estranho, que flerta com a futilidade, admiração por coisas superficiais. Por exemplo, o Xbox One S, é em sua essência a mesma coisa de um Xbox One comum, mas as vendas explodiram por que ele é um console mais bonito…
      Não dá pra entender o fogo de palha das pessoas com tão pouca informação sobre o Switch. É bonito? É. O conceito é bacana? É. Como são os jogos? Quais são os jogos? Quanto custa? Tem tecnologia para me oferecer games condizentes com a relaidade de 2017?
      Não sei, ninguém sabe, ninguém viu. Tudo que foi mostrado no trailer é edição de um vídeo conceito.

      • One S aumentou as vendas não por ser só bonitinho, leve em consideração o HDR, leitor BD4K e também a fonte interna(e uma performance superior ao One Original). Não sei o motivo para você não ter citado isso, já que em outros locais você cita.

        Se One S fosse disponibilizado somente com a alteração estética com certeza teria números menores em vendas.

        Creio que a admiração do pessoal ao NS seja em relação ao fazer o oposto que a MS e Sony atualmente propõem.

        Especulam que o NS terá o apoio das Thirds, mas quem comprará um jogo multiplataforma para o NS caso vc já tenha PS4 ou One. Ao meu ver o NS se sustentará ,a exemplo dos seus antecessores, com os seus jogos exclusivos. O que derruba a tese de que consoles não se vendem devido a exclusivos.

        • Penso acima de tudo que é prematuro falar-se de sucesso da S.
          Isto por um único motivo. A S é atualmente a única consola do mercado que traz melhorias face ao que já existia. E só por isso justifica a compra!
          É um mérito que tem, mas que teremos de ver como se mantêm quando a Pro entrar no mercado.
          Aliás, mesmo com o VR a PS4 pode ter um boom de vendas.
          Posso dizer que já experimentei… e ADOREI.

        • A quantidade de pessoas que tem uma TV preparada para aproveitar as melhorias do Xbox One S é pífia. Não é nem possível dizer que as pessoas que compraram esse console o fizeram só por isso. Preço também não é uma coisa, uma vez que o console esgotou todas as unidades da versão mais cara. Em relação os jogos, a única verdadeira melhoria é o HDR, que a TV capaz custa mais que o console.
          As pessoas mudam o conceito por coisas superficiais. Ou todo mundo comprou o Xbox One S pra assistir filme?

          • Ué mas não foi falado anteriormente que nos locais onde o One S vendeu acima do normal são locais onde as pessoas tem facilidade de comprar e de já possuir televisores compatíveis com a tecnologia HDR 4K?

            E num artigo anterior teve gente que afirmou que compraria o One S devido a possibilidade de rodar filmes 4K.

      • Fernando, não sei se ele não é um bom console de mesa, até pq, não sei suas spécs ainda, mas vc o fato de competir com ps4 ou one, não sei se hj é o caminho. Talvez o melhor caminho é o de fugir desta guerra sem fim de especificações onde quem ganha não é o consumidor final, exemplo disso são estes consoles de meio de geração que está a afastar muitos gamers, pois estão a matar a essência do que é diversão, em prol de lucros exorbitantes e até covardes dessas empresas. De coração, não consigo ver esta loucura em exigir que a Nintendo tenha spécs como as do ps4, do one, e se não as tem, sempre chove críticas no console, como ocorrera com o wiiu, e ao msm tempo, aceitam pacificamente estes consoles upgrades, que nada justificam suas existências, com as empresas dando desculpas injustificáveis do tipo: “Estamos querendo algo próximo ao PC. Pq a tecnologia anda muito rápido e os consoles ficam muito obsoletos com o passar do tempo” mas me diga: quando foi diferente? Quando foi que os pcs não surravam os consoles em processamento? Me entende? Esta coisa de analogia de pato como andam a dizer sobre o switch vai em encontro no que quero dizer: Ele não faz nada bem pq não está a altura dos hardwares dos consoles atuais? E desde quando é preciso ter um parâmetro de potência de hardwares atuais para o console ser atrativo? Esta geração tá chata demais,Diga-se de passagem, pois exigem tudo, menos bons jogos, algo que a Nintendo, msm com o fracasso comercial do wiiu, nunca decepcionou! Abraços, Fernando…

        • Tudo bem, é errado consoles de meio de geração que estão apenas empurrando 4K com os mesmos visuais, sim é, mas Xbox One e PS4 ainda estão lá e são competentes. Não estou negando as qualidades da Nintendo, mas eu duvido seriamente que alguém teria um console da Nintendo como único.
          É normal alguém ter o Xbox One ou PS4, mas apenas um deles. Afinal, se os seus exclusivos favoritos são os de uma marca e você não faz questão dos outros, ainda sim tem uma experiência satisfatória pois existem muitos jogos bons das thirds.
          Ainda falta saber muita coisa sobre como será o apoio das thirds à esse equipamento, mas já é bem fácil de deduzir que com um chip de tablet, o desempenho dele já não se equivale ao Xbox One e o PS4. Não se trata só de pixels a mais, existem várias situações que se beneficiam de maior potência para melhorar a experiência de jogo, o que por exemplo já será mais limitado no Switch.
          Será que esse console poderia rodar um mundo aberto como Read Dead Redemption 2 por exemplo?
          Segundo a Rockstar, o trailer de ontem estava rodando em tempo real no PS4.

          Querer ir até 4k pode ser uma futilidade hoje, brigar por diferença de 900p contra 1080p também é. Mas se o console não tiver suporte pelo menos ao mínimo exigente para tecnologia da atualidade, ele vai ser só o divertido console secundário.

  14. Uma pergunta?

    Você ficou animado ao ver o trailer de 3 minutos do NS? E gostou do que foi exibido rapidamente de jogos?

    Pois é no trailer tive uma animação e dá a impressão de que os jogos terão qualidade, fiquei interessado no console mesmo não sabendo as suas especificações.

    Só que o problema das últimas 2 gerações já está chegando no NS, o pessoal já está discutindo especificação do aparelho e em alguns casos já desmerecendo o produto.

    Que coisa chata….

  15. Rockstar como sempre quebrando barreiras nos consoles , eles fizeram isso com o gta v no ps3/X360 e agora com o ps4 e xbox one

Os comentarios estao fechados.