Os exclusivos Xbox para 2021

0 0 votes
Avalie o nosso artigo

A lista é oficial da Xbox, tendo sido publicada no news.xbox.com

Em 2021, salvo eventuais atrasos, a Xbox vai contar com um total de 29 exclusivos.

Eis a lista oficial:

Adios



The Artful Escape

The Ascent

The Big Con



CrossfireX

Dead Static Drive

Echo Generation



ExoMecha

Exo One



The Gunk

Halo Infinite – 2021

The Last Stop



Lake

Little Witch in the Woods



The Medium

Microsoft Flight Simulator

Psychonauts 2



RPG Time

Sable



Scorn

She Dreams Elsewhere

Shredders



Song of Iron

Tunic



Twelve Minutes

Unexplored 2: The Wayfarer’s Legacy

Warhammer 40K: Darktide



Way to the Woods

The Wild at Heart

Comentários

A lista é extensa, com jogos para todos os gostos. A maioria dos jogos são indies, mas há alguns AA com muito bom aspecto, e mesmo jogos AAA à mistura. Há basicamente para agradar a gregos e troianos.

Eis aqueles jogos da lista que chamaam mais à atenção.

CrossfireX

Um jogo da Remedy, com 10 anos de idade. Tem vindo a ser atualizado sendo que no seu global é o jogo mais jogado de sempre, tendo passado por ele já mais de 650 milhões de jogadores. O jogo conta atualmente com um grafismo excelente e aposta no multi, apesar de possuir uma campanha single.

Dead Static Drive

Sinceramente desconheço a qualidade deste jogo, mas chamou-me a atenção imediatamente pelo seu grafismo. Fazendo relembrar um clássico das 16 bits, o Another World, este jogo apela imediatamente ao saudosismo.

ExoMecha

Um indie free to play, e o primeiro jogo da TwistedRed criada em 2019. Apesar de ter tido pouco tempo de desenvolvimento o jogo conta com um grafismo interessante que chama a atenção. É um multi, e sendo free to play certamente aposta em vendas de conteúdo. Seja como for, chama a atenção pelo aspeto cuidado.

Halo Infinite – 2021

Não sei bem o que dizer deste jogo. Será o AAA mais esperado desta lista, mas a sua apresentação dececionou. O que foi corrigido, o que esperar? É ainda uma incógnita, mas apesar de tal o seu nome continua bem sonante e chama a atenção nesta lista.

The Medium

É um jogo de horror, o que o retira da minha lista por não apreciar o género. Mas chama a atenção pelo grafismo das suas animações. É um novo IP, de uma equipa desconhecida, pelo que se desconhece efetivamente o que se esperar

Microsoft Flight Simulator

Este é um produto AAA com que já se sabe o que se esperar a nível de qualidade. No entanto não estamos aqui verdadeiramente perante um jogo, mas sim um simulador de voo. E um simulador que no PC tem performances fracas, exigindo um hardware de topo, pelo que aqui fica no ar a dúvida sobre o que se conseguirá obter nas consolas inferiores como a Xbox One e One S.

Seja como for, este é um produto de topo, e que certamente muitos de nós esperam com ansiedade.

Song of Iron

Mais um Indie, mas um jogo que tal como Dead Static Drive apela ao saudosismo, fazendo lembrar mais um jogo dos 16 bits, desta vez Shadow of the Beast. E só por isso chama a atenção, caindo nesta lista.

Warhammer 40K: Darktide

Mais um jogo com qualidade que chama a atenção. Um grafismo de topo e uma aparente jogabilidade super interessante.

Resumidamente, a Xbox tem aqui uma boa lista de jogos que chamam a atenção. Jogos que aparentam ter argumentos para poderem vender e cativar para a consola. E isso… é o que os jogadores querem!

Sendo estes jogos exclusivos, todos estarão à partida disponíveis no dia um no Gamepass.



0 0 votes
Avalie o nosso artigo
57 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Relvas
Relvas
6 meses atrás

Tirando o Halo, dúvido muito que a MS tenha interesse em ter exclusivos.
Não me parece ser o modelo da estratégia que eles querem seguir.

Mesmo por parte da sony, penso que o número os número de exclusivos definitivos deverá diminuir.

hiago
hiago
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

De verdade ultimamente estou mais empolgado em jogar indies e AAs do que os triplo A, parece que esses jogos mais “simples” andam tocando mais o meu coração e me fazem voltar com aquela sensação boa e gratificante de quando era criança com o meu PSone. E falando nisso, já jogou Outer Wilds? Não terminei ainda, peguei na promoção da PSN e digo com toda certeza que me arrependo de não ter comprado antes, que jogo maravilhoso, trilha sonora impecável, direção artística está de parabéns.

Felipe Horvath
Felipe Horvath
6 meses atrás

Só masterpieces !

Edson
Edson
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Mário, só um adendo: O The Medium não é de uma equipe desconhecida, e sim da Bloober team, um estúdio polonês já conhecido da indústria por serem especialistas em games de terror como o Layers of Fear, Observer e a Bruxa de Blair.

Marco Antonio Brasil
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Gostei da diversidade da lista. É bom ver que os estudos da MS estão produzindo. Senti falta de mais AAA (acredito que forza entrará na lista ao longo do ano) mas creio que isso mudará a partir de 2022. Enfim, por mais que tenhamos um pé atrás com a MS eu creio que o futuro de seus estúdios é promissor.

Livio
Livio
Responder a  Marco Antonio Brasil
6 meses atrás

Disseram que há 2 grandes jogos não anunciados e que serão lançados em 2021

Deto
Deto
Responder a  Livio
6 meses atrás

nessa lista eles botaram até jogo que já tem para PS4 como “lançamento exclusivo xbox”

Vc acha que eles esconderiam “2 grandes jogos” dessa lista inflada?

Edson
Edson
Responder a  Deto
6 meses atrás

Os 2 jogos provavelmente serão Forza Horizon 5 e o novo game da Compulsion games que certamente será um AA. Pelo menos é o que andam especulando…

José Galvão
José Galvão
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Não acredito muito que ao longo desta geração o catálogo da Series X fuja muito deste registro, um monte de filer para o gamepass com um ou outro a dar o ar da sua graça.

Do Halo não espero grande coisa, acredito que seja um jogo como serviço disfarçado de single player, o The Medium parece ser interessante mas não é mais que um jogo mid tier (AA), o Flight Simulator para a maioria de nós é mais pela curiosidade, tipo voar até onde moramos e quiçá despenhar o avião de preferência na casa de um vizinho que não gostamos, o único jogo que verdadeiramente me desperta interesse é o Scorn, de resto é como já disse, filer para o gamepass, sem um único candidato a GOTY, e mais um ano de seca para a Xbox.
Muito honestamente, estes 29 não fazem um da Sony ou da Nintendo, num ano qie prevejo que seja mais um ano “fantástico” como muito gosta de dizer o Phil Spencer.

Deto
Deto
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

lista super inflada.

até yakuza de PS4 eles contam como “lançamento exclusivo xbox 2021”

serve pelo menos para os “fãs de twitter do xbox” não se sentirem abandonados.

Sparrow81
Sparrow81
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

A lista de exclusivos deles entra multi hj? O que é exclusivo para Microsoft hoje? Sair antes no Xbox, gamepass, Pc? Senhor!!!

Edson
Edson
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Exclusivo game pass, Andresão! Rsrsrsrs Agora é entrar no game pass já vira exclusivo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson
6 meses atrás

Pois então… Ficou bizarro esse negócio hahah

Livio
Livio
6 meses atrás

[OFF relacionado] Esta é só uma crítica, estava a olhar os vídeos recomendados do YouTube e entre os vídeos está o cortes(que agora é a moda do momento) de um conhecido canal de tecnologia, cujo apresentador trabalha na Xbox e que já soltou umas pérolas principalmente contra o PS5.

Qual o conteúdo do vídeo dele? Falar sobre o recuo da MS sobre o aumento do Xbox Live e a crítica sobre ainda existir redes pagas nos consoles. É um assunto pertinente e que creio que todos aqui gostariam de ter, mas porquê estou a criticar??

  • Ele critica as redes pagas em consoles, fala o nome Nintendo e Sony, mas aquela que criou tudo isso ele nem cita. Até cita, mas só na “coisa boa” como o gamePass;
  • Qual a ideia dele para acabar com as redes pagas? Incluir mais loot boxes nos jogos;
  • E no início, fora desse contexto do vídeo, cita algumas tecnologias e nem precisa falar quais foram bem faladas(SFS, DirectXML) e no decorrer fala que “são tecnologias tão fodas que nenhuma produtora ainda conseguiu fazer de tão foda que devam ser” e no finalzinho ainda solta um breve sorriso. Não sou perito em expressões faciais mas dos vídeos que já assisti já consigo pegar algumas expressões como ao de fechar os olhos ao falar a frase citada que indica que a coisa não é tão assim como ele fala e até mesmo este sorrisinho no final.

Não sou o certo, mas você vem criticar uma coisa sem citar quem realmente criou e sendo a mesma que implementou essa diferença entre Console e PC(já que no PC é gratuito) e querer “manchar” as outras marcas é injusto.

Depois daquela cena da memória do Xbox Series ser tão revolucionária quanto o SSD do PS5 eu deixei de assisti e agora com esses drops não mudarei de ideia, já setei a opção do YT para, novamente, não recomendar os vídeos deste canal

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Livio
6 meses atrás

Não assisto mais nada desse cara. Ele trabalha para o XboxBR e sabemos bem.o.que lá acontece. O próprio Arnaldo DK fala da podridão que se tornou a XboxBR.
Sem falar que: De técnico ele tem o que? Um diploma em TI? Isso não o credita a nada! Rapaz que trabalhava com servidores achando que ambiente de desenvolvimento de games é a mesma coisa? Se acha, é burro! Engenharia de Hardware ele vive palpitando e falando merda pra cacete! Já confundiu coisas básicas, inclusive na hora de explicar a arquitetura dos novos consoles. É um show de horror aquilo.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Sparrow81
6 meses atrás

Ah, sabe no que ele é bom? Pra indicar roteador, tvs, monitores… Ele é excelente! E só!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Verdade, Mario. Seu sítio foi um refúgio seguro na época em que essas pessoas falavam coisas que nem compreendam. É a diferença de uma pessoa que estuda para outra que tem formação na área e apenas supõem coisas.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Livio
6 meses atrás

Além de tudo isso que você bem informou, eu vejo bastante superficialidade no conteúdo.

Na prática quero dizer o seguinte: se uma pessoa fez um curso de Ciência ou Engenharia de Computação, e foi desenvolvedor front/back/full stack, etc. por 10 anos, isso não faz automaticamente desta pessoa um grande entendedor sobre desenvolvimento de jogos. Existem interseções, mas ao mesmo tempo existem diversas diferenças e particularidades.

Então com isso, o que resta fazer? Estudar bastante o que devs dizem, estudar como a indústria de jogos funciona. Aprender e absorver as particularidades, procurar se aproximar de pessoas que realmente trabalham diariamente com desenvolvimento de jogos e buscar evoluir. Isso leva tempo, e com certeza uma pessoa com background em computação tende a entender mais facilmente como funciona o universo de desenvolvimento de jogos.

Mas ao invés de estudar, o que “alguns” fazem? Pegam seu background em TI e falam do universo de desenvolvimento de jogos como se fosse igual a outro ambiente de desenvolvimento qualquer. E por que fazem isso? Simples, o público destes canais é leigo o bastante, e se satisfaz com superficialidades e generalismos. Isso para não falar em diversos conceitos que são apresentados de maneira errada, e que não tem nada a ver com jogos.

Isso vai perdurar até quando? 1) Até o público aprender inglês e ver que existe um oceano de canais muito mais competentes sobre o assunto, ou 2) Quando algum especialista de verdade resolver fazer um canal no youtube em Português sobre o assunto.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Carlos Eduardo
6 meses atrás

Outra coisa.

Geralmente quando uma única pessoa está falando sobre algo, é possível que tenha mais “narrativas” do que “verdades”.

Por exemplo: tem um vídeo no canal dizendo que a memória RAM do Xbox Series S faz uso de paginação (um conceito antigo de gerenciamento de memória que é ensinado em disciplinas voltadas para Sistemas Operacionais nos cursos de Computação), que os 8GB a 224MB/s estão em um espaço de endereçamento diferente dos 2GB a 64GB/s, e que o desenvolvedor não sabe na prática qual espaço de endereçamento estão os seus dados em virtude da paginação. Logo se estiver no de 64GB/s será mais “lento” e poderá onerar em performance.

A primeira pergunta é: qual é a fonte, ou seja, quem disse isso? Uma pessoa não pode fazer um vídeo afirmando essas coisas sem colocar o link de uma fonte sólida que suporte tais afirmações. Uma coisa é fazer um vídeo de opinião pessoal, “olha, ligando aqui e ali eu entendo que pode ser isso“. Outra coisa é a pessoa realizar afirmações. E para tal, precisa de fontes, de preferência alguém da própria Microsoft que tenha confirmado tal arquitetura.

E honestamente, eu sei como funcionam as coisas. Vou até mostrar a sequência de passos como ocorre.

1) A Microsoft divulga as especificações do Xbox Series S, e muitos devs reclamam da baixa quantidade de RAM, assim como a largura de banda.

2) O flamewar recebe essa notícia como uma bomba, e surgem diversas piadinhas à respeito.

3) Os que se sentiram incomodados com o que foi dito no passo 1 ou as piadinhas do passo 2 vão até seus gurus do youtube implorando para fazerem vídeo sobre o assunto. Como se tais gurus soubessem tudo o que é relacionado a games (que envolve diversas áreas).

4) O youtuber guru não pode dizer aos seus fiéis seguidores que não tem conhecimento sobre o assunto. Ele precisa de um tempo para pesquisar.

5) Após pesquisar, descobre que não tem nada concreto, apenas discussões e reflexões. Mas o seu público é leigo e sempre quer respostas resumidas, simpificadas e exatas para poder ter “argumentos no flamewar”. Então resolve construir uma narrativa que faça sentido para um leigo, mas que pouco condiz com a verdade.

No final das contas, a verdade é complexa, requer estudo, e costuma ser passível de relativização, ou seja, ganha-se em uma coisa, perde-se em outra. Mas esse público no geral não está interessado neste tipo de discussão.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

De acordo Mário.

Ainda mais em consolas que estão “livres” para receber diversas particularidades e customizações.

Hennan
Hennan
6 meses atrás

Creio que se faz necessário uma correção. Visto que Xbox não tem exclusivo. Todos esses jogos vão ou foram lançados no PC. Em relação a qualidade dos mesmos, tirando Halo que é uma incógnita, não tem nada de relevante. Não significa que não haja bons games, mas não chamam a atenção.

Livio
Livio
6 meses atrás
Avalie o nosso artigo :
     

E estes símbolos da plataforma PS em um exclusivo Xbox???

https://twitter.com/RayNarvaezJr/status/1352409353521950726?s=20


Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Livio
6 meses atrás

Putz que vacilo

Andrio
Andrio
Responder a  Livio
6 meses atrás

Sairam as notas e analise tecnica do the medium e vishhh…..

Livio
Livio
Responder a  Andrio
6 meses atrás

Rapaz….

“On Series X, the lowest case is around 900p while the Series S equivalent is 648p.”

https://www.eurogamer.net/articles/digitalfoundry-20201-the-medium-tech-analysis-a-deeper-look-at-xboxs-first-next-gen-only-game

Daniel
Daniel
Responder a  Livio
6 meses atrás

Rapaz, imagine no pc; ta arriscado vir mais pesado que Cyberpunk 2077.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

vou deixar dois prints ai e não vou falar nada…
comment image

Deto
Deto
Responder a  Deto
6 meses atrás

e mais um:

comment image

Deto
Deto
Responder a  Deto
6 meses atrás

deve ser a mesma “mentalidade” do dusk… tem que ir na internet “equilibrar as coisas” que é uma desculpa que o sujeito inventa para ele mesmo não se enxergar como hater/fanboy.

Livio
Livio
Responder a  Deto
6 meses atrás

Tá faltando o outro print.

Já vi, retiro o que digitei!

Deto
Deto
Responder a  Livio
6 meses atrás

se eu tivesse conta no Era iria procurar esse post dele e botar esse print ai e junto um “dual view” em 1080p no demons souls.

no minimo ele iria dar um xilique e ir chorar pra a moderação que iria me dar 15 dias de ban, igual sempre acontece quando alguém dá tapa na cara desse sujeito.

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

tb acho, achei bem ridícula a desculpa.. do mesmo jeito das desculpas sobre o Dirt.

isso não faz o menor sentido, o que conta é o grafico na tela.

Esse jogo tem gráfico pior que um uncharted 2 no PS3, é impossível vc me dizer que o xbox sx não tem hardware para rodar 2 x Uncharted 2 do PS3.

pior ainda é comparar com Demons Souls… so tirar um print do ramake e salvar em 1080p ou 900p que vai ter gráficos muito melhores que the medium em 4k em dupla tela em um SLI de RTX 3090

pura desonestidade desse cara, no minimo na cabeça dele deve passar algo como o Dusk Golem “tenho que equilibrar as coisas” ou pior, ele se acha 100% imparcial ainda.

fica a duvida se o Alex vai fazer video do medium com “decepção” direto no titulo igual ele fez com Horizon Zero Dawn, que eu nem vou comparar pq no PS4 base tem 2x mais gráficos que the medium.

Mário Armão Ferreira
Responder a  Deto
6 meses atrás

Exacto… Star Wars Battlefront 2 faz split screen a 30 fps com a qualidade que lhe é conhecida.

Andrio
Andrio
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

To assistindo gameplay e é justamente isso que estou reparando, mas o pessoal ta querendo usar isso como desculpas….

Deto
Deto
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

sim, o que eu penso é que tanto faz ser feito ou não duas vezes.

segundo o alex, se demons souls fosse assim no PS5 tb cairia para 1080p de resolução.

a questão é que, se vc comprar ambos em 1080p, DS tem umas 10x mais gráficos.

então vc tem que escolher… ou cai a resolução com gráficos de DS ou mantem resolução alta com gráficos de The Medium.

ele deveria ter feito um video falando para “baixarem o hype” com o SX, igual ele fez com spiderman no PS5… pq será que ele não faz isso hahahahaha

deveria tb ter dito que o patch de RT iria deixar the medium com gráficos true next gen ahahahah

Daniel
Daniel
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Preocupante; e se tornará mais preocupante se thirds maiores com histórico de boa optimização começarem a demonstrar desempenhos desse naipe nos consoles. Tomara que seja “só falta de capacidade desse estúdio”. E nos PCs, esse jogo fez CP 2077 parecer “leve”, que loucura. Uma 1650 Super com i3 10100 + 16gb + SSD + 16GB no Adrenaline suou pra atingir, quando em 2 realidades, 1080/30 NO MÍNIMO.

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Daniel
6 meses atrás

Eu já meio que esperava essa falta de otimização, achei a proposta de dois mundos muito arriscada pra pouca produtora, mas amanhã verei qual é a desse jogo

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Andrio
6 meses atrás

Independente da otimização, o jogo é muito legal,quem é fã dos Resident clássicos e de Silent Hill vai gostar muito, ótimo game de terror

Livio
Livio
6 meses atrás

[OFF] Control na Plus de Fevereiro, ele chegou a sair no GamePass?

Edson
Edson
Responder a  Livio
6 meses atrás

Versão ultimate ainda!rs

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Livio
6 meses atrás

E sem Ray Tracing no Xbox Series S. https://twitter.com/RiotRMD/status/1354472804725510146?s=20

The Medium também não suporta o recurso, assim como DMC 5 SE.

nETTo
nETTo
Responder a  Carlos Eduardo
6 meses atrás

Antes do lançamento do XSS o discurso, o Marketing era de que este console seria uma opção “nextgen” de preço inferior, mas que entregaria a mesma experiência que o XSX só que numa resolução inferior, a época esta resoluçãoo era 1440p. Hj em dia, passados quase 2 meses do lançamento e dezenas de jogos já lançados no console, o que podemos dizer é que tudo não passou de uma mentira.

Quase todos os jogos com performance a 120fps não tem este modo no XSS, podemos dizer isso também sobre Raytracing.

No fim o XSS é uma opção barata sim, mas que entrega uma experiência oldgen a 60fps e só.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
6 meses atrás

Hardware de 2000

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Livio
6 meses atrás

Sim, está no gamepass, porém a versão normal

error: Conteúdo protegido