Os motivos pelos quais a Sony não estará presente na E3

O desagrado da Sony (e aparentemente da Electronic Arts), aparenta prender-se com a forma como a feira é gerida!

A E3 é das feiras mais mediáticas do mundo inteiro… Mas a realidade é que o seu acesso foi, durante anos, restrito, e limitado a membros da industria.

Esta situação inverteu-se em 2017, quando a feira abriu pela primeira vez as portas ao público. Mas no entanto, a feira não soube mudar… e o que criou foi um modelo hibrido onde é simultaneamente uma feira fechada a membros da industria e imprensa, e ao público em geral.

E é esta ambiguidade na definição da feira que aparentemente não agradam à Sony e à Electronic Arts.

A grande questão pode trás de tudo isto é que a E3 foi durante muitos anos algo único… mas ao longo dos anos muitos outros eventos do género começaram a aparecer. E todos eles apresentavam uma diferença fundamental face à E3… o serem abertos ao público!



Com esta realidade, a E3 começou a decair, sendo que em 2017 a organização resolveu abrir pela primeira vez a feira ao público… mas de uma forma muito limitada, colocando apenas 15 mil ingressos à disposição.

Ora esta situação colocou o público alvo da feira muito dividido. A feira nem era destinada à industria, nem ao público… e estava a ser dividida. E a Sony não gostou disso.

Em 2017, altura em que a feira abriu as portas ao público pela primeira vez, Shawn Laiden falou sobre o assunto, e mostrou o desagrado pelo facto de a feira não ter sido completamente aberta e sem limites ao público em geral.

A Sony entende que uma feira dedicada a membros da industria deve ser diferente na forma como é apresentada de uma feira dedicada aos utilizadores em geral. E a E3 ao estar com o público dividido nem era carne, nem era peixe. Layden deixou bem clara a ideia que a E3 sempre foi primariamente, um evento de comércio, e esse era o motivo pelo qual a Sony tinha um estilo de apresentação diferente para a E3 e por exemplo, para a PSX, uma feira dedicada ao publico em geral.

Quando questionado sobre a nova postura da feira nesse mesmo ano, este comentou:

Pensei, vou ser honesto, acho que a ESA vendeu 15,000 bilhetes para consumidores para o evento, e isso levou as pessoas ao limiar da dor,. E não vos vou maçar com os detalhes sobre isto, mas, se vais programar um evento de comércio ou um evento de consumidores, tratam-se de duas bestas completamente diferentes.

Basicamente a ideia é que a a feira estava descaracterizada, e de uma forma que não era possível criar algo devidamente direccionada uma vez que um evento para comércio e um evento para consumidores são encarados de forma diferente.



E nesse sentido fez esta comparação:

A E3 é como se estivesse no meio da autoestrada, vai levar com carros dos dois lados e tem de escolher em que faixa quer estar.

Por outras palavras, com um evento algo híbrido, e com solicitações dos dois lados, a empresa tem de decidir qual dos dois agradar, e programar a sua postura dessa forma. Mas dado serem coisas diferentes, agradar por igual os dois é impossível.

A piorar as coisas temos a degradação de visitantes na E3… em 2005 a E3 teve 70 mil visitantes ligados à industria, mas em 2017 o número de visitantes passou a 66 mil… e isto incluindo os 15 mil visitantes do público em geral. Claramente no capítulo do comércio, e numa altura em que o Gaming fatura mais do que nunca a feira estava em decadência.

Daí que tanto Sony como Electronic Arts queriam que a feira se alterasse, e se tornasse numa celebração do público em geral! Afinal esse é o rumo que todas as outras feiras tem tomado!

Mas isso não aconteceu… e tanto Sony como EA recusaram-se a participar na feira do ano passado, sendo que a Sony já confirmou que este ano não estará novamente presente.



Basicamente eis uma ideia das feiras que atualmente existem, e o seu número médio de visitantes:

Gamescom 2019: 373k público
ChinaJoy 2019: 365k público
Brasil Games Show 2018: 325k público
Taipei Game Show 2019: 320k público
Paris Games Week 2018: 316k público
Tokyo Game Show 2019: 262k público
G-Star Korea 2018: 235k público

Já a E3 2019: 66k Parte público e parte membros da industria

Apesar dos argumentos da Sony poderem soar a válidos ou não (depois é uma questão de opinião), e de a E3 poder parecer uma feira estagnada, a realidade é que ela é a maior feira do ano, e uma das que mais mediatismo tem, particularmente a nível dos media e das transmissões web. Apesar de a Gamescom atrair mais público, o chamado buzz dos media em torno da E3 pode ser até 3 vezes superior ao de uma Gamescom, pelo que, nesse sentido a Sony falhar a E3, e não fazer algo nesse período, como no ano passado (talvez por uma questão de respeito, algo que na cultura japonesa tem um valor enorme), é uma grande lacuna para a Sony.

Dai que a Sony terá de colmatar essa lacuna nas proximidades da E3, sendo que ela até tem o que chamar a atenção dos media, a sua PS5… E uma revelação num período de tempo próximo da E3 poderia chamar a atenção dos media para si.



Mas PS5 ou outra coisa qualquer, a Sony tem de realizar algo na altura da E3. Não lhes basta participar de outras feiras onde os outros também estão! Porque uma coisa é certa… os gamers ficam a perder com a ausência da Sony, e sem nada a compensar.



57 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Edson
Edson
8 meses atrás

Belo artigo, Mário!

Shin
Shin
8 meses atrás

A E3 foi criada por que em 1993 existia muitas fabricantes de console e isso atrapalhava a visibilidade de outros produtos. Em 90 a WWW apenas engatinhava então as marcas lutavam para que a imprensa fizesse matérias com seus produtos e a E3 foi uma forma de aglomerar jornalistas de todo mundo para que através deles todos os produtos tivesse visibilidade. Foi exatamente na E3 1994 que o PlayStation como um novo produto obteve a mesma visibilidade dos concorrentes conquistando rapidamente mercados desde então. Porém agora com a internet as marcas lutam para não ter vazamentos fora do controle pois a informação e constante e em tempo real, por isso não é mais o cenário adequado de duas décadas.

Mas perceba, a Sony não saiu apenas pelo descontentamento mas sim porque o ambiente competitivo já não é mais favorável como antes. Ela não está encarando mais uma Microsoft que tropeça e faz experiências de aceitação mas uma empresa que está inteligentemente usando os meios de informações a seu favor. Então depois de 2019 onde a Sony sai da feita com uma cara de escassez de conteúdo ela prefere se preservar a seus próprios eventos que eles podem controlar.

Esse é o foco dessa renúncia a Sony tem o domínio do mercado mas não da informação e o que ocorre quando empresas perdem o domínio da informação? Resulta na reclusão, como a Nintendo faz desde 90, investindo na sua própria disseminação de informações e seus próprios eventos.

Davi
Davi
Responder a  Shin
8 meses atrás

Não mudo uma vírgula do que você disse. Perfeito!!!

Rui
Rui
8 meses atrás

Seja qual for a razão sou totalmente contra, se fosse a microsoft diria o mesmo.

Danilo Marciel
Danilo Marciel
Responder a  Rui
8 meses atrás

O fato é que nesse caso não existe dois pesos e duas medidas é a segunda vez que a Sony faz isso e sempre passam pano na situação.

Lembro do quanto foi criticada a Microsoft por simplesmente fazer um estande fora do complexo ou por mesmo ter participado ter “perdido” pra Sony que nem foi inclusive tem artigos aqui mesmo sobre isso…

Muito chato isso sinceramente pra que passar tanto pano pra Sony falar sempre que ela tomou a melhor decisão não importa o quanto desagradavel seja a postura que ela ta tomando.

Quando a Microsoft Participa mas mesmo assim é criticada…
https://www.pcmanias.com/nintendo-arrasou-na-e3-e-a-clara-vencedora-e-mostrou-como-a-conferencia-da-microsoft-foi-fraca-e-como-a-sony-fez-bem-em-nao-comparecer/

Quando a Microsoft faz uma excelente E3 mas mesmo assim é criticada…
https://www.pcmanias.com/microsoft-teve-a-melhor-e3-mas-nem-tudo-foram-rosas/

Então essas criticas eternas parecem ser carregadas de um sentimento de desprezo absoluto pela Microsoft não importa o que ela faça.

Abandonei as brigas por consoles desde o dia que comprei meu PS4 hoje tenho PS4 Slim, XBOX One X e NoteBook Gamer Dell G7 com 1050Ti.

Curto tudo que todas as plataformas tem de melhor a oferecer então não entro diretamente nessa brigas mas é impossivel não se incomodar com o desprezo eterno que a Microsoft sofre por aqui.

Marcos
Marcos
Responder a  Danilo Marciel
8 meses atrás

Não adianta. Basta vc buscar aqui quantas matérias foram feitas contra o Xbox one. A DF inclusive fez uma matéria ensinando a contar pixel para diminuir o Xbox mas quando saiu o x o discurso mudou. Todos falando que poder não era tudo. Na E3 passada a Sony veio a público falar que não iria participar por falta de conteúdo e agora vejo todos passando pano.

“Agora que temos Homem-Aranha saindo, estamos olhando para 2019 com jogos como Dream e Days Gone. Mas não teríamos muito para trazer às pessoas para justificar um evento. Não queremos criar expectativas muito altas e não alcançá-las. Esta foi uma decisão difícil, mas estamos determinados que este ano não vamos ter a PlayStation Experience”, disse, na ocasião, o diretor mundial da marca PlayStation, Shawn Layden…

Se for confirmado o que eu li no neogaf o pS5 teria menos jogos e seria sim 9.2tflops e a Sony sabe que iria perder os olofotes para o Xbox na E3 por isso não vai participar.

Brunoab
Brunoab
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Ai que esta.

MS promete poder infinito da nuvem, o que fazer?

a) xingar a MS por mentir

b) xingar que fala das mentiras da MS

a culpa nunca é da MS, é sempre dos outros.

Marcos
Marcos
Responder a  Brunoab
8 meses atrás

A sony prometeu graficos de TOY STORY NO PS2 vc lembra???

Danilo Marciel
Danilo Marciel
8 meses atrás

O fato é que nesse caso não existe dois pesos e duas medidas é a segunda vez que a Sony faz isso e sempre passam pano na situação.

Lembro do quanto foi criticada a Microsoft por simplesmente fazer um estande fora do complexo ou por mesmo ter participado ter “perdido” pra Sony que nem foi inclusive tem artigos aqui mesmo sobre isso…

Muito chato isso sinceramente pra que passar tanto pano pra Sony falar sempre que ela tomou a melhor decisão não importa o quanto desagradavel seja a postura que ela ta tomando.

Quando a Microsoft Participa mas mesmo assim é criticada…
https://www.pcmanias.com/nintendo-arrasou-na-e3-e-a-clara-vencedora-e-mostrou-como-a-conferencia-da-microsoft-foi-fraca-e-como-a-sony-fez-bem-em-nao-comparecer/

Quando a Microsoft faz uma excelente E3 mas mesmo assim é criticada…
https://www.pcmanias.com/microsoft-teve-a-melhor-e3-mas-nem-tudo-foram-rosas/

Então essas criticas eternas parecem ser carregadas de um sentimento de desprezo absoluto pela Microsoft não importa o que ela faça.

Abandonei as brigas por consoles desde o dia que comprei meu PS4 hoje tenho PS4 Slim, XBOX One X e NoteBook Gamer Dell G7 com 1050Ti.

Curto tudo que todas as plataformas tem de melhor a oferecer então não entro diretamente nessa brigas mas é impossivel não se incomodar com o desprezo eterno que a Microsoft sofre por aqui.

By-mission
By-mission
Responder a  Danilo Marciel
8 meses atrás

” O desprezo eterno que a Microsoft sofre por aqui ”

Sabes qual a console preferida do autor? A Xbox 360
E não foi uma ou duas vezes que o disse desde o início da geração ele já explicou o fascínio pela console e o sentimento de ver a sua console favorita se tornar uma console que simplesmente não trás atrativos ou quando os trazem são mínimos face ao que se já estava acostumado na Xbox 360.

As pessoas realmente não tem noção do que falam aqui cabe uma reflexão, já foste ao Windows Club? Aquele site tão fanboy que nem Microsoft os reconhece… Pois então boa leitura meu amigo, lá tudo da Sony é ruim God of War é horrível e etc..

Tens a opção ao vir aqui vitimizar mais uma vez a empresa de um trilhão de dólares!

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Danilo Marciel
8 meses atrás

Observem e poderão perceber 2 padrões: Qualquer site ou canal YT ou ao menos todos os com mais público (que geralmente não é grande coisa, pois fanboy’s são uma minoria do público) que apoie o Xbox ou seja fanboy Xbox, seguem esses 2 padrões, sendo o primeiro; mentem. Mentem sobre o Xbox ou sobre a Sony. Padrão 2; são incapazes de elogiar qualquer aspecto do Playstation/Sony.

Em contrapartida, sites Playstation, não mentem normalmente, mas eu não posso garantir a honestidade total deles pois é um padrão observável e não uma ciência exata.. fazem a chacota com o Xbox com fatos comprovados. E segundo ponto, elogiam quando algo no Xbox é positivo.
Parecem sempre mais honestos.

Agora o que gostaria de perguntar aos que criticam o PC Manias de “perseguição” a Microsoft/Xbox;
Todos os artigos são abertos a argumentação, se alguém puder refutar as informações negativas sobre o Xbox, por favor, poderia começar a fazê-lo, pois até agora houve muita gente reclamando mas realmente muito pouco ou inexistente argumento para provar que o que é dito é mentira ou ao menos subjetivo.

Faltaria competência ou fatos reais pra isso?

Talvez não precise mais que um cabeça de bagre pra jogar shooters mas certamente precisa um pouco mais de inteligência pra não fazer acusações sem argumentos razoáveis especialmente sobre os artigos que falam sobre mazelas reais do Xbox

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

E não me responderam ainda: porquê o pior Playstation da história vendeu mais que o melhor Xbox de sempre?
Foram os exclusivos, o logotipo Playstation ou outro fator?

E mais: se querem minha dica pro próximo Xbox verder bem, liberem a pirataria (que era melhor amiga do 360), façam consoles que estragam e contabilizem os que repõem como novas vendas. Feito.
Talvez dê pra ficar ao menos segundo.

Vendas não importam dizem mas, pra quem tem o “melhor online” seria interessante ter uma comunidade “competitiva” que fosse maior que o Switch ao menos.

Vitor Calado
Vitor Calado
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

O que é que interessa que a playstation tenha vendido mais? diz-me uma coisa o teu clube de futebol foi o que ganhou mais campeonatos? mais copas?? o teu carro é o carro mais vendido do mundo??? a tua TV é a TV mais vendida do mundo??? é mesmo??? quanto ao ONline compra uma xbox ligate ao LIVE e vê com os teu próprios olhos, LOL, os jogos multiplayer é uma das razões porque tenho e gosto mais de xbox, liga-te e procura jogadores para jogar…depois fala daquilo que sabes e não daquilo que ouves os outros falar…eu estou a falar do que conheço, e tu?

Brunoab
Brunoab
Responder a  Vitor Calado
8 meses atrás

Vendas não importam.

– por isso vc está ai jogando Ryse 2, Dead Space 4.

Live mágica.

– 22h atras estava cagada com erro, segundo o twitter do xbox support.

alias, MP fundamental

– por isso vc tem um xbox, para ficar 20min procurando uma partida no Gears 4 e 5.

Fui ridículo, aqui no BR a MS pagou para um canal grande do youtube fazer uma LIVE jogando Gears 5 e eles não conseguiram pq não achava ninguém para jogar o MP.

Pare de repetir clichês sobre o xbox, que todo mundo sabe a realidade.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Vitor Calado
8 meses atrás

Argumentos e respostas não tem, só apelo emocional. Refuta os artigos lá
Xbox e live aqui a 6 anos

Vitor Calado
Vitor Calado
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

Posso confirmar, eu sou caixista e gosto da xbox, acho que é a melhor proposta para se jogar numa consola caseira, já tive a PS4 mas vendi passado 1 ano pois não gostei, e tive uma PS2 que gostei muito na época, mas no presente gosto bastante da XBOX tenho uma X onde já joguei mais de 50 jogos todos eles considerados como as melhores versões tecnicamente desse jogo numa consola, recentemente como já não tenho Ps4 faz anos, aproveitei os 7 dias da PSnow e joguei alguns dos exclusivos mais recentes, nada tenho contra a Sony mas gosto mais da Microsoft…bastante mais, se a PS5 for mais potente que a xbox vou comprar uma como fiz com a PS4 pois eu gosto de jogar as melhores versões dos multiplataforma que é a maioria dos jogos que eu jogo, quanto ao site PCmanias foi eleito o site mais Sonista de Portugal por um forum que eu frequentava á 2 ou 3 anos mas que já não me lembro o nome mas se procurares no Google deve aparecer, eu próprio como caixista praticamente deixei de postar comentários aqui, pois é o mesmo que estar a chover no molhado LOL, para ser honesto eu com os meus amigos caixistas chamamos este site de PSmanias 😉 ahahahahh enfim, evidentemente que todo e qualquer sonysta frequentador do site vai dizer que eu sou maluco e tenho a mania da perseguição…fiquem bem e joguem bastantes exclusivos da Sony que é vosso sonho na vida…e sejam felizes que é o principal

Brunoab
Brunoab
Responder a  Vitor Calado
8 meses atrás

vou te dar a dica, use o chavão do xbox mingau do BR

“mídia sonysta”

Ewertom
Ewertom
Responder a  Vitor Calado
8 meses atrás

É isso mesmo amigo @Vitor Calado,certos tipos de pessoas se amarram em marcas,nó amarramos em jogos,seja de onde vier: sendo bom,excelente e acima de tudo divertido.Tamo junto.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Ewertom
8 meses atrás

Ewertom, você é aquele personagem de filme que só aparece pra dizer “É isso aí” e ainda paga de “Sou isento e jogo de tudo”
Eu também jogo de tudo tenho PS4, One (com Gamepass Ultimate) e PC pra trabalho e estudo e despejo boa grana nos jogos todo mês pros consoles (do meu bolso), só não tenho Switch porquê não me interessa.

Mas é interessante confirmar tudo que falei acima, o Vitor Calado reclama mas não tem argumento pra provar que o site tá errado e você é o cara que é isento desde que não falem mal do seu intocável Xbox

Ewertom
Ewertom
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

Vai jogar seu console amigo @Zidane.Não falei para ti,apenas concordei com pontos ao qual o user @Vitor citou.
Cada um que aparece.E tenha mais respeito comigo rapaz.No dia que eu te chamar pra conversa você fala,não me conhece,nunca me viu e então não fale o que não sabe,menino.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Ewertom
8 meses atrás

Se referiu a mim tenho direito de responder Ewertom, ainda tacando na indireta que me apego a marcas
Me chama de menino, não vejo como pejorativo, mas indica que se considera mais velho
Com tal idade e faz guerra de console se falam negativamente do Xbox, que sabedoria a idade trouxe pra você, pra ficar dando uma de isento do Xbox

Edson
Edson
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

Carlos, qual guerra de console ele fez? Ewerton tem ps4, xbox one e Wiiu! Ewerton conversa todos os dias comigo e sempre no nosso bate papo, o ps5 será a nossa possível escolha de hardware. O único xbox que ele teve foi o xbox one. Sinceramente, um cara desse faz guerra de consoles pra vc? No tempo que gastas a dizer isso de pessoas que não são assim,vá no nosso querido Bruno AB e acuse-o de fanboy e coisas do tipo. ( esse que já deu mil demonstrações disso.) Na maioria dos casos aqui, não importa se vc seja um fanboy, contando que defenda a marca que goste! O pc manias é meu site de eleição e Mário é um símbolo de boa conduta e inteligência e que eu tanto respeito, por mais que discorde em pontos e esses pontos são colocados por mim. Sim, as vezes os meus pontos estão errados e eu falo que estão, as vezes talvez não, porém o Mário sempre defendeu o bom diálogo e creio que por isso aqui não saiu dos ” trilhos “.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Edson
8 meses atrás

Edson, você não deve perceber a malícia nos comentários dele. O cara é tendencioso e vem dar uma de “acima do bem e do mal”. Não me engana.

O BrunoAB eu só não falo nada dele porquê ele pode não medir palavras, mas geralmente ele só aponta fatos. Não dá pra criar caso com o cara que fala a verdade. No máximo, o Mário já o pediu que não usasse termos mais pesados.

Agora quanto a você Edson, tem meu respeito pois sempre comenta com honestidade e educação.

bruno
bruno
Responder a  Ewertom
8 meses atrás

@Ewertom Engracado como pedes respeito de forma desrespeitosa.

bruno
bruno
Responder a  Ewertom
8 meses atrás

@Ewertom Vou acreditar nisto no dia de sao nunca tarde as 25 horas.

Tu nao amarrado a marcas? Sei.

Ewertom
Ewertom
Responder a  bruno
8 meses atrás

Você realmente @Bruno me faz rir tamanha desinformação e achismo disso ou daquilo,igual ao seu amigo @Zidane.
E como falei anteriormente sobre o user @Vitor de que é caixista e se Ps5 for mais forte compra o PS5 e vocês acham que o cara é caixista?Só concordei neste ponto de que o que importa são jogos,o user já deixou claro suas preferências sobre isso e aquilo e pergunto a todos que o criticam o dinheiro é dele ou de vocês?o ideal é dele ou de vocês?o pensar é dele ou de vocês?se ele gosta de jogar dinheiro fora,o dinheiro é dele ou de vocês?se ele compra um Iphone a cada 6 meses quem compra é ele ou vocês?
No mundo em que vivemos muitas coisas não se entendem,se convive.Opniões são opiniões e respeitar isso ou aquilo na boa educação é o principio de uma boa conversa,gentileza gera gentileza,educação gera educação,provocação gera provocação e discussão gera discussão e junto vem os insultos e a baixaria,respondi ao user Zidane da forma como mereceu por dizer algo que não sabe e nem tu que falas pelos ventos sem direção alguma.
Fica a dica aos dois entendidos de moralidade.

bruno
bruno
Responder a  Ewertom
8 meses atrás

Pois… És um exemplo de diálogo e respeito sadio. Estamos a ver.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Ewertom
8 meses atrás

Nada contra sua pessoa Ewertom. Só disse que seus comentários são ardilosos, seguidos de sua moralidade. Tudo isso soa falso.

Mas encerro por aqui porquê concordo que estou sendo inconveniente.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Vitor Calado
8 meses atrás

Exclusivos do One também, no caso Forza, sou cliente Xbox desde 2014.

Refuta as notícias, discute (no bom sentido) com Mário, Bruno etc.

Alto nível de debate. Não esse monte de nada aí.

bruno
bruno
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

E ainda perdes tempo Mario?

Estamos a falar do senhor so online, MTX e que valem a pena, e o streaming e a melhor coisa do mundo. que depois chega aqui a queixar-se de animacoes faciais, porque o seu criterio e muito alto, no meio das MMOs so online que joga (sim, porque toda a gente sabe que esses e que representam o melhor criterio grafico).

E agora, pelos vistos caixista assumido. Algo de que eu ja suspeitava no tanto que as suas conviccoes (e repara que so agora e que veio com essa) sempre se adequavam a lengalenga da MS na epoca (so online e MTX, quando os single player estavam mortos) e streaming (quando se soube do Xcloud e Stadia e claro – o PS Now estava morto apesar de existir), mas repara, sempre a passar-se por alguem que vivia a parte de consolas.

Isto e como falar como uma parede, ele nao vem aqui para discutir, vem para vender banha da cobra.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Deveria ter colocado o link para cada artigo, pois como é de conhecimento, nem todos vão atrás dos links para tecer seu argumento, aliás nem sei se tem coragem de ler o artigo.

Livio
Livio
Responder a  Mário Armão Ferreira
8 meses atrás

Onde está a imparcialidade de que acusas o website

O correto não seria: Onde está a parcialidade de que acusas o website

Mas já sei o motivo de pessoas acusarem o site de ser parcial, o site tem cores de background que remetem ao azul e azul é PS, coloque um rosa já que nenhuma marca utiliza tal cor e assim o sitio “vira” imparcial.

Só uma brincadeira depois de ler tanta loucura pela internet afora.

Carlos
Carlos
8 meses atrás

A Sony não vai pra e3 pq sabe que a Mic tem o console mais forte e com muito mais conteúdo, querem evitar comparações.

Brunoab
Brunoab
Responder a  Carlos
8 meses atrás

Essa sony sempre na frente da MS.

Pq em 2013 a MS não sabia nada, senão tb não teria ido na E3.

uhauhauhauh

Shin
Shin
8 meses atrás

O mercado de jogos depende da estabilidade da Nintendo para funcionar, se vocês estão vendo instabilidade das outras marcas é porque essas ainda não se adaptaram a estabilidade da Nintendo. Deve entender isso a falha do Wii U não foi isolada, a falha do Wii U foi uma previsão de que o modelo de consoles de mesa como estava acontecendo já não era sustentável mas pelo menos para a Sony ela foi a empresa que menos sente essa desestabilização e por isso o PS4 toma o segmento. Agora que a Nintendo está em outra etapa, quem irá pra recessão? A Sony, por que está fazendo a mesma coisa sazonalmente.

Chegará um momento que a própria Sony vai fazer uma reflexão e ver que a “formula” já não pode ser replicada e fará outra coisa. A Microsoft ela já está seguindo essa tendência mas sem o estabelecimento do que é realmente necessário.

A expansão dos semicondutores mudou essa indústria e os chips desruptos passaram a ser os chips mobile que se beneficiaram do custo por silício cada vez mais baixos, para fazer chips melhores e mais econômicos. As novas tecnologias acabam chegando mais cedo nos compactos e com isso eles obtém vantagem comercial.

Você entende quando a Nintendo faz um produto desruptivo quando outros segmentos começam a se articular pra copiar eles, veja como está aparecendo vários Smartphones ou PCs conceituais baseados no Switch.

Agora tem alguém tentando clonar o PS4? Ou o Xbox? Não. Porque é caro demais e não tem mercado. Quem está falando de Hybrid Rendering? Nvidia e consoles. Os demais mercados não estão ainda interessados pois é uma tecnologia muito prematura. Mas de repente aparece uma pequena Startup na CES promovendo uma tecnologia de software que roda em Smartphones e obtém recursos comparáveis, o Local Ray. O Ray-Tracing vai atingir sua plenitude em dispositivos mobile desruptos.

A Nintendo continuando estável é bom para todo o segmento pois é traçado um caminho onde todos os demais tem de seguir. Por que a Nintendo é a única empresa que só ganha dinheiro com jogos e são as demais que quando atinge a zona de conforto começam a fazer coisas para fora de seu setor chave.

Quando a Nintendo atinge sua zona de conforto o que ela faz? Mais jogos, aqueles que seus produtores querem fazer. As demais usam esse mercado para alimentar outros. Essa é a diferença.

Edson
Edson
Responder a  Shin
8 meses atrás

Falou tudo, Shin! Só não vê quem não quer!

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Shin
8 meses atrás

Discordo.
A único que está desestabilizado é o Xbox. O Playstation segue seu caminho com sucesso como em todas as gerações, só no PS3 sofreu um pouco por conta dos erros conhecidos, aliás, nessa época eles erraram em tanta coisa que quase destruiram a Sony e pagam até hoje por isso de certa forma, pois deixaram a Samsung por exemplo tomar o lugar que naturalmente seria da Sony se não fosse a arrogância e a cultura japonesa adicionada a isso.

A Nintendo não é essa coca cola toda, o Wii U foi um projeto ruim e por isso fracassou, porque tentou competir com o Playstation e Xbox sem ter armas pra isso. E o mercado não desvirtuou, pelo contrário, teve uma época boa como qualquer outra, mesmo com a Sony pisando na bola.
Voltou ao sucesso com o seu híbrido que tem realmente conceito interessante, mas que não é a pedra angular.

Não acredito que os jogadores de Playstation e Xbox liguem pro que a Nintendo faz ou não, nem pro que acontece nos smartphones, pois esses são mercados secundários, que tem um público grande e bom potencial, pois alcança quem joga em console/PC ou não, e são jogos casuais onde pouco importa se está jogando ou não. Só tem sucesso pois é mais prático que carregar uma tela de 50 polegadas.
Mas jogos que avançam mesmo são os de Playstation, Xbox e PC que acabam sendo a mesma coisa praticamente.
Talvez dia que um material como grafeno proporcionar poder de computação suficiente num gadget ele realmente tome a dianteira da indústria, e certamente não será pra jogar Mario ou Smash Bros.

Jogos mobile e da Nintendo tem seu público, mas não irão complicar a vida de quem gosta dos consoles do tipo PS4 ou Xbox ou PC, pois alí é onde está realmente a fronteira mais distante, onde está o que realmente importa pra quem gosta de jogar o melhor.

Dessas plataformas a que vejo se diluindo é o Xbox que pode acabar se tornando uma aplicação pra outras plataformas, ou se eles tiverem sorte de conseguir se manter vendendo poucos consoles e tiverem lucro arrancando dinheiro das pessoas, nunca duvide da ganância dos engravatados e da falta de educação financeira das pessoas, eles podem até se dar bem, mas as custas da ingenuidade das pessoas, que pagarão muito mais pra ter o que poderiam ter por um preço mais justo. Gamepass é só o cavalo de Tróia.
Lembra do Star Wars Battlefront? Algo pior que isso é o que prevejo com as pessoas aceitando o que a MS planeja. Ou ainda, preço mais ameno mas ainda sim, muito dinheiro diluído em outras assinaturas e a queda abismal de qualidade.

Se a Sony entrar nessa aí acabou.

Netflix (que tantos citam) tem dados financeiros obscuros, assim como a Space X, o que me diz que “o sistema” mantém esses objetos de propaganda de pé.
Será que a Microsoft contará com o mesmo apoio?

Você tem uma preferência muito grande pela Nintendo, e pode trazer uma enciclopédia de informações a dizer que ela é incrível e o universo gira em torno dela, mas fora dessa Matrix que você criou, pra jogadores como eu e tantos outros milhões, não tem nada disso não.

Obviamente que você tem todo direito de achar o que diz, até Freefire é o melhor que se faz pra algumas pessoas, é só questão de perspectiva. Da minha, a Nintendo consegue ter menos interesse que o próprio Xbox no seu pior momento.

Mas se eu tirar todo meu ponto de vista da equação, não consigo ver como verdadeiro o que você diz. Não existe essa lógica que você prega.

Shin
Shin
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

A idéia da Sony pós PS2 era se tornar uma empresa de semicondutores e desafiar o monopólio da Intel/Microsoft no setor de consumo. Para isso eles se juntaram a IBM e Hitachi para fazer o Cell. A questão é que dentro da Sony Corp. a divisão Sony Interactive Entertainment conspirou pelo controle da Plataforma contra a Sony Computer Entertainment (SCE), para implantar o Blu-Ray e tecnologias digitais. SIE ganhou de SCE internamente mas perdeu para a Apple no mercado, foi a Apple a implantar iTunes e estabelecer as plataformas digital e nuvem, atraindo Google e Microsoft. O que restou para SIE? Continuar apoiando o PlayStation e a expansão da PSN, pra isso eles precisam comprar a Gaikai e a Onlive e torna-se um serviço Streaming que é o que você está vendo hoje. Onde está a SCE? Já não existe pois foi drenada para a SIE e agora todas estão incorporadas na Sony World Wide. Então é preciso entender essa discrepâncias.

A Sony do PS2 não é a Sony de agora embora seja parecidas, a de agora é muito mais focada no modelo digital. Kutaragi tinha um projeto digital mas ele só pensava em definir isso no PS6, seu projeto era mais rústico, uma rede combinada entre os próprios PlayStation, que hoje as empresas de nuvem chamam de Nuvem híbrida onde a Microsoft é pioneira ao ponto da Sony entender que investir neles é estratégico.

Então as empresas continuam apoiando o desenvolvimento de jogos, apoiando novas tecnologias etc, só que o ideal não é apenas vender jogo pra você, por isso que sempre quando Sony ou Microsoft tem uma escalada dos seus negócios, elas usam este para mover outro negócio.

Você poderia continuar por toda sua vida comprando mais jogos da Sony e a Sony sabe disso mas, ela tem que usar parte do dinheiro que ganha de você para aplicar um futuro que você não quer ou não liga, pois isso faz parte de sua ação corporativa. É o mesmo com a Microsoft, a diferença é que Sony tornou-se muito mais dependente do modelo enquanto no caso da Microsoft isso é apenas uma pequena parte de suas ações globais.

No passado tínhamos, Atari, Sega, Hudson, SNK e outras companhias cuja seu propósito era ganhar dinheiro com jogos. E o que elas faziam quando o negócio prosperavam? Mais jogos. Foi assim com a Sega, eles tiveram boom nos arcades licenciando jogos e o reconhecimento mundial para então amargar um declínio. A resposta sempre foi mais jogos. A Nintendo é assim até hoje, ela almeja qualquer restruturação fazendo jogo e não anexando outro negócio. Essa regra não vale para corporações pois elas estão em múltiplos negócios.

E é por isso que o mercado hoje só pode ir pra frente pelas mãos da Nintendo, pois a Nintendo é a única empresa que não é uma corporação e sim uma empresa LTDA. Ela atua apenas nesse negócio. Então o que acontece é como um garimpo de ouro, a Nintendo é o garimpeiro velho que observa o terreno e aonde eles podem cavar, quando começa a cavar descobre uma grande jazida preciosa e ganha muito dinheiro com aquilo, outros garimpos são atraídos e começam a cavar no mesmo buraco, logo o ouro fica escasso para todos, então o garimpeiros experiente começa a olhar outros terrenos mas com o mesmo propósito.

Brunoab
Brunoab
Responder a  Shin
8 meses atrás

a Sony já é uma empresa de semicondutores.

e so esta aumentando, agora quer fabricar sensores para carros autonomos.

bruno
bruno
Responder a  Shin
8 meses atrás

Linda historia. Mas de onde a tiraste?

A SIE nasceu em 2016 e antes disso nao existia (e se existia prova-o porque nao encontro referencias a esse organismo antes de 2016). Logo, tanto quanto sei, a SIE nao subsitiu a SCE. A SCE e que se tornou na SIE.

Sobre a Sony e os semi conductores, a Sony sempre desenhou os seus chips ate a PS3. Depois nao parou de o fazer porque houve uma guerra interna… parou de o fazer porque desenhar chips nao e um assunto trivial mas sim algo incrivelmente custoso, e a prova disso esta no Cell, que foi o ultimo esforco. O Cell nao foi so um projecto Sony, mas sim algo partilhado com duas empresas terceiras, a Toshiba e a IBM e assim o foi porque a Sony nao podia arcar com um trabalho desses sozinha!

A Sony nunca procurou tornar-se uma Samsung, mas esta a procura-lo agora, o que e sempre produziu chips para propositos especificos, nomeadamente gpus/cpus para as suas consolas, CPUs especificos para TVs, sensores fotograficos, etc.

Mas desengana-te ao considerares que o facto de as maquinas atuais serem hardware quas exclusivamente AMD isso significa que a Sony esta a desinvestir na area!

O que ocorre e que para maquinas com os requesitos das atuais consolas o mais barato e ir buscar tecnologia ao mercado PC onde o desenvolvimento e co-partilhado com empresas terceiras, e ja ha imenso codigo e APIs desenvolvidas sem ter tudo que ser desenvolvido de raiz! Foi um requesito de mercado devido ao custo de desenvolvimento quer de hardware quer de software. A Sony poupa em pesquisa e desenvolvimento e os estudios poupam muitissimo em ter que adaptar motores de raiz a arquiteturas completamente novas (e falo ao nivel de instrucoes base – o x86 e o mais dominado e o mais conhecido e esta e a unica razao- a necessidade de teres estudios a conseguirem extrair o maximo do hardware no menor tempo possivel – algo que a PS4 agradeceu muito face a PS3 e tem sido correto).

Sobre o resto a unica diferenca entre Sony e Nintendo, na sua postura o mercado e que a Nintendo e uma empresa muito mais pequena que ainda nao desapareceu porque, devido ao talento e a uma legiao de fas, tem construido hardware extremamente atrativo e para publicos especificos e possui IPs unicas, que conseguem vender e pagar. Tem sido uma geracao extremamente bem sucedida, para outra muito ma e por isso ainda tem sobrevivido. Mesmo tendo hardware uma geracao desfasado (sim a Maxwell presente no tegra suporta operacoes a 16 bit mas apenas porque o chip originalmente foi voltado ao mercado mobile, e isto, apesar de conseguir algum ganho de performance nao ira produzir milagres por muito que queiras que sim) e estando presa a gen Wii-U (a Switch pouco melhor e que essa consola), as consolas vendem porque sao atractivas para um publico muito especifico – especialmente os mais novos e gamers mais casuais.

Ja a Sony e uma empresa muito maior, que joga numa outra liga e tem capacidade para responder mais rapidamente a novas tendencias no mercado e isso traduz-se no online (introduzido na gen anterior a ps3) e nas subscricoes. Isto nao e a empresa a mudar de direccao, isto e a empresa a adaptar-se ao mercado.

Alias, a prova e que a Nintendo comeca a agora a olhar para streaming e lojas online. Nao o fez antes, nao porque nao queria, mas porque nao tinha como. E o online da Switch, pelo que sei, esta bastante atrasado face as outras, mas esta la, mais uma vez porque foi uma necessidade do mercado e uma exigencia dos utilizadores. E acredita que se nao foi a Nintendo a ter a ideia, mas ter que se adaptar ao mercado atual.

Shin
Shin
Responder a  bruno
8 meses atrás

Eu me expressei mal e criei uma erratas.

– foi a própria Sony Corporation que disputou com a SCE, e SIE é a definição desse ímpeto.

– O consórcio foi entre Sony, IBM e Toshiba.
https://www.sony.net/SonyInfo/News/Press_Archive/200411/04-1129E/

– O consórcio tentou trazer fazer a Apple como principal cliente chave, esta optou por Intel. O PS3 foi uma vitrine para arquitetura.
https://macdailynews.com/2005/05/25/ibm_sony_and_toshiba_to_open_cell_processors_apple_powerbook_cell/

Embora eles tivesse se aliado a faculdade da Georgia para criar uma comunidade de desenvolvimento estável…
https://www-03.ibm.com/press/us/en/pressrelease/7502.wss

Sem a Apple não criou-se uma plataforma de desenvolvimento para o varejo isolando isso a área de computação e ao próprio PS3, onde esse projeto toma um golpe do GPGPU promovido pelas GPUs e o barateamento dos FPGAs. Então a Sony pós Kutaragi busca a AMD cuja o project Fusion adota o HSA como proposta de futuro, é o que vemos hoje.

Sobre Sony e Samsung é o inverso, a Sony era uma empresa de eletrônicos de consumo que nas mãos de Howard Stringer tornou-se uma empresa de entretenimento digital, são as pessoas da Sony Pictures e Music que enfraquecem a Sony Computer e outras divisões de produtos. A Samsung ela cresce adquirindo mão de obra da Sony. Uma das pessoas que defenderam a Sony como eletrônicos de consumo foi Ryoji Chubachi vice presidente e conselheiro, foi o criador do slogan “Sony Premium” e tinha diferenças com a postura de Stringer.

A AMD oferece um produto rentável em um segmento onde existe abundância de desenvolvedores, foi isso que fez a Sony por incentivo de Mark Cerny buscar a AMD para continuar o PlayStation.

O PS2 tinha alguns recursos online mas Online como conhecemos só começou no PS2 e isso foi uma resposta a Microsoft que avançava nessa área. Quem tinha proposta online foi a Sega, enquanto em 90s a idéia de uma proposta online era uma rede a parte chamada xBand. E se você ver quem fez o xBand você vai achar de onde sai a Sega Net, de onde sai o iTunes, de onde sai o Onlive que vai gerar as modernas Networks de jogos atuais. A Sony e as demais só está seguindo uma linha de evolução idealizada no final de 80s. E se fomos ver 80s, se investigamos um pouco vamos achar o online se iniciando ali.

A Nintendo nunca foi uma empresa digital mas sim uma empresa de jogos, ela sai das cartas, para arcades, dos arcades para consoles. Se para vender jogos o Streaming for uma evolução definitiva é claro que a Nintendo fará isso.

Mas o que eles estão falando hoje? Não, não é. Quem sabe em 10 anos ou mais. Por isso são seletivos, como foram seletivos sobre a estrutura online. O GC tinha online, o Snes teve o Satella View. O virtual console foi considerado a plataforma mais bem sucedida e termos de distribuição digital depois da Apple e o Steam. A Nintendo está bem consciente sobre as definições de futuro tecnológico mas ela não é uma empresa do ramo tecnológico, ela é uma empresa de jogos. Ela precisa usar tecnologias para aumentar sua produtividade mas ela não é isso.

Edson
Edson
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

Carlos, não é enciclopédia, é fato! Por ser brasileiro, vc está na bolha que a Nintendo é uma empresa de criancinhas e nada vale ou pouco vale. A nível global, a Nintendo é forte e os games dela são apelativos. Viu o top 20 dos games mais vendidos da década? 2 games são da Nintendo. Viu smash bros sendo o game de luta mais vendido de todos os tempos? Vê as vendas do switch? A Nintendo tem força e já matou a Sony no mercado Japonês. Entenda, sou muito fã da Sony, mas tbm sou da Nintendo e sei do impacto que ela causa no mundo dos games. A Nintendo é a empresa que faz jogos para todas as idades com um controle de qualidade absurdo e com características únicas e vc ainda acha que games são sobre avanços tecnológicos. A essência do game é sobre diversão e nisso não há Sony que chegue as unhas dela. Sei que alguns fundamentalistas sonystas irão chorar no meu comentário, mas por mais que haja o gosto pessoal, do msm jeito que é quase consensual que a Sony faz games incríveis, a Nintendo tbm e ainda é a empresa que lidera metacritic em notas.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Edson
8 meses atrás

Edson
Não. Eu não acho que a Nintendo não vale nada, só os jogos dela na maioria não me interessam. É diferente.

Eu reconheço a qualidade (sim, eu consigo reconhecer qualidade mesmo não gostando) e talvez você tenha perdido, mas já falei aqui que Sony e Nintendo são os que salvam a pátria dos jogos hoje em dia.
Reconheço o valor dela, não tenha dúvida.

Por exemplo, Donkey Kong tropical Freeze pra mim é uma obra de arte, e até já falei isso aqui, mas você talvez não percebeu. Elogiei o Labo aqui no site quando o Mario fez um artigo também.

Sim, eu acho os jogos da Nintendo infantis, mas não é sobre influência de ninguém, é uma opinião individual, se outros pensam assim então deve ter algum sentido. Mas é opinião, e opinião não é problema. Só discordo do Shin pois ele sempre exagera em prol da Nintendo. Mas exceto isso ele faz ótimos comentários.

E espero que não me coloque no balaio dos Sonystas, pois eu não sou, por mais que pareça. A depender de mim ela virava uma loja de jogos como Steam ou Epic onde eu compraria meus TLoU, God Of War, Horizon, Spiderman da vida pra jogar no PC. (Sim, eu sei que isso é absurdo, mas sonhar não custa hehe).

bruno
bruno
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

Pá, sobre os jogos serem ou não infantis, basta ver a faixa etária.

E basta ir às outras (PS e Xbox) ver a faixa etaria. Isto é chover no molhado.

Agora, lá por ser um jogo sem temas pesados não significa que não possa ser usufruído por adultos.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  bruno
8 meses atrás

Existem crianças de todas as idades, de 0 a 120 😉

bruno
bruno
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

@Zidane Então não?

Eu desfrutei de knack, Ratchet e Clanck e Knack 2, assim como desfruto de Detroit, Uncharted ou TLoU.

E acho tudo excelente s jogos que oferecem experiências distintas, mas claramente os primeiros tem um tema e uma históriaais votado para crianças.

Se venho de um dia pesado, não vou para um jogo de terror, prefiro Knack.

Shin
Shin
Responder a  Carlos Zidane
8 meses atrás

Não é uma questão de exagero, todos os jogos atuais que não são indies, não sairam do PC ou não foram criados pela Sony, saíram da Nintendo, montaram seu mercado na Nintendo.

O modelo de negócios de vendas de jogos atuais foi estabelecido pela empresa de Kyoto. Sim você tem games ricos como God of War ou Assassin’s Creed nessa geração pós PS2. Porém mesmo estes buscam inspirações em criações do passado, um passado que estava na Nintendo.

Só que a Nintendo culturalmente não teve seu estabelecimento completo tanto no Brasil, como Portugal. Pensar em Nintendo em países de língua portuguesa é como pensar em Microsoft em países da Ásia. A Nintendo foi a marca que se estabeleceu vendendo especiarias japonesas para o ocidente, ela é como a Nissin Food. Todo mundo já comeu macarrão instantâneo japonês, todo mundo já jogou algum game da Nintendo.

Alguém lembra das demais marcas de macarrão instantâneo? Não. Mas todo mundo o chama de Cup Noodles ou Miojo.

error: Conteúdo protegido